02 junho 2012

Agora é oficial: este blog já não presta

Há críticas e críticas.

Algumas são apenas insultos sem sentido, outras são aquelas que podemos definir como "críticas construtivas". Que não são censuradas ou ignoradas mas reportadas na integra.

É o caso de Fada.
Max,
É de mim ou começas a ser tão repetitivo, que parece que estás de certa forma a tentar fazer com que ninguém acredite em nada?
Sou repetitivo? Sim, claro que sou. Reparaste só agora? Mas o objectivo não é fazer com que "ninguém acredite em nada". Depende do que tu achas serem as coisas importantes nas quais acreditar.

Se para ti são importantes coisas como o Grupo Bilderberg, então óbvio que ficas aborrecida com as minhas ideias. E ficas ainda mais aborrecida pelo facto de eu repetir que o grupo é uma treta. Não vou mudar isso.

O Bilderberg não existe? Sim, claro que existe. Mas qual a importância dele? É o deus ex-machina, a causa primária de todas as nossas desgraças? Ou haverá algo mais?

Na minha óptica há algo mais. Defini os participantes como "mordomos" e confirmo isso: não é dele que partem as ordens. E tu já deverias ter percebido isso. O Bilderberg é o pano destinado a ocultar os realizadores: é o fenómeno pop que, junto com o simbolismo de Lady Gaga (só para fazer um exemplo banal), tenta apontar para um alvo que não é o verdadeiro alvo.

Queres acreditar no Bilderberg? Ou na Maçonaria? Como bem sabes aqui há Leitores que acreditam em muitas coisas, a maior parte das quais eu não partilho. Para mim não é um problema, limito-me a apresentar as minhas dúvidas e o meu ponto de vista. Se para ti for um problema, lamento. Mas é um problema teu, não meu.

Por minha parte, eu só posso lamentar a facto de tu desperdiçares o teu tempo na caça aos fantasmas.

O meu ponto vista acho ser bastante claro e nesta altura do campeonato só quem não quer perceber não percebe: gastar o próprio tempo atrás de alvos falsos e bem publicitados não é coisa que me atraia. Sobretudo se isso significa ignorar a verdadeira prisão na qual estamos fechados e cuja fechadura tem o nome de "economia".

Há também outro aspecto. Há Leitores que perguntam coisas que já foram escritas há muito tempo. Poderia simplesmente pôr o link de quanto publicado e nem responder (já fiz isso uma vez), mas não gosto, parece-me falta de consideração. Como Leitora um pouco mais "antiga" podes sempre evitar ler, não lembro ter pedido para ler tudo o que passar neste blog. 
Quantas vezes já li aqui, que já não sabes mais o que escrever, e é dos blogs que mais posts edita por dia?
Interpreto isso como uma forma involuntária de "parabéns"; pois apesar de saber que o panorama da informação alternativa é bastante monótono, a verdade é que ainda consigo encontrar a maneira de acrescentar algo. Isso é devido à procura, ao facto de seguir a actualidade e também ao facto de ter observado como os Leitores novos muitas vezes gostam de ver relembrados alguns temas já tratados no passado.
Afinal falamos dum blog bem activo ao longo de mais de dois anos.
Quantas e quantas vezes já li aqui, que pensas que soluções não há e és peremptório?
Sou peremptório se as soluções são supostas emergir do mundo da informação alternativa. Lamento, não será assim. Se gostas de apostas, podemos apostar tudo o que quiseres: a solução nunca sairá daqui. Não é suficiente dizer às pessoas que as coisas são más, que não funcionam ou que somos dominados pelos extraterrestres. Nunca conseguirás algo desta forma.

Doutro lado, Informação Incorrecta não foi o primeiro blog deste tipo: já conheces algumas revoluções nascidas de blogs anteriores em qualquer lado do mundo?
Qual é o mal de uns acreditarem nisto, outros naquilo e alguns em ambas as coisas?
Na prática já respondi. E repito: queres acreditar em alguma coisa? Tudo bem, acreditas no Bilderberg, na Maçonaria, até em Bilu. Mas depois não queixar-te se o mundo ficar na mesma. 
Os blogues alternativos não fazem nada' Então porque dedicas tanto tempo ao teu? Eu nunca conseguiria...
Muito do tempo dedicado aos blogues da informação alternativa nasce dos comentários dos Leitores. Antes levava na cabeça por não dedicar muita atenção aos comentários (no sentido que raramente respondia), agora levo na cabeça porque respondo e sigo as ideias dos Leitores.
Pergunta: o que querem de mim?

Além disso, na minha óptica, fazer informação alternativa não é apenas repetir o que os outros blogues ou sites já disseram. Isso é fazer Xerox. Informação alternativa é também realçar o facto de que demasiadas vezes os blogues deste âmbito entram na onda mainstream.

Leste bem, Fada, porque não há apenas o mainstream de regime, há também o mainstream alternativo. E quem não respeitar as regras do mainstream alternativo sofre as mesmas consequências, é atacado por aqueles que no mainstream se encontram bem e que com o maintream querem ganhar mais Leitores.

Última razão (e estranho o facto de tu não perceberes isso): a grande maioria da informação alternativa tem como objectivo canalizar a revolta dos Leitores para becos sem saídas, para que possa tornar-se inofensiva. Na verdade, deveria dedicar muito, mas mesmo muito mais tempo aos blogues e aos sites que operam no tal sentido e às alucinadas teorias deles.

Na condição actual, pelo contrário, as forças dos Leitores (que antes de ser Leitores são cidadãos) ficam desviadas, inutilizadas, até ridicularizadas.
Porque começaste a ser sarcástico com os que acreditam em teorias da conspiração, se pelos vistos acreditas também? ou estou em erro?
Sabes quando o blog consegue capturar a atenção dos Leitores? Quando ataca as teorias da conspiração mais difundidas. Mau sinal. Isso significa que para muitos Leitores estas teorias são importantes.

