20 dezembro 2011

Geab nº 60, 61, 62, 63...

Milhares de centenas de dezenas de e-mail. Aliás, nenhum e-mail a perguntar: "Então, como é, eh? Onde está o Geab deste mês?".
E se ninguém perguntar, tenho que responder, óbvio.

Meu querido Leitor, estou farto de traduzir o Geab, pela simples razão que cada um de Vocês pode criar o seu próprio Geab, com a máxima comodidade e tranquilidade. Para isso, abram um editor de texto (tipo Word) e comecem pelo índice:
1. Os Estados Unidos estão falidos
2. O Reino Unido ainda pior
3. A Zona Euro é uma maravilha.
4. As outras zonas do mundo interessam na medida em que ajudam e glorificam a Zona Euro.

Este, como afirmado, é o índice. Depois há que desenvolver.

1. Os Estados Unidos são uma treta, já deveriam estar falidos, aliás, estão falidos, nem se percebe porque ainda existam, deve ser um erro, mas não importa pois vão falir em breve, é culpa da Federal Reserve. O Dólar está podre, os imóveis não valem nada, há um desemprego que nunca acaba.
Para completar, inserir um valor negativo com muitos zero (tipo - 100.000.000.000 de Dólares), que faz sempre um certo efeito.

2. O Reino Unido é uma treta, já deveria estar falido, aliás, está falido, nem se percebe como é que aquelas ilhas ainda não afundaram, deve ser um erro, mas não importa porque Cameron é um incapaz, é culpa da City de Londres, o Banco da Inglaterra vai explodir, assim aprendem a ficar fora do Euro.
Para completar, inserir um valor negativo com muitos zero, mas sem exagerar pois a Esterlina vale mais do que o Dólar (- 100.000.000 pode ser suficiente).

3. A Zona Euro é realmente uma maravilha, Angela Merkel é uma deusa, o marido de Carla Bruni um génio, a moeda única é forte e sólida, o futuro é da Europa, disso não há dúvida, sim, talvez existam ainda alguns problemitos, mas são arestas, porque na verdade os Estados Unidos e o Reino Unido estão apavorados com o Euro, e os Países europeus falidos não estão falidos, é tudo um plano para assustar ainda mais os anglo-saxónicos.
Neste caso é melhor não acrescentar valores.

4. China, Índia, Brasil, Rússia e Sul África em crise, toda culpa do Dólar, é por isso que todos querem ser parceiros do Euro, porque não são estúpidos.

No meio do texto insiram de vez em quando coisas do tipo "Nós já tínhamos avisado" ou "Dissecação geo-política global", ficam bem e dão a impressão que percebemos o que estamos a escrever.

E pronto, eis o último número do Geab. Pode ser o 60 (deste mês), o 61, o 62...não interessa, são sempre iguais.

Desta forma, eu não perco tempo numa tradução que é sempre um deja-vu, e o Leitor pode conhecer com ampla antecipação quais os temas tratados nos Geab dos próximos meses (e se calhar anos também).

As traduções continuarão quando o Geab tiver algo de novo para dizer.
Até lá, melhor o Geab "faça Você mesmo".


Ipse dixit.

1 comentário:

  1. Que legal Max!!Achei ótimo. Abraços

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...