07 julho 2011

A Síria é má. E estúpida também. Como os media ocidentais.

O título do Corriere della Sera não deixa dúvidas: Síria, ordem de atirar contra quem grava vídeo.
Enfim, o regime de Damasco não tem nenhuma piedade.

A prova? Um vídeo, o seguinte:




Terrível, não é? O pobre dono do telemóvel estava só a gravar algumas cenas no telhado da própria casa. De repente um soldado, uma espingarda, muito ódio e depois o telemóvel que cai, os familiares desesperados.

Não há palavras em caso como estes.
Aliás, na verdade há: "palhaços".


Esta é uma prova?
Segundo os media ocidentais sim, sem dúvida. E porquê? Porque o regime da Síria é mau.

Mas se tentarmos ver as coisas sem os olhos da propaganda pró-EUA e pró-Israel, podemos reparar nalguns pormenores.

Primeiro entre os outros: este vídeo pode ter sido gravado em qualquer localidade do Mediterrâneo, mas nem todos concordam.
Explica o jornalista:
Ninguém pode comprovar a veridicidade do vídeo, mas vários indícios fazem pensar ter sido gravado em Homs [Síria, NDT]. É possível ver casas, varandas, antenas parabólicas. De repente, um soldado mesmo no prédio ao lado.
O que não deixa de ser verdade: alguém entre os Leitores lembra ter visto prédios com varandas e parabólicas fora de Homs?
Eu, por exemplo, não lembro.

No vídeo podemos ouvir vozes, disparos, gritos. Mas a única rua filmada está vazia.
Aliás, não vazia: porque anda por aí um soldado. Ou melhor, uma pessoa vestida de verde.

Porque os atiradores em incógnito são assim: não vestem distintivos para não ser reconhecidos, e depois passeiam nas ruas vestidos com uma fato militar e uma arma na mão, tentando disfarçar-se entre a multidão (mas qual multidão se não está ninguém aí?).

É virtualmente impossível reconhece-los.

Dúvida: mas nestes casos não deveriam ser os atiradores furtivos escondidos nos telhados e não vice-versa?
No resto do mundo assim é, de facto, mas o regime da Síria é estúpido também (porque já sabemos: os regimes maus são estúpidos): os atiradores furtivos da Síria andam nas ruas e tentam apanhar os cidadãos nos telhados.

Uma notícia que, pelo contrário, os media ocidentais não difundiram é a descoberta de valas comuns na localidade de Jiser al Shughur (norte do País), valas abertas com a presença de 70 representantes diplomáticos na Síria (entre as quais o embaixador dos Estados Unidos) e 20 jornalistas internacionais.

Numa das valas, os corpos de 10 policias mutilados com sabres.

A seguir o vídeo.

Atenção: a partir do minuto 1 e 30 segundos as imagens podem afectar o espectador sensível 

Por isso já sabem: afastem crianças, idosos, animais domésticos, fechem as janelas, desliguem os telefones, fechem as portas e tirem um dia de folga se necessário.







Ipse dixit.

Fonte: Corriere della Sera,

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. "A Síria é má"... não considero este um título ideal para uma mensagem.

    Escrever que a "Síria é má" sendo que da forma que foi escrita sem mais, nada, implica associar inevitavelmente que todos os Cidadãos da Síria são maus... ora tal, penso eu, é injusto, no mínimo...

    Temos que separar as águas dos azeites...

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...