11 janeiro 2011

Um problema e 10 quase-respostas

8oo rolas foram encontradas mortas numa estrada perto de Bolonha, em Italia.

É apenas o último duma extensa lista de episódios que nas últimas semanas deixaram no desconforto os cientistas; pois não fazem a mínima ideia das razões destes acontecimentos que tornaram-se rapidamente globais.

A seguir, publicamos as 10 teorias mais debatidas no mundo, encontradas no sitio Activist Post; que não inspira muita confiança, verdade, mas que tem o mérito de juntar todas as explicações até hoje propostas.

Algumas teorias parecem fazer algum sentido, outras nem por isso. Que o leitor escolha a própria favorita; eu não encontro nada de satisfatório. 




1. Explicações dos media

Raios, granizo, colisões no ar colisões, linhas de energia e fogos de artificio para o Ano Novo. Isso para os pássaros.
Para os peixes: doença.
Estas são as explicações que jornais e televisões fornecem.

As aves são extremamente sensíveis ao ambiente (basta pensar aos canários nas minas de carvão) e pensa-los apanhados de surpresa ou enquanto erram o "plano" de voo é ridículo.
E onde estão os pássaros torrados por esses raios?
E os peixes que morrem na mesma região? Só uma "doença" fortuita?

Um dos principais títulos afirmava que os pássaros caíram vítimas de trauma: ninguém pensou que o trauma tivesse sido a consequência da queda?


2. Chuva de meteoros

Chuvas de meteoros: estamos num período de intensas chuvas sazonal de meteoros e um número elevado de usuários do YouTube têm relatado bangs (explosões) sonoros na área, o que poderia ser um indicio duma onda de choque local.

Esta poderia ser uma causa natural, não conspiracionista, que de facto faz algum sentido.

Mas é difícil que os meteoros possam atingir peixes, aves e deixar imunes os homens. Isso deixa de fazer sentido.


3. Nova linha de falha de Madrid

Um artigo de The American Dream tem recolhido dados sobre a actividade sísmica recente nessa linha de falha que corre ao longo da secção média-oriental dos Estados Unidos.

Se considerarmos ainda o método de fracturar para obter gás, a imensa actividade geológica na região e o desastre da plataforma BP, que dispersou (e, ao que parece, ainda dispersa) COREXIT na atmosfera, podemos até tentar explicar a destruição em massa na região.

No entanto, estamos diante dum evento global, por isso quanto descrito poderia ser um efeito colateral de algo maior.


4. Experiências de governo

A longa história dos experimentos do governo tem sido exposta por diversos pesquisadores.

A parte estranha dessas mortes é que apenas algumas espécies foram afectadas numa determinada região. E alguns relatos têm indicado que os órgãos dessas aves estão liquefeito, o que poderia indicar um possível vírus.
Poderia isto indicar o uso de armas biológicas espécie-especificas?
É sabido que houve discussões sobre armas biológicas raça-específicas: poderia ter sido um teste?

A resposta é apenas uma suposição, não acompanhada por provas ou indícios.
E porque experimentar uma (alegada) arma de terra apenas no céu e no mar? 


5. Mutações OGM

Mike Adams do Natural News avança uma teoria interessante: os últimos casos envolveram aves e peixes, mas as mortes estão a investir mais espécies, pois também as populações de abelhas e morcegos estão em declínio.
Adams salienta que a Monsanto tem uma sede em Arkansas.

Mesmo assim, isso não explica os acontecimentos em outras partes do mundo.
E a Monsanto tem sedes em qualquer continente, mesmo onde nada aconteceu. Sim, a Monsanto é o que é: mas não tudo o que de mal acontece no mundo pode ser responsabilidade desta empresa.


6. Geoengenharia

Poderia a pulverização na área ter causado este tipo de consequências? Talvez algo de novo foi acrescentado à mistura?

As Chemtrails tornaram-se factos (mais ou menos) após ter sido encaradas como teoria conspiracionista. Até o ponto do governo ter admitido a existência do programa, mas por razões benéficas segundo eles.

Entre a "semeadura de nuvens" e possíveis conexões com HAARP, a precipitação de Chemtrails deve ser considerada, especialmente porque o programa tem lugar em quase todo o mundo.

Rosalind Peterson foi um pioneiro no estabelecimento duma conexão entre OGM e geoengenharia como fonte para a "explosão" de algas que, ao reduzir o oxigénio, poderiam interessar um amplo espectro de sistemas naturais. Além disso, alguns acreditam que o sistema de difusão Chemtrails também permita a dispersão de organismos patogénicos.

