17 abril 2012

O esquisito mundo dos pandas

Já tratámos do assunto.
Mas agora eis mais alguns pormenores.
Tema: WWF!

O que é o WWF? Todos sabem: O World Wide Fund for Nature (WWF, "Fundo Mundial para a Natureza") é uma Organização não governamental (ONG) internacional que actua nas áreas da conservação, investigação e recuperação ambiental. É "a" organização ambientalista.

Falar mal do WWF é impossível: tem um panda como símbolo, como podemos falar mal dum panda?

Mesmo assim há alguns atrevidos que fazem pesquisas. E os resultados são...como dizer? "Esquisitos".
Por exemplo: a jornalista Donna Laframboise (espero por ela que seja um pseudónimo, pois a tradução literal é "Mulher A Framboesa"...) publicou um artigo no qual analisa os pormenores da organização.

Assim, aprendemos que em 1961 a Shell Oil pagou a boa soma de 10.000 Libras (o equivalente de 660.000 Dólares actuais) para ajudar o WWF do Reino Unido: na altura o presidente da Shell era John Loudon, que mais tarde viria a ser presidente do WWF também.

Mas este é apenas o princípio.
O WWF continuou a receber o dinheiro das industrias petrolíferas ao longo de décadas (Shell, BP e outros).

Não surpreende, portanto, que no site do "homologo" Greenpeace apareçam as seguintes linhas:
Há uma diferença entre liberdade de expressão e uma campanha para negar a ciência do clima, com o objectivo de minar a acção internacional sobre as alterações climáticas. [...] A liberdade de expressão não se aplica à desinformação e propaganda.
Traduzido: liberdade de expressão? Sim, desde que a expressão esteja em linha com as nossas ideias.
E quem financia Greenpeace? Adivinhe o Leitor. Será uma instituição de caridade? Serão os sócios beneméritos? Não: o principal financiador de Greenpeace é a família Rockefeller.

Eis as contribuições para Greenpeace até 2005, em Dólares:
  • Brothers Rockefeller Foundation: 1,080,000.00 (1997-2005)
  • Rockefeller Family Fund: 115.000,00 (2002-2005)
  • Rockefeller Foundation: 20,285.00 (1996-2001)
Rockefeller...Rockefeller...este nome diz-me algo...ah, já sei: Rockefeller significa Standard Oil. Olha, o maior conjunto de sociedades petrolíferas dos Estados Unidos.

Interessante: o que seria de WWF e Greenpeace sem os milhões das industrias petrolíferas? Que seria da batalha contra o aquecimento global sem o dinheiro do petróleo? E que seria de Al Gore sem a rica participação de 500.000 Dólares na Occidental Petroleum?

Coisas esquisitas no mundo do panda e amigos...


Ipse dixit. 


Fontes: Greenpeace USA, The Independent, Activist Cash, USA Today, MND
Alexis Schwarzenbach: Saving The World´s Wildlife (livro: link para Amazon)

6 comentários:

  1. Anónimo17.4.12

    Ta tudo interligado.
    É uma grande rede em busca do mesmo objetivo, e este certamente não é salvar o Planeta.

    ResponderEliminar
  2. O rei da Espanha, nascido Juan Carlos Alfonso Víctor María de Borbón y Borbón-Dos Sicilias, que é da Opus Dei e da cúpula do WWF (World Wild Fund), foi flagrado caçando elefantes na África.

    http://contextolivre.blogspot.com.br/2012/04/da-serie-virgens-com-gonorreia.html

    ResponderEliminar
  3. maria17.4.12

    Olá P.P.P.: sobre a caçada do rei veja especial post do Voz!! Vale a pena!

    Talvez ninguém esteja interessado nas minhas percepções sobre possíveis desregulamentações ambientais do planeta, mas a vantagem do mundo virtual é que cria a representação de que existe interessados. Isso é ridicularmente incrível!
    Então, segue minhas augustas percepções:
    1. Os cães mudavam de pelo duas vezes ao ano (início da primavera e outono). Passaram a mudar o tempo todo, mesmo não se alimentando com agrotóxicos.
    2. As pétalas das rosas resistiam e pareciam gostar do sol. Atualmente elas queimam, e os botões, se expostos ao sol constantemente não chegam a desabrochar.
    3.Quando eu era piá (menina), no sul do Brasil,em março íamos para a escola às 7 da manhã de cachecol, e batendo queixo. Hoje a Mariazinha vai de short. Em setembro, vestíamos casacão ainda. Hoje, ando de camiseta.
    4. Meus amigos em Espanha e Portugal dizem que nunca sentiram tanto frio no inverno, como ultimamente.
    5. Tenho um amigo que vive, faz dez anos na Groenlândia,(ele é canadense) e jura que a diminuição da camada de gelo da costa sul é gradual e contínua, nos últimos anos. (Ele não é um idiota, e também se baseia nas observações que faz por conta própria)
    6. Quase todos os anos sinto uma irresistível vontade de voltar a Patagônia argentina. Quando lá chego,mais ou menos na mesma época do ano, as montanhas de gelo que conheço muito bem estão igualmente geladas.
    Enfim, algo há, não sei o que é, e parece que atinge de forma diferente, diferentes lugares. Abraços

    ResponderEliminar
  4. Anónimo17.4.12

    O que eu sei é que o clima do Planeta pode até estar mudando, mas não é culpa do homem. Ocupamos apenas uma mera camada de toda superfície da Terra, ainda não influenciamos tanto no clima quanto aos processos naturais desde o surgimento do planeta. As mudanças que ocorrem hoje são como as que ocorreram ha milhares de anos, onde antes, em alguns desertos haviam mares, em alguns mares haviam desertos, etc.. Tudo em constante mudança, por uma força maior, uma força natural, um ciclo com um grande agente externo chamado SOL.

    ResponderEliminar
  5. A WWF é uma máfia que faz o elogio do "verde" mas pertence ao sistema.

    ResponderEliminar
  6. Isso prova quem patrocina o Greenpece, a WWF e outras organizações para natureza?

    Os donos da gigante petrolífera, antiga Standard Oil Company, hoje Esso, os Rockeffelers, os donos da Fundação Rockeffeler que promove a Cultura da Morte no mundo todo:

    http://www.activistcash.com/foundation.cfm/did/168

    http://informacaoincorrecta.blogspot.com.br/2012/04/o-esquisito-mundo-dos-pandas.html

    http://www.sedentario.org/colunas/dicionario-das-marcas/esso-e-exxon-mobil-17065

    Toda essa mentira ambientalista faz parte da agenda da redução populacional.

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...