16 setembro 2011

Sprite? No, Spread

O que é o spread?
E se o spread aumentar, o que acontece?

É simples: o spread é o diferencial.
Sim, dito assim não significa muito.
Mas vamos ver.

Falamos, por exemplo, do diferencial entre o rendimento dos Títulos de Estado entre dois Países.

Do ponto de vista de quem emite o Título de Estado (e quem emite o Título de Estado? O Estado), o rendimento dum Título é o interesse que o Estado terá que pagar para ter dinheiro.

Eu, Estado, preciso de dinheiro; emito um Título de Estado com a promessa de pagar um interesse; alguém compra o Título (isso é: da-me dinheiro); eu; estado, terei que pagar um interesse.

Normal: se o Estado não pagasse interesse, ninguém compraria um Título, pois seria mais sensato investir o próprio dinheiro em operações que geram alguns lucros.


Assim, o spread mede a diferença que um Estado tem que pagar para vender o próprio Título quando comparado com outros Estados.

A Alemanha é uma economia sólida (mais ou menos e por enquanto...), para vender um Título precisa de oferecer 1% de juros (este é apenas um exemplo); a Grécia é um País falido, para vender um Título precisa de oferecer 100% de juros.

Porquê? Porque ao adquirir um Título alemão, tenho a razoável certeza que o Estado terá a capacidade para reembolsar o Título e para pagar os juros; isso é, é um investimento "seguro".

Ao adquirir um Título grego, pelo contrário, tenho a razoável certeza que na altura de reembolsar o Título e pagar os juros, o Estado já estará totalmente falido; isso é, é um investimento suicida. E para conseguir atrair compradores,a Grécia tem que oferecer muito, muito mais...

Como ler os spreads?
Eis a tabela do spread de alguns Países europeus no passado dia 6 de Setembro:

Italia: 348
Espanha: 327
Irlanda: 655
Portugal: 900
Grécia: 1.550

Ohé, assim não se percebe nada: onde estão as percentagens?
Mas não é difícil.

A tabela ilustra o spread de alguns Países tendo como base o Bund, que é o Título de Estado alemão.
Se um Título tiver um rendimento de 7% enquanto o mesmo Título alemão (o Bund) tiver um rendimento de 3%, então o spread será: 7 - 3 = 4 %. Este último valor (4%) pode também ser lido como "4 pontos percentuais" ou " 400 pontos bases".

É desta forma que os valores aparecem na tabela. Que poderia ficar assim:

Italia: 3,48
Espanha: 3,27
Irlanda: 6,55
Portugal: 9,00
Grécia: 15,5

É a mesma coisa, só que os economistas gostam de complicar.

Portanto, o spread não é relevante em si, mas é o sintoma de algo mais: spread mais elevado significa que algo não bate certo na economia.

E que significa spread mais elevado?
Em primeiro lugar, é claro, significa que um Estado tem que pagar mais para obter dinheiro.

E no dia a dia?
Significa que se o Estado tem de pagar mais para obter dinheiro no mercado, tentará reduzir as próprias despesas: menos serviços aos cidadãos.

E, ao mesmo tempo, tentará encontrar dinheiro menos caro: o que significa mais taxas.

Este é o spread. Simples e bonito.


Parecido é o conceito de  spread quando aplicado aos empréstimos bancários.

Neste caso, o spread pode ser visto como diferença entre o preço de compra e de venda.
O banco ganha quanto mais elevado for o spread, que indica a diferença entre quanto pagou para obter o dinheiro (em teoria, adquirido do Banco Central) e quanto ganhará ao emprestar o mesmo dinheiro (por exemplo, no caso dum empréstimo para a aquisição duma casa).

Lógico, assim, que será melhor para o cliente ter um spread baixo, quanto mais baixo possível: o banco ganha menos, mas nós poupamos mais.


Ipse dixit.

Fonte: Informazione Scorretta, Wikipedia (italiano), Il Sole 24 Ore.

2 comentários:

  1. "E, ao mesmo tempo, tentará encontrar dinheiro menos caro: o que significa mais taxas."

    Não percebi muito bem "o que significa mais taxas", que relação tem com "tentará encontrar dinheiro menos caro".

    Pergunta de leigo, talvez, mas agradeço a aclaração.

    ResponderEliminar
  2. "mais taxas" para o cidadão pagar... pois o estado não encontrando dinheiro mais barato tem que obter financiamento pela outra via...

    Pode sempre cortar nos serviços que presta... são meras escolhas!!!

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...