25 julho 2011

Sem Nato não há felicidade

O simpático Rasmussen
O Secretário Geral da Nato, Sua Excelência o Sublime Anders Fogh Rasmussen, adverte: a Europa tem que investir mais na defesa e na intelligence, tendo como objectivo uma melhor gestão das crises internacionais.

Também lamenta que a organização dependa de Washington para resolver os conflitos.

A influência a e leadership da Europa na cena internacional pode reduzir-se caso os cortes na defesa continuem.

Dito entre nós: é verdade, Rasmussen tem toda a razão!
Agora, cortem nos salários, cortem nos serviços de saúde, cortem nas reformas: mas por favor, não cortem nas armas, é uma questão de leadership. E que fazemos depois sem leadership?


Explica Rasmussen que a Europa deverá contar cada vez mais com os Países emergentes, como Índia e China, para manter um nível adequado na gestão das crises.

Diz Rasmussen:
Acho ser algo de positivo que a operação na Líbia está a desenrolar-se com a leadership dos aliados europeus, juntamente ao Canada e aos partner da região.
Ahe? É positivo? Não sabia.
Pela primeira vez na história da Nato foi observada uma operação não conduzida pelos americanos.
Sim, mas dados os resultados não me parece o caso de fazer tanta publicidade.

Mas atenção! As operações na Líbia poderiam parar sem os "activos únicos e cruciais" fornecidos pelos Estados Unidos caso as despesas fossem reduzidas.
Numa perspectiva de longo termo, se os acontecimentos actuais continuarem, a influência da Europa no tabuleiro internacional ficará cada vez mais reduzida por causa da falta de capacidade de transporte e das limitações na realização das tarefas de intelligence.
Por isso a Europa não será capaz de participar na gestão das crises internacionais e o vazio será preenchido pelas potências emergentes, como a Índia e a China, este é um facto.

Gosto da expressão "influência da Europa no tabuleiro internacional".
Ignoro o que isso possa significar, pois quem decide são sempre os Estados Unidos, mas como expressão acho ser engraçada e vou aponta-la.

Quanto ao resto: o orçamento dos Estados Unidos no âmbito da Nato é quatro vezes superior aos Países europeus.

O que é uma vergonha. Pois temos de lembrar que a Nato é uma organização defensiva, isso é, todos nós ficamos protegidos, mas quem paga mais é Washington. Acham correcto?

Os Leitores parem e pensem: o que teria acontecido sem a intervenção dos Estados Unidos quando fomos atacados pelo Afeganistão? Hoje as vossas filhas estariam a circular com o burka, isso teria acontecido.

E quem desarmou as armas de destruição maciça que Saddam Hussein tencionava lançar contra as principais cidades europeias, incluída Almada e Freixo de Espada à Cinta, perto de Bragança? Os Estados Unidos, com a ajuda da Nato.

E quem atirou-se em nossa defesa quando fomos atacados pelo exército líbio, no passado Março? Sempre a Nato, com os Estados Unidos. Já tinham esquecido, não é? Pois, pessoas com memória curta...

Além disso, os Estados Unidos demonstram mesmo nestes dias como seja possível perpetrar uma sã política orçamental no sector da Defesa sem que isso prejudique as contas do Estado.

A verdade é que não há desculpas. Europeus, não sejam forretas: cortem voluntariamente os vossos salários (50% parece-me uma boa medida) em prol da defesa comum!

No entanto, gostaria de deixar algumas sugestões: Defesa sim, mas que tal um pouco de marketing? Rasmussen, pense nisso.












A clássica t-shirt, mas com um toque de pura elegância.

Simples e directa.

Disponível em Zazzle.pt, 15,80 €


















Modelo jovem e divertido I Love Nato.
100% algodão, no site Amazon, 16,99 Libras


 












Sem dúvida o modelo mais divertido, graças à cara triste e à legenda: Sem Nato não há felicidade.
Modelo que vende muito em Tripoli, 100% algodão.
No Amazon, 16,99 Libras


Ipse dixit.


Fonte: VoltaireNet

33 comentários:

  1. Vc é otimo! Adoro seu humor critico

    ResponderEliminar
  2. Leonardo25.7.11

    Sempre tive desconfiança quanto a NATO.

    ResponderEliminar
  3. Sim, o tabuleiro...O jogo, oxadrez maçónico, ah,ah,ah!