Eu sou adepto da Sampdoria, o clube da minha cidade. Mas não falo aqui da Sampdoria, apesar de ser importante para mim, porque há coisas muito mais importantes nesta altura.

Da mesma forma, acredito em algumas das teorias da conspiração, mas não estamos em condição de gastar tempo precioso atrás destas coisas porque não são estes os problemas principais que a sociedade está a viver. Já tinha explicado isso esta semana.

É como entrar numa urgência com uma paragem cardíaca e uma gripe. O que temos de tratar antes? Eu prefiro tratar da paragem, outros (a maioria, infelizmente) parecem mais preocupados com a gripe. Os resultados estão à vista.
Se é verdade que muitos desses blogues não propõem qualquer solução, o que é verdade também, é alguns propõem soluções muito válidas, além disso, os que o não fazem têm pelo menos o mérito de denunciar a informação que é escondida pelos media.
Não me lembro ter atacado um blog por ter denunciado uma informação escondida pelos media. E gostaria que tu pudesses apresentar um exemplo contrário. Como sabes, aqui não há censura, pelo que é só procurar no blog e indicar o link.
Depois, tudo depende daquela que tu defines como "informação alternativa": se para ti Nibiru (este é apenas um exemplo) é informação alternativa...

Quanto às soluções. Até hoje conheço apenas um blog que conseguiu ter um impacto visível e quantificável na sociedade (e mesmo assim ainda bem longe duma revolução). Mas posso estar enganado, por isso fico à espera de exemplos neste sentido também.
Depois quero aqui sublinhar que a Voz é intocável literalmente.

A Voz tem o seu blogue, de informação alternativa e foi a pessoa que mais me abriu os olhos até hoje!!! Nada de implicar com a Voz, porque ele sim, está fora do Sistema é dissonante e não ataca o Sistema para a seguir o desculpar ou dar como dado adquirido, como me tenho vindo a aperceber aqui e que não há nada a fazer.
Fico feliz por tu teres encontrado um blog melhor e um autor intocável. Continua a segui-lo.

Quanto a mim, discordo de alguns ponto da Voz (se isso me for concedido).
Se queres ser realmente fora do Sistema as maneiras são outras e a primeira coisa a fazer é comprar uma Magnum 44 (e este é só o começo), caso contrário és apenas uma das excepções que confirmam, legitimam e perpetuam o Sistema.

Ou, como penso eu, começar a desmontar o Sistema do interior. Mais difícil, sem dúvida, mas mais certo e também menos violento (até um certo ponto). Estou em contacto com um blogueiro italiano, uma pessoa realmente alternativa, um que não teve medo de passar uns tempinhos na prisão por ter enfrentado o Sistema e por causa das ideias. As suas conclusões são as minhas conclusões, pois estas são pessoas realmente "fora do Sistema" (além disso, é um gajo porreiro).
Da mesma forma que te elogiei, da mesma forma deixo aqui estas questões que me levam a pensar fundo e muito sériamente, qual a finalidade deste blogue.
Se achas for o caso, posso sempre fechar. Não quero que as pessoas sofram por causa de Informação Incorrecta ou que acreditem ter objectivos ocultos. Posso também fechar e indicar novos blogues para seguir. Tens algumas ideias? Além do blog da Voz, para o qual convido todos os Leitores a mover-se desde já, claro.
Querem uma boa solução? Levantem o traseiro do PC e vão trabalhar na Permacultura. Ali no duro... isso em grande escala mudaria o Mundo e se não sabem o que é, pesquisem. O azar é que a maioria são urbanos e acham que têm de continuar a ser!... aí dou toda a razão ao 1º comentário da Voz.
E quem sou eu para contrariar as ideias dum Intocável? Deus me livre.

Por minha parte, posso só repetir algo que já escrevi e que evidentemente não leste: até o final do Verão estarei ocupado, depois algo irá acontecer. Falo de algo prático, muito prático, e alguém entre os Leitores já entendeu alguma coisa, mas por enquanto mais não digo porque nem interessa, é provável eu estar errado e um bocado apodrecido também. Doutro lado, sabes como é, sempre com o traseiro no pc, não como as pessoas aí no duro, as únicas que percebem...

Como podes ver, cara Maria, a minha não era apenas uma impressão.


Ipse dixit.

26 comentários:

  1. Marcelo2.6.12

    A Batalha dos blogues começou!!!!!!

    Por enquanto estou neutro quanto a isso. Porém, estou muito tendencioso a ficar do lado do Max, pois é um dos únicos na net a pensar e ir por um caminho diferente dos outros. Apesar de eu já tentar expor o que penso sobre tudo que está acontecendo e quanto algumas conspirações.

    Está pensando diferente, tentando coisas diferentes, resultados diferentes. E como diz o velho ditado: "Se fizer sempre as mesmas coisas, terá sempre os mesmos resultados, se fizer coisas diferentes, terá resultados diferentes". Isso se aplica a pesquisa investigativa, a estudos, atitudes e até a opiniões, como tantas vezes eu já mudei.

    ResponderEliminar
  2. Marcelo2.6.12

    Ah, e muita gente reclama ou não dá a mínima quando eu sigo o Olavo. Ficam enervados, com raiva ou simplesmente desviam ou ignoram o assunto. Ele é outro que pensa diferente na net. E pensa muito. Enquanto 90% dos blogues e ativistas insatisfeitos com nossa sociedade seguem uma linha, digamos perto da visão esquerdista,o Olavo, pelo contrário, tenta expor o que é tudo isso e essa mentalidade, ele vai por um caminho diferente, e por ir por este caminho mais conservador de direita, acaba "infelizmente" ou "felizmente" perdendo espaço na internet e na mídia, sempre comprando briga, defendendo o que acha certo e o que sabe sobre a verdade.

