24 maio 2012

Blue Beam: Deus em 3D (de borla!)

O que é o projecto Bluebeam?
Como pouco sei acerca do assunto, vamos ler o que diz o blog A Nova Ordem Mundial:

O Projeto Blue-Beam, segundo alguns, é um plano super secreto orquestrado em parte pela NASA, e que em quatro etapas tentaria nada menos que o primeiro ataque de falsa bandeira global, com a ajuda da tecnologia holográfica tridimensional.

De acordo com Serge Monast, o Projeto Blue Beam será composto de quatro etapas: culminando em uma espécie de apocalipse de radiação ELF (Frequencia extremamente baixa):

Na primeira, terremotos iriam expor novas descobertas arqueológicas, que supostamente revelariam que as doutrinas mais básicas de todas as religiões foram incompreendidas e mal interpretadas.

Na segunda etapa, a imagem de Deus falando em todas as línguas iria aparecer em um show espacial gigantesco com projeções de laser de imagens holográficas tridimensionais em todo o mundo.

Na terceira etapa, telepatia eletrônica envolvendo ondas ELF, VLF (Frequências Ultra Baixas) e LF (Baixa Frequência) atingiria os cérebros das pessoas, entrelaçando com o pensamento natural para formar um pensamento artificial difuso e fazendo com que todos acreditassem que Deus está falando com eles de dentro de suas próprias almas.

Na quarta etapa, uma manifestação eletrônica "sobrenatural" universal, destinada a enganar faria com que a humanidade acreditasse que uma invasão alienígena é iminente, fazendo com que os cristãos acreditem que o arrebatamento é iminente e aos demais de que alienígenas vêm para resgatá-los, e também para convencer a todos de que forças satânicas sobrenaturais e manifestações penetrando em todo o mundo, que viajam através da fibra óptica, cabo coaxial, elétrica e linhas telefônicas, estão em toda parte e seriam inescapáveis.

A previsão de Von Braun

Dr. Wernher von Braun previu que a falsa invasão alienígena seria a primeira ameaça que o mundo iria enfrentar após a ameaça da guerra do Oriente Médio. A Dra. Carol Rosin conheceu Dr. Wernher von Braun em fevereiro de 1974.

Foi nesta época, pouco antes de sua morte em 1977, que Von Braun atordoou a Dra. Rosin descrevendo este plano, ponto a ponto, bem como os detalhes descrevendo exatamente onde tudo isto levaria:: um controle planetária sob um opressivo governo único (ou uma nova ordem mundial).

Segundo a Dra. Rosin, von Braun em seguida deu-lhe uma tarefa suprema para impedir este plano: parar a militarização do espaço.

Não fazê-lo traria a calamidade para a raça humana quando um poder secreto transnacional, já existente, iria permanentemente assumir o controle do planeta através de uma falsa invasão alienígena a partir do espaço.
Até aqui a teoria.
Preocupados? Eu não. Afinal será a ocasião para ver um programa em 3D de graça, personalizado, que terá como protagonista Deus e sem publicidade. Não é coisa de todos os dias, ver um programa sem publicidade entendo.

Mas além disso há algo curioso.
Quem costuma ler acerca das aparições marianas (Nossa Senhora que aparece em vários lugares da terra) terá reparado no termo "holográfico".

Um holograma é um suporte fotográfico tridimensional que utiliza raios laser para criar representações da realidade. E quem costuma ler, como disse, acerca destas aparições, sabe que a hipótese do holograma é algo sério. Análises das imagens captadas durante muitas das recentes aparições têm uma esmagadora semelhança com um produto holográfico.

O Projecto Blue Beam é verdadeiro, então?
Eu acho que não, este é algo diferente.

O projecto prevê o lançamento de 60 satélites: 60, não 6, não é algo que passe assim despercebido. Isso além do custo exorbitante: lançar um satélite custa hoje cerca de 120 milhões de Dólares, assim 60 satélites custariam 7.200.000.000 Dólares. Nada mal.

Mas o custo é relativo, afinal estamos a falar de dominar o mundo e a Nova Ordem Mundial tem dinheiro; e temos de ter em conta um desconto da Nasa ou eventuais promoções (compra 2 lança 3 e ganhas um porta-chave da Coca-Cola).

Haveria os problemas técnicos: são precisos 60 satélites que funcionem todos perfeitamente na mesma altura. Imaginem que aconteceria se um falhasse: numa parte do planeta haveria Deus em directo, numa outra as previsões meteorológicas. Embaraçoso.

Em qualquer caso ainda tem que aparecer a primeira etapa, aquela dos terremotos. Não que os sismos faltem, é que o pessoal não encontra nada, o que é bastante aborrecido.

