10 novembro 2010

As barrigas das gaivotas

Terra esquisita os Estados Unidos.
Podem acontecer coisas como esta: um míssil é lançado e ninguém sabe nada.

Enquanto Barack Obama está empenhado numa  viagem que por número de efectivos envolvidos parece um êxodo bíblico, em frente das costas da Califórnia aparece um rasto de fumo.

"O que é isso?" perguntam os habitantes de Los Angeles.
"Oh, nada de especial, fiquem descansados, é só um míssil e nem é dos nossos" responde o Pentágono.



Assim, uma notícia que em qualquer lugar do mundo seria motivo de séria preocupação, já no dia a seguir quase desaparece das primeiras páginas dos jornais.

E parte a campanha "Descontração Controlada".

No Washington Post podemos ler as opiniões dos especialistas.
Afirma John Pike, que tudo sabe de defesa e de assuntos aeroespaciais:
Esta coisa é tão obviamente um rasto de avião e, no entanto, aparentemente, ninguém pode dizer isso.[...] O objecto estava a mover-se muito lentamente para ser um míssil.

Parecia o lançamento de um míssil por causa duma ilusão óptica que tornaram o rasto aparecer como se tivesse começado no mar. 
Ilusão óptica...onde é que já vimos isso?

Assim, quando o embaixador da Nato e ex deputado secretário da Defesa Robert Ellsworth afirma "É um grande míssil", bom, está enganado.


Da mesma forma estão enganados o Pentágono, a Air Force, a Marinha, o Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte, o U.S. Northern Command e a Federal Aviation Administration quando afirmar não conhecer a natureza do objecto. Nem o NORAD escapa.

A resposta correcta deveria ser: "Não é um míssil".


A seguir o vídeo, numa reportagem da CBS:






Definitivamente não é um míssil.
Podemos avançar com outras explicações?

Segundo o especialista Leonardo, colaborador fixo deste blog, as imagens relatam o voo dum grupo de gaivotas, cujas barrigas reflectiram a luz do sol, criando o conhecido "efeito míssil".

Mas também não podemos afastar a hipótese dum raio globular ou a dum efeito criado pelo trânsito do planeta Vénus (um trânsito bastante acelerado, típico do planeta).

Uma última nota.

É enviado um toner com pó explosivo para uma sinagoga de Chicago?
Horror, tragédia, é preciso atacar o Yemen e o Irão.

Aparece um míssil em frente de Los Angeles?
Paciência.

Estados Unidos, terra esquisita mesmo.

Nota: reparei agora que a mesma notícia é relatada por Prova Final. Como as fontes são diferentes, se o assunto interessa pode ser uma boa ideia ler esta versão também. Aqui vai o link: Misterioso Míssil filmado em Los Angeles.

Ipse dixit.

Fonte: YouTube, CBS, Washington Post,

Sem comentários:

Enviar um comentário

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...