    A real é que a mentalidade ativista , influenciada pela engenharia intelectual da esquerda, está cada vez mais tomando conta das opiniões. O que não percebem, é que estão se fechando cada vez mais e se limitando a apenas uma visão dos acontecimentos. Criticam tanto o sistema, o capitalismo, que nem se dão conta de que o que estamos passando hoje é uma aberração avançada do que era pra ser o capitalismo, estamos perante a utópica e falha economia do mercado liberal e global.

    Pronto, também coloquei pra fora que estava me incomodando.

    ResponderEliminar
  3. Max
    O teu blogue continua cinco estrelas, não ligues às criticas. Continua em frente, porque o teu espaço é um ponto de referência e uma passagem obrigatória nas minhas deambulações pela rede. Quanto a batalhas de blogues estou-me nas tintas para isso tudo. A mim o que me chateia é o marasmo que parece estar a tomar conta de nós, a apatia e a indiferença. Parece que está tudo anestesiado. O que me satisfaz aqui nestas paragens, não é aquilo que nos apetece ouvir, mas sim as questões, que aqui são feitas. É importante colocar os neurónios a funcionar, sacudir a letargia, duma vez por todas, pela minha parte gosto de abrir portas para viagens e sugerir outros caminhos, outras alternativas, é que se gostássemos todos do amarelo o que seria das outras cores?

    ResponderEliminar
  4. Anónimo2.6.12

    Comentário prévio:
    Quero dar os parabens ao Max pela imagem colocada no post. Está um must.

    Eu sigo o ii à já muito tempo. No inico não comentava, só lia os textos e os comentários dos outros. E assim foi durante muito tempo.

    Um dia senti-me na 'obrigação' de começar a participar tambem com a minha opinião desde que ela pudesse acrescentar qualquer coisita ao que já tinha sido dito.

    Hoje, neste post não é o caso. A minha opinião não vai acrecentar nada ao que já foi dito. É só uma opinião e uma constatação.

    A qualidade de um blog não se mede pelo n.º total de seguidores mas antes, pelo n.º de seguidores regulares e que participam mesmo que seja pouco. Eles são a alma do blog juntamente com o Autor. E foi isso que vi aqui e que me fez ficar.

    Se por um lado os textos do Max eram muito bons, os comentários do Voz, da Fada, Burgos, Saraiva e outros mostraram-me que este blog tinha uma identidade com a qual eu me identificava.
    Este blog tem alma, têm dinâmica, têm um sentido de humor de muito bom gosto, bom senso. Em resumo, tem qualidade e muita.

    Por vezes apetece-me ser 'mau' com alguns comentários que leio. O exemplo mais recente foi o Bilu.
    Fui ver os videos. Depois de ouvir o Bilu dizer ' Busquem conhecimento' com voz de coelho e sotaque paulista, fiquei com vontade de vir a correr fazer um comentário. Por uma questão de respeito para com a crença dos outros fiquei sossegado. Sotaque à parte, até que a sugestão do Bilu é boa. Buscar conhecimento. É aquilo que procuro fazer todos os dias. Por isso venho aqui diariamente porque o Max faz isso por mim. Obrigado Max.

    Sigo tambem o Blog do Voz, da Fada do Burgos e vários outros. Disse sigo porque lá tambem encontro aquilo que procuro. Existem blogs onde fui e já não volto.
    Tambem agradeço a eles o trabalho e tempo que dispendem a pesquisar e a escrever sobre os mais variados assuntos.

    Estou um bocado lamechas porque acabei de acordar, e quando estava é espera de encontara no ii os tais pontos fracos do sistema fui surpeendido com este post.

    Ipse dixit

    abraço
    Krowler

    ResponderEliminar
  5. Rita M.2.6.12

    Por aqui concordo mais uma vez com o Krowler.

    Esta é apenas uma opinião e uma constatação. E também me identifico com os posts e os comentários de um modo geral, por isso aqui passei a vir com regularidade.

    Não concordo com algumas coisas que leio, mas também há muitas que me deixam a pensar e entendo que informação é sempre informação, sou eu que devo pensar por mim e filtrar o que me interessa ou não aprofundar... concordarmos todos com tudo... isso sim parece-me impossível.

    Max, agradeço uma vez mais o tempo para responder aos meus comentários.

    Abraço
    Rita M.

    ResponderEliminar
  6. Yes we can, we have bananas! O mundo já acabou faz tempo. E ninguém percebeu. Não é que ele acabe e recomece todos os dias, não, pergunte aos paulistas se o mundo não acabou faz um tempão. O que taí é mera ilusão. Etanol para salvar o tio Bush, aquele que o Lula abraçou para melhor governabilidade. Não sei qual? Você não sabe? Também quer saber? Perguntemos ao Pai Obama no seu jogo de obuzes. "Matrix reloaded for ever."
    Duvida? O tal de "SISTEMA", mais conhecido vulgarmente por JOGO DO "IMPÉRIO", enquanto joga conosco se alimenta de tudo o que a escravizada humanidade produz PARA ELE, principalmente o lixo. Mas pera aí... Há muita coisa boa nesta bendita internet. O ii é uma delas. Lucidez é seguir escolhendo de acordo com as crenças. Chegou, leu, não gostou, acha que não vale a pena comentar pois não bate com as nossas crenças e escolhas? Seja pelo menos cortês e sai de fininho, leitura boa aqui não falta. Assim conserva-se a humanidade, o amigo, o blogue e a alegria de viver os percalços do percurso em paz. Ando treinando seriamente o amor incondicional. Sinto muito, sou grato ao ii mesmo quando discordo do autor ou das postagens. Nem tudo vale a pena, principalmente se a alma não é pequena.

    ResponderEliminar
  7. Peço perdão por retornar enfatizando o que disse antes. Mas, vejam só.

    A NATO (OTAN) e a UE preparam um banho de sangue
    por KKE
    O Gabinete de Imprensa do CC do KKE enfatizou o que se segue no seu comunicado a respeito das declarações de F. Hollande quanto à Síria.

