20 setembro 2011

O calor? Escondido...

Porquê este foi um dos Verões mais frio dos últimos anos? E porquê no passado Inverno até caiu um pouco de neve em Lisboa?

Simples: é culpa do aquecimento global. Quanto mais calor, mais frio. Faz sentido, acho eu. E se o planeta continuar a aquecer, Praça Marquês do Pombal poderia ser transformada numa enorme pista de gelo, boa para atrair os turistas também.

Pois o Homem produz dióxido de carbono e este, contrariamente a quanto demonstrado pelos achados das Eras anteriores à nossa, aumenta a temperatura do ambiente. Também isso faz sentido.

Mas se o planeta aquece, a temperatura não deveria aumentar também?
Esta era uma pergunta sem resposta, até hoje. Mas Nuno Sav pus o ponto final na questão: descobriu o que os cientistas não querem dizer (ou melhor: que não deveriam dizer para evitar figuras tristes.


Diz a Reuter, interrogada por Nuno com métodos bem poucos ortodoxos (o itálico é meu):
O mistério da falta de calor da Terra [interessante: alguém admite que não está calor] pode ter sido resolvido: o calor poderia esconder-se no fundo dos oceanos, temporariamente mascarando os efeitos do aquecimento do clima provocado pelas emissões de gases (efeito estufa), como afirmaram pesquisadores neste domingo. [...]

As temperaturas foram elevadas, a década entre 2000 e 2010 foi a mais quente em mais de um século, mas o ano mais quente foi 1998 [é lógico: o calor aumenta com o aumento dos gases: em 2010 tivemos mais gases de que em 1998, por isso menos calor, tudo faz sempre sentido].

A equipa dos "Génios"
A temperatura mundial deveria ter subido mais do que fez, confirmam os cientistas do Centro Nacional de Pesquisa Atmosférica [chamados também "Os Génios"].

Eles sabiam que as emissões de gases do efeito estufa foram subindo durante a década e os satélites mostraram que havia um fosso crescente entre a quantidade de luz solar em entrada e quantidade de radiação de saída.
Algum calor estava a alcançar a Terra, mas não a deixava; no entanto as temperaturas não estavam a subir tanto quanto esperado.
Então, para onde foi o calor em falta?

Simulações de computador sugerem que a maioria do calor ficou  retido nas camadas mais profundas dos oceanos durante a última década.[...]
Diz Kevin Trenberth [Chefe-génio e co-autor do estudo]:
Este estudo sugere que a energia que falta ficou retida no oceano. O calor não desapareceu e por isso não pode ser ignorado. Deve ter consequências.
Oceano Atlântico, proximamente
Trenberth e os outros pesquisadores correram cinco simulações no computador [deve ser ainda um Commodore 64], tendo em conta as interações entre a atmosfera, a terra, os oceanos e o gelo do mar, e baseando nas simulações sobre a projeção humana de emissões de gases com efeito estufa.

Todas estas simulações indicam que a temperatura global subiria vários graus neste século [mas só a partir de amanhã].
Mas também mostraram períodos em que as temperaturas estabilizam-se antes de aumentar [o que, casualmente, é o período no qual vivemos agora]. Durante este período, o excesso de calor muda-se para a água profunda do oceano, devido a alterações na circulação oceânica segundo os cientistas [e segundo o Commodore deles].

Resumindo: o calor escondeu-se. E, de repente, voltará à superfície.
Quando? Ninguém explica isso, provavelmente quando os oceanos atingirem 100 Cº. Nesta altura será possível comer grandes caldeiradas de peixe, tudo de borla.

Mas porquê o calor fica escondido nas profundezas do oceanos? Por causa das alterações na circulação das águas? Ou será que os cientistas ainda escondem alguma coisa?

Queria portanto complementar estas valiosas informações com a teoria de outro grande cientista, Gerald Meyr.

Ele relata que o Dr. Olaf Bergstrom, da sua base ártica, tentou contactar sem sucesso a embarcação Seaview; os tripulantes destas, uma vez chegados no laboratório, encontraram o doutor inconsciente e percebem a verdade: no fundo do mar há uma alienígena que dispara chamas e queima tudo.

Isso poderia explicar a razão pela qual o calor fica no fundo do mar: não é um acaso, não são as correntes, é o ser de outro mundo que retém o calor.