Só a seguir começará a segunda etapa. Deus finalmente aparecerá: homem bonito, apesar duma certa idade, barba tratada, cabelo branco, túnica cândida, estará sentado numa poltrona com ao lado uma lata de Coca-Cola (o sponsor) e um comando (para desencadear os terremotos), falará a todos.

"Olá España." dirá em Madrid.
"Buongiorno Italia" em Roma.
"Ahi se eu te pego" em São Paulo.
Em Lisboa não será transmitido para não perturbar o jogo da Selecção no Europeu 2012.

Problema: qual a cor de Deus? Tudo bem com as línguas, mas o que fazem na China com um deus branco? E na África? Será de várias cores? Um braço preto, outro amarelo, os pés vermelhos? Ou será que cada continente terá o seu próprio Deus? Amarelo na Ásia, branco na Europa, negro na África?
Não se preocupem, a Nova Ordem Mundial resolverá o problema na altura certa (Deus com uma burka é uma das hipóteses).

A terceira etapa será a mais tediosa. "Bzzz - bzzzz" será ouvido nas ruas. Mosquitos? Não, Frequências Super Ultra Baixíssimas que repetirão "É Deus que fala contigo! É Deus que fala na tua própria alma! É Deus que diz: As...bzzz...porque....bzzz-bzzzzz...raio de interferências...bzzzzzz...desliga o telemóvel...bzzz...estúpido...Coca-Cola...bzzz...".

E será a quarta etapa que completará o desenho criminoso: Satanás viajará na fibra óptica, entrará no modem, aparecerá no ecrã e dará um arroto. Horror!!! E não adiantam os antivírus, o Maligno será mais forte do que o firewall. E ninguém pensará: "Mas porque Satanás perde tempo no meu computador? Não será por acaso um estúpido plano da Nova Ordem Mundial?".

Nada disso, a NWO fingirá uma terrível invasão alienígena que depois será desmascarada pelas Nações Unidas.
As Nações Unidas? Qual a graça em construir uma falsa invasão alienígena? É aqui que podemos encontrar a genialidade do plano Blue Beam, por isso sigam com atenção.

Uma vez anunciada a invasão alienígena, os Países com armas nucleares dispararão para abater o inimigo, justo? Quando os arsenais nucleares ficarem vazios, a Onu dirá: "Parem, parem, era um falso ataque!". Desta forma a Nova Ordem Mundial terá enfraquecido os Países mais poderosos (ficaram sem armas nucleares!!!) e, de consequência, qualquer possível resistência.

Não é um plano genial? Sem dúvida, é precisa uma mente superior para certas coisas.
Eu, admito, estava um pouco céptico, mas após ter lido sobretudo a quarta etapa comecei a acreditar e já estou plenamente convencido.

A pessoa que "revelou" o terrível plano era um jornalista canadiano, Serge Monast, que entretanto morreu de enfarte (mas os conspiradores afirmam que foi assassinado). A única coisa que podemos afirmar é que o simpático Monast era de certeza um fan da série Star Treck: o terrível plano apareceu nos episódios The God Thing de 1975 e Devil's Due de 1991.

Para os conspiracionistas esta é uma ulterior prova de que o projecto é realidade  (pois todos os membros da Nova Ordem Mundial costumam ver Star Treck).
Para uma pessoa normal chega e sobra...

(Nota: apesar disso, melhor não subestimar o poder dos hologramas, que podem sempre dar muito jeito...)


Ipse dixit.

Fontes: Anti Nova Ordem Mundial, Sweet Liberty

13 comentários:

  1. Anónimo24.5.12

    Tambem pode dar-se o caso de o Sege Monast ter andado a fumar qualquer coisa quando avançou com aquela ideia.

    Já agora, se em algumas zonas do globo existir uma tempestade, lá se vai o holograma de Deus para as couves.

    Mas era giro ver no ceu de Portugal Deus, com a voz mal disfarçada do Eládio Climaco, tipo Jogos sem Fronteiras.

    abraço
    Krowler

    ResponderEliminar
  2. Anónimo24.5.12

    Não era um holograma de Deus.

    Era um holograma de todas os líderes religiosos adorados nas diferentes religiões (Jesus, Maomé, etc.) a transformarem-se, cada um deles, numa só figura, que era a do anti-cristo.

    Para dar a aparência que era mesmo uma entidade sobrenatural a falar com as pessoas, enviariam som dos satélites a baixa frequência, que faria as pessoas pensar que o som vinha de dentro delas, como se uma voz sobrenatural estivesse a surgir de dentro delas.

    Isso só seria possível depois de um conflito mundial. Werner von Braun (cientista aeroespacial nazi remetido para a NASA através da operação paperclip) dizia que primeiro viriam os "terroristas", depois os asteróides, e por fim, um conflito "forjado" contra extraterrestres, que uniria todo o mundo contra eles...e depois viria o projecto blue beam.

