15 junho 2011

A Monsanto e o melão atrasado

Só como curiosidade: a Monsanto brevetou um melão.

"Boh", pode pensar o leitor, "Qual o problema? Será uma daquelas coisas modificadas geneticamente e que de melão tem apenas o nome".

É mesmo este o problema: o melão é absolutamente normal, não foi modificado, a não ser com as técnicas convencionais. Aquelas, para entender, que desde sempre o Homem utiliza para refinar os produtos da terra.

Mas como é possível? Não existem normas que proíbem a patente de seres viventes (animais e plantas) não modificados geneticamente? Existem, na Europa existem. Mas a Europa concedeu a patente na mesma.

O melão em questão é uma variedade selvática que tem uma propriedade: é resistente ao vírus típico das plantações das Cucurbitacee (a mesma família do melão, da abóbora, da melancia, do pepino). Este melão tinha sido descoberto por parte duma empresa holandesa, a DeRuiter.

Sucessivamente a DeRuiter foi adquirida pela Monsanto, a qual pediu a patente para a planta e as sementes. A União Europeia num primeiro momento (Dezembro de 2010) tinha respondido: Não! E que raio, o melão é sempre um ser vivo.


Só que a Monsanto insistiu: "Pensem bem, o melão é vivo mas é muito estúpido, nem se mexe, já viram a cara que tem? Mais parece uma bola de basketball".

E a União teve que admitir: o melão é mesmo estúpido.
E bastante parecido com uma bola de basketball.

Agora, todos temos de concordar acerca do facto das bolas de basketball não serem vivas. Por isso...

Pormenor engraçado: a nova variedade não é natural da Europa mas da Índia. E na Índia agora não podem utilizar o melão sem antes ter pedido a autorização da Monsanto.

Divertido, não é?


Ipse dixit.

Fonte: NoPatentsOnSeeds

3 comentários:

  1. Se todos temos de comer, porque não obter lucros com a produção/comercialização dos bens alimentares?

    Plano mais que perfeito...

    :/

    ResponderEliminar
  2. 'perfeito', só deus.

    'mais que perfeito', seria, talvez, o capeta....

    kia, kia, kia..........

    ResponderEliminar
  3. Vitor15.6.11

    Acho isto muito estranho...


    Será que a Monsanto não está por detrás da epidemia de E.coli, reparem e se agora aparecer com produtos (patenteados claro) resistentes à E.coli...

    Nem aquilo que é o mais básico e natural como uma salada de alface nos vão deixar comer...


    Não acredita em conspirações?

    O que é mais assustador?

    a)aparecer espontaneamente na natureza uma E.coli resistente a todos os antibióticos que existem, ainda acompanhada de uma boa dose de veneno, que provoca uma morte horrível!

    b)Esta E.coli ter sido desenvolvida em laboratório;
    e ter sido lançada na agricultura (acidentalmente ou não), do país mais rico da Europa.


    A escolha é sua!

    Para mim a hipótese a) é a pior, pois pode atingir o nosso país, mas na b) somos demasiado pequenos para atacar.


    Vitor

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...