06 outubro 2011

Occupy Wall Street - Parte II

Lemos um ponto de vista.
Agora outro, diametralmente oposto.

Este é de Kurt Nimmo, de Global Research.
Vamos ver:
"Como pode um movimento fundado pelo globalistas acabar com o plano globalista que tem escravizado o mundo? Imprecisão que mais me incomoda em toda a cobertura é o facto de que concentram-se em Anónimos, como arquiteto e organizador do evento", afirma um e-mail recebido em 23 de Setembro.
"A primeira chamada para protestar foi publicada pela revista Adbusters".


Esta pessoa, que permanecerá sem nome dado que não obtive a permissão para citar o e-mail privado que me enviou, não é apenas um estranho que faz uma observação. Alega estar intimamente ligado ao movimento através da Assembleia Geral em Nova York, descrito como o comitê central para organizar e planear o protesto.
A página dele no Facebook mostra que é realmente no interior do movimento Occupy Wall Street.

A Adbusters Media Foundation descreve-se como uma organização "anti-consumista", organização sem fins lucrativos que funciona como "uma rede "global de artistas, ativistas, escritores, palhaços, educadores e empresários que querem fazer avançar o novo movimento social na era da informação".

Como muitos dos chamados esquerdistas sem fins lucrativos, Adbusters é uma criatura das fundações globalistas. De acordo com pesquisa realizada pela Activistcash.com, Adbusters recebe dinheiro de um número aparentemente crescente de fundações, incluindo o big Kahuna das fundações de esquerda, a Tides Foundation e o Tides Center. Entre 1996 e 2003, Tides fez uma doação de 334,217 Dólares para Adbusters, até agora o maior montante entre as oito fundações de doadores.

Steve Baldwin afirma que a Tides recebeu mais de 7 milhões de Dólares de George Soros. embora a ligação monetária entre Drummond Pike, fundador da Tides, e arqui-globalista Soros permaneça um pouco opaca: o pesquisador Ron Arnold tem evidenciado inúmeras conexões entre os dois chamados filantropos. Protegido pelas regras do Internal Revenue Service [órgão do governo dos EUA de arrecadação de impostos, NDT], Drummond não é obrigado a divulgar de quem recebe o dinheiro para financiar um número de organizações aparentemente crescente.

Diz Arnold:
A Fundação Tides é uma passagem de dinheiro de outras fundações, a Fundação Tides é um ente de caridade pública, não uma fundação privada. The Tides passa o dinheiro de outras fundações, o dinheiro vai para uma variedade de organizações de esquerda que os doadores oficiais não querem ou não podem apoiar oficial sozinho, ou não deveriam ...Porque nenhum dos mais de 260 projetos sob a égide da Tides declara o próprio Módulo no Internal Revenue Service 990, as transações financeiras são totalmente secretas e não estão disponíveis para consulta pública, um problema que requer a intervenção do Congresso.
O blog de Dj Osiris fornece detalhes adicionais:
Parece que George Soros é conectado com o movimento Dia da Raiva, isso é, Occupy Wall Street através da Ruckus Society. A Ruckus Society recebe financiamento da Tides Foundation e o Open Society Institute de George Soros oferece subsídios para Tides, incluindo 4,2 milhões de Dólares em 2008.
Depois do realizador Michael Moore ter confessado na semana passada, ao ativista e jornalista de We Are Change, Lucas Rudkowski, que o objetivo do movimento fundado em grande parte pela globalistas é atacar e desmantelar o capitalismo, Moore descartou qualquer tentativa de acabar com a Federal Reserve e voltar a uma economia saudável e honesta, gerida pelo povo americano, não por um cartel de bancários e de oligarcas financeiros, incluindo George Soros.

Em vez de abordar questões que poderiam resolver os graves problemas sociais e políticos criados pela reservas fracionárias bancárias e outras fraudes geridas pela elite dominante, o movimento anti-capitalista enchido por Soros desvia a indignação pública e a reação política em canais que podem ser controlados pelas forças globalistas.

Uma operação semelhante foi realizada com o movimento ultra-liberalista do Tea Party Partido, que agora é mais um grupo de apoio e um coro para a fundação do Partido Republicano, dominada pelas personalidades neo-conservadoras como Sarah Pallin, Michele Bachmann e Rick Perry, o camaleão ex-funcionário de Gore.

