21 junho 2011

As dúvidas existenciais e os novos caminhos. Tudo junto. É obra!

Queridos Leitores,

sou Max e como sabem sou o autor deste blog.
Querem saber uma coisa? Começa a ser cada vez mais difícil escrever algo de interessante. De realmente interessante.

Faltam assuntos? Não, pelo contrário. Assuntos são coisas que não faltam.
O problema é outro.

O problema é que os assuntos que a crónica, a política, a economia, a finança apresentam são uma treta.
Uma treta? O que significa isso?
Vou explicar.

Há poucos dias publiquei um artigo que reportava algumas dúvidas e até auto-criticas dum blogueiro (Autocrítica e Suspeitas). Pareceu-me interessante, pois de facto apresentava alguns pontos que um blog e os relativos leitores deveriam ter presentes:
1. Inserir notícias atrás de notícias com a ilusão de "fazer informação", sem ter e dar o tempo para assimila-las;
2. Procurar sempre o "nível superior", o responsável, como se isso pudesse resolver.
3. A culpa é dele!, isso é, responsabilizar os outros sem ter em conta também os nossos deveres.

Este artigo fez-me pensar, pois faltava algo...

De facto acho que faltam dois pontos muitos importantes:
4. Ter a convicção de ser superiores
5. Tornar-se uma involuntária parte do "sistema".

O primeiro ponto não é uma novidade: os leitores mais antigos provavelmente lembram que a ideia de ver-se como uma espécie de "elite" sempre me assustou bastante.

Não há "escolhidos" aqui, não há seres superiores, mais inteligentes ou donos da verdade absoluta.
Há, isso sim, pessoas informadas e pessoas menos informadas (que poderão tornar-se informadas também).
E esta acho ser a única diferença.

Mas o ponto mais importante é o segundo.
Informação Incorrecta tenta fornecer uma visão do mundo que não é a mesma oferecida pelos media mainstream. Chama-se esta "contra-informação" ou "informação alternativa".

O problema é que ao navegar na internet podemos encontrar dezenas, centenas de blogues de contra-informação em Português. E todos orbitam (aliás, orbitamos) à volta dum punhado de assuntos.
Que raio de contra-informação é esta?

Para onde?
Um exemplo.
Neste blog os leitores e eu passámos o primeiro ano a tratar de muitos assuntos, procurando as causas que, acho, foram individuadas ou imaginadas (nos casos de falta de provas).

E agora? Vamos repetir as mesmas coisas até quando? Até ficarem velhos?

A guerra da Líbia: todos percebemos o que se passa naquele País, não adianta repetir 24 horas por dia que sim, de facto é uma vergonha, ninguém diz nada, etc. etc.

Ao tratar sempre dos mesmos assuntos, é fácil tornar-se parte do mesmo sistema que criticamos. Um paradoxo? Não, uma normalidade.
Informação/Contrainformação como EUA/URSS, Bem/Mal, Luz/Escuridão: um dualismo no qual uma parte justifica a existência da outra.
De forma talvez involuntária, mas efectiva.

A Informação Alternativa acaba assim de ser parte integrante do sistema: existe porque existe a Informação Oficial. A qual, por sua vez, existe também (mas não apenas) como "porto seguro" das almas perturbadas pela Informação Alternativa.

É claro: não vou ser eu a resolver este que não é um problema de Informação Incorrecta mas é bem mais abrangente.
Todavia posso mudar alguma coisa.

Ao longo do ano passado, o amigo Felice de Informazione Scorretta disse-me: "Max, acho que a "missão" do meu blog está cumprida. Quase quase fecho...".
Eu respondi que estava doido, que o meu blog tinha nascido graças ao trabalho dele, que teria sido um enorme desperdício e outras coisas ainda.

Mas a verdade é que passados 10 meses, mais ou menos, estou na mesma situação de Felice.

Não quero fechar (em verdade nem penso nisso), só que não sei bem qual direcção tomar.