Mas conseguirão o scientistas a derrotar o malvado extraterrestre?
Para descobri-lo, assistam ao filme: O Monstro quente: viagem ao fundo do mar.

Pois como sabemos, Hollywood antecipa a realidade. (ah pois, é um filme de 1968...)

Obrigado Nunosav!
E obrigado também JiBraga, que sinalizou o artigo via e-mail!


Ipse dixit.

Fontes: Reuters, IMDb

10 comentários:

  1. Olá Max

    Não tem nada a ver com seu post, mas achei muito interessante para você, é sobre o Euro.
    Vale a pena ler.


    http://www.tijolaco.com/que-ninguem-durma/

    Abraços

    ResponderEliminar
  2. AHAHAHAAH MAX!!!
    Explica esta se faz favor:
    "o ano mais quente foi 1998 [é lógico: o calor aumenta com o aumento dos gases: em 2010 tivemos mais gases de que em 1998, por isso menos calor, tudo faz sempre sentido]."
    Bem este artigo está demais. Esqueceu-se de dizer que se a temperatura do ar aumneta em média mais do que 2 graus, as correntes oceânicas que vem do Pacífico para o Atlantico Norte, cessam, fazendo com que uma nova Era glaciar aconteça. Agora imagine se o calor estiver todo no fundo do mar!!!
    Ele há coisas do arco da velha! E que mais irão inventar? Haja alguém que me explique isto direitinho, até porque em certas profundidades as águas estão tão próximas do centro da terra, ou do magma, que são quentes...

    ResponderEliminar
  3. Um belo artigo sobre o aquecimento global:

    http://www.telegraph.co.uk/comment/columnists/christopherbooker/5067351/Rise-of-sea-levels-is-the-greatest-lie-ever-told.html

    ResponderEliminar
  4. Por falar em coisas escondidas, vi isto nas notícias.

    http://www.youtube.com/watch?v=Wvz54zow3cc

    Ahh! Perdão...esqueci-me que a televisão prefere umas novelas a outros assuntos mais sensíveis...como a divergência que as crenças religiosas causam.

    :|


    Grande abraço,
    -- --
    R. Saraiva

    ResponderEliminar
  5. Credo Saraiva!!! Isto é de bradar aos céus! Os homens estão ao nível dos tempos passados da Idade das trevas?! Sinceramente não consegui ver o filme todo... :((

    ResponderEliminar
  6. Fada, é importante manter estes povos neste nível de ignorância, pois assim é mais fácil domá-los, expropriá-los e fazer tudo aquilo que se quer das suas terras e recursos...enquanto eles se juntarem a matar uns aos outros, a corporocracia agradece.

    Abraço,
    -- --
    R. Saraiva

    ResponderEliminar
  7. Anónimo21.9.11

    Senhores, os fatos não comprovam. Mas a explicação tem lógica.
    Einstein disse: "não existe frio, mas ausência de calor". Pelas leis da termodinâmica, o calor sempre se desloca em direção ao frio, ou ausência de calor (o fundo dos oceanos é frio). O que é explicado pelo efeito chamado de diferênça de potêncial (calor em cima, frio embaixo, o deslocameto é descendente). Se os fatos não correspondem as explicações cientificas, creio que a ciência não sabe o que diz.

    ResponderEliminar
  8. curti a ideia do Anônimo acima.

    ResponderEliminar
  9. Ricardo21.9.11

    Que vídeo nojento... uns caras queimando outros... que coisa horrível... mas de onde se sabe que eles são cristãos? E os outros são o quê se não cristãos?

    Todas as religiões são um lixo... mas não sei se essa atrocidade é por causa de religião... ou por estupidez mesmo...

    ResponderEliminar
  10. Anónimo21.9.11

    Ricardo,

    provavelmente são cristãos sim, infelizmente naqueles lados ha uma grande perseguição por cristãos e a mídia está silenciada, calada.

    Não estou querendo defender o cristianismo ou qualquer religião, mas infelizmente é o que está acontecendo. Está havendo uma perseguição. E cada vez maior.
    O pior de tudo é que dentre tantas religiões, é o cristianismo que está "levando pau".

    Isto é a inversão dos valores, é o total esquecimento da boa mensagem da palavra cristã. Muito triste isso.

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...