Outra possibilidade das Chemtrails está ligada às nano-partículas.


7. HAARP

Aves e peixes podem ser sensíveis às mudanças da frequência, mesmo que imperceptíveis. Um post interessante no YouTube dum antigo pescador, indica a presença de uma camada de "pérola" por trás do olho dos peixes-tambor afectados por esse evento. Apelou para as pessoas da mesma área para que procurem outros casos parecidos.

Aves e peixes movem-se num ambiente de forma altamente coordenada, e isso indica que "operam"através de frequências. Poderia o dispositivo HAARP no Alasca provocar um curto-circuito nos sistemas de navegação dos animais?

Ou será este o início dum efeito dominó de poluição electromagnética causada por décadas de campos electromagnéticos e ondas ELF em torno do planeta, provocados pela vasta gama de meios de comunicação modernos?

O problema com esta teoria é sempre o mesmo: acontece uma desgraça natural? Incêndios na Rússia? Terremoto em Haiti? Massacre de aves e peixes? Foi o HAARP. Parece a versão governamental da Monsanto. 


8. Arma de Energia Escalar

Estas (alegadas) armas de energia dirigida podem ser distribuídas via satélite e criar uma ampla gama de "catástrofes naturais" que podem ser sintonizadas nas frequências específicas.
Foi realçado o facto do alcance ser de vários quilómetros.

Mas estamos na área da pura especulação. Alguém viu uma arma escalar? É como afirmar que o responsável foi Pai Natal. Mesma coisa.


9. Projecto Blue Beam

Blue Beam era o teste  dum gerador de som para o estágio duma invasão alienígena? A Nasa anunciou a sua preparação para um cenário deste.

Mas também neste caso estamos no campo da pura especulação e nada mais. Pai Natal, outra vez.


10. Mudanças Geomagnéticas e outras modificações da Terra

O National Geographic informou que o Pólo Norte magnético está a migrar com direcção Rússia.
Se somarmos a isso um enfraquecimento da magnetosfera e da queda nos níveis de oxigénio, então as mortes entre as espécies mais delicadas podem ser um pressagio dum problema mais amplo?
E um aumento na actividade solar com tempestades magnéticas poderiam enfraquecer o nosso habitat global?

Resposta global: não.
Aprendi a deslocação do Polo Norte na escola primaria  e já vão alguns anitos. Não há novidades neste sentido.
Quanto ao discurso da magnetosfera e do aumento da actividade solar: os primeiros a ressentir dum tal cenário seriam os aparelhos eléctricos: rádios, televisões, comunicações em geral seriam perturbadas, até interrompidas nos casos mais graves.
Nada disso aconteceu.


Como antecipado, acho que nenhuma destas teorias possa constituir a explicação. Os acontecimentos permanecem envolvidos num mistério digno de Charles Fort.
A propósito: o pesquisador Inglês já tinha relatado episodio parecidos. A época era o início do séc. XX: nada de HAARP, de Monsanto...

Para acabar, realce para o blog Evoluindo Sempre da amiga Ravena, que dedicou amplo espaço ao assunto.
Para uma lista completa dos episódios: Prova Final.


Ipse dixit.


Fonte: Activist Post

2 comentários:

  1. Rodrigo11.1.11

    Esta mensagem foi recebida em 2005

    OS TEMPOS SE FINDAM

    Irmãos!

    Trouxemos a mensagem da vida que será vivida no amor na paz, no perdão das ofensas.

    Caminho entre vós e vos ofereço a mensagem maior capaz de manter acesa em cada um dos meus irmãos a chama eterna, Centelha do Pai.

    Encerra-se o tempo desta humanidade na Terra muito embora Eu tenha sido Caminho Verdade e Vida não me seguiram.

    A Terra criada com o fim de ofertar-lhes as oportunidades merecidas, como filhos bem-amados do Pai que sois, encontra-se em desequilíbrio planetário.

    O primeiro sinal virá da morte dos pequeninos seres inocentes que cairão sem vida sobre o chão.

    Este é o primeiro sinal que vos trago e deixo para a compreensão de que os tempos se findam.

    Outros dois sinais vos trarei quando do ressurgimento de um novo tempo, para que sejam divulgados aos ventos e alcancem aqueles que podem ser alcançados.

    ResponderEliminar
  2. Mas quem recebeu esta mensagem?

    Abraço!

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...