15 dezembro 2010

FMI em Portugal: provavelmente sim e não

Notícia importante hoje: o FMI em Portugal, pela segunda vez!

Vamos ler o que diz o diário Público, tem que ser:
Uma delegação do FMI, proveniente de Washington, chegou na semana passada a Portugal, para uma visita que envolveu reuniões com várias entidades.[...]
Na semana passada? E a notícia sai apenas hoje?
Sempre em cima dos acontecimentos...
Uma das reuniões foi com o presidente do Conselho Económico e Social (CES), Silva Peneda, confirmou o próprio ao PÚBLICO, e envolveu dois representantes do FMI. No entanto, Silva Peneda remeteu eventuais explicações sobre o assunto para o Banco de Portugal. O Banco de Portugal não participou na reunião com Silva Peneda, mas poderá ter participado noutras.



Então o Banco de Portugal não participou na reunião com o FMI?
Ah, mas "poderá ter participado noutras". Evidentemente esta é a segunda parte da notícia, que será publicada em Fevereiro.
A missão do FMI, a segunda em mês e meio e que não se sabe se ainda estará no país, era chefiada por um iraniano a viver há alguns anos nos EUA...
Ohhhh...e o pai dele onde vive? Ainda no Irão? E o irmão? Emigrou nos EUA também ou optou pela Austrália? Não podemos ficar assim pendurados com todas estas dúvidas.
...e teve várias reuniões, em Lisboa e noutras localidades, possivelmente no Porto.
"Possivelmente". Mas não nós sabemos. Afinal somos um diário, não uma agência de investigação.
A equipa veio directamente de Washington e não envolveu a participação de António Borges, o economista português recentemente indicado para chefiar delegação europeia do Fundo (que abrange uma área que vai de Portugal à Rússia e Turquia).
Não vamos comentar outros aspectos (a delegação europeia abrange uma área que vai de Portugal à Rússia e Turquia? E quantos milhões de delegados estão presentes? Em fila indiana ou como?), mas  o facto da pessoa indicada para trabalhar com o FMI não participar numa reunião com o FMI faz surgir uma dúvida: então o FMI veio a Portugal para quê?
Estas reuniões não decorreram no quadro de qualquer intervenção planeada, e estavam já previstas há vários meses. 
Por isso repito: o FMI veio a Portugal para quê?
Não terão ocorrido só em Lisboa, mas também noutros locais, provavelmente no Porto.
Provavelmente. E Coimbra não? Coimbra é uma cidade bonita. Eu acho que provavelmente a delegação foi a Coimbra também.
E na Serra da Estrela, para ver a neve. Não se pode não convidar o FMI a ver a neve da Serra.
Provavelmente foi isso.
Ou provavelmente não.

Nota: 
Afinal uma equipa de técnicos do FMI encontra-se em Portugal para discutir com o Governo, o Banco de Portugal e outros altos responsáveis o teor das "reformas estruturais" em curso ou que ainda terão de avançar e fazer um exame de "saúde" completo à economia e às contas públicas.  

A visita, de carácter anual, tem como objectivo elaborar o relatório do chamado Artigo IV, a ser publicado no primeiro semestre do próximo ano. 

Esta é a notícia, relatada de forma correcta pelo Diário de Notícias.


Ipse dixit.


Fonte: Público, Diário de Notícias

Sem comentários:

Enviar um comentário

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...