24 janeiro 2011

O Novo Presidente...

E voltamos ao trabalho após dois dias de "repouso".

Portugal tem um novo Presidente, o nome dele é Abstenção.
Mais de metade dos eleitores escolheram este candidato, o único capaz de bem representar os sentimentos da altura: desilusão e desconfiança.

Perante um leque de concorrentes improváveis, meras expressões das máquinas partidárias, os Portugueses olharam para outro lado.

Assim podemos explicar 53,37% de pessoas que ficaram em casa, às quais podemos acrescentar 14,1% de preferências para Fernando Nobre e 4,5% para José M. Coelho, únicos candidatos fora do coro.

O resultado mais estridente é que para ser eleito, ao rígido Cavaco Silva, foram suficientes pouco mais de 2 milhões de votos, sendo por isso o Presidente menos votado da história. Poucos, muito poucos.



O bom Cavaco decidiu fazer tesouro destes números? Ao menos um motivo de reflexão?

Nem por isso, o assunto foi tranquilamente ignorado.
Para Cavaco, “o povo português não se deixou enganar”: “A honra venceu a infâmia.”

O que não está totalmente correcto. A versão correcta deveria ser "a maioria do povo português não se deixou enganar".


Ipse dixit.


Fonte: Público
(http://www.publico.pt/Pol%C3%ADtica/cavaco-a-vitoria-da-verdade-sobre-a-calunia_1476744)
(http://publico.pt/1476752

2 comentários:

  1. Anónimo24.1.11

    Mto bom o seu site.. Parabéns!s

    ResponderEliminar
  2. Muito obrigado!
    E um abraço!

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...