06 maio 2012

Exclusivo: o aquecimento global é uma realidade!

Vamos falar de aquecimento global? E vamos. Mas porquê? Porque sim.
Afinal sou ou não sou o autor deste blog? Sou?
Deixem-me controlar...sim, pois sou!
Então falemos do aquecimento.

É com grande satisfação que apresento uma entrevista exclusiva, realizada com o Professor Zé Nuno Pereira Gonçalves da Câmara, da Universidade de Climatologia e Carburadores de Cova da Piedade (Almada, Portugal).

- Professor, bem vindo.
- Muito obrigado.
- Professor, os Leitores estarão curiosos acerca do satélite a carvão recentemente lançado pela sua universidade. Deseja falar disso?
- Com prazer. O satélite Hot! foi lançado em Novembro passado da base de Laranjeiro, com o objectivo de efectuar uma pesquisa imparcial que possa pôr fim à discussão acerca da tendência climatérica. Por isso, foi projectado e construído para ignorar qualquer dado que não esteja em sintonia com a teoria do aquecimento global.
- Professor, isso não parece assim imparcial...
- Vê? Vê? As pessoas duvidam dos cientistas, não é possível ficar agarrados às antigas superstições, é preciso ir além e depositar a própria confiança na palavra da Ciência. É por causa de atitudes como a sua que ainda estamos nestas condições.
- Será.... E que indicam os dados recolhidos até agora?
- Indicam que o planeta está cada vez mais quente, acredite, é assustador.
- Trouxe alguns destes dados ou imagens?
- Não, mas posso enviar depois via e-mail.
- Professor, é que com os e-mails dos climatólogos as coisas estão feias...
- Que quer dizer com isso?
- Lembra daquele grupo que falsificava os dados, corrigia o correio electrónico para demonstrar que o aquecimento era real...
- Lembro e apreciei muito, pois o fim justifica os meios.
- Professor, eis um gráfico muito conhecido.

- O que é isso?
- É o gráfico do andamento histórico das temperaturas, apresentado em 1998 pelos seus colegas Michael Mann, Raymond Bradley e Malcom Hughes.
- Ah, os Grandes Sábios.
- Sim, eles mesmo. O facto é que este gráfico é falso.
- Falso não é o termo correcto, não abuse. O termo exacto é "Gráfico construído a partir de dados multi-factoriais que incidem de forma significativa sobre a realidade climatérica ao longo do último milénio, formulando uma hipótese alternativa mais em linha com as recentes teorias".
- Professor, este gráfico é falso...foi feito pelas mesmas pessoas que enviaram este e-mail:
Sim,[a temperatura] não está muito mais elevada de que em 1998 e tudo isso me preocupa...há a possibilidade de estarmos perante um período de mais ou menos dez anos com temperaturas relativamente estáveis...talvez seja possível cortar os últimos pontos da curva antes da minha intervenção.
Professor, o seu colega, Kevin Trenberth, queria alterar os dados antes dum discurso, acha isso normal?
- Sim, meu rapaz, sim. Considere isso: o nosso objectivo é alertar a Humanidade do imenso perigo que estamos a enfrentar. E se a Natureza apresentar provas contrárias, o que deve fazer o cientista? Aceitar as birras de Mãe Natureza ou ignora-las para salvar a espécie humana? Eu, enquanto pesquisador, prefiro ignorar alguns dados, mesmo que verdadeiros, para apresentar a verdade.
- Mas quem decide qual a verdade? A Natureza ou o cientista?
- O cientista, óbvio. A Natureza é selvagem, caprichosa, imprevisível, não dá confiança.
- Professor, gostaria apresentar-lhe outro gráfico, que sem dúvida conhece:
 