O movimento Occupy Wall Street, financiado pelas fundações globalistas, que está a receber cada vez mais cobertura amigável dos media corporativos (pelo menos daqueles "liberal"), agora descreve-se como uma reunião de descamisados (pobres, sem terra) contra os estancieiros (proprietários), uma referência para a guerra de classe que tornou-se muito popular na Argentina.
[...]
Se olharmos para além da retórica socialista superficial e observamos quem é que financia e gere o movimento Occupy Wall Street, essencialmente fundações "liberal", com os mesmos objectivos globais dos seus inimigos ideológicos da assim chamada Direita, percebemos que o movimento é essencialmente mais uma tentativa de colonizar os políticos da oposição e torna-los impotentes e ineficazes.

A ação real, o que realmente está a ameaçar o "1 por cento", a elite global, quer acabar com a Federal Reserve, um regresso aos princípios fundamentais da república constitucional e uma economia saudável e honesta, não controlada por uma elite ou sector financeiro, que agora tem a tarefa de desmantelar a economia e tornar a América num País abandonado do terceiro mundo.
Pois.
Então, qual das duas versões será mais fiel à realidade?
Estamos perante o quê? Um movimento real, genuíno, ou uma nova operação que tem como base o engano?
Qual destas opiniões é informação, qual é contra-informação?

Vivemos num mundo complicado, podem crer...

Ipse dixit.

Fonte: GlobalResearch

21 comentários:

  1. Anónimo6.10.11

    Max, aumenta o espaço visível da barra de últimos comentários, as vezes não da para acompanhar o que cada leitor posta.

    ResponderEliminar
  2. Max

    Veja isso e me diga se isso está certo.
    Não acreditei, me pareceu que estão antecipando um ataque de falsa bandeira.
    Veja meu amigo e me diga, pois isso me pareceu ser urgente de se investigar e também de informar as pessoas, quando se trata de comunicado israelense fico preocupado, pois sei do que são capazes.

    http://www.midiasemmascara.org/mediawatch/noticiasfaltantes/foro-de-sao-paulo/12459-um-terrorista-pode-estar-agora-ao-seu-lado-e-com-passaporte-venezuelano.html

    Abraços

    ResponderEliminar
  3. Ricardo6.10.11

    É... revoluções autênticas... existem?

    No Brasil, a maior rede de televisão fez alguns jovens (cuja edição de vídeo fez parecer muito mais do que eram) causarem o impeachment do presidente em exercício.

    Na decada de 60, os globalistas financiaram diversas ditaduras militares na américa do sul... no Brasil vários universitários lutaram até à morte (ou tortura, ou extradição)... me parece AUTÊNTICO

    Iluminismo... Voltaire... Russeau... provavelmente tiveram idéias autênticas... a escolha das filosofias deles como referência... como será que se deu isso? Autêntico?

    Revoluções atuais nos países produtores de petróleo: heheheh... sem comentário...

    Não podemos supor que todas as revoluções são falsas... na prática, quem governa nas democracias é o povo... por isso tanto esforço para controlar a mente do povo... para os globalistas era isso ou então ter que aceitar a pré-potência da nobreza...

    Talvez essa onda de revoltas por ocorrer em tantos lugares num curto período de tempo, precisa de algum tipo de estratégia... incentivo... me cheira com certeza à interesses obscuros por traz disso...

    ResponderEliminar
  4. Olá Anónimo!

    Blogger dá para inserir só os últimos 5 comentários...vejo se encontro uma aplicação alternativa, mais espaço dava jeito.

    Abraço!

    ResponderEliminar
  5. Olá Burgos!

    No artigo é citado Il Corriere della Sera como fonte. Fui ver nas edições on-line, dos últimos dias também, mas não há rigorosamente nada.
    De facto não lembrava nada, apesar de consultar o diário a cada dia.

    Além disso, há blogues italianos muito atentos a este tipo de notícias, blogues que consulto diariamente também, e nunca apareceu algo do género.

    Reparem que Il Corriere não pode ser acusado de ser "de esquerda", bem pelo contrário, é muito ligado
    ao Governo; por isso uma notícia como esta, se séria, mereceria amplo destaque.

