16 novembro 2010

Atropela e descontrai - 13ª temporada


Atenção
O seguinte artigo, apesar do tom, trata de assuntos e contém imagens que podem ser inapropriadas por alguns leitores. 
Desaconselhamos a visão por parte das pessoas mais sensíveis.


Fartos de parar cada vez que aparece uma passadeira?
Já não aturam os peões?

Fiquem descansados, pois Informação Incorrecta encontrou a solução: um fim de semana nos Territórios Ocupados, onde cada automobilista pode desabafar de forma livre e saudável, descarregando a tensão reprimida ao longo de demasiado tempo.
Afinal, podemos encarar isso como um desporto com finalidades terapêuticas.

E já encontrámos o vídeo promocional:



Sim, verdade, ainda faltam uma banda sonora e os títulos. Mas estamos a trabalhar nisso.
Obviamente não é só entrar nos Territórios Ocupados e começar a atropelar qualquer pessoa. Há regras bem definidas.

Como participar

Para participar é necessário ter a disposição os seguintes elementos:
  • um carro (funcionante).
  • um grupo de palestinianos enervados (fiquem descansados, são fáceis de ser encontrados).
  • uma desculpa para ser usada com a polícia.

De seguida algumas das desculpas utilizadas com sucesso (tomem nota, s.f.f.):
"Estavam a lançar pedras na minha direcção"
"Fui ameaçado"
"Hoje levantei-me enervado"

A policia, ao ouvir qualquer uma destas justificações, reconhece o preso como participante no jogo e, de imediato, aplica o tratamento de favor que consiste em: 1. libertação imediata do preso 2. prisão para o responsável do lanço das pedras ou das ameaças, mesmo que ferido (como foi o caso do criança do vídeo acima).

Chamamos a atenção do concorrente sobre a nacionalidade dos alvos: é fundamental que sejam Palestinianos, caso contrário a atitude da Polícia muda de forma radical (os Israelitas são muito precisos quanto às regras dos jogos).

Ainda não convencidos?
Observem este outro vídeo:




Repararam na atitude dos soldados israelitas? Calma, observadora, pois afinal este é o espírito do jogo: descontrair.



13ª temporada!

Dúvidas?
Eis a lista de quem já participou ao longo das 13 temporadas:

1997  
  • Sameh Al-Ayesh Aimawi (27 anos) Qarar, ferido por um carro conduzido pot colonos.

1998  
  • Hani Abu Salah Hajaj (18 anos) de Khan Younis, em Gaza, morto atropelado por um colonos sionistas
  • Lina subir Abu (5 anos) de Yatta, Hebron, morto atropelado por um carro conduzido por um sionista

1999
  • Mohammad Ali Al-Baddarin (12 anos) da As-Samou, Hebron, morto atropelado por um colonoHamoud Salim Abu Holi (19 anos) em Gaza, atingida por um carro dirigido por um colono, teve fraturas múltiplas
  • Majid Mohammad Ahmad Khan Younis atingido por um colono, teve fraturas múltiplas em 1999/05/15
  • Ahmad Othman El-Abdallah, de 70, Abdel Hamid El-Abdallah (51 anos), Faris El-Abadlef (19 anos) e Mohannad El-Aqad (15 anos), ferido após ser atingidos pelo carro de um colono

2000
  • Udwan (39 anos) Kufl Harith, Nablus, atropelado e morto por um colono 
  • Mohammad Ghassan Buziyyeh (49 anos) de Salfit, atropelado e morto por um colono
  • Mohammad Amin Ahmad Abdel Min' im Al-Khuffash (7 anos) de Salfit, atropelado e morto por um sionista Mohammad Abdallah Diriyyeh (70 anos) em Nablus, atropelado e morto por um colono 
  • Shadi Ahmad Zaghloul (14 anos), Husan , Belém, atropelado e morto por um colono 
  • Mustafa Mahmoud El-Aqra '(7 anos) de Habla, Qalqilya, atropelado e morto por um colono 
  • Mohammad Mustafa El-Aqra' (6 anos), de Habla , Qalqilya, é atropelado e morto por um colono
  • Saleh El-Khalil Amoudi (13 anos) de Khan Younis, em Gaza, atingida por um colono. Sofreu ferimentos na cabeça, costas e na mão direita e ficou em coma por dois dias, 