Continuar assim, como foi feito até agora?
Ou continuar assim (pois de facto gostaria continuar) e juntar mais alguma coisa?
E coisa?
E porque mesmo agora?

Esta última é a única pergunta à qual posso responder.
Agora porque hoje é o primeiro dia de Verão (dia de Solstício, dia simbólico...mah...), porque há pouco tempo este blog comemorou o primeiro ano de vida (boa altura para fazer algumas contas) e porque em breve será o meu aniversário.

E as outras perguntas?
Este é o problema. E aqui entram em cena os leitores.

Queridos Leitores,

sou Max e como sabem sou o autor...ah, não, já escrevi isso...

Tentamos outra vez:

Queridos Leitores,

se pudessem escolher (e podem de facto), como mudariam Informação Incorrecta?
Quais assuntos gostariam de ver tratados?
Sugestões? Críticas?

Mais crónica, mais política, mais religião, mais música, mais receitas culinárias (mas que raio de ideias têm os Leitores???)...
Como seria possível tornar este blog "diferente" e mais perto dos vossos desejos?

Acham estas perguntas esquisitas? Eu acho que não.

Sempre roguei para uma participação activa dos Leitores, de forma que Informação Incorrecta não fosse apenas "o blog de Max" mas algo para partilhar experiências, interesses, críticas.
Esta pode ser uma boa ocasião.

Apenas um regra, a única: por favor, não escrevam para dar os parabéns, porque não estou à procura de elogios. Pelo contrário: tentem criticar.

E se não surgirem novas ideias?
Bah, algo acontecerá.
Talvez possa nascer um fórum.
Talvez comece a postar via áudio também.

A ideia é tornar este blog um pouco diferente e mais perto das expectativas dos leitores.
E, porque não?, de quem escreve também.
Um blog que não seja apenas "um outro blog de Informação Alternativa".

Em qualquer caso, Informação Incorrecta irá em frente.
É uma promessa. Ou uma ameaça, pontos de vista.

Ah: obrigado pela atenção.

Um abraço,

Max.

14 comentários:

  1. Boa Tarde... só há pouco tempo descobri o seu blog e tornei-me logo seguidora pois gosto de blogs que mostrem a Verdade das coisas e não as ilusões que nos transmitem diariamente na comunicação social. Gosto de blogs que nos ponham a pensar e a usar a cabeça. Eu sei que pediu para não elogiarmos, mas tive de dizer o que sentia em relação a este blog... O motivo que o leva a querer fechar o blog é comprensivel. Quem nunca sentiu esse impulso, quando tem um blog informativo? No entanto, acho que este tipo de blogs fazem mais bem do que mal. Há sempre mais uma pessoa que passa a olhar para o mundo de um modo mais informado quando se depara com este tipo de blogs e o segue com regularidade. Por exemplo, foi graças a um blog que mostrava a Verdade e não aquilo que nos transmitem como verdadeiro na comunicação social, que comecei a olhar para as coisas de um modo totalmente diferente. Por isso tenho pena se resolver fechar o blog. E, como autores de blogs, também não conseguimos fazer muito mais do que informar e expor a nossa opinião, mesmo que queiramos "acordar" o pessoal todo, apenas uma mão cheia de pessoas irá fazê-lo.


    Também, pede sugestões. Bom, seria interessante postar áudio e vídeo. É uma forma mais "viva" de partilhar informação e acho que tornaria o blog mais próximo aos leitores. Uma outra coisa que por exemplo, tenho feito no meu blog. No ínicio também estava cheio de críticas a tudo o que eu sabia estar errado e sentia que tinha o dever de partilhar. Aliás, ainda hoje sinto. No entanto, comecei a postar também coisas que podemos fazer para reverter a situação, dando ideias, opiniões. Comecei a falar mais de temas mais "leves" porque sentia que estava sempre a criticar isto e aquilo. "Só criticar é fácil, mas e que tal fazer algo para mudar o que criticamos?" pensei. Enfim, é complicado, mas sinto que deve haver um meio-termo. Mas continuo a achar que é importante divulgar a Verdade das coisas. Sempre irá levar alguém a pensar de modo mais aberto e informado. De que modo podemos mudar as coisas se não soubermos como elas realmente se processam? Não podemos lutar contra uma mentira. Não teremos efeito nenhum... Por isso acho importante informar. Divulgar e criticar o que se passa no mundo... E este comentário já vai longo e eu já estou com certeza a maçá-lo... Foi apenas a minha opinião!