    ResponderEliminar
  4. Anónimo26.7.11

    Esse Rasmussen tem uma cara de reptiliano, é de se desconfiar pela sua posição/função e em sua fisionomia, olhos e boca.

    Acordem, observem, comparem:

    http://www.youtube.com/watch?v=lh4TMZ359ZI

    http://www.youtube.com/watch?v=07saol9YJ-s


    Desculpe, mas não quero assustar ninguém, só preciso divulgar a verdade.

    Paz

    ResponderEliminar
  5. Ricardo26.7.11

    Eu, um brasileiro fazendo turismo na Europa, tive um ponto alto e divertido quando eu visitava Bruxelas. Paramos o carro à frente da NATO, desci, fiz o símbolo com o dedo do meio para a entrada e saí correndo de volta para o carro quando um guarda se levantou na guarita! :)

    O bom de Bruxelas é que todo mundo pode pisar em cima da União Européia LITERALMENTE... sem ser acusado de extremismo, de anti-multiculturalismo e coisas assim! :)

    Ah sim... e perto da estação de trem GRARE DU NORD (ou MIDI... esqueci) também tem um lugar bom para posar para fotos: um muro com o olho da providência e os dizeres: F*CK BILDERBERG! :)

    ResponderEliminar
  6. Qual é o espanto? Está apenas o maldito Tratado de Lisboa, em acção e a todo o vapor. Para quem tiver dúvidas, aqui vai este filme, o Tratado Bilderberg para esclarecer.

    ResponderEliminar
  7. Fada, obrigado pelo vídeo.

    Simples, mas chocante!...enfim...a quem ainda choca, claro.

    Max, seria de louvar uma dissertação sobre a constituição Europeia.

    Cumprimentos,
    -- --
    R. Saraiva

    ResponderEliminar
  8. Leonardo26.7.11

    O vídeo é bem esclarecedor quanto a questão que já sabemos ha muito tempo: O caminho para dominação global pelas elites e bancos.

    ResponderEliminar
  9. @Fada do Bosque
    Nunca tinha visto este video. Realmente e' preocupante a falta de valores na qual a uniao europeia esta erigida.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  10. Não tem de agradecer, R. Saraiva.
    Este vídeo foi colocado e divulgado no blogue AVENTAR antes do 2º referendo à Irlanda e tem muito poucas visualzações. Seria bom sim fazer uma dissertação sobre este Tratado ratificado à rebelia dos Povos europeus, nas suas costas e sem a mínima informação do que se tratava. Tentei divulgar este vídeo na altura mas o blogue onde eu fui colaboradora, não deixou passar... isto era visto apenas como uma conspiração,. Ainda o faço em comentários embora de nada valha neste momento... apenas o Embaixador em França deixou passar este vídeo num comentário, o blogue Quintus e mais alguns poucos... mas poucos se dão ao trabalho de o ver.
    É de notar os países que o referendaram como a França, Holanda, Irlanda ganhou o não a esta constituição. Foi sob coação e indução que os Países fizeram o 2º referendo e como consequencia, ganhou o não. De notar que os irlandeses votaram não na 2ª volta, com medo de perder qualidade de vida e vejam só como estão agora...
    Ninguém me tira do pensamento que o Presidente polaco e toda a comitiva tiveram um "acidente" mortal, por se oporem a este Tratado. Mas isso já está no esquecimento... infelizmente.

    Leonardo, quando vi isto pela 1ª vez, fiquei realmente chocada e tinha ainda esperança na Irlanda...

    @ Xenofonte, o maior problema nem é a falta de valores... é a perda total de direitos de cidadania.

    ResponderEliminar
  11. Anónimo26.7.11

    Deixo aqui, minha contribuição:

    Sobre Sociedades Secretas, Bilderberg, etc:

    http://www.youtube.com/watch?v=outL8Hf5LcU&list=PL5FD88417544DA79B

    Mais temas preocupantes:

    http://www.youtube.com/playlist?list=PL5FD88417544DA79B

    Os vídeos são sensacionalistas sim, mas não deixam de ser investigativos e muito, mas muito intrigantes.

    Assistam!