    "As declarações do recém-eleito presidente da França, François Holland, as quais agora estão abertamente orientadas para a possibilidade de intervenção militar na Síria, são muito reveladoras quanto ao novo massacre de povos que está a ser preparado pela UE e pela NATO na nossa região.

    As suas referências ao Direito Internacional e à ONU estão a ser utilizadas como "cobertura" para impor "a lei do mais forte" na "selva" de contradições entre as potências imperialistas e os grupos monopolistas sobre o controle dos recursos energéticos, suas rotas de transporte e suas fatias de mercado.

    Todos aqueles, incluindo o SYRIZA – os quais disseram que com a eleição de Hollande novos ventos percorriam a UE e semearam ilusões de que a UE tornar-se-ia "pró povo" – foram desmascarados e devem responder por isto perante o povo. A própria vida tem demonstrado que as organizações imperialistas, como a NATO e a UE, não podem ser "humanizadas". Elas foram, são e serão enquanto existirem, instrumentos para a exploração dos povos, tal como o capitalismo elas têm a guerra no seu DNA.

    O KKE denuncia os novos planos imperialistas contra o povo da Síria e sublinha que só povo sírio tem o direito de determinar o futuro do seu país sem recomendações e intervenções estrangeiras.

    Exigimos que toda cooperação militar com Israel deveria agora ter fim. Que a base estado-unidense de Suda deveria ser encerrada e mais geralmente que nada do território, portos e espaço aéreo da Grécia deveria ser disponibilizado para uma intervenção imperialista contra a Síria e o Irã, a qual levará o povo da Grécia e os outros povos da região para caminhos perigosos.
    31/Maio/2012

    O original encontra-se em http://inter.kke.gr/News/news2012/2012-06-01-syria/

    Este artigo encontra-se em http://resistir.info/ .

    ResponderEliminar
  8. Querido Max:

    Obrigada pelo esclarecimento, mas há aqui uns pontos que gostaria de referir e outros não, pois cada um terá as suas opiniões e as suas crenças. Nunca disse que este blogue não presta, muito pelo contrário e deixarei aqui o meu penúltimo comentário, para o provar bem como tantos outros! Isso é melodrama ou
    carência de piropos? Eu chamo a isso fazer beicinho.

    Quanto ao que gostaria de salientar Max, é para quem acredita que a net é controlada totalmente e qua de nada nos adianta, esta tua frase não faz sentido... ou fará?!

    "Estou em contacto com um blogueiro italiano, uma pessoa realmente alternativa, um que não teve medo de passar uns tempinhos na prisão por ter enfrentado o Sistema e por causa das ideias. As suas conclusões são as minhas conclusões, pois estas são pessoas realmente "fora do Sistema" (além disso, é um gajo porreiro)."

    Pena não deixares o link do blogue, pois eu creio na interacção das pessoas via net, na amizade e na mudança. Gostaria de acessar a esse blogue por favor... pode ser?

    Ainda e quanto a esta tua frase:

    "até o final do Verão estarei ocupado, depois algo irá acontecer. Falo de algo prático, muito prático, e alguém entre os Leitores já entendeu alguma coisa, mas por enquanto mais não digo porque nem interessa,"

    Como sou um pouco tacanha e osso duro de roer e como não consigo ter tempo para ler todos os posts e comentários deste blogue, não cheguei lá...
    Das três uma: não cheguei porque sou mesmo burra, porque não consigo ler,

    mas o que fica subentendido, é que possuis informação priveligiada e que as ovelhas alternativas não podem ter o privilégio de serem informadas.

    Ora isso num blogue chamado Informação Incorrecta... que ironia... fazer-nos sentir ovelhas enquanto te julgas o pastor.

    Quanto ao Voz... talvez seja um dos meus pontos fracos, mas amizade tem destas coisas... é critícável? É sim para quem não gosta de ninguém. Não suporto que lhe chamem louco nem que embirrem com ele pois é dos mais verdadeiros e mais sãos que navegam pela net.

    Deixem-me lá sentir o que quero sentir por ele!
    Era escusado tal texto e tal exposição, mas sempre ouvi dizer que quem se exalta...

    Também gostaria de saber qual o blogue que até hoje conseguiu mudar algo... é que podemos ter ideias diferentes, como dizes, e o que eu penso pode ser um grande erro da minha parte.

    Quanto ao xerox... já te disse que fazias um grande trabalho.

    Quanto a soluções pesquisem em Permacultura e dediquem-se. Bato na mesma tecla.
    Para sublinhar, conheci este modo alternativo ao Sistema, através da net e como blogueira anti-sistema, mesmo sendo ovelha alternativa.
    Obrigada pelo esclarecimento, que bem mereço, depois de tanto te ter elogiado e de tanto tempo que te acompanho... modéstia à parte!

    Em relação ao áparte à Maria... não entendi, mas isto como deixas subentendido não é para todos...

    Um Abraço!!

    ResponderEliminar
  9. O meu comentário antes desse que fizeste em post a decomposição:

    Max,

    Tenho pouco para te dizer,
    Apenas te digo que há excepções em tudo, até nos contos de fada como podes ver no meu exemplo.
    Tenho-te dito várias vezes que admiro a forma como expões as coisas. Gosto imenso da tua perspicácia, do teu humor e da tua visão "de cima da montanha". És extremamente inteligente e tenho a humildade de confessar que aprendi muito contigo, como com o Voz, o dr. Octopus, a Maria, o Walner, o Krowler, o Burgos, o Tibiriçá, ... enfim, só para nomear alguns. Mas salvo raras excepções, foi aqui que os encontrei!
    O que eu aprendi, passa para a minha filha, que se interessou e já tem o seu grupinho no tumbler! Enfim... nunca penses que as coisas ficam por aqui! É um erro de perspectiva, teu e nosso!

    Nunca duvides de um pequeno grupo de pessoas determinadas e empenhadas em mudar o mundo, pois foi sempre assim que ele mudou.

