01 março 2012

Líbia: democraticamente livres

O seguinte vídeo tem como origem a Líbia. Foi gravado na cidade de Tawergha e demonstra como a obra de democratização do País proceda de forma rápida e com satisfação geral.

Longe vão os tempos em que o horrível Ghadafi explorava o seu povo: agora os Líbios estão livres e felizes. E quem afirmar o contrário é espancado.

Aviso: se o Leitor for pessoas delicada pode ser melhor evitar de visionar o vídeo. Não que apareçam sangue ou imagens de violência incrível, mas enfim, cada um tem a sua própria sensibilidade.



Tradução:
Cão, como a bandeira! Cão, come a bandeira! Vens aqui! Come esta bandeira, Tawergiano! Cão sujo! Também tu cão, come a bandeira!
A bandeira, obviamente, é aquela verde, símbolo do antigo regime.
Amnesty International, Human Right Watch, Onu? Nada.

Doutro lado, porque deveriam intervir? Os Líbios estão livres agora.
E comida parece não faltar.


Ipse dixit.

Fonte: Lybian Free Press

3 comentários:

  1. maria1.3.12

    Olá Max: olha, estão bem claras duas estratégias básicas que o neoliberalismo corporativista investe para acabar com o estado de bem estar social no mundo, e isso varia de acordo com as necessidades detectadas pela escassez. Onde há necessidade urgente de pilhar, pois existe riquezas naturais/financeiras em mãos estatais, procede-se a estratégia Líbia, mais imediata e visível. Onde as riquezas não são da ordem dos recursos naturais, mas culturais/financeiros, utiliza-se a estratégia Grécia/Portugal/outros, a médio prazo, menos visível, dependendo do olhar, mas igualmente truculenta. Quantos tem aquecimento neste inverno em Portugal? Estima-se 44% das residências. Por acaso não é uma forma de comer a bandeira? Quantos que ganham salário mínimo na Grécia tiveram dedução de 20% no seu ganha pão? Não sei a estimativa, mas também não é uma outra forma de comer a bandeira? Abraços

    ResponderEliminar
  2. A Terra não chega para todas as Famílias... logo os Escravos têm que cortar nas suas extravagâncias... Essa coisa de aquecimento, e energia, e cuidados de saúde, e comida, carros, e motas, e casas com piscina, e casas com ar condicionado e aquecimento central, e sei lá... vão escolhendo... Tudo é para reduzir no mínimo para metade (como também já várias vezes escrevi)...

    Uma coisa tenho a certeza: Não faltarão impressoras de notas e máquinas de cunhar moedas para os nossos queridos Bancos, nem algoritmos fantásticos para inventar novas bolhas via Mercados Financeiros...

    É verdade... quanto aos líbios, tóinos, já lhes tinha desejado há uns tempos um "Bem-vindos à DEMOCRACIA e à LIBERDADE" caloroso, e estou a ver que eles estão a adorar a liberdade...

    ResponderEliminar
  3. Anónimo1.3.12

    o povo de lá agora deve estar com uma saudade danada kadafi agora , né ...? ai pessoal , qual é a opinião de vocês sobre a suspensão do programa nuclear da Coréia do Norte e o acordo com os E.U.A em se comprometer em doar 240 mil toneladas de comida em troca da inspeção na usina de Yongbyon ? e qual deve ser o futuro da Coréia do Norte nas mãos do novo ditador ? acho que é cômica situação do jovem ditador . não tem nem 30 anos , passou sete anos estudando na Escola Internacional de Berna na década de 90 com gastos anuais de mais de 25 mil US$ e desfrutando de vários prazeres capitalistas enquanto na mesma época mais de 1 milhão de pessoas morreram de fome em seu país . estranho né ...(Felipe)

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...