    ResponderEliminar
  2. Forúm é sempre bom, abre espaço para muitas coisas.
    Você está ficando velho Max... está ficando velho...

    ResponderEliminar
  3. Amigo Max,

    confesso que tenho muita curiosidade em saber como é a tua vida. És criativo na escrita e tens artigos bastante longos...o que após um dia de trabalho, deve ser um bocado chato ter de programar as "postagens" do dia seguinte.

    Eu gosto imenso do ii (não digo que Adoro, pois põem em causa a minha masculinidade eheheheh).

    Seguem as minhas sugestões:
    - à semelhança do que diz a nossa amiga Ana Domingos, podem surgir artigos sobre "Atitudes Renovadas"; artigos em que podes dar a tua opinião sobre um determinado assunto e como achas que seria a tua reacção. Mas refiro-me a coisas banais e tangíveis. Imagina temas relacionados com "Conflitos no local de trabalho", "Boa educação", "Viver em sociedade"...em que podem surgir situações problemáticas - e os artigos podem fornecer uma ideia construtiva de os resolver. Agora podem pensar: isto vai virar consultório de psicólogo. Nada disso...a meu ver, a grandes mudanças só são atingidas se fizermos primeiro as pequenas. Não posso trazer a paz e lealdade e a verdade ao Mundo se eu próprio não sou assim.

    - A minha outra ideia, a meu ver, é a mais exequível: criar um "Concurso de Artigos". desta forma passas a conhecer melhor as nossas opiniões e interesses. Podes criar temas semanais, bisemanais e podemos escrever sobre esse tema. Passo já a sugerir alguns: "As minhas crenças: porque acredito nelas?", "Sou Primeiro-Ministro: o meu plano de acção", entre outras coisas que possam surgir.

    - "Informação Incorrecta Live" no seguimento do tópico anterior, os melhores artigos poderiam ser discutidos num fim-de-tarde à beira-rio junto à Torre de Belém, por exemplo. Em que poderíamos levar um artigo e perguntas para colocar aos participantes.

    E quando fizeres anos, avisa.

    Cumprimentos,
    -- --
    R. Saraiva

    ResponderEliminar
  4. Realmente não faço idéia do que vc possa fazer kkk! Mas acredito que existem fatores que devem ser "pétreos". Muitos blogs, de todos os gêneros, se perdem pois as vezes são excessivamente normativos, ultraconvictos. Gosto de vir aqui pois a hipótese da dúvida está sempre presente. Não está a afirmar nada, e sim a dialogar conosco e ver se concordamos ou não. Mudar de opinião é lindo!, quando se constata racionalmente que está errado. Isso eu acho que tem que ser imutável.

    Penso que a modalidade que o II segue (blog), aliado a dinâmica criada, se assemelha a publicação e envio de cartas, como muitos autores de vários ramos fizeram no passado. Só que ainda temos o acréscimo dos comentários. Então, este novo método de divulgação se assemelharia a uma carta, só que com destinatário infinito, com possibilidade para quem interessar de retrucar de modo automático.

    O que importa toda essa definição? Não sei, mas pelo menos posso concluir que o II em pouco difere de livros, correntes, etc, pois vc está publicando a "sua" idéia, com a intenção de que ela possa ser discutida, ampliada melhorada e se tornar "nossa" idéia. O que difere talvez seja o autor, que sofre ou não propositais influências dos comentadores.

