28 julho 2011

O pobre inimigo

Só como curiosidade.

The Washington Post informa que os fundos do governo dos Estados Unidos destinados a promover negócios no Afeganistão, chegaram ao bolso dos Taliban, a meio de algumas empresas de transportes.

Total: 2,16 bilhões de Dólares, o que não é nada mal de todo.

Citando os resultados dum ano de investigações militares, o jornal admite que os esforços norte-americanos e afegãos para resolver o problema têm sido lentos, e todas as oito empresas privadas de camionagem envolvidas nas transferências de dinheiro ainda estão na folha de pagamento dos Estados Unidos.
Não só, mas o Pentágono acabou de estender o contrato por outros seis meses no último Março.


As investigações encontraram "provas documentadas e credíveis [...] da participação externa ou ações directas com o inimigo" de quatro das oito empreiteiras.
Segundo o Post, os investigadores seguiram o pagamento de 7,4 milhões de Dólares feito para uma das oito empresas, que por sua vez pagou um subcontratante, o qual contratou outras empresas subcontratadas para o fornecimento de camiões.

Os subcontratados, então, depositaram o dinheiro na conta dum comandante da Polícia Nacional Afegã; pessoa que costuma aceitar "simpatias" dos subcontratantes em troca de passagens seguras de camiões.

Os investigadores conseguiram depois seguir o rasto de 3,3 milhões, retirados em 27 transações e transferidos para os rebeldes sob forma de armas, explosivos e dinheiro.

O Deputado Tierney, ex-presidente duma subcomissão que tinha revelado como os militares dos EUA pagassem os talibans para garantir a passagem segura dos camiões com suprimentos militares no Afeganistão, disse no entanto que "esta história vai além da imaginação".


Ipse dixit,.

Fonte: The Washington Post

3 comentários:

  1. A ver se as pessoas tiram as palas dos olhos e percebem que ao assumirem que existe um inimigo no Afeganistão, estão na realidade a pactuar com o verdadeiro inimigo da população: EUA e as suas manobras maravilha.

    Abraço,
    -- --
    R. Saraiva

    ResponderEliminar
  2. Oras, como se há de fazer guerra e ter lucro se o lado inimigo é pobre e nao tem como comprar seu armamento?
    Damos lhe dinheiro é lógico, afinal voltará para nossa empresas bélicas mesmo...

    ResponderEliminar
  3. Quanto tempo vai demorar para as pessoas, principalmente os americanos, o povo, se dar conta de que estão sendo enganados e manipulados?

    O que é preciso acontecer para perceberem isso?

    Enfim, 2012 está chegando,
    o ano simbólico.

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...