    Resumo: ou foi um engano, ou a notícia não mereceu destaque. Ou ainda, notícia é falsa. E o facto de aparecer num jornal israelita
    diz alguma coisa...

    Abraço!!!

    ResponderEliminar
  6. rafael6.10.11

    midia sem mascaras, definitivamente nao eh uma leitura recomendavel, sao uns facistas defensores das elites com ideologias absolutamente reacionárias

    ResponderEliminar
  7. Max

    Isso foi publicado em 09/01/11 e agora está se espalhando, estão divulgando em blogs do Brasil.
    Alguma coisa estão pretendendo com isso.

    "O jornal israelense Yediot Aharonot, publicou ontem em suas páginas que a organização terrorista libanesa xiita Hezbollah (Hizb Allah, ou Partido de Deus) estabeleceu um centro de operações em Cuba."

    http://www.ynetnews.com/articles/0,7340,L-4116628,00.html

    Olhe Max, por favor.

    Obrigado

    ResponderEliminar
  8. jornal israelense Yediot Aharonot

    Traduzi no google.

    Relatório: Hezbollah abre base em Cuba

    Grupo terrorista xiita de usar centro de operações para lançar ataque a alvo israelense na América do Sul, informa jornal italiano

    Menachem Gantz
    Publicado em: 09.01.11, 12:35 Notícias / Israel


    Hezbollah estabeleceu um centro de operações em Cuba, a fim de expandir suas atividades terroristas e facilitar um ataque contra um alvo israelense na América do Sul, o jornal italiano Corriere della Sera informou.

    De acordo com o Yedioth Ahronoth, o ataque é feito para vingar a morte de Imad Mughniyah comandante do Hezbollah. A organização alega que Israel estava por trás de seu assassinato 2008.

    Histórias relacionadas:

    Análise: repressão da Síria visitas imagem do Hezbollah
    Hezbollah prepara lista de ocorrências para vingar a morte Mughniyeh
    Hezbollah suspeita da criação de campo na Venezuela
    Segundo o relatório, três membros do Hezbollah já chegaram em Cuba com o propósito de estabelecer uma célula terrorista lá. A célula é incluir 23 agentes, escolhidos a dedo por Talal Hamia, um membro sênior encarregado de dirigir o operação secreta.
    A operação, intitulada "O Caso do Caribe", teria sido atribuído um orçamento de US $ 1,5 milhões. A base de Cuba deve ser utilizado inicialmente para fins de logística, incluindo a coleta de informações, networking e falsificação de documentos.
    Hezbollah tem sido ativo na América do Sul há algum tempo agora, principalmente no Paraguai, Brasil e Venezuela, observa o relatório.

    ResponderEliminar
  9. Rafael

    Sei que o Mídia sem máscara não é recomendável, mas sempre dou uma olhada para saber o que estão colocando em seus post.

    Temos que estar de olho nos mentirosos e manipuladores, hehehehe

    Abraços

    ResponderEliminar
  10. Anónimo6.10.11

    Isso tudo é um jogo.
    Como sempre, arquitetado pela Elite.

    Vamos raciocinar.
    Jogo de esquerda, jogo de direita.

    Nova Ordem Mundial - globalização, união das nações em sua "TOTALIDADE"
    Totalidade - totalitarismo.
    Totalitarismo se faz a partir de sistemas esquerdistas e socialistas. A política de esquerda não perdoa, é radical, logo tende sempre a ser totalitária, algo que abrange o "todo" ou "tudo".

    Para se ter domínio de uma grande população, basta empobrecer o povo.
    Povo pobre é povo sem poder, povo desinformado e sem condições.

    Inverter o pensamento do povo, para que, no subconsciente pensem que o capitalismo é "mau", é "ruim" e que vai acabar com os recursos do planeta. Esse pensamento não é totalmente verdade, mas sim, é uma forma de engenharia social, com o objetivo de tirar mais dinheiro de alguns para colocar em outros.

    O governo da Nova Ordem Mundial será por sua vez totalitário e tendencialmente esquerdista.

    A prova disso é o que estamos vendo hoje em dia...
    Inversão de valores, pensamentos e cultura. Tradicionalismo em colapso, sistemas "Revolucionários", e não "Evolucionários". Não estamos evoluindo, mas sim mudando completamente. E isso não é nada bom.