- O que é isso?
- Mas professor, estes são os hotspot, os pontos quentes que segundo a teoria do aquecimento surgiram 10 quilómetros acima da zona do equador. São a maior causa de evaporação, portanto é onde são criadas as nuvens do efeito-estufa
- Ahe?
- Pois. O facto é que, contrariamente à teoria, desde 1979 até 1999 não houve hotspot, como é possível observar nas imagens, e as sondas confirmam que até 2001, pelo menos, a situação permaneceu na mesma. Uma falha na teoria?
- Nada disso, meu amigo. O facto é que o equador atravessa Países muito pobres, onde as pessoas nem têm o dinheiro para a comida: pense no caso da África, por exemplo.
- Mas que tem a ver isso com os hotspot?
- Foram roubados. Lamento dizer isso, pois no geral são pessoas simpáticas, mas não podemos esquecer que é o desespero que está atrás destas atitudes, é uma questão de sobrevivência.
- Professor, esta é uma explicação estúpida mesmo.
- Talvez. Mas é porque a teoria do aquecimento está correcta. Sempre.
- Professor, uma última nota acerca dos dados.
- Diga.
- Segundo os dados dos NOAA, na Gronelândia está calor, bastante, até um aumento de 5% em determinadas estações meteorológicas. Inclusive, o NOAA apresenta subidas de temperaturas em zonas onde não existem estações de relevamento, o que é um pouco esquisito. Aliás, as zonas sem estações são aquelas que registam subidas maiores, como é possível observar neste gráfico:


- Não se percebe nada!
- Professor, quanto maior for o círculo vermelho, maior a subida da temperatura; e em baixo temos a localização das estações de relevamento.
- Ahhhh...
- Agora, observemos este outro gráfico:

