10 novembro 2010

As Novas Aventuras dos Pigs

"Novas"?

Ok, admito: foi um truque para despertar o interesse do leitor.
Na verdade tudo procede como sempre, até um pouco pior.


Portugal e o "Efeito Orçamento"

Portugal, por exemplo.

Após uma discussão com contornos épicos, os dois maiores partidos do País alcançaram o acordo acerca das medidas draconianas definidas elegantemente "Orçamento de Estado 21011". 

Resultados: os juros sobre a dívida dispararam, ultrapassando a barreira psicológica de 7%.
Às 13:34 h de hoje o valor era de 7,014%.

Dito em palavras simples: por cada 100.000 € que o Estado consegue arrecadar no mercado internacional, o empenho é de devolver os 100 mil €  mais 7.000 (arredondados) de interesse, o que dá 107.000 Euros.
Péssimo negócio.



Mas sobretudo: até quando Portugal será capaz de aguentar estes valores ou até ainda piores?

Resposta: Portugal não pode aguentar ao longo de muito tempo. O que significa pedir ajuda.
Fundo Monetário Internacional em vista? Se algo não mudar, e depressa, pode ser a solução.
Um horror de solução, seja dito.

Também porque há já um País que há pouco foi "vendido" ao FMI e não está nada satisfeito com isso.
Falamos, óbvio, da Grécia.

Grécia, um País em extinção

Um dos leitores do blog Il Grande Bluff escreve de Atenas. Eis a comentário enviado hoje:
A situação na Grécia e dramática.
Não pensem o contrário por causa de Papandreou ter obtido mais 2 pontos para o centro-direita. O 50% das pessoas não foram às urnas, já não querem ser gozados.

E Papandreou perdeu um milhão de votos respeito o ano passado, a direita meio milhão, enquanto a esquerda, ao somar todas as componentes, alcançou 27%, um recorde histórico.
As medidas de contenção do deficit têm causado um massacre social, a cada dia são despedidas mais de mil pessoas!
[...]
Ontem, pela primeira vez, do Pasok [o Movimento Socialista Panhellenico, em grego Πανελλήνιο Σοσιαλιστικό Κίνημα, Panellinio Sosialistiko Kinima, ΠΑΣΟΚ, é o partido de governo, NDT] saíram personalidades a dizer que o governo deveria retratar os pontos mais duros do acordo FMI-BCE, enquanto estes exigem medidas mais restritivas, incluindo demissões no sector público, redução dos benefícios das reformas, subsídios, etc ...
Acho que estamos à beira duma revolta social, e o Pasok está a tornar-se cada vez mais conscientes disso.
Como escrevi há alguns meses, a Grécia não irá conseguir.
Esta, repetimos, é a Grécia, o País nas mãos do FMI.

As previsões são negativas, e muito também. Segundo algumas fontes (na City de Londres) o desfecho será só um: a bancarrota.
Porquê? Porque os cortes impostos pela dupla FMI-BCE são inúteis quando não acompanhados pelo crescimento económico.

Ao cortar reformas, salários, subsídios, ao despedir trabalhadores, a economia tende de forma inevitável a entrar em colapso: as pessoas têm medo, não gastam, e os consumos estagnam ou recuam.

Menor Consumo = Menor PIB

Menos PIB significa menos riqueza e Estado com menos dinheiro.Então que faz o Estado? Continua a cortar, seguindo a "mágica" receita imposta pelo FMI e pela BCE, deprimindo ainda mais a situação.

Os cortes podem ser implementados com sucesso só com uma hipótese de crescimento económico que compense as perdas fisiológicas. Caso contrário, é implementado um circulo vicioso do qual é possível sair só com a falência. O que parece o destino da Grécia.

E em Portugal há ainda pessoas segundo as quais a "hipótese FMI" não seria tudo somado assim má...


Irlanda em Pausa

E a Irlanda?
A doce verde Irlanda, terra de ovelhas, excelentes rebuçados e cerveja Guinness, é outro País à beira da bancarrota.
É normal após ter utilizado um quinto do PIB para salvar os bancos privados.
Assim os Títulos de Estado voam até 8% de juros (8,24% ás 12:15 h). Até piores de Portugal.

Mas São Patrício vigia os destinos da ilha: até o começo de 2011 a Irlanda não voltará a vender os próprios Títulos, por isso um pouco de calma ao longo das próximas semanas.
Talvez.


Fontes: Jornal de Negócios, Il Grande Bluff, Administração de Empresas

Sem comentários:

Enviar um comentário

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...