    ResponderEliminar
  12. O maldito Tratado:

    http://www.fco.gov.uk/resources/en/pdf/pdf20/fco_ref_cm7294_eureformtreaty

    ResponderEliminar
  13. Anónimo, já tinha visto esses filmes, mas não é necessário ir ao sensacionalismo de Jesse Ventura... esta série de vídeos mostra tudo o que tem acontecido, o porquê e o pior... o que ainda vai acontecer:
    http://www.youtube.com/watch?v=n90xlsO_TfQ&feature=BFa&list=PL3252631486CE0167&index=10

    No filme 10, Nigel Farage, do Parlamento europeu fala e pouco depois teve um acidente na sua avionete, não morreu por milagre.

    Depois temos aqui um filme em que George Soros fala abertamente na MOM ou NWO:
    http://libertar.webnode.com.br/news/illuminati%20george%20soros%20diz%3a%20europa%20e%20o%20euro%20est%C3%A3o%20%22%C3%A0%20beira%20do%20colapso%22%20/

    Finalmente este esclarecedor vídeo de Alex Jones:
    http://www.youtube.com/watch?v=QiY8QB1fNAY.

    Esta série fala das elites mundiais e todos os seus planos:
    http://www.youtube.com/watch?v=YQ9kBy_Vy_o&feature=autoplay&list=PLF5744BD4332FB780&index=7&playnext=1
    Com destaque para o filme 7 onde se destaca o fantoche do Durão e a Fhurer Merkl... foram apanhados no vídeo 6, juntamente com Bush a tramar os povos, pela imprensa canadiana, nota-se no final do filme 6 a irritabilidade de Condoleeza Rice perante a conferencia de imprensa que teve de dar e a forma atrapalhada dos outros líderes exporem o que estavam a fazer no início do filme7:
    http://www.youtube.com/watch?v=YQ9kBy_Vy_o&feature=autoplay&list=PLF5744BD4332FB780&index=7&playnext=1

    Aqui está tudo o que está a acontecer e o que ainda vai piorar. Os vídeos de Lindsay Williams são assustadores e os de Alex Jones com Estulin, não ficam atrás.
    Para quem puder perder uma ou mais horas a ver estas séries, fica realmente informado. Seremos escravizados para todo o futuro.

    ResponderEliminar
  14. errata: Sobre Nigel Farage, não foi pouco tempo depois... queria dizer que foi há pouco tempo...

    NOM e não MOM.

    Sobre o Presidente polaco e o Tratado, encontro pouco neste momento... terá de ser com mais tempo.
    http://eureferendum.blogspot.com/2008/04/thats-seventh-one-down.html

    ResponderEliminar
  15. Mais uma vez sobre Nigel Farage:

    http://eureferendum.blogspot.com/search/label/eurosceptics

    Mais uma vez e este vale a pena!
    http://www.youtube.com/results?search_query=nigel+farage+eu+speech&aq=2&oq=nigel+farage

    O acidente:
    http://www.youtube.com/watch?v=06_n7YxnoCE

    ResponderEliminar
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  18. E ainda para piorar tudo:

    "(...)En lançant leurs attaques contre les maillons les plus faibles, les zinzins étaient également convaincus que la Banque centrale européenne et la Commission européenne devraient d’une manière ou d’une autre venir en aide aux Etats victimes de la spéculation en leur prêtant les capitaux qui leur permettraient de poursuivre les remboursements. Ils ne se sont pas trompés. La Commission européenne a plié et a octroyé, en collaboration avec le FMI, des prêts aux Etats membres de l’Eurozone. Elle n’a donc pas respecté à la lettre l’article 125 du Traité de Lisbonne. Aqui.

    ResponderEliminar
  19. Já agora destaco isto:

    (...)Selon son article 125 do TL, les États doivent assumer seuls leurs engagements financiers, ni l’Union ni les autres États ne pouvant les prendre à leur charge : « L’Union ne répond pas des engagements des administrations centrales, des autorités régionales ou locales, des autres autorités publiques ou d’autres organismes ou entreprises publics d’un État membre, ni ne les prend à sa charge, sans préjudice des garanties financières mutuelles pour la réalisation en commun d’un projet spécifique. Un État membre ne répond pas des engagements des administrations centrales, des autorités régionales ou locales, des autres autorités publiques ou d’autres organismes ou entreprises publics d’un autre État membre, ni ne les prend à sa charge, sans préjudice des garanties financières mutuelles pour la réalisation en commun d’un projet spécifique. » L’article 101 du traité de Maastricht, repris intégralement par le traité de Lisbonne dans son article 123, ajoute : « Il est interdit à la BCE et aux banques centrales des États membres […] d’accorder des découverts ou tout autre type de crédit aux institutions ou organes de la Communauté, aux administrations centrales, aux autorités régionales, aux autres autorités publiques ».
    L’UE se place donc volontairement au service des marchés financiers puisque les gouvernements des pays de la Zone euro dépendent totalement du secteur privé pour leur financement. Les investisseurs institutionnels (banques, fonds de pension, assurances) et des hedge funds se sont attaqués en 2010 sur la Grèce, maillon le plus faible de la chaîne européenne d’endettement, avant de s’attaquer à l’Irlande, au Portugal et à l’Espagne.(...)
    Desculpem o francês, mas considero este artigo muito interessante bem como outros do alterinfo