    Isso é bom, ruim? Sei lá, ultimamente sou do tipo de comentador que escreve com mais perguntas do que respostas. Mas pelo menos espero que, caso faça sentido, isso possa servir de reflexão para outra pessoa, seguindo essa dinâmica de interação exclusiva que temos.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo21.6.11

    Olá, para começar, leio seu blog a mais ou menos 6 meses, e digo que para mim ele significa muito, é quase uma relíquia da internet (não por se tratar contra-informação,pois disso tem aos montes, mas sim por me transmitir ética, um olhar mais crítico e inteligente sobre assuntos que são importantíssimos para todos.

    Estou estudando assuntos alternativos, contra-informação e conspirações ha mais ou menos 2 anos e digo que ha muita coisa confusa e mal explicada ainda. Tem muita coisa pra se descobrir, muita coisa a se revelar, as pessoas precisam saber o que realmente anda acontecendo. Ja pensei em fazer um blog ou coisa do tipo, mas quando me deparei com tantas outras fontes, milhares e milhares, tive de parar e pensar se realmente conseguiria tempo para me dedicar e me diferenciar dos outros.

    Espero que você capte minha mensagem da maneira certa, lembre-se, é melhor informar as pessoas ao invés de apenas "entrete-as", é extremamente importante que não perca o foco e que mantenha seu objetivo. A internet está cheia de informação, mas em sua maioria são informações sem análises e sem fontes confiáveis, o que estamos precisando é de informações com boas fontes, fontes confiáveis e que nos façam pensar e refletir sobre os assuntos.

    Aqui vão algumas sugestões:

    - continuar seu foco político
    - colocar sempre uma pergunta no fim de um artigo (fazer o leitor relfetir sempre)
    - mostrar que não existe verdade absoluta, mas sim, verdades momentaneas até que se descubra ou prove o contrário
    - abordar fatos históricos, não só contemporâneos
    - colocar mais vídeos
    - comentar e colocar algumas dicas de livros e leituras
    - manter o layout e a estética "neutra" do blog, isso é muito importante
    - colocar alguns temas positivos, mas sem deixar o tema ou foco (tenho certeza que existe algumas coisas boas apesar de tanta treta que é divulgada)
    - pensar em algo para diferenciar seu blog dos outros, algo de realmente de valor, apesar de na minha opinião ja achar seu blog bem diferenciado.

    *Sei que você não queria os parabéns, mas sou obrigado a dizer "meus parabéns".

    Continue firme e mantenha o foco!
    Você possui leitores de vários lugares diferentes lendo seu blog, se informando e pensando, você está fazendo algo importate, lembre-se disso.

    Por fim, se quiser, deixo uma dica de leitura de um site que encontrei quando comecei meus estudos:

    http://conspireassim.wordpress.com/

    Não se deixe enganar pelo título nem pelo ultimo post do site, pois ali existem artigos relamente enormes, que nos fazem filosofar e pensar.

    Obrigado

    ResponderEliminar
  6. Anónimo21.6.11

    Oba Max, te acompanho desde que nasceu II, jà no primeiro mes lembro ter comentado que me parecia vc postasse muito e nao conseguia te acompanhar, bom , mudei quase de ideia hehehe, ainda posta muito mas tento ler tudo!
    Vc estava brincando mas o tema da culinària acompanha os homens a troca cultural desde sempre rs...
    Un giorno spero passerò nel tuo paese adottivo, e magari ci si fa una pizza (o un piatto tipico portuga)...
    Cele

    ResponderEliminar
  7. Ricardo22.6.11

    Já fazem alguns anos que abandonei por completo a forma passiva de assimilar informação.

    E faz anos que concluí que as informações corretas são extremamente equivocadas...

    Descordo da maioria dos blogs, jornalistas, livros, etc... os quais os autores só publicam assuntos os quais reforçam a sua visão... pessoas radicais que assumem que tudo é mentira, então o alternativo é a verdade absoluta... ou que os ETs estão conspirando... ou os satanistas... ou bla bla bla...

    O que sempre me atraiu no seu blog é esta visão mais cética e não definitiva... de forma suficientemente neutra e inteligente.

    Realmente, se você continuar a escrever, e eu a ler... vamos ficar velhos. Pronto... só isso.