    Dantes, as mudanças começavam num ponto e levavam muito tempo a chegar a outro ponto e hoje apesar das condicionantes de alienação e desinformação, de um ponto chega a outro num instante.
    Não se podem é mudar as coisas num momento, mas o momento da mudança há-de chegar... para lá estamos a caminhar! Em mim mudou já muita coisa e ajudaste-me muito a amadurecer, embora eu suspeite que sou bastante mais velha! Ora não te faz sentir bem? Saber que pelo menos mudaste para melhor uma pessoa?


    Por causa do teu blogue e do post do pombo Afonso, arranjei uma amizade linda com uma "miúda" de Lisboa, que me veio trazer o Maurício, um pombo que tinha partido a asa, a pernita, tinha feridas no peito e ficou sem leme... sem cauda... deve ter sido atacado. A Inês tratou dele durante 3 semanas , levou-o ao veterinário várias vezes, que o entalou na asa e perna. Deu-lhe antibióticos 8 dias, trouxe-o de alfa pendular e está de momento no aviário com a Sissi, a minha rola que salvei também, cega de um olho e a recompor-se também do ataque de cães. Daqui a 15 dias serão libertados quando a Inês chegar do estrangeiro.
    Nós tornámo-nos todos amigos da Inês! Uma pessoa maravilhosa! Graças ao ii, pois pesquisou no google por pombo com asa partida e saiu-lhe esse post!

    Só te quero dizer isto:
    Este é um dos melhores blogues e dos mais originais que conheço!

    Bem hajas, porque me ajudaste a conhecer pessoas MARAVILHOSAS!!!

    ResponderEliminar
  10. Ó Fada.

    Deverias ter percebido que não são as críticas que doem, mas as dúvidas que espalhas gratuitamente.

    E que continuam: "mas o que fica subentendido, é que possuis informação priveligiada e que as ovelhas alternativas não podem ter o privilégio de serem informadas".

    E após uma frase assim, pergunto-me o que percebeste deste blog até hoje. Sem ofensa.

    O facto de ter falado bem de mim antes dá-te agora o direito de insinuar? Eu acho que não. Dá-te o direito de criticar, o mesmo direito que todos aqui temos, não de insinuar.

    "deixo aqui estas questões que me levam a pensar fundo e muito sériamente, qual a finalidade deste blogue".

    Nada mais, nada menos. Serei financiado pelo Bilderberg? A CIA? Os Rotheschild? Quero destruir o mundo da informação alternativa? Porque, caso não tenhas percebido, é esta a impressão que fica com a tua frase.
    Sim, verdade, antes tinhas falado bem de mim. Também Bruto falava bem de César antes. Obrigado, Fada.

    E agora, pelos vistos, passaste a ser vítima e amuas.

    Mas em vez de amuar, poderias desfrutar este mesmo espaço para fazer o que outros Leitores fazem e eu também faço: argumentar.

    Exemplo: estás convencida de que o Bilderberg é tão importante?
    Se a tua ideia for discutir, nada melhor de que utilizar o espaço para demonstrar que tens razão.

    Como sabes, quando um Leitor pedir, publico artigos escritos por outros, mesmo que eu não subscreva o conteúdo.

    Sabes bem que aqui não há censura, tudo o que qualquer Leitor quer ver publicado é publicado.

    Isso se for discutir, claro. Se a ideia for apenas espalhar insinuações, fazer comparações com outros blogues ou até fazer publicidade para outros blogues também, então o discurso muda um pouco, não achas? Eu poderia pensar e até insinuar que o teu ataque tem outras finalidades.

    Não estou interessado nisso porque quero acreditar que não seja este o teu caso.

    Para mim a questão está fechada aqui e agora, entrar numa guerra de blog não acho ser de interesse para os Leitores e nem para mim. Não vou voltar a falar deste assunto.

    A porta, como sempre, fica aberta. Se quiseres, claro. Caso contrário: adeus.

    Lamento, é claro, mas não corro atrás dos Leitores, mesmo que sejam capazes de reflexões importantes, como já foi o teu caso.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  11. Marcelo2.6.12

    Max, veja esta reportagem, finalmente encontrei uma matéria mais extensa sobre o assunto:

    http://revistaepoca.globo.com/ideias/noticia/2012/06/cristofobia.html

    "Pouco denunciada, a opressão violenta das minorias cristãs nos países muçulmanos é um problema cada vez mais grave. Ouvimos falar com frequência de muçulmanos como vítimas de abuso no Ocidente e dos manifestantes da Primavera Árabe que lutam contra a tirania. Outra guerra completamente diferente está em curso – uma batalha ignorada, que tem custado milhares de vidas. Cristãos estão sendo mortos no mundo islâmico por causa de sua religião. É um genocídio crescente que deveria provocar um alarme em todo o mundo."

    "O retrato dos muçulmanos como vítimas ou heróis é, na melhor das hipóteses, parcialmente verdadeiro. Nos últimos anos, a opressão violenta das minorias cristãs tornou-se a norma em países de maioria islâmica, da África Ocidental ao Oriente Médio e do sul da Ásia à Oceania. Em alguns países, o próprio governo e seus agentes queimam igrejas e prendem fiéis. Em outros, grupos rebeldes e justiceiros resolvem o problema com as próprias mãos, assassinando cristãos e expulsando-os de regiões em que suas raízes remontam a séculos."

    "A reticência da mídia em relação ao assunto tem várias origens. Uma pode ser o medo de provocar mais violência. Outra é, provavelmente, a influência de grupos de lobby, como a Organização da Cooperação Islâmica – uma espécie de Nações Unidas do islamismo, com sede na Arábia Saudita – e o Conselho para Relações Americano-Islâmicas. "

    "Deveria ficar claro, a partir desse catálogo de atrocidades, que a violência contra os cristãos é um problema importante e pouco denunciado. Não, a violência não é planejada centralmente ou coordenada por alguma agência islâmica internacional. Nesse sentido, a guerra mundial contra os cristãos não é nem um pouco uma guerra tradicional. É uma expressão espontânea de uma animosidade anticristã por parte dos muçulmanos que transcende cultura, região e etnia."