Estes são os dados da Gronelândia segundo o Climateric Research Unit, desde o 1900 até o final da década de 2000. A temperatura média está muito mais baixa quando comparada com os anos '30 ou '50. Como explica isso?
- Bom, em primeiro lugar gostaria de esclarecer: há zonas onde pode não haver estações meteorológicas, mas o NOAA tem uma equipa de pinguins treinados que percorrem sem parar toda a Gronelândia. Têm uma bússola e um termómetro, por isso os dados são da máxima confiança.
- Não sabia. E os dados do Climateric Research Unit?
- São falsos. Ou melhor, são inexactos.
- Professor, esta é uma acusação muito grave.
- Não é uma acusação, mas uma constatação. Pense que na altura a temperatura era registada com aqueles termómetros antigos, com a coluninha de mercúrio. Está a ver, meu rapaz?
- Mas é uma técnica que funciona.
- Funciona nada. O termómetro neste caso marca uma temperatura e que é possível fazer? Nada: a temperatura aí está! Não há espaço para o cientista poder interpretar e, eventualmente, corrigir.
- Melhor mudar de assunto talvez. Professor, o mês de Maio em Portugal está frio: já o passado Verão não foi nada de especial, o Inverno foi assim assim, a Primavera está bem mais fria, até houve neve nas últimas semanas: este é um período no qual as praias costumavam encher-se.
- Exacto. E esta é a melhor prova do aquecimento global.
- Como assim?
- Pense, filho, pense. Com o aquecimento, o ar quente substitui o ar frio, correcto?
- Correcto.
- Então que acontece? Acontece que o ar frio tem que encontrar outro lugar onde viver. Assim sobe e passa pelas regiões onde estão as nuvens também. Que, óbvio, ficam frias e deixam cair a neve.
- Nunca tinha pensado nisso...
- Pois...
- E o aquecimento é provocado pelo Homem?
- Com certeza.
- Mas professor, os níveis de carbono eram elevados há milhões de anos também, quando o Homem não existia.
- Existia, existia. Só que eram poucos indivíduos. Infelizmente, por causa dos péssimos hábitos alimentares, produziam muitos gases, e isso era suficiente para criar um efeito estufa, mesmo com poucos indivíduos.
- Professor, mas na época dos dinossauros não havia homens de certeza.
- Não, mas havia dinossauros. Faz ideia do que é ter um Tirannosauro com problemas intestinais?
- Mas o aquecimento, que é um fenómeno com algumas décadas, não deveria já ter provocado a subida do nível do mar?
- É exactamente isso que acontece. Olhe, mesmo ontem estive na Costa da Caparica, onde havia uma praia com 50 metros de largura. Passadas seis horas, a praia nem chegava a dois metros, percebe?
- Professor, isso chama-se "maré".
- "Maré"? Que coisa esquisita, nunca tinha ouvido.
- ...ok, então falemos de prevenção: é dito que uma boa parte do efeito estufa é provocado pelo trânsito. Acha que os carros eléctricos podem ser a solução?
- Com certeza. Um carro eléctrico não tem qualquer tipo de emissão. É um carro amigo do ambiente.
- Mas professor, a electricidade para carregar o carro é gerada com a queima de petróleo e isso produz emissões...
- Este é um falso problema. Em primeiro lugar, as centrais são poucas, por isso temos uma emissão de gases mais concentrada.
- E qual é a vantagem?
- Que faz, põe em dúvidas as minhas afirmações?
- Não, nem por isso...
- Depois pode haver soluções inovadoras. O meu colega, o professor Nuno Pedro Santana De Bismark, projectou um sistema constituído por grandes balões insufláveis que recolhem todos os gases produzidos pela queima do petróleo.
- Parece interessante. E onde são esvaziados estes balões?
- Esvaziados? Curioso, acho que o meu colega ainda não pensou nisso...espere que tomo nota...
- Tá bom, professor, então falemos de gás. Professor, o dióxido de carbono não é poluente.
- O queeee???? Mas você está louco, por acaso?
- Calma professor, calma...estou só a ler um apelo assinado por alguns colegas seus. Passo a citar:
O dióxido de carbono não é poluente. É um gás sem cor, sem cheiro, produzido em altas concentrações por cada um de nós e componente-chave do ciclo da vida da biosfera. As plantas recebem tantos benefícios da presença do dióxido que nos viveiros, muitas vezes, as concentrações são aumentadas em três ou quatro vezes, para que possam crescer mais depressa. Não é um surpresa, pois plantas e animais desenvolveram-se quando as concentrações do dióxido eram no mínimo 10 vezes as actuais.
- Colegas? E você atreve-se a definir estes como colegas? Criminais, isso é o que são.
- Calma, professor, calma, está a ficar todo vermelho...
- Claro que fico vermelho, como é possível ficar calmos perante disparates como estes? "O Dióxido de carbono não é poluente"? Quantas pessoas morrem por causa dos aquecedores a gás com perdas, eh? E sabem o que perdem? Perdem dióxido de carbono! Poderá existir melhor prova?
- Professor, todos os gases em altas concentrações são mortais, até o oxigénio.
- Olhe, meu rapaz, não vou falar consigo de química porque já vi que não entende nada do assunto. O que digo é o seguinte: cuidado! Cuidado com os falsos profetas! Há pessoas que distorcem a verdade, apresentam dados manipulados, dizem uma coisa e você pode observar o contrário: e tudo isso porque defendem os interesses de grandes indústrias. Sabem quem são estas pessoas?
- Os defensores do aquecimento global?...Professor?...Professor, não faça assim: volte, Professor...


Ipse dixit.

11 comentários:

  1. Em entrevista exibida na tv, o professsor Ricardo Augusto Felicio desmascara a farsa do aquecimento global confira.

    http://nosdiasdenoe.blogspot.com.br/2012/05/especialista-desmascara-farsa-do.html

    ResponderEliminar
  2. Marcelo6.5.12

    HAHAHAHAHA
    Muito bom, bem engraçado!

    Melhor parte:

    Mas professor, os níveis de carbono eram elevados há milhões de anos também, quando o Homem não existia.
    - Existia, existia. Só que eram poucos indivíduos. Infelizmente, por causa dos péssimos hábitos alimentares, produziam muitos gases, e isso era suficiente para criar um efeito estufa, mesmo com poucos indivíduos.