    Para uma sociedade civilizada e descente funcionar bem e em harmonia, é necessário sim, o capitalismo (claro, que este precisa ser revisto) e um sistema de crenças para que o povo permaneça unido baseado nos valores tradicionais, éticos e morais e das boas mensagens cristãs.

    A inversão de comportamento e de crenças está a todo vapor no mundo atualmente, filmes como Zeitgeist, entre outros possuem uma mensagem extremamente impactante e psicológica, é inteligentíssima. Nos mostra coisas e histórias que realmente aconteceram e que foram de certa maneira escondidas, elite bancária, 11/09 e tudo mais. Mas, percebam, que tudo isso muita gente já sabia antes. E percebam também, que qualquer pessoa que assiste, qualquer mesmo, fica mais chocada e surpreendida pela parte que fala das religiões. E essa é realmente a peça chave para as mentes por trás do filme. Pensem nisso. Não estou falando que o raciocínio e as informações do filme estão erradas, mas temos que concordar, de certa forma, que, induzem o comportamento do pensamento.

    [continua...]

    ResponderEliminar
  11. Anónimo6.10.11

    [continuando...]

    Eles induzem, no filme, todas as coisas ruins provocadas "pelas religiões". Mas o raciocínio está errado, não são as religiões as culpadas, são
    as pessoas. As pessoas usam e abusam da religião para manipular, para obter poder e principalmente controle. Quando na verdade a principal
    mensagem cristã é justamente o oposto de tudo isso. Me mostre na bíblia, onde está escrito que Deus ou Jesus precisa de dinheiro ou de poder, ou de
    qualquer outra coisa parecida. Pelo que sei, a mensagem é outra, "dai e recebeis", "doe aos pobres", "dividir o que tem", "amar o próximo", " saber perdoar"..

    Não é questão de acreditar ou não em Deus ou em religião, mas sim, de absorver a mensagem de valor que ela possui. Estamos a ver uma inversão de valores,
    de comportamento, estamos em constante "revolução". A "revolução" é diferente da "evolução", a revolução se baseia no novo, no abandono das tradições para
    substituir por novos valores, novos costumes novos pensamentos. Estamos deixando de evoluir para revolucionar, estamos destruindo a tradição para construir o novo ( novo? nova? ordem?)

    Saibam que nenhuma civilização conseguiu sobreviver muito tempo sem o sistema de crenças religiosas. A religião é essencial e faz parte da humanidade para a
    busca de valores, de moral, de ética, como um guia, um princípio. Os povos fundados sem religião se destroem aos poucos. É inacreditável o que está acontecendo,
    estamos abandonando a tradição, os valores e a moral, rumo ao "novo", rumo a revolução, rumo a Nova Ordem.

    Ja ouvi dizer que muitos cabeças da elite praticam rituais satânicos. Isso quer dizer que acreditam no Diabo? Não porra! Isso quer dizer que estão se opondo a tradição da maioria, estão invertendo os valores, estão buscando o oposto. Podem até duvidar disso que estou dizendo, mas saibam que Marx praticava o satanismo em casa. Não porque ele acreditava em Deus ou Diabo, céu e inferno, mas sim porque queria mudar o comportamento, revolucionar. Pensem nisso. Ele foi a base do movimento esquerdista e ainda é até hoje.
    Aposto que muitos estão achando que sou um crente ou fanático, saibam que não é nada disso. Sou um estudioso, sou um curioso. Eu tenho é a dúvida, e é isso que me faz pensar em tudo isso. Não sei se existe criador, ou se existe milagres, o que sei muito bem é que a bíblia nos ensina valores, morais, éticas, coisas boas, e não tudo isso que hoje acontece. As pessoas estão remodelando tudo. Os agentes estão infiltrados nas igrejas, no governo, e até no vaticano, isso já faz muuitos anos, estão selecionando sacerdotes e mudando o sistema das igrejas, estão corrompendo.

