07 junho 2012

Grécia & Austeridade: funciona! (sem luz)

Continua o desmantelamento da Grécia. O País entrou numa espiral que não aprece ter fim.
Agora o problema é a electricidade. As famílias não têm dinheiro para as contas? Sim, mas não é só isso: é o governo que não tem um tostão.

Em poucos dias, muitas famílias ficarão sem luz em casa porque o Departamento de Energia não pode tem gás e petróleo suficientes para manter em funcionamento as centrais geradoras: o problema são as contas que ainda devem ser pagas aos fornecedores.

O Presidente da Public Gas Corporation (DEPA), Harri Sachinis, enviou uma carta ao ministro das Finanças, George Zanias, e ao Ministro do Ambiente e da Energia, Grigoris Tsaltas, para que sejam pagas as contas que o Estado ainda não saldou, perto de 300 milhões de Euro, caso contrário no prazo dum mês será obrigada a suspender o fornecimento de energia eléctrica.

No início deste ano, muitos hospitais e farmácias se queixaram de que o fornecimento de medicamentos tinha caído porque o governo não havia pago as empresas estrangeiras que fornecem medicamentos essenciais.
Farmácias e hospitais costumavam entregar medicamentos gratuitos aos mais carenciados e também aqueles que têm um seguro estatal e que deveriam receber, pelo menos, os medicamentos essenciais, na verdade não recebem qualquer apoio há meses: continuam a pagar as contribuições em troca de nada e não há sequer a certeza de que o seguro vai reembolsar os montantes pagos em medicamentos básicos. Obviamente os mais atingidos são os reformados cuja pensões foram reduzidas drasticamente.

Graves problemas também nas prisões, onde o Estado não tem dinheiro para proporcionar os alimentos aos presos e já houve casos de lutas internas nas instituições penitenciarias para a procura de comida.

O Estado grego tem dinheiro até 20 de Julho depois será o caos, não poderá pagar mais reformas ou ordenados dos dependentes. Isso apesar do Estado já ter baixado as despesas de 3.800 para 700 milhões de Euros.

Uma nova "ajuda" (com juros) de Bruxelas em vistas?
O perigo agora é a eclosão duma revolução.
Que, dada a situação, poderia ser o mal menor.


Ipse dixit.

Fonte: Stampa Libera

5 comentários:

  1. Anónimo7.6.12

    Eu não gosto de Jacque Fresco nem de Zeitgeist, mas...vocês viram como acaba o terceiro filme?

    ResponderEliminar
  2. Anónimo7.6.12

    Mais uma dádiva da economia de mercado. Serviços essênciais entregues nas mãos da iniciativa privada. Há quem ache tudo isso ótimo. "Sempre deveria ser assim." "Lógico, desde que minha mãe, ou filho meu, não estejam nalgum leito de hospital necessitando do amparo de aparelhos para continuarem vivos".

    Fico imaginando: com tudo que assola a Grécia nestes tempos, e sem ainda ter alcançado o fundo do poço, pois parece que o fundo cada dia parece mais fundo, o que esperam os donos do setor energético? O povo grego daqui a pouco vai acender fogueira dentro das suas casas. Ao menos os funcionários responsáveis pelo corte de energia nos lares terão emprego por bom tempo.

    Walner.

    ResponderEliminar
  3. Amigos...A bendita Grécia é um recado da elite escravista a dizer-nos que cada um de nós será a próxima vítima de acordo com a sua agenda deste famigerado 4º reich. Como ninguém acredita em conspiração, depopulação e outras barbaridades, continuarão, os povos, drogando-se com programas e memórias ancestrais de tradicional manipulação para conservação de suas senzalas pela inabalável milenar casa grande. Se não modificarmos a maneira de olharmos o tabuleiro deste jogo macabro concluiremos muito em breve a AVENIDA por onde passarão os tanques e as tropas armadas até os dentes com seu "charmoso" passo de ganso. Várias frentes estão em progresso neste momento, não é fácil montar o panorama global de demolição (de todas as maneiras inimagináveis), extermínio e ocupação. Os USA seguem sendo demolidos, enquanto olhamos distraidos para nossos umbigos lotados de inutilidades eruditas, ilusória intelectualidade e arrogância. Sinto muito, sou grato.

    P.s. Alô! Alô! brasileiros, o brazsil é a bola 7 deste jogo (perdido desde o pseudo descobrimento).

    ResponderEliminar
  4. Anónimo7.6.12

    Se todos trabalhassem de borla, não faltava nada: não iam fazer nem mais nem menos do que faziam agora, mas a recompensa é que ia ser muito maior: poder usufruir de graça de tudo quanto existia.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo7.6.12

    Os Gregos estão a colher os frutos da sua ignorância e estupidez. Tal como vai acontecer com os portugueses. Não pagas não tens.
    O gado a ser tratado como gado.

    Krowler

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...