23 setembro 2011

Coisas que caem, não caem e correm

Elenin pifou duma vez por todas, mas há algo que está a cair nas nossas cabecinhas: e não deve espantar o facto que o objecto em causa foi criado pelo Homem.

A queda do UARS

Exemplo de possíveis trajectórias
O nome é UARS, pertence à Nasa, e segundo as ideias do agência americana deveria ter ficado desintegrado no contacto com a atmosfera durante os últimos dias deste mês. Só que entretanto houve uma uma maior actividade solar e o satélite ficou baralhado.

"Caio? Não caio?": uma decisão difícil, sobretudo se o nosso peso é de 532 quilos. Afinal, eis a escolha: melhor cair, e já. E "já" significa hoje, 23 de Setembro de 2011 d.C.

A Nasa comunica que não sabe onde o satélite irá precipitar. Talvez aí, pode ser um pouco mais à direita. Mas afirma também que 20 minutos antes do impacto será possível conhecer o lugar do impacto. Obrigado.

E começa o jogo das probabilidades: segundo as simulações dos computadores, os 26 fragmentos no qual ficará partido o satélite têm 71% de probabilidade de cair no mar, 29% de cair na terra, 1% numa zona habitada. E a possibilidade de atingir uma pessoa é de 1/3200.

Aliás, a Nasa faz saber que na verdade as probabilidades de ser atingido são praticamente nulas, pois em 50 ano de actividade espacial nunca um ser humano ficou alvejado. O que não é uma grande consolação caso formos nós os primeiros.

A Nasa conclui com um aviso:não aproximar-se dos destroços.
Mas o problema aqui parece ser outro: que sejam os destroços a aproximar-se...


Elenin foi-se

Entretanto o meu cometa favorito, Elenin, desintegrou-se: não resistiu ao encontro com o Sol e ficou todo partido. Uma tristeza.

Os vários pedaços do objecto continuam agora o percurso original e, uma vez atravessada a órbita da Terra, vão desaparecer no espaço profundo.

E nós? Se o nosso planeta travessar esta parte do espaço, teremos novas Perseidas, conhecidas na Europa como as Lágrimas de São Lourenço; que, de facto, são os destroços do cometa Swift-Tuttle (com um núcleo de 27 km de diâmetro).
Afinal, Elenin pode ter deixado algo de bom.

Mais rápido que a luz

Uma importante notícia vem do Cern de Genebra (Suíça) e dos laboratórios do Gran Sasso (Itália): pela primeira vez a velocidade da luz foi ultrapassada.

O Cern disparou 15.000 neutrinos em direcção do Gran Sasso e aqui as velocidades foram medidas. Moral: os neutrinos ultrapassam a velocidade da luz.

De pouco, de apenas 60 bilhonesimos de segundos, mas ultrapassam aquele que desde a Teoria da Relatividade de Albert Einstein tinha sido considerada um limite intransponível.

Acaba aqui "O Cantinho da Ciência".
Não percam os próximos episódios, sempre no mesmo canal.


Ipse dixit.

15 comentários:

  1. não é que seja fã do elenin mas fazendo aqui um pouco de advogado do diabo, nota-se nitidamente que a 2ª fotografia tem um menor tempo de exposição que a 1ª, vai daí se calhar ainda se via melhorzinho do que ai está... :)

    ResponderEliminar
  2. Pedro como percebe-se isto olhando apenas?
    Max, estou desapontado com você, estava ainda a espera dos lobisomens do dia 12 de outubro!

    ResponderEliminar
  3. podes ver isso pelo rasto das estrelas à volta do cometa. enquanto que na 1ª fotografia por ter uma exposição maior para acompanhar o cometa se vê nitidamente um rasto nas estrelas, no 2º caso já não acontece isso, para além das estrelas serem menos brilhantes. Posso estar enganado e não sou nenhum expert em fotografia mas parece-me claramente que a 1ª fotografia tem uma exposição mais prolongada que a da 2ª...

    ResponderEliminar
  4. Pedro!

    Verdade, nem tinha reparado nisso.

    A primeira fotografia apresenta as estrelas no fundo como um "rasto", enquanto na segunda são mais puntiforme. O tempo de exposição foi inferior.

    Deixo a fotografia como aviso pessoal, assim da próxima vez espero lembrar dos erros provocados pela pressa.

    Entretanto agradeço Pedro, que fica banido do blog para sempre. :)))

    Abraço!!!

    ResponderEliminar
  5. Algo me diz que estes dois Pedros não são a mesma pessoa...

    ResponderEliminar
  6. confirmo que não somos :)

    vou tentar evitar este tipo de correcções de uma próxima vez fica prometido...

    ResponderEliminar
  7. Pedro!!!

    Evitas nada!!!!!!!

    Pelo contrário, os Leitores fazem muito bem a procurar erros, porque eu estou "sozinho" aqui e posso escrever muitos disparates (sem crer, óbvio).

    A ideia é fornecer uma informação rigorosa, por isso quantas mais correcções tanto melhor!


    Abraço!!!

    ResponderEliminar
  8. Dois Pedro e um Max? Ou dois Max e um Pedro. Fiquei confuso!
    Se indentifiquem, hehehehehe.

    Abraços aos Pedros e Max

    ResponderEliminar
  9. Essa notícia do Cern me deixou um tanto quanto inquieto. Não que seja fãããããã da física clássica, mas realmente achei que seria velhinho quando conseguissem ultrapassar a velocidade da luz. Se fizeram um pouquinho mais, fazer o dobro disso não será tão difícil, acredito que vamos ver a curva da exponencial muito em breve.

    Tentando dar uma de Mãe Dinah (piadinha brasileira), prevejo que em no máximo 30 anos possamos fazer um objeto um tanto quanto maior (um foguete, uma espaço nave?) viajar em velocidades até então dignas de ficção.

    ResponderEliminar
  10. É isso ae, Pedros. Um de vocês dois vai ter que assumir um pseudônimo. Sugestões? Astolfo, Arivonil, Policarpo, Hildebrando... kkkkkk

    ResponderEliminar
  11. Conclusão:

    Mais depressa apanho com um satélite na tola, do que me sai o Euromilhões!

    ResponderEliminar
  12. Agora pronto, não haverá mais dualidades xD

    ResponderEliminar
  13. Além de tudo, ainda temos que nos preocupar que o lixo dos americanos no espaço, para que não caia na nossa cabeça.
    Isso é o cúmulo do absurdo.

    ResponderEliminar
  14. Eu criei uma conta para evitar isso, sempre comentei como 'Vitor', até que surgiram outros então me vi obrigado a criar uma conta.

    hehehehe

    Mas afinal, Elenin se foi ou não?

    ResponderEliminar
  15. Se calhar caiu em ... Buenos Aires!

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...