05 janeiro 2012

Refrigerantes multiusos

Só como curiosidade.

Em 2009 o senhor Ronald Ball comprou uma lata de refrigerante tipo gasosa da Pepsi: o Mountain Dew com sabor de limão. Cedo o bom Ronald percebeu que além do limão havia outro ingrediente, um sabor exótico, difícil de explicar. Olhou com mais atenção e no interior da lata encontrou um pequeno rato morto.

Eu gosto de ratitos, são simpáticos e inteligentes. Talvez este não tivesse sido o mais inteligente da espécie dele, pois um rato no interior duma lata de gasosa tem uma esperança de vida bastante curta. Mas, quem sabe?, poderia ter morrido antes, talvez duma doença qualquer.

O mesmo deve ter pensado o bom Ronald que começou a vomitar e sentir-se mal.
Uma vez mais calmo, ligou para a Pepsi para realçar o acontecido. E a Pepsi enviou um especialista (em gasosa? Em ratos? Fica a dúvida).


O especialista explicou que encontrar um rato morto na lata era impossível. Porquê? Porque teria ficado gelatina. E explicou: as bebidas (como a Mountain Dew, grupo PepsiCo. mas também a Fanta, por exemplo, da Coca Cola Company) contêm óleos vegetais tratados (BVO) e registados como "retardadores de chama". O que faz sentido, pois nunca sabemos quando uma lata de Fanta pode pegar fogo.

Estes óleos são proibidos na Europa, mas não do outro lado do Atlântico. E neste sentido a defesa da Pepsi tem lógica: tais ingredientes tornam papa os tecidos orgânicos, por isso o ratito não poderia estar presente na lata, a não ser sob forma de gelatina.

Agora já sabem: bebam sem problemas as latas com os retardadores de chama, tornem gelatinas os vossos intestinos, mas não contem ter encontrado ratos mortos, pois a coisa é nojenta e ninguém iria acreditar.

Dúvida: posso usar a Fanta na luta aos incêndios?


Ipse dixit.

Fontes: Daily Mail, Gizmodo

8 comentários:

  1. Anónimo5.1.12

    Nossa!!!!!!!

    ResponderEliminar
  2. Marcelo5.1.12

    Refrigerantes nunca são confiáveis....

    É mais uma droga legalizada.

    ResponderEliminar
  3. Max
    Eu não sei se podes usar Fanta para apagar incêndios, mas eu uso e Coca-Cola para tirar a ferrugem dos metais, e funciona muito bem....

    Saudações

    ResponderEliminar
  4. Nuss.. De uns tempos pra cá parei de tomar refrigerante, só de vez em quando tomava um pouquinho.
    Mas depois de ler isso, nunca mais tomarei.
    Argh!

    ResponderEliminar
  5. Max meu amigo, voltei de férias e encontro esse post sobre refrigerantes, como diz meus donos:

    " Mas, bah tchê!"

    Rato dentro da pepsi, eu realmente não sei o que é pior, se é o rato na lata ou todos os produtos químicos que são colocados nesses refrigerantes, pois bem sabemos com a industrialização do mundo, estamos comendo e bebendo somente "porcarias", acho que o ratinho é de menos, afinal os franceses o comiam e matavam a fome. hehehehe

    Um grande abraço pra você, Léo e Guida

    ResponderEliminar
  6. Chegou, Burgos?! Aleluia!! :))
    Isto fica um deserto sem a malta... o Voz também ficou afónico... :((

    ResponderEliminar
  7. maria5.1.12

    Salve BURGOS!!! Feliz aterrizagem virtual amigo!!
    Carlos Janeiro: aqui a coca cola é bem vinda como desintupidora de sanitários, e funciona.
    Mas não se dispensa refrigerantes de limão: ponha num balde 10 litros de água potável (s/flúor e s/cloro)e dissolva um quilo de açúcar. Adicione um copo de sumo de limão (tipo galego ou taití) e 4 limões lavados e cortados em cubinhos. Deixe em repouso 12horas, tampado com um pano bem fino. Após filtre o líquido obtido, engarrafe e tampe de forma a impedir a saída do gás que se formará no prazo de 1 semana. Cuidado ao abrir a garrafa porque a quantidade de gás produz espuma abundante ao verter no copo. Pode ser feito com laranja, mas aí deve ser consumido de imediato, após a primeira semana no refrigerador. Tim-tim!!Abraços

    ResponderEliminar
  8. Tenho um link!
    http://www.nucleodenoticias.com.br/2009/05/11/coca-cola-zero-e-proibida-nos-eua-e-no-brasil-sete-refrigerantes-tem-substancia-cancerigena/

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...