    Ninguém é dono da verdade, mas a essência que rege nosso sistema político e econômico, todos já entendemos... o máximo que podemos ganhar, são mais alguns pingos em is...

    Mas isso não irá mudar... queremos devagar sobre isso para sempre ou queremos realmente um mundo livre de tirania?

    Alguém sabe por onde podemos começar para mudar isso???

    ResponderEliminar
  8. Ricardo, o sistema sob o qual nascemos está tão enraizado que acho praticamente impossivel destruilo com o numero de pessoas interessadas na atualidade, o que podemos fazer é continuar a apoiar e divulgar esta forma de informar o povo, que mostra os fatos e deixa que pense por sí só sendo quase totalmente neutro, sempre em busca de mostrar os fatos como eles são, na esperança que o numero de interessados cresça para que se possa falar em mudar algo...
    Até lá, quem sabe estejamos todos velhos ou como eu penso nem vivos mais...

    ResponderEliminar
  9. Anónimo22.6.11

    Link a blog de ativistas , tem filmes bons
    http://docverdade.blogspot.com/
    Cele

    ResponderEliminar
  10. Mantenha-se unico. Cada cidade tem o seu cartao postal. Cada pessoa tem a sua caracteristica. O seu blog nao precisa mudar.

    Voce traz coisas encobertas, invertidas, ou mal contadas. Abre os olhos das pessoas. Faz elas pensarem de um outro jeito.

    Lembre-se do porque que vc abriu este blog, escreva num papel e guarde. Mais pra frente, leia de novo e veja se esta se mantendo na linha.

    Seus page view indicam se voce precisa mudar.Devem ter aumentado algumas unidades decimais. Sem vc ter mudado nada.

    O seu trabalho é igual semente debaixo da terra. Vai germinando sem ninguem ver, ate que um dia brota e aparece. O que voce esta esperando vai brotar logo logo. Tenha paciencia.

    ResponderEliminar
  11. Anónimo22.6.11

    Caro Max,

    Acompanho seus artigos há uns nove meses, e a meu ver, eles fazem aquilo a que se propõe: informar.

    Em um campo altamente não-linear, como é o caso da dinâmica social, não é possível prever qual ação terá um efeito realmente perturbador. O fato é que qualquer ação perturba o sistema, e provavelmente, assim como acontece na natureza, várias ações de pequeno porte, mas efetuadas de forma a gerar ressonância seriam capazes de gerar um efeito de real ruptura. Dessa forma, a grande questão, a meu ver, é debater de que forma podemos gerar ressonância, digo, em que intensidade e cadência as ações devem ser tomadas? Há um número mínimo de pessoas que seja o equivalente a uma "massa crítica"?

    Tudo de bom,

    Leandro

    ResponderEliminar
  12. @Anónimo - Leandro

    Concordo plenamente com o seu raciocínio.

    Cumprimentos,
    -- --
    R. Saraiva

    ResponderEliminar
  13. Não desista de nos fornecer a informação incorrecta. Existem muitas pessoas que não conhecem blogs PT-PT que nos fornecem uma informação "alternativa" sobre o país, a Europa e o mundo. É necessário continuar a "abrir mentes" para que mais pessoas adiram a certas iniciativas incorrectas!

    ResponderEliminar
  14. maria24.6.11

    Faz poucos meses descobri teu blog e acompanho no mínimo semanalmente.Porquê! Simplesmente porque me informa sobre economia e geopolítica de forma compreensível, bem humorada, sobre conteúdos distorcidos pelas midias em geral.Isso me basta e me parece que é aquilo que tu sabes fazer. Daí que não vejo sentido ficares procurando outra coisa diferente disso, a não ser lincar com blogs que curtem o respeito e a compaixão para com os animais, que me parece (Leo que o sinta)ser também e felizmente uma característica tua.Não percebo vantagem em fóruns porque quando alguem sente necessidade de contradizer ou complementar, manifesta em comentários, e muito menos iniciativas que já tenho idade para saber que são absolutamente inoperantes.

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...