    Segundo um comentário, está à nossa porta a III Guerra Mundial, e há um artigo também da alterinfo, a dizer que já começou esta guerra... daí que a NATO esteja na ordem do dia.
    Muito interessante este site.

    ResponderEliminar
  20. Hey Fada,

    não percebo françês (e não o tradutor do Google não é grande espingarda). Posso sugerir uma coisa?

    Poderias compilar essa informação e escreveres um artigo para o ii, que tal?
    Pode ser uma opinião tua, ou algo sem cunho pessoal. Nós agradecemos e acredito que os autores do blog também.

    E permite-me fazer uma observação: "(...) Seremos escravizados para todo o futuro.
    (...)" - não será algo extremamente pessimista (para não dizer mesmo - impossível)? Se todos nós lutarmos para deixarmos uma semente de consciencialização no próximo, começando pelos nossos filhos e abrangendo os nossos familiares, a consciência propagar-se-á de forma exponencial.

    Ok, não será tão linear, pois infelizmente existem os egoístas, materialistas, que julgam que sabem tudo e colocam-te uma etiqueta na testa a dizer "Teórico das Conspirações".

    Há que pensar positivo, falar positivo e AGIR positivo!

    Abraço ou beijinho, tanto faz,
    -- --
    R. Saraiva

    ResponderEliminar
  21. Bem... quanto ao pessimismo é exactamente porque os "lambdas" em português, ovelhas, só pensam na sua vidinha e esquecem que o que se passa no resto do mundo hoje em dia afecta todos e que os irá afectar a eles. Sim na minha família tenho essa etiqueta, mas agora começam a acordar do torpor... mas dizem que não se pode fazer nada! isto é desesperante.
    Depois uma ditadura científica é um problema, estamos super controlados Somos milhões contra umas centenas, mas os que poderiam agir em favor de seus povos (forças armadas) estão com o cérebro lavadinho... impecável!... Teremos o tempo a nosso favor? quanto tempo demorará a acordar as consciências? Duas questões que me deixam pessimista. Mas sim Saraiva, temos de ter esperança, temos de ver um futuro para os nossos filhos. Isto está a tornar-se desolador para mim. A solidão de ideais é terrível.
    Quanto ao artigo vou tentar fazer o meu melhor. Logo que o traduza envio.

    ResponderEliminar
  22. Anónimo26.7.11

    Obrigado pelas referências e pelos vídeos!

    Sobre o programa de Jesse Ventura, gosto deles porque tratam de assuntos bem variados e o programa consegue me prender até o fim. Aquele programa sobre os campos do FEMA é fantástico!

    Sobre pessimismo e otimismo, é bom termos um certo equilíbrio quanto a isso, pois infelizmente a grande maioria das pessoas aceitarão tudo isso numa boa, sim, pois foram tão bem moldados pela mídia que aceitarão as mudanças gradativamente, pois continuam dizendo que não ha nada a fazer, deixar acontecer, ver o que vai dar, eles seguem as regras, estas pessoas ja são vítimas do "drive by" dentro de casa, todos com uma bala na cabeça:

    http://www.youtube.com/watch?v=Q_hIdKCMWqU

    (olhe e ative a legenda)

    Quase não temos mais ideais hoje em dia...Precisamos mudar isso.

    ResponderEliminar
  23. Ora bolas... o outlook não tem a opção enviar?! acabei a tradução faz um tempão e não consigo enviar... bolas!

    Anónimo, obrigada pelo vídeo. Quanto a prisões do FEMA, aqui vai mais um artigo:
    http://consciencia-verdad.blogspot.com/2008/05/por-qu-hay-campos-de-concentracin-en.html
    A coincidência é que quando fui pesquisar a este blogue, o último post era também sobre o Echelon!

