29 março 2011

Fofocas

Meus queridos leitores, é altura de fofocas.

Não sei se repararam, mas nas últimas horas Portugal tornou-se o "umbigo" do mundo, o Paraíso do Jet-Set-Jet-Lag do planeta, o centro das atenções: o Príncipe Carlos, a consorte Camilla, o ex Presidente Lula da Silva, a actual presidente Dilam Rousseff, todos juntos, aqui, com o autor de Informação Incorrecta!
Sim, tudo bem, não propriamente comigo, é verdade, mas enfim...

Vamos ver, vamos ver.




Carlos e Camilla

O Diário de Notícias começa com um lugar comum, na tentativa de afastar qualquer tentação de originalidade:
Príncipe Carlos e Camilla com pontualidade britânica

Com certeza. Se Carlos fosse alemão teria sido "pragmático",  se francês "fascinante", se italiano "fantasioso" e assim por diante.
Prossegue o mesmo diário:
Carlos e Camilla "informais" e "descontraídos"
Porquê, era suposto estarem enervados ou quê?
Quanto ao facto de ser "informais", eis a fotografia:


De facto, este é o mesmo fato que utilizo quando vou comprar o leite, o máximo da informalidade.

Mas as notícias úteis não faltam.
Foi um dia e peras, um marco na História deste Pais.
E os que achavam a visita dos reais um desperdício de tempo e dinheiro, estão servidos: a seguir factos, não palavras. Aliás, palavras que descrevem factos. Ou deveriam, pois na verdade não aconteceu nada. Ou seja, aconteceram coisas inúteis e aborrecidas. Mas tão fofinhas!
 
A visita de dois dias a Portugal começou com uma ida ao Mosteiro dos Jerónimos, onde o casal chegou às 14h23, para ser recebido pela directora do museu, Isabel Cruz de Almeida, e pelo cónego José Manuel dos Santos. E pelo cão deste, Himmler, que tentou repetidamente morder Camilla, até a segurança conseguir afasta-lo.
"Não gosto nada daquela" afirmou o rottweiler, "Diana era bem melhor, tinha classe, charme, não esta!"

Depois, o príncipe de Gales e a duquesa da Cornualha depositaram uma coroa de flores no túmulo de Cavaco Silva. No meio do discurso, o Oficial de Cerimónia avisou que o túmulo, na verdade, era o de Luís Vaz de Camões, enquanto o Presidente Cavaco encontrava-se vivo (mais ou menos) com as crianças da St.Peter's Schools.
Antes de continuar para Belém os Príncipes tentaram re-animar os alunos, sem sucesso.

O príncipe e a duquesa entraram no Palácio de Belém poucos minutos depois das 15.00, tendo à sua espera, no Pátio dos Bichos o Presidente da República, o catatônico Aníbal Cavaco Silva, e a mulher, a catatônica Maria Cavaco Silva.
Após a apresentação de cumprimentos de boas vindas ("herzlich willkommen auf unserer bescheidenen Behausung", saudou uma descontraída Maria Cavaco Silva) , foram prestadas honras militares pelo Esquadrão Presidencial da Guarda Nacional Republicana.
De seguida, a banda da GNR tocou os hinos dos dois Países, God Save The Queen e Povo que lava no rio, da grande Amália.

O príncipe de Gales e a duquesa da Cornualha subiram depois para a sala das Bicas, onde foi tirada a fotografia oficial do casal e onde aparecem até os dois catatônicos presidenciais.

Hoje também uma visita ao Clube Naval de Cascais, onde o príncipe de Gales e a duquesa da Cornualha assistirão a uma regata de vela adaptada para pessoas portadoras de deficiência ("É para que possam ambientar-se mais depressa", comentou Maria Cavaco Silva) e uma passagem pelo Parque de Monserrate, em Sintra ("´Tadinhos, estas pessoas precisam de ambientes calmos", concluiu a firts lady portuguesa).


Dilma Rousseff

A Presidente do Brasil chegou esta tarde a Portugal para a primeira visita oficial a um País europeu desde que tomou posse há cinco meses.



Um dos primeiros pontos da agenda de Dilma Rousseff está marcado para esta tarde, quando visitar a Universidade de Coimbra (UC) um dia antes de assistir ao doutoramento “honoris causa” de Lula da Silva.

A Presidente brasileira irá ter almoçar em Coimbra e depois irá fazer “uma visita privada” àquela universidade. A visita à UC acontece “a convite do reitor”, João Gabriel Silva e "a desejo de Dilma", que quer ver ao vivo o rio da cidade, "aquele Guadalquivir que tanto significou na luta contra a opressão fascista".

Às 10h30 de amanhã, Lula da Silva será então distinguido, na Sala Grande dos Actos, também conhecida por Sala dos Capelos, após formação do tradicional cortejo académico a partir da Biblioteca Joanina.

Assistirão também à cerimónia, Além de Dilma Rousseff, o Presidente da República, o catatônico Cavaco Silva, e o seu homólogo de Cabo Verde, Pedro Pires, que evidentemente passava por ai.

Na quinta-feira, último dia da visita oficial, a chefe de Estado brasileira é recebida de manhã no Palácio de Belém para uma reunião de trabalho com o homólogo, Cavaco Silva.

Depois, Dilma Rousseff irá à Assembleia da República para um encontro com Jaime Gama ("Outro Presidente? Mas quantos há neste País?"). Segue-se uma deslocação até ao Palácio de São Bento, para um encontro com o ainda primeiro-ministro, José Sócrates ("Este é o mais simpático, afinal não se faz chamar Presidente...mas então é o quê?").

A agenda da Presidente brasileira termina com um almoço oferecido por Cavaco Silva ou uma representação deste em papelão (difícil distinguir o original) em honra da sua homóloga ("Mas eu não sou homologa, sou Presidenta!" salientou afinal Dilma).

Resumindo: por enquanto não há notícias de Portugal. Apenas fofocas...


Ipse dixit.

Fontes: Diário de Notícias

Sem comentários:

Enviar um comentário

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...