16 março 2012

A propósito...

...eis uma notícia de ontem: os hackers de Anonymous voltaram a atacar.

Desta vez alvo do mais recente ataque foi o sitio oficial do Banco Central Europeu, o falso banco da União Europeia nas mãos dos bancos privados.

A acção começou na tarde do dia 14 de Março e as páginas do BCE ficaram offline ao longo de duas horas.
Mais logo a reivindicação:
Queremos informar as pessoas que vocês tramam nas costas delas, em prol dos interesses dos credores privados querem transformar a Europa numa imensa lavagem de Títulos tóxicos que vocês criaram.
Difícil contestar o ponto de vista, é só informar-se...

Isso para completar o discurso acerca da Deep Web.
Como vimos, há muitas maneiras da verdade emergir.


Ipse dixit

7 comentários:

  1. Anónimo16.3.12

    Repito o comentário que fiz no post abaixo:

    Os hackers anonymous, tal como os lulzsec e outros também não devem ser mais do que uma operação e fachada da elite, para criar a ideia que algo está a ser feito a favor do povo e assim manter o povo um pouco mais quieto...basta ver a máscara de guy fawkes que eles usam, tirada do filme "v de vingança"., inspirada na bd com o mesmo nome. Alguém faz ideia das origens "negras" desse filme e dessa bd? Eu sei...é só pesquisar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amigo,

      o que queres dizer com "origens negras"?
      Referes-te ao acto histórico (não concretizado) de Guy Fawkes ou ao escritor Allan Moore?

      E não, não quero que me respondas "É só pesquisar", porque eu quero saber o TEU ponto de vista.


      Um grande abraço,
      --
      R. Saraiva

      Eliminar
  2. Anónimo16.3.12

    Alan Moore é um ocultista assumido. Nas suas obras, inclui os já famosos "segundos sentidos subliminais". Querendo, aparentemente, promover uma coisa, está subrepticiamente a promover o oposto. Watchmen é o pior de todos, mas em relação a V for Vendetta, também não faltam.
    É SÓ PESQUISAR que encontra montes de resultados. Não me vai obrigar a transcrever a informação toda para aqui, pois não?...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora caro amigo anónimo,

      não vou obrigar ninguém a nada. Mas aquilo que eu queria saber era a sua opinião.
      Independentemente do ocultismo assumido de Alan Moore, eu li a BD tal como o vi a (boa) adaptação no cinema e a minha conclusão foi que a história contada fala de um anti-herói que quer alertar as pessoas acerca do sistema totalitário em que vivem, havendo uma forte ideia anárquica em torno do V.

      Acho também que o autor sensibiliza as pessoas para o anarquismo, reforçando até a ideia de que anarquia não é caos - as pessoas devem ser responsáveis para não precisarem de chefes.

      Espero que não me tenhas levado a mal. :)

      O que achaste da BD e do filme? Quando leste a obra já estavas a par do gosto pelo ocultismo de Alan Moore, influenciando a tua interpretação da obra, ou não?


      Abraço,
      --
      R. Saraiva

      Eliminar
  3. Taí o futuro do terrorismo e da guerrilha: o mundo virtual.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo16.3.12

    Quando vi o filme, não estava a par do ocultismo existente nem sabia nada de illuminatis nem nada disso. Só comecei a adquirir informação sobre isso depois... Portanto, quando vi só liguei à mensagem aparente - essa do povo vs. governos totalitários. Mas depois, quando me comecei a inteirar sobre os meandros do poder e as mensagens subliminais utilizadas como forma de controlo, vi as análises e a exposição cuidada dos elementos "inversivos" de V de Vendetta (quer a bd quer o filme), e percebi que v for vendetta era mais um entre tantos outros filmes que contém mensagens escondidas, elementos simbólicos maçónicos e ocultistas e um segundo sentido que é mesmo para subverter. Aliás, mesmo que não tivesse segundo sentido nem elementos subversivos escondidos, a própria intenção de levar o povo a gostar de anti-heróis revolucionários servirá somente para levar as autoridades a reforçarem-se cada vez mais. É aquela velha fórmula de problema-reação-solução, a dialética hegeliana. Mas o pior de todos é watchmen. O próprio moore diz que essa obra não é mais do que uma reflexão sobre as várias maneiras de se ter poder...

    ResponderEliminar
  5. Tou com o anónimo, man!(boa chalaça: Anónimo, Anonymos, ah,ah). Esse moore é um ganda maçon, trabalha pás elites, pois claro, e os anonymous são uma bela duma farsa, basta o facto que estão sempre a aparecer nos media...

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...