2001
  • Ash-Sheikh Mahmoud Ahmad Mohammad (70 anos) em Nablus, atropelado e morto por um colono
  • Fatima Abu I'layan Farwa (71 anos) de Qalqilya, atropelado e morto por um colono 
  • Yousif Ibrahim Mousa Ghalmi Hanani (80 anos) de Beit Fourik, Nablus, atropelado e morto por um colono
2002
  • Ata Mahmoud Ibrahim Nimir (68 anos), do Al-Jib, Jerusalém, atropelado e morto por um colono
  • Jihad Al-Mohammad Mousa'Athra (6 anos) de Yatta, Hebron, atropelado e morto por um colono

2003
  • Khleifi Khleifi Abdil Rahman (85 anos) de Azzoun, Qalqilya, atropelado e morto por um colono
  • Arramin Mahmoud Hamdan Al-Hindi (81 anos) de Si'ir, Hebron, atropelado e morto por um colono 

2007
  • Mohammad Nasim Salim Abu Yacoub (14 anos) de Kufl Haris, Salfit, atropelado e morto por um colono em (a investigação policial revelou que o colono "não tentou evitar o menino")
  • Kamal Abdel Qadir Mohammed Hamed (40 anos) de Tulkarim, atropelado e morto por um colono  
  • Wasfi Al-Khatib (27 anos) de Qibya, Ramallah, atropelado e morto por um colono 

2008
  • Farid Sharif Bajjas Shtayyeh (15 anos) de Salim, Nablus, atropelado e morto por um colono 

2009
  • Adli Al-Islam a 18.02.2009 Ja'bari (8 anos) de Hebron, foi atingido por um sionista e moderadamente ferido enquanto o colono fugiu. Testemunhas relataram que antes do atropelamento um grupo de colonos de Kiryat Arba esteve presente para atacar moradores palestinianos.
  • Mohammad Ibrahim Sheikh Ali (27 anos) de Shu'fat, Jerusalém, é atropelado e morto por um colono. A polícia israelita encerrou o caso dizendo que era apenas um "acidente normal".
  • Um colono sionista investe Kifaya Najjar (9 anos), em Nablus, causando várias feridas.

2010
  • Dalal Abu Saada (6 anos) de Beit Dajan, Nablus, foi atropelado por um jipe militar israelita e teve ferimentos graves e moderados. O exército diz que foi um acidente.
  • Summar Saif Radwan (21 anos) em Nablus, é atropelado e morto por um colono. Este acidente suspeito ocorreu no meio duma série de violentos ataques dos colonos contra palestinianos. Vários relatos indicam que os colonos provocaram repetidos ataques contra palestianos naquela estrada.
  • O Foqaha Jannah 2010/04/29 (8 anos) e Masa Foqaha (10 anos) de Ghor, foram mortos depois de um jipe militar israelense ter atingido um tractor em que eles estavam. O pai e o irmão das crianças ficaram feridos. Como de costume, o exército israelita definiu as mortes como "um acidente infeliz". Novamente, os moradores e activistas internacionais indicaram que os soldados estavam envolvidos activamente nas mortes, ficando o tractor a 15 metros da autoestrada onde se encontrava o veiculo dos militares.
    Fátima I'layyan Sabarnah (55 anos) de Beit Omar, Hebron, foi morta e o marido ferido, atingidos por um colono sionista.
  • Mazen Al-Jamal (48 anos) de Hebron, atropelado e morto por um colono.
  • Yousif As-Said (10 anos) de Hebron, foi ferido após ser atingido por um colono 
  • Mahmoud Sbeih Judá (85 anos) de Al-Khadir, Belém, atingida por um colono.
  • Abdallah Al-Mohtasib (11 anos) de Hebron foi ferido após ser atingido por um colono 
  • Mustapha Daraghmeh, de Jenin, ficou ferido após ser atingido por um colono.
  • Um colono sionista atinge um tractor que levava uma família palestiniana, a qual estava a dirigir-se para as vinhas da Al-Khadir, em Belém. Sete membros da família ficaram feridos, um lesionado gravemente.Entre eles duas mulheres e três crianças. Testemunhas e alguns dos feridos alegou que o colono ficaram surpreendidos com a velocidade do carro colono, acusando-o de ter investido a família de forma deliberada.
  • Mahmoud Al-Haj Mohamed Jum'a (32), de Qalqilya, foi atingido por um colono, enquanto estava na estrada. Jum testemunhou que o carro virou na direcção dele para poder acertá-lo. 
  • Samir Abu Mariya de Beit Omar, atropelado por um carro dum colono, ficou ferido. 
  • Ra'fat Ibrahim Suleiman (25 anos) de Taqui, Belém, é atingido por um colono e ferido. 
  • Imad Ahmad (26 anos), de Al-Khadir, Belém, ficou ferido após ser atingido por um colono sionista.


Fonte: Come Don Chisciotte

Sem comentários:

Enviar um comentário

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...