    Tem mais informações, mas estão no link, quem quiser, pode pesquisar mais, certamente vai encontrar muito mais coisas como esta que está ocorrendo como massacre.

    ResponderEliminar
  12. maria2.6.12

    Olá Max e Fada, em princípio, olá todos/as, em geral:
    Quando leio e comento aqui, estou me dirigindo a pessoas, não consigo me desligar disso. Não respondo ao blog ii, converso com o Max,a Fada, o Voz, e tantos outros que reconheço como muito diferentes entre si, mas não antagônicos.Com diferentes, e por suposto diferentes de mim também, eu concordo, discordo, argumento, elogio, contrario, "brigo amorosamente", dialogo, respeito e considero. Com antagônicos, eu luto contra, e se tiver oportunidade, bloqueio, cancelo, destruo. Tenho certeza que vocês dois se sabem diferentes, mas não antagônicos. A prova disso são os blogs,com diferentes tipos de contribuição, porém excelentes, no meu ponto de vista, tanto quanto o do Voz, BURGOS, Tibiriçá, dr. Octopus, e tantos outros, no meu ponto de vista.Mas os blogs são bons porque vocês são pessoas confiáveis, inteligentes, dedicadas a informar, embora cheias de defeitos, como eu e qualquer um de nós. Nosso convívio tem nos ensinado, auxiliado, e nossas rusgas me parecem necessárias para apagar desentendidos e aparar arestas.Tenho grande carinho pelo diálogo que aqui acontece,mas especialmente pelas pessoas blogueiras. Pelo Voz, meu carinho está ainda mais forte porque há o sentimento de extrema compreensão/compaixão pelos animais não humanos, que me une a ele. O diálogo de todos nós vai continuar, melhorando de qualidade sempre, inclusive porque sabemos identificar se um/a antagônico/a adendra o botequim do Max.Já busquei um encontro não virtual entre nós, porque me parecia uma forma de firmar esta rede, com nós mais firmes.Talvez precipitação,ou sem contar com impossibilidades concretas de muitos, desinteresse de outros, não deu certo. Tudo bem. Não desisti, confesso que sou teimosa e, passado o verão de vocês portugueses, encontrei, por mero acaso, um jeito de trocar algumas coisas com o Max, pessoalmente, e tentar conhecer a ti Fada,Voz, o Saraiva, e quem se sentir atraído pela ideia , mais de perto.De forma que, por hora, endosso o Krowler e a Rita e, faço coro com ele, para irmos em busca de nossos interesses em comum, conseguindo dar umas trincadinhas, de alguma forma, no sistema, cada vez que abrimos espaço ao desenvolvimento de diferenças em solidariedade. Abraços

    ResponderEliminar
  13. maria2.6.12

    Olá Marcelo:te sinto por demais "embebido" do discurso que Olavo de Carvalho vem desenvolvendo, em função de sua vinculação ao Instituto Milenium,e outras instituições, e os interesses do mesmo. Percebo isto, e fico muito triste, porque me pareces uma pessoa inteligente, bem intencionada, e que deseja saber.
    Meu distanciamento com o teu orador favorito não habita o nicho ideológico porque nesse item, infelizmente, o filósofo, pensador, ou como queiras situá-lo, se coloca onde tiver protagonismo, e estiver mais confortável financeiramente.É o seu percurso pelas ideias, a sua trajetória como intelectual, seu itinerário pelas ruas obscuras da conveniência pessoal, que depõem contra ele. O homem é esperto, sem dúvida, finge um conhecimento/ erudição que não detém, com uma impostura que convence a muitos, inclusive a ti, que jura de pés juntos que ele já leu os "zilhões" de literatura, que quem como eu, já conviveu, de outros carnavais, com figuras semelhantes, sabe surpreender os resvalos, as lacunas e os desvios de rota. É claro que ele diz coisas certas...em meio a outras profundamente dissonantes, incongruentes, contraditórias. Faz parte do jogo que optou, em função dos interesses atuais que defende, para convencer que as dissonâncias do discurso são verdades inequívocas. Tomara que essa "introdução a desconfiança", puramente retórica no momento, porque não há espaço, neste comentário, para discussão de significados, e aqui a pretensão é apenas alerta, te faça minimamente apurar o ouvido, tentar fazer as vezes de advogado do diabo, diante das certezas confiantes do teu autor. Porque, com toda sinceridade e respeito por ti, acho que mereces mais do que simplesmente Olavo de Carvalho. Abraços

    ResponderEliminar
  14. Marcelo2.6.12

    Olá Maria.

    Vou levar sua mensagem comigo.
    Sei que você, assim como Burgos, Voz, entre outros, possuem um modo de pensar e uma filosofia diferente. Não são conservadores, são ateus, e mais de esquerda do que direita. Isto já causa um certo desconforto ao ouvir os pitacos de Olavo sobre a mentalidade revolucionária. Eu já fui muito esquerdista e já fui ateu, tinha sempre as mesmas críticas para o sistema e para religião. Mas felizmente comecei a pensar fora da caixa, nos 2 lados, no que cada um dizia e me aprofundava depois para ver o que era historinha ou enganação e o que era verdade ou fato. Nessas pesquisas acabei encontrando as fontes de Olavo (em 2009). Que, lembrando, também, que ele já foi um esquerdista no Brasil. Assim como eu, ele não aguentou por muito tempo o discurso sempre revoltado e utópico dos revolucionários e decidiu abandonar o movimento, a universidade e o país. Hoje vive como freelancer, sua renda parte de suas publicações através de seus livros, seus artigos para o Jornal Diário do Comércio e as doações que recebe nos seus sites.

