10 agosto 2010

Trabalhar cansa

Diário de Notícias de ontem, 10 de Agosto, última página, rubrica "Um ponto é tudo" do jornalista Ferreira Fernandes:
O título da crónica é "Feliz Cumpleaños, and Adiós" (em anglo-espanhol, o que daria "Parabéns e bye-bye" em português).

Com certeza.
E, como costumam dizer em Guimarães: "Sayonara, baby".
Se estes são os "mestres"...

Trabalhar cansa

Continuamos com a leitura e encontramos outra notícia interessante, que ajuda a perceber um pouco mais porque Portugal está como está: os dependentes da função pública portuguesa trabalham menos do que os colegas europeus.

Nos Países mais desenvolvidos, os trabalhadores ao serviço da comunidade trabalham mais a cada semana:

Luxemburgo e Áustria 40 horas
Suécia 39,7 horas
Alemanha 39 horas
Bélgica 38 horas
Espanha e Noruega 37,5 horas
Dinamarca e Irlanda 37 horas
França e Portugal 35 horas.

A razão? Mistério.
Provavelmente será porque os dependentes públicos ficam cansados a trabalhar. Os dos outros sectores não.
Deve ser por isso.
Eis explicada a razão pela qual os trabalhadores do comércio e dos serviços trabalham 40 horas semanais: não ficam cansados.

Ganhar com a fome

Continuamos com a notícia se calhar mais importante do dia, que não tem a ver só com Portugal: o preço do pão aumenta. Porquê?

Fala-se de diminuição da oferta, de rotura de stock, e ainda mais.
Mas a realidade é mais triste: especulação.

Cobraf:
Parece uma farsa como a de 2007, o preço do trigo em Chicago subiu 90% em dois meses com base no declínio da produção global de 4% e a partir duma posição de reservas totalmente normal, nada dramático

O trigo desde 40 anos variou entre 2,5 e 5,5 Dólares por bushel (unidade de medida, pouco mais de 36 litros) e para exceder 6 Dólar era preciso algo de excepcional, mas em 2007, durante os últimos meses de "boom" dos mercados financeiros, foi levado até 13 Dólares graças às novas regras especulativas introduzidas em 2003.

Em seguida, descobriu-se que os estoques nem eram os mais baixos da década; logo o trigo perdeu 70% do valor alcançado. Aqui estão agora a tentar a repetição

 O preço do trigo ao longo dos últimos 10 meses
(fonte: Cobraf)


O preço do trigo ao longo dos últimos19 anos. 
Repare-se no pico especulativo de 2007.
(fonte: Cobraf)

 Para mais informações podem ler o post: A fome de uns, a riqueza de outros.

A boa notícia? É que o preço do trigo está a gora a descer.
E o preço do pão?
Vamos ver, com inalterada confiança.

O estranho sinal

E acabamos com uma curiosidade (por enquanto).
Os adeptos das comunicações rádio do Velho Continente estão em alarme: o que é o estranho sinal nos 3.633 Mhz?

Eis o sinal:







A frequência indicada parece apontar para uma emissora russa.
Algo acontece na terra de Ivan?


Fontes: Diário de Notícias, Cobraf, Informazione Scorretta

1 comentário:

  1. A especulação bancária e imobiliária levou-nos à pobreza, a especulação alimentar trará a fome...

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...