    ResponderEliminar
  24. ...pelos vistos o blog funciona melhor quando não estou :)

    Fada do Bosque, queria agradecer pois hoje escreveste muito, enviaste links, envolveste outros Leitores: este é exactamente a função do blog.

    Infelizmente não posso estar presente tanto quanto queria, mas Fada, percebeste qual a ideia: este é um espaço de troca, de ideias, de impressões, de material.

    Por isso: obrigado!!!

    Só uma coisa: é que além de não perceber uma palavra, o Francês rende-me nervoso... mas não ligar, são coisas de Italiano :)

    Grande abraço!!!

    ResponderEliminar
  25. Denise! Leonardo! Astroquak! Xenofonte! Anónimos! Ricardo! Nobre Saraiva! Xenofonteeeee!!! Max! Obrigado!

    Mas Max sou eu...ok, então retirem o Max.

    Quanto ao Tratado de Lisboa.
    Saraiva tem razão, não seria mal procurar alguma coisa acerca disso.

    Querem saber a verdade?
    Ok, então é assim: não sei se repararam, mas há alguns assuntos (poucos) que nunca são tratados neste blog.
    Ou são tratados de forma "leve", sem aprofundar muito.

    Exemplo? A vivi-secção.
    E porque não é tratada? Porque doí. Não apenas ler, mas procurar, escrever...tudo isso dói e não pouco.

    Também o Tratado dói? Eu sei, talvez para um Brasileiro ou um Angolano esta coisa não faça muito sentido, afinal é um Tratado. Mas não é, é muito mais.

    É o fim dum mundo no qual cresci (crescemos), o fim da esperança que esta Europa possa tornar-se um lugar melhor.

    É o acordo que põe as bases para a destruição dos Estados nacionais.

    É a entrega dum continente às mãos duma elite que tem como único objectivo o lucro e nada mais.

    Ao mesmo tempo é a demonstração mais evidente de quanto os povos contem hoje: zero. E em caso de dúvida, façam uma breve pesquisa acerca de como foi aprovado o Tratado.

    Mas ok, vou procurar alguma coisa. O Tratado ainda aturo. Mas não peçam vivi-secção!

    Um abraço para...para quantos? Pata todos, exageremos.

    ResponderEliminar
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  27. De todas essas porcarias com o copyright NATO, essa aqui é que me deus mais nauseas: http://www.zazzle.com/god_loves_nato_poster-228728475904390065 ninguem merece tremendo mau gosto e indiferença com a vida do proximo... e falando nisso, quem será o proximo? ninguem sabe...

    ResponderEliminar
  28. Não tem de agradecer Max... é bom poder partilhar ideias. Haja quem esteja disposto a isso, por isso obrigada também a ti Max e da mesma forma, aos colegas comentadores.
    Entretanto já seguiu a tradução do artigo em francês, pois considero abjecto violar a Constituição Europeia, quase logo que esta foi ratificada, em favor dos interesses privados e estrangeiros.
    Um abraço. :)

    ResponderEliminar
  29. Ja pensaram que com o dinheiro e recursos que se gastaram na inutil invasao 'a Libia podiam ter-se criado infrastructuras decentes e apoio humanitario no corno de Africa, onde este Verao vai ocorrer um autentico genocidio devido 'a falta de agua, comida e condicoes sanitarias basicas?

    Mete-me nojo que os gatos gordos enriquecam com a guerra e que os estados se endividem ainda mais so para os manter felizes.

    E assim se chegou 'a mitica marca de 30 comentarios a um artigo ;)

    ResponderEliminar
  30. Anónimo27.7.11

    É Xenofonte, o Max está criando fãs e não só leitores. hahaha

    ResponderEliminar
  31. http://www.eutimes.net/2011/07/norway-premier-begged-putin-to-stop-massacre-planned-by-elites/

    Informacao, desinformacao, contra-informacao sao conceitos que cada vez mais me baralham.

    ResponderEliminar
  32. É verdade Xenofonte... temos de ter discernimento qb e ainda cruzar muita informação... isto acontece a todos, por isso lhe agradeço imenso a notícia que deixou aqui e que por sua vez, já foi parar ao blog "Da Rússia" de José Milhases.
    Obrigada.

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...