    Serge Monast viu a sua filha raptada para nunca mais regressar enquanto estava a investigar o caso. Depois, também ele desapareceu.

    Séries de ficção científica? estão fartos de savber que na ficção, muita coisa é revelada de forma a dar a aparência de que é só ficção...e para "preparar" as pessoas...nem é preciso ser em filme, ou TV. Podem ser livros ou BDs, por exemplo.

    ResponderEliminar
  3. Olá Anónimo!

    No site Sweet Liberty, que dedica uma comprida página ao assunto, fala-se mesmo duma "new god's image will be talking in all languages", uma nova imagem de Deus que fala em todas as línguas.

    No blog Conspire Assim temos "imagens holográficas para diferentes partes do mundo, cada uma recebendo uma imagem diferente segundo a fé religiosa predominante regional e nacional. Esta nova “voz de Deus” estará falando em todas as linguagens".

    A síntese é sempre a mesma: Deus em 3D.

    Nada sei acerca da filha, mas Monast não "desapareceu": morreu de enfarte.

    "muita coisa é revelada de forma a dar a aparência de que é só ficção...e para "preparar" as pessoas...nem é preciso ser em filme, ou TV. Podem ser livros ou BDs, por exemplo".

    E eu que leio as aventuras do Pato Donald? Tenho que esperar a chegada de Superpato?
    E gosto também de Bipbip/Papa-Léguas: serei transformado num coiote?

    Ou há alguns livros e BD mais indicados do que outros? Como escolher?

    Abraço!

    ResponderEliminar
  4. Acreditar ou não eis a questão, mas para o conforto de quem tenha receio de ser uma vítima do projeto Blue Bean é bom ter em casa papel aluminizado e com ele fazer uma touca de modo a cobrir a cabeça, pois as ondas ELF não conseguem atravessá-lo (vi isso em um filme quando o personagem para não ser rastreado enfiou o telemóvel em saco vazio de batatas fritas)depois dessa sugestão é só ficar a olhar a turba se prostar de joelhos dinate do deus holográfico...preferencialmente a uma certa distância para não ser tomado como herege e tomar uma "surra".

    ResponderEliminar
  5. Anónimo24.5.12

    Acredito que esse projeto seria utilizado em caso de emergencia.. pode ser um tiro na culatra e perda de controle das massas.. ou nao. grande risco pra eles

    ResponderEliminar
  6. maria24.5.12

    Olá Max: estas coisas me deixam desanimada. Será que na Itália o pessoal que se mobilizou em torno de iniciativas políticas concretas, a partir de discussões em internet, fica ligadão em supostas aparições de imagens holográficas de deus, de alienígenas atacando a terra, para depois instalar uma nova ordem mundial? Não precisa nenhum show desta magnitude para instalar uma nova ordem mundial. A última que foi instalada, a da guerra em ordem industrial para concentração de riqueza, esta dentro da qual todos nós vivemos, nos primórdios da qual eu nasci (1950),que está em curso e em aperfeiçoamento, só precisou da aquiescência da esmagadora maioria dos prejudicados por ela, nada mais.
    E enquanto a esmagadora maioria dos prejudicados pela nova ordem mundial perde tempo e energia com projetos de elocubrações místicas, o processo desta NOM as enterra mais e mais, e toma o tempo de uma reação concreta contra ela. Abraços

    ResponderEliminar
  7. Anónimo24.5.12

    Pra quem quiser ir mais fundo no assunto:

    http://conspireassim.wordpress.com/2008/10/21/projeto-blue-beam/



    Sobre isso, o que acredito é o seguinte:

    A grande elite precisa e vai fazer fazendo de tudo para conseguir uma comoção ou uma união mundial dos povos. Porém para conseguirem isso, seria preciso uma ameaça global, algo que envolva todos. O que poderia ser?

    1 - O Planeta em perigo (clima, aquecimento global, etc...)

    2 - Uma invasão alienígena (poderiam manipular a mídia com isso, e já estão fazendo testes com UFOS militares hoje em dia)

    Segundo vários estudos, estes seriam os 2 únicos motivos e seriam os únicos substitutivos da guerra, para causar uma comoção ou união de um determinado povo, ou povos a fim de um mesmo objetivo.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo24.5.12

    Querendo ou não,
    o futuro já está aí:

    Rússia quer transferir nossa consciência para robôs e conquistar imortalidade -

    A notícia ou matéria é da revista Galileu, aqui do Brasil.
    Vejam só:

    http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/1,,EMI306606-17770,00.html


    Um grupo conhecido como Rússia 2045 tem um plano para enganar a morte: transferir nossas consciências para robôs, como em Avatar, e permitir que as pessoas continuem de certa forma “vivas”, mesmo que seu corpo morra.