    O que bem percebo com os discursos dele é a sinceridade pura e simplesmente. Ele fala o que sabe, o que estudou, e não liga nem um pouco se alguém duvida, não gosta ou é contra o que ele diz. Pois ele mesmo já acertou diversas previsões que fez ha anos atrás sobre algumas coisas que acontecem hoje. É uma das poucas a pessoas que falam verdades na cara, que mostra o que realmente estava acontecendo antes do golpe militar no Brasil, e o real motivo do mesmo. Cita sempre livros, autores e escritores sobre quase tudo que fala, mostrando sempre a real fonte da informação.

    Sobre o comentário dele não ler tanto assim, na minha opinião está equivocado. Pois apenas no seu programa semanal, ele já citou mais de 150 livros só sobre Globalismo e Nova Ordem Mundial, fora outras fontes de notícia e artigos, que segundo seus alunos, já passam de 1000 referências desde 2009. É preciso ler muito também para poder dar aulas e seus seminários de filosofia. Também é preciso muito estudo e reconhecimento (claro que não do Brasil) para poder ser convidado a palestrar em congressos internacionais.

    Por fim, assim como qualquer ser humano, eu, ele, você e todos já erramos e continuamos a errar de vez em quando, devemos reconhecer isto e admitir que ninguém é dono da verdade, pois a mesma é pode ser temporária. Ele é uma das minhas principais fontes de informação, para ver o que está acontecendo com a educação e a influência na mentalidade no Brasil, fora as outras coisas que citei. Tem coisas que concordo e outras que não concordo, isso é perfeitamente normal, não acontece só com o Olavo, não é, possível viver somente de acertos, isso acontece também aqui e com qualquer outro blog ou mídia. Sempre falo para as pessoas tentarem ter menos preconceito com o cristianismo e com quem defende o capitalismo, e que procurem informações no "macro" e no "micro".

    Mas como comentei mais acima, com certeza de que vou levar sua mensagem comigo, pois não descarto nada que aprendo, gosto muito dos seus comentários e dos seus pontos de vista expostos aqui no botequim, levo como aprendizado, pois assim como o Olavo, você deve possuir muito mais experiência e vivência que eu. Vou continuar admirando quem me ensinar, isso inclui o ii, o Max, os leitores e os pitacos do Olavo.

    abraço!!

    ResponderEliminar
  15. "Querem uma boa solução? Levantem o traseiro do PC e vão trabalhar na Permacultura"

    Fada

    Há quem ache que seguir esta solução é abdicar dos nossos direitos de viver uma "boa vida" e deixar o caminho livre para que os tais bildbergs ficarem com o "bolo" todo...


    Há pessoas dentro da informação alternativa que acham que todas as teorias malthusianas e suas derivadas, são esquemas da NWO( ou coisa que o valha), para levar as pessoas a acreditar quem têm que viver com menos, e com isso abdicarem livremente dos seus direitos...

    Por isso não há uma solução..mais ou menos correcta para todos, mesmo que eu concorde pessoalmente com ela

    A noticias alternativas em 90% dos casos entram e contradição umas com as outras, cada um dispara contra a outra pensado que do lado de Lá, está o inimigo(Bildberg, iluminati,
    green Peace, Nibiru, aquecimento global sim ou não, lobbie do petroleo v.s lobbie das renováveis)

    E por fim, só deixo a minha opinião, a coisa mais importante que o informação incorrecta tem a "ensinar" é precisamente o não acreditar em nada

    Saudações
    Carlos Janeiro

    ResponderEliminar
  16. Cara não desanima seu blog tem muitas informações únicas e exclusivas até não desista, as pessoas são idiotas mesmo, lembre-se que não existe verdade absoluta, tudo são teorias, ou seja defenda as suas com uhnhas e dentes! :)

    ResponderEliminar
  17. Anónimo3.6.12

    ...!?!?!?!..
    ÊÊÊÊÊÊÊ, PÁÁÁÁÁÁ!!!...

    Este blog bem podia ser alvo de uma teoria da conspiração!... Poder-se-ia julgar que está alguém de fora a tentar "dividir para reinar" em relação a quem por aqui passa! Alguém que tenha lido "A arte da guerra", de Sun Tzu, e queira "destruir o inimigo por dentro"... Não sei se perceberam onde estou a tentar chegar...

    Quanto ao "Verão ocupado", o Max já disse que vai escrever um livro...já quanto ao "algo de muito prático", o Max também tinha expressado a sua vontade em enveredar pela democracia directa...não sei se terá algo a ver com isso. Ou então...espero que o Max não esteja com ideias de cometer qualquer coisa de ilegal (ironia aqui)!!!...

    O seu blog é simplesmente controverso, Max...não se deixe apoquentar por isso. Não é pelos posts de teoria da conspiração mais "sensacionistas" terem mais comentários que os outros perdem importância. O pessoal simplesmente não tem tanta informação sobre política e economia, e por isso abstem-se de comentar. Sobre os atentados de 9/11 ou sobre Nibiru, as coisas ou são verdade ou são mentira. Com política e economia, o que é verdade por um lado, é mentira por outro, e por isso, nunca se sabe muito bem o que realmente dizer...e por isso, há menos comentários.

    Há quem não comente em relação a economia e política, mas comente por exemplo em relação a outros assuntos polémicos, por exemplo, os ambientais, ou os religiosos... Certo, há coisas na religião organizada que são autênticas conspirações (maçonaria e ocultismo na Igreja, materialismo da IURD, etc.), e também no ambientalismo (leia-se "climategate"), mas você sabe onde estou a querer chegar.

    ResponderEliminar
  18. Anónimo3.6.12

    Carlos Janeiro,

    O que certos alternativos acham ou deixam de achar sobre a permacultura ou a infinitude dos recursos é totalmente irrelevante. Quem defende que a sociedade industrial e o presente ritmo de depredação de recursos tem futuro não sabe do que está a falar, vive simplesmente num mundo de fantasia. E a opinião dos lunáticos e dos ignorantes não conta. O problema de muitos blogues de informação alternativa é serem mais alternativos do que informados, e imaginarem que existe uma correspondência entre os seus desejos e a realidade. Essa mentalidade de avestruz é precisamente uma das razões porque nos encontramos à beira do abismo. Os pseudo-alternativos que defendem que está tudo, que os recursos são infinitos, etc., são simplesmente idiotas que têm medo de se confrontar com os factos científicos e que, diante do abismo, o melhor que sabem dizer é: em frente!