    Portanto, concluindo...
    Para haver uma Nova Ordem, é preciso revoluções, é preciso abandonar o tradicional rumo ao novo. É preciso mudanças de pensamento, é preciso um sistema totalitário, que abranja o "todo" o "tudo" e tendencioso a esquerda. Com o poder concentrado nas mãos de poucos e o povo dominado e domesticado. Por isso estão surgindo coisas como "Nova Era", "Elenin", ou qualquer outra coisa que se torne uma "NOVA" religião, uma "NOVA" forma de pensar. Pesem sobre tudo isso, reflitam, sem preconceito, por favor, vamos deixar o "pré-conceito" com as religiões de lado e procurar um verdadeiro raciocínio.

    abraços a todos que leram até o final esta reflexão.

    ResponderEliminar
  12. Olá Burgos!

    Sim, já tinha visto o artigo original. Eu acho que esta é uma simples operação de propaganda, uma das muitas.

    Os Hezbollah que abrem um campo de treino ou um escritório em Cuba? E mais: no mesmo artigo aparecem também a Venezuela e o Irão. Com Coreia do Norte e Síria o panorama teria sido completo.

    Mas um terrorista seria tão estúpido de abrir um centro de treino em Cuba, de modo a ficar vigiado pelos serviços secretos dos EUA a cada segundo? E depois como passaria de Cuba até os EUA? De avião? Com as bombas na mala? Ou as bombas seguiriam com a FedEx?

    "Bom dia. Documentos e motivo da visita?"
    "Eis o passaporte, o motivo é acção terrorista"
    "Ah, o senhor é do campo de treino de Cuba?"
    "Sim, de facto sou".
    "Então o passaporte é falso, não é?"
    "Exacto, é da Venezuela, vê? Tem a assinatura de Chaves".
    "Sim, tudo bem. Boa viagem e divirta-se".
    "Obrigado".

    Fui ver outra vez Il Corriere: nada, nem Venezuela , nem Cuba.
    Estamos perante uma acção de desinformação, nem muito sofisticada.

    Abraço!!!

    ResponderEliminar
  13. Muito obrigado Max

    Abraços

    ResponderEliminar
  14. Olá Max... se quiseres ter mais de 5 comentários... também dá... o look é que não fica igual... se quiseres o código html para experimentares avisa que mando-te por email!

    ResponderEliminar
  15. Anónimo6.10.11

    A todas as pesquisas a fazer sobre este assunto, há a somar o facto da goldman sachs ter feito recentemente um generoso donativo à polícia de nova iorque...

    ResponderEliminar
  16. Boa Burgos!!!

    Temos que ler as informações contrárias a nossa para saber até onde vão. Sempre é bom conhecer o inimigo tanto quanto se autoconhece.

    ResponderEliminar
  17. Anónimo7.10.11

    Max e amigos:

    Amigo anônimo que afirma; "Tudo isso é um jogo", tem seu ponto de vista muito bem fundamentado. Levantar pontos positivos nos ensinamentos do Novo Testamento, não constitui nenhuma dificuldade. Mas o que dizer do Antigo Testamento? Penso que dalí se origina toda a essência, toda a desculpa para muito, mas muito mesmo, dos conflitos que acompanham a história humana. Como sabemos as 3 religiões predominantes do mundo ocidental têm suas raízes fincadas alí. Lógico, sei de gente que vê ações moralizadoras nos seus vários livros, talvez, eu é que não consiga enxergá-las. Há muito sangue em suas páginas, muito holocausto, muitos sacrifícios.

    Sobre o socialismo ser a arma da elite globalista, para controle da sociedade, é bem possível, como também foi possível aos E.U.A. e seu capitalismo torto, na sua vexaminosa Operação Condor, fomentar as ditaduras de direita na América do Sul. Os mesmos E.U.A., que empossaram e sustentaram ditadores dos mais variados formatos no Oriente Médio, e que ainda sustentam. Enquanto Marx fazia suas devoções ao capeta, os srs. do mercado canibalizavam a infância de muitos neste globo e exploravam a massa trabalhadora até à última gota de suor. Como o próprio amigo Anônimo disse: "Não são as religiões as culpadas, são as pessoas." Posso perfeitamente fazer um jogo de palavras com a afirmativa para expressar: "Não são os regimes os culpados, são as pessoas". Será? Como nos livros das leis, existem sempre aqueles que enxergam suas brechas e atuam por entre estas. Assim como alguns poucos, vislumbram falhas nos sistemas e alí atuam. Embora muitas das vezes estes também atuem na produção das brechas, como no caso da desregulamentação do sistema financeiro em várias partes do globo. São sempre os mesmos, que aparentemente os relatos levam a crer, podem estar manipulando por trás da cena. Se assim for, certamente enxergaram vantagens com uma revolução.