    Ok, parece uma história de ficção científica, mas o projeto existe mesmo e já desenvolveu androides (ou avatares, se você preferir), que logo poderão nos substituir fisicamente e receber nossos pensamentos.

    Segundo os cientistas participantes, robôs parecidos com humanos serão tão populares como carros em 2015. Em 2020, eles poderão ser controlados remotamente através de vibrações cerebrais e, cinco anos depois, serão capazes de receber a consciência de seus donos após sua morte. Em 2035, eles irão ter personalidade. E, em 2045, essas cópias poderão ser enviadas para o espaço e a raça humana terá se tornado imortal.

    Por enquanto, a organização apresentou uma cópia robótica de Dmitry Itskov, fundador do projeto Rússia 2045. Até agora, ele pode reconhecer rostos e mover os braços. Seus criadores acreditam que, no ano que vem, o robô estará caminhando.


    Bom, não sei quanto a vocês, mas eu não duvido mais da tecnologia e da ambição humana. E também acho isso muito, mas muito bizarro. Não duvido que algum dia, chegue a hora desse tal BLUE BEAM.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo24.5.12

    Mesmo que houvesse interesse nesses projectos de controlo mental por parte dos vampiros globais, o investimento teria de ser de tal ordem que não há governo capaz de o financiar, e muito menos o dos EUA, que está endividado até às orelhas e sem garantia de se poder endividar muito mais, porque um dia destes a crise da dívida explode e o papel verde a que eles chamam dólar converte-se em papel higiénico, que ninguém terá interesse em comprar. Á medida que os recursos energéticos encolhem e são disputados cada vez com maior ferocidade por chineses, indianos, etc., a grande prioridade dos EUA para este século é tentar garantir o acesso a esses mesmos recursos, aproveitar a vantagem militar que ainda possuem para pôr a pata em cima das reservas de petróleo, gás natural, carvão, etc. e assim cortar o avanço das potências ascendentes. E essa disputa já vai dar despesas que chegue aos gringos. Duvido que lhe reste dinheiro e energia para projectos megalómanos de controlo da mente. Até porque esse controlo já eles têm, com Hollywood, e televisão, etc.

    JMS

    ResponderEliminar
  10. Anónimo24.5.12

    "Até porque esse controlo já eles têm, com Hollywood, e televisão, etc."

    Acertou em cheio JMS, o controle já fazem através da mídia. Concordo.

    Porém, duvido que tudo isso seja plano dos EUA. Temos que amadurecer neste ponto, parar de pensar que tudo que é coisa de NWO vem dos americanos. A realidade é bem outra. São controlados por dentro e por fora pelas elites globais mais poderosas.

    ResponderEliminar
  11. Eu sei que a elite global não é só americana, e que o dinheiro não tem pátria, mas não nos podemos esquecer que a capital simbólica, financeira, militar e ideológica do império fica nos EUA. Há mais de sessenta anos que é de lá que vêm as instruções e as ordens, e é contra os EUA que a guerra pela justiça e pela sobrevivência tem de ser feita e vencida. O pior é que a supremacia militar dos americanos sobre o resto do mundo é de de tal ordem que, pelo menos a breve prazo, o império só pode ser derrubado por dentro. Enquanto os políticos americanos forem apoiados/tolerados pelos seus 300 milhões de consumidores/eleitores, o império até pode encolher, como aconteceu com Roma a dada altura, mas não cai. Se acredito no potencial revolucionário do povo americano? Infelizmente, não. Enquanto houver "pão e circo", enquanto for chegando à capital do império o fruto das pilhagens por esse mundo fora, a população americana não se mexe.

    ResponderEliminar
  12. Anónimo25.5.12

    Max disse:

    "E eu que leio as aventuras do Pato Donald? Tenho que esperar a chegada de Superpato?
    E gosto também de Bipbip/Papa-Léguas: serei transformado num coiote?
    Ou há alguns livros e BD mais indicados do que outros? Como escolher?"

    Ó Max...isso é o mesmo que dizer que os videojogos também preparam para possíveis cenários futuros (como a saga Deus Ex, por exemplo, que é só transhumanismo, terrorismo tecnológico, poder global, etc....ou HeadHunter, sobre justiceiros privados em vez de existir polícia...ou outros que tratam de soldados criados em laboratório, etc., etc.), e você perguntar se o Sonic, o Super Mario Bros, o Pac-man e o Tetris também se incluem nessa lista!...
    É que não se compara!...

    ResponderEliminar
  13. Planos destes seriam um perfeito disparate. Se por alguma bizarria as pessoas começassem a pensar, bastaria uma guerra para acabar com as excedentes (pois nunca existem recursos suficientes para a cobiça de alguns e logo existrm sempre pessoas a mais)e aproveitava-se para liquidar também todos os potenciais incómodos, como nós...

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...