    ResponderEliminar
  3. maria6.5.12

    Olá Max: só que estes "especialistas" não são tontos. São caras espertos, com pesquisas muito bem financiadas, com currículos inchados com prêmios e distinções, reverenciados pela mídia dominante, trabalhando em centros de pesquisa de relevância internacional. Valeria a pena pegar dois ou três dos mais destacados e dar uma olhada na vida pregressa destes indivíduos, como seus nomes foram construídos, para quem prestam assessoria,quem os financiou/financia, em quais falcatruas estão envolvidos...
    Hoje, mais do que nunca, penso que a palavra abalizada, seja nos meios científicos,mediáticos, religiosos,políticos, econômicos, administrativos ou militares, merece uma investigação de fundo, simplesmente porque nunca ela é gratuita, e a maioria das vezes é só mais um tijolo no muro da nossa ignorância cotidiana. Abraços

    ResponderEliminar
  4. "Bom, em primeiro lugar gostaria de esclarecer: há zonas onde pode não haver estações meteorológicas, mas o NOAA tem uma equipa de pinguins treinados que percorrem sem parar toda a Gronelândia. Têm uma bússola e um termómetro, por isso os dados são da máxima confiança."

    Quase morri de rir com essa!

    Max, com certeza tu é o rei da ironia, hehehehehe

    Um grande abraço meu amigo

    ResponderEliminar
  5. Max,meu caro, pegando um gancho, como disse o Prof. Ricardo Augusto: AQUECIMENTO GLOBAL virou um bode expiatório prá todos os males da humanidade.E o EFEITO ESTUFA gerado pelo homem ou pelos gases de animais, é de matar. Realmente, não consigo compreender essas teorias a la AL GORE. Com todo o respeito. Grande abraço!

    ResponderEliminar
  6. Anónimo7.5.12

    Hackers do Anonymous planejam atacar sites do governo russo:

    http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5754941-EI12884,00-Hackers+do+Anonymous+planejam+atacar+sites+do+governo+russo.html


    O grupo ativista hacker Anonymous afirmou nesta sexta-feira que planejava atacar sites de governos russos, a fim de apoiar os protestos da oposição à frente da posse de Vladimir Putin como presidente.
    Em um video publicado na internet que se tornou um viral, o braço russo do grupo disse no YouTube que iria tirar do ar o principal site do governo no domingo, quando protestantes planejam realizar uma marcha de um milhão no centro de Moscou.
    Isso seria seguido por um ataque ao site do primeiro-ministro na segunda-feira - o dia da posse de Putin - disse a messagem, que incluía instruções sobre como usuários poderiam participar.
    Putin ganhou as eleições presidenciais em março para um mandato de seis anos, apesar de uma onda de protestos após um levantamento, em dezembro, da oposição parlamentar que disse a votação em apoio ao seu partido foi manchada por fraudes em grande escala.
    "No dia 6 de maio haverá demonstrações de massa contra as eleições ilegítimas. Vamos apoiar este protesto, tirando do ar sistes mentirosos do governo", disse o Anonymous, em sua mensagem no YouTube.

    ResponderEliminar
  7. vitor7.5.12

    Aquecimento Global ou Arrefecimento Global?

    Segundo dados estatísticos, deveriamos estar a entral numa fase de arrefecimento!

    - As eras glaciares duram cerca de 100 mil anos com intervalos de cerca de 10 mil anos de clima temperado (como o actual).

    - Como já passaram mais de 11 mil anos desde a última era glaciar.

    Então o arrefecimento está atrasado porquê? se deviamos estar com 3 metros de gelo em Lisboa e não estamos?

    O "aquecimento global" é uma realidade, mas só está a atrasar o "Grande Arrefecimento", por isso o planeta está a arrefecer (como inevitávelmente vai acabar por acontecer) menos do que devia.

    Então temos de enviar o máximo de CO2 para a atmosfera não é?