    JMS

    ResponderEliminar
  19. Anónimo3.6.12

    "a coisa mais importante que o informação incorrecta tem a "ensinar" é precisamente o não acreditar em nada"

    Completamente falso. O que o Informação Incorrecta tenta ensinar, na minha opinião, é que temos de aprender a usar o cérebro e a distinguir o trigo do joio no mundo dos blogues alternativos. Não acreditar em nada é tão absurdo como acreditar em tudo.
    JMS

    ResponderEliminar
  20. Este blog é ótimo "clean" no seu visual sem muitas firulas, é direto e trata com um conceito imparcial o assuntos pelos quais, tentamos incutir nas pessoas, uma visão lógica do conhecimento e de acontecimentos,Vejo aqui divergências quanto as figuras do poder, e a Fadinha querida Que me perdoe mais, há um credo muito forte entorno dos "Builderbergs" e maçonaria e coisa e tal, que chega a criar um certo clima de exagero, e isso causa uma certa insegurança, á pessoas que aqui pela primeira vez
    estão chegando,e nessas pessoas causa também a sensação de que eles
    São intransponíveis e indestrutíveis, temos que romper essas falsas intrasponibilades.
    e acho que devemos "filtrar" essas informações..agora falando do amigo que citou Olavo ele tem seus prós e contras assim como o Julio Severo.
    Agora falando do Autor do blog meu amigo você estava no alto do pedestal mais a tua queda foi grande quando citaste "Libertar"
    Do Sr Marcos....mais tudo bem nada é perfeito de resto parabéns pelo Blog e tratemos de ser imparciais um com os outros, a saida é se unir e cruzar informações e checar a veracidade. tudo bom a todos
    By Lorenzo

    ResponderEliminar
  21. Respondendo "Diogo" tomei as dores pra mim, amigo eu acho que o unico idiota aqui é você com essa carinha de anjo perdido. que caiu de para-quedas por ter perdido as asas?
    cara tem que saber comentar, respeite as senhoras que aqui estão comentando,
    Faça de contas que a sua Mãe ou seu Pai Estão aqui presentes, ou no momento que postou esse cometário infeliz..eu acabei de descobrir que existe verdades absolutas e absurdas é só olhar pra pra você.
    Desculpa ao autor do blog no meu entender ele ofedeu a Fadinha.

    ResponderEliminar
  22. Bom, pessoal, agradeço como óbvio todas as boas palavras e também aquelas contrárias que foram aqui ditas.

    Mas gostaria que a coisa acabasse aqui, pode ser? Houve um desentendimento com um Leitor (Fada), aproveitei do comentário para realçar mais uma vez pontos que considero importantes acerca deste blog, mas acho que chega.

    Agora entramos na segunda fase, os insultos entre os Leitores, o que acho ser um exagero.

    Última nota, Lorenzo:
    "meu amigo você estava no alto do pedestal mais a tua queda foi grande quando citaste "Libertar"

    Lorenzo, é isso acontece quando criamos pedestais. Eu tenho as minhas ideias e com certeza muitas delas não são conformes ao seu modo de pensar.

    É por isso que é melhor deixar os pedestais para os vasos com flores.

    Abraço para todos!!!

    ResponderEliminar
  23. JMS
    Se deres um saltinho no meu blog, ficaras a saber que partilhamos em parte da mesma opinião.


    Continuando

    O que é o trigo para mim poder ser o joio para outra pessoa e vice versa.

    Como eu disse "a minha opinião", a tua é diferente, e qual está certa?
    Como podes dizer que a minha opinião pessoal esta errada?

    È assim que eu vejo a II, o não acreditar em nada, por outras palavra pode ser, colocar em questão aquilo que acreditamos ser uma verdade adquirida, na nossa própria óptica.

    Saudações
    Carlos Janeiro

    ResponderEliminar
  24. Anónimo4.6.12

    Carlos Janeiro,

    Há assuntos em que é muito difícil distinguir o trigo do joio, claro. Mas isso não significa que tudo seja relativo, que uma opinião valha tanto como qualquer outra, etc. Para mim há coisas que são discutíveis, porque não há certezas (ou eu não as tenho) e há coisas que são indiscutíveis. Exemplo: a opinião dos criacionistas não tem qualquer base científica, logo, não pode valer o mesmo que a dos evolucionistas. É apenas uma convicção irracional. O mesmo se pode dizer das pessoas "que acham que todas as teorias malthusianas e suas derivadas, são esquemas da NWO". Não estão a ter uma opinião válida, estão apenas a fantasiar, a formular teorias que os factos desmentem categoricamente. Esses são o joio, e nestes casos não é muito difícil distingui-los do trigo. Mas noutras situações, reconheço que é muito mais complicado.
    Cumprimentos,
    JMS

    ResponderEliminar
  25. P.S.

    Já conhecia o teu blogue. Por acaso, só o conheci há poucos dias. E fiquei muito contente por saber que em Portugal nem toda a gente anda a dormir em relação àquele que é simplesmente, a par da crise da dívida, o maior problema que a sociedade industrial tem pela frente. Pu-lo logo nos meus favoritos. Acho o blogue muito bom e muito importante. E fico abismado ao ver que neste país, à esquerda ou à direita, ninguém liga a essa questão. Se não fosse a recessão, os nossos governos continuariam a construir auto-estradas e a desmantelar ferrovias como se o petróleo fosse infnito e não houvesse amanhã.
    Grande trabalho.
    Cumprimentos,
    JMS

    ResponderEliminar
  26. Anónimo5.6.12

    Que desperdício de energia...
    Uma pena ver as pessoas brigando por NADA.
    Sly

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...