    Totalitarismo: não podemos deixar de notar que o regime que aí está, também nunca foi verdadeiramente honesto e participativo. Nele a participação popular sempre foi restrita, de pouca importância para os poderes constituídos. Ao povo cabe apenas comparecer às urnas e delegar àqueles que nada têm de representantes. O último golpe deste regime ainda engatinha e o Brasil é seu campo de testes: a urna eletrônica. Nunca mais teremos a mínima importância que talvez algum dia tivemos. Também me pergunto: estes homens, tais como Rockefellers, seus Chicago`s Boys, que destituíram governos considerados de esquerda, empossaram seus capachos liberalistas, teriam algum interesse em patrocinar este tombo ao regime e deixarem-se descobrir tão facilmente? Difícil identificar algo de genuinamente verdadeiro em todo o cenário que se apresenta. Mas, talvez, toda minha percepção não passe na verdade dos meus genes esquerdistas, já expostos em outra postagem, a me pregar peças e negar caminho a razão.

    Até.
    walner.

    ResponderEliminar
  18. Caro Anónimo de 6 de Outubro (2011 - 18:28): Gostei bastante da sua reflexão, apenas não concordo na questão da Bíblia, pois para mim só me interessa o Novo Testamento, o Evangelho trazido por Jesus. Toda a restante Bíblia me parece muito estranha e pouco Fraterna...


    Grande abraço,
    -- --
    R. Saraiva

    ResponderEliminar
  19. Falando em Bíblia, vejam esse vídeo.
    Sionismo Cristão


    http://jecatatu-semnocao.blogspot.com/2011/10/sionismo-cristao.html

    É inacreditável!!!!
    Ainda por cima chamam a gente de "fundamentalmentes ignorantes", só vendo pra crer, hehehehe
    A que ponto chega a humanidade.

    Abraços

    ResponderEliminar
  20. Antes que eu me esqueça

    Parabéns Walner, é isso aí meu amigo, adorei seu comentário, me lembrou a Maria.
    Onde será que anda a Maria?

    Um grande abraço Walner

    ResponderEliminar
  21. Anónimo7.10.11

    walner,
    muito obrigado mesmo por compartilhar seu pensamento com o meu no comentário. Também concordo com a sua visão, pois não tenho certeza de nada, e sempre ha 2 lados. Tem razão em parte quanto aos sistemas e pessoas, nenhum age sem o outro, portanto não cabe a culpa ser singular.

    Sobre a bíblia, é realmente complicado, sendo eu apenas alguém que refletiu sobre isso, não posso dizer mais do que comentei, pois não sou chegado a igreja nem a orações, eu tenho a dúvida como comentei antes.

    Mas um tempo atrás, sobre o Antigo Testamento, ouvi uma pessoa comentar que a Bíblia passa nada mais do que a história e alguns fatos que realmente podem ter ocorridos. Sejam bons ou ruins, sanguinários ou benevolentes. Você não acha que seria mais estranho ainda, se a Bíblia "escondesse" os acontecimentos ruins e violentos do Antigo Testamento? Pois conforme a história contada, tudo aquilo foi antes da chegada de Jesus a Terra, as pessoas estavam distantes de Deus e dos valores cristãos (que até então não existiam).

    Sobre o conceito de Deus, acho que se de fato existe, não é algo "separado" da Terra, do Universo e assim por diante como muita gente pensa. Acho que se existe, Deus é onipotente e onipresente e faz parte de todas as coisas, todas as matérias, é algo que está em todo lugar, não necessariamente pode ser e m"espírito", mas como "energia" ou "inteligencia universal". Algo como a "sequencia de fibonacci". Jesus foi o resultado dessa inteligencia e poder em carne na pele de um ser humano. Acho que essa pode ser a explicação mais plausível, talvez...
    É de se refletir.
    :]

    obrigado walner.

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...