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  8. Anónimo7.5.12

    Aqui está um post que faria as delícias dos barões do petróleo, dos defensores do business as usual e do drill, baby, drill. Deviam construir-se automóveis que gastassem no mínimo 30 litros aos 100, para ajudar o ambiente. Em vez disso, dá-se ouvidos às melancias "ecofascistas" e já há quem fale na necessidade de decrescimento! É absurdo! O nosso querido capitalismo e o saudável way of life americano só pode manter-se através do crescimento económico infinito. Para manter esse crescimento, tão necessário ao nosso bem-estar, é importante que a população continue e a aumentar, que os mercados de capitais se expandam cada vez mais, que a mercadorização chegue a cada vez mais áreas, que as políticas de privatização sejam estendidas à água, à saúde e a tudo o que possa criar valor. Só assim podemos salvar o capitalismo. E é isso que todos desejamos, certo? Nós somos de esquerda, mas é só a brincar, porque na verdade não conseguiríamos imaginar uma vida sem consumismo desenfreado, nem nos ocorre nenhuma alternativa ao capitalismo. Certo? O capitalimo é indestrutível e fundamentalmente bom. Para ficar perfeito, só precisa duma pitada de keynesianismo e umas folhinhas de social-democracia. Certo? Certo. Portanto, deixemo-nos de tretas sobre as alterações climáticas. Se os glaciares estão em retracção, se as camadas de gelo antigo nas calotas populares são cada vez mais finas, isso só pode ser resultado dum bruxedo, ou de manobras de comunas. Nunca poderia dever-se à acção do homem, porque toda a gente sabe que as actividades humanas não têm qualquer influência nos processos naturais, e que a industrialização é por essência eco-friendly. Há rios a secar, desertos a avançar, florestas a morrer por causa de pragas induzidas pelo calor? Há. Mas isso é porque Deus determinou que tinha chegado a hora delas. Nunca, mas nunca, por culpa das emissões de CO2, enxofre, metano, etc., etc. Felizmente, as pessoas já começam a perceber que a ecologia é um embuste e uma forma de terrorismo concebida para destruir o nosso maravilhoso way of life. Graças a posts como este, cada vez há menos americanos convencidos de que as alterações climáticas são reais. E isso é muito bom para os negócios. Porque assim pode-se começar a explorar com boa consciência os recursos minerais da Antártida, dando um novo impulso à economia global, que tão necessitada está de impulsos. Certo? Estamos a ser coerentes? Ou a coerência não é para aqui chamada?

    JMS

    ResponderEliminar
  9. Anónimo7.5.12

    Ele apresentou dados para comprovar o que falava, e você amigo anti-capitalista, tem dados para provar todas as suas afirmações?

    ResponderEliminar
  10. Dados:

    Craig Dilworth: Too Smart for our own good.
    Jared Diamond: Collapse.
    Thomas Homer-Dixon: The Upside of Down.
    Richard Heinberg: The end of growth.
    Serge Latouche: Pour sortir de la societé de consommation.
    Anselm Jappe: As Aventuras da Mercadoria, Sobre a Balsa da Medusa.
    Sheldon Wolin: Democracy Incorporated.
    Fred Pearce: Confessions of an eco-sinner, The Last Generation

    Etc., etc.

    ResponderEliminar
  11. maria7.5.12

    Olá pessoal: lendo os demais comentários, me dei conta que esqueci de esclarecer uma coisa no meu comentário anterior. Tanto os "especialistas" favoráveis ao aquecimento global como os contrários, deveriam ser alvo de uma investigação de fundo, para detectar onde moram seus interesses, para aí tentarmos ver melhor essa confusão que se tornou o assunto.E, quanto mais confusa a coisa fica, mais apaixonados defensores e/ou detratores de cada posição aparece,muitos sem argumentos fundamentados, porque englobam todos os acontecimentos ao mesmo tempo (degelo,alteração das correntes marítimas, variações de temperatura, singularidades na atmosfera terrestre ou além dela, atividade vulcânica, nível dos mares,regime dos rios, devastação de florestas, desaparecimento de espécies,etc)e atribuem tudo a um motivo só.Assim fica difícil avançar no entendimento. Abraços

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...