14 abril 2013

Grupo Bilderberg: a pergunta de Pai Natal

Diz o Leitor Pai Natal num comentário do post anterior:
pertencendo este blog a alguém ligado a italia, vim aqui pensando que encontraria um artigo relacionado com o que o senhor Ferdinando Imposimato disse:

http://www.infowars.com/italian-supreme-court-president-blames-bilderberg-for-terrorist-attacks/

dado conhecer bem a realidade italiana, diga-me, por favor, este senhor é credível (apesar de que aquilo que ele disse, qualquer imbecil já sabia ser verdade, pelo menos qualquer imbecil familiarizado com a nova ordem mundial e operação gladio)?
Posso eu ignorar um pedido de Pai Natal e tornar tristes todas as crianças da Terra? Claro que não, não desejo uma responsabilidade destas. Por isso vamos ver o que conta Infowars.

Antes uma breve explicação: não sigo as aventuras do Grupo Bilderberg pela simples razão que, se a intenção for perceber algo, não observo as acções dos servos mas as ideias dos patrões, que julgo serem mais importantes. E o Grupo Bilderberg não passa disso: um conjunto de mordomos. Não é aí que fica o leme, estes só se limitam a remar.

O artigo

Mas vamos em frente, eis o artigo traduzido:

O Presidente do Supremo Tribunal Italiano culpa o Bilderberg de ataques terroristas
O Presidente Honorário do Supremo Tribunal da Itália e ex-Chefe de Investigação, o juiz Ferdinando Imposimato, o homem que investigou o caso da tentativa de assassinato do Papa João Paulo II, acusa sensacionalmente o Grupo Bilderberg de estar por trás dos ataques terroristas na Europa.

Numa entrevista com o site ArticoloTre, Imposimato, que esteve também envolvido no rapto e assassinato do ex-primeiro-ministro italiano Aldo Moro, disse ter "encontrado um documento que deixou-me chocado", que implicaria o Grupo Bilderberg numa conspiração com a organização de extrema direita Ordine Nuovo para cometer atentados terroristas.

Falando de assassinatos não resolvidos em Itália e do documento na sua posse, Imposimato afirmou:
Quando se trata de massacre, também fala-se do Grupo Bilderberg. Acredito neste documento. Fiz alguns testes e posso dizer que por trás da estratégia da tensão e dos assassinatos também há o grupo Bilderberg, uma espécie de Big Brother que manobra, usando os terroristas e os maçons.
A "estratégia de tensão" refere-se a uma política sob os auspícios da Operação Gladio, a organização da Nato Stay Behind durante a Guerra Fria, um projecto que procurou criar um clima político artificioso na Europa, com agentes a realizar ataques terroristas que depois eram atribuídos aos grupos extremistas da Esquerda e da Direita.

Gladio foi projectada para demonizar a oposição política e "forçar o público a virar-se para o Estado para pedir mais segurança", de acordo com o testemunho do ex-agente da Gladio Vincenzo Vinciguerra. Em 2000, uma investigação parlamentar italiana descobriu que a explosão do comboio em Bolonha, em 1980, que matou 85 pessoas, foi realizada por "homens dentro das instituições italianas e... homens ligados às estruturas da intelligence dos Estados Unidos."

Explicou Vinciguerra num testemunho sob juramento:
Era preciso atacar civis, homens, mulheres, crianças, pessoas inocentes, pessoas desconhecidas afastadas de qualquer jogo político. [...] A razão era muito simples. Era suposto forçar estas pessoas, o público italiano, a recorrer ao Estado para pedir mais segurança. Esta é a lógica política que fica por trás de todos os massacres e os atentados, que permanecem impunes, porque o Estado não pode condenar-se e não pode declarar-se responsável pelo que aconteceu.
Imposimato afirma que o documento foi-lhe dado por um ex-terrorista de Ordine Nuovo. Os membros de Ordine Nuovo ("Nova Ordem" em italiano) participaram em numerosos atentados terroristas, incluindo aquele de Piazza Fontana em 1969, do comboio Roma-Messina em 1970, de Piazza della Loggia, em Brescia, em 1974 e no atentado ao comboio Italicus em 1974.

O Grupo Bilderberg é uma reunião anual de cerca de 120 entre os mais influentes agentes do poder no planeta, do mundo da política, dos negócios, de bancos, universidades, meios de comunicação, e até da realeza. A reunião anual da organização é realizada em luxuosos hotéis na Europa, Canadá ou Estados Unidos, mas, apesar da presença duma infinidade de "pesos pesados", a grande imprensa dá ao evento uma escassa cobertura, rotulando-o como um simples encontro de negócios, apesar da admissão em 2010 do ex-Secretário Geral da Nato e membro do Bilderberg, Willy Claes, segundo o qual os encontros do Grupo servem para implementar decisões políticas que são formuladas durante a reunião.

Há inúmeros outros exemplos de como o Bilderberg tenha influenciado os grandes eventos globais com antecedência, escolhendo Presidentes e Primeiros-Ministros no total desprezo para com processo democrático.

Em 2009, o Presidente do Bilderberg, Étienne Davignon, gabou-se como até mesmo a moeda única, o Euro, foi uma criação do Grupo Bilderberg.

O ataque de Imposimato contra o Bilderberg segue os passos do seu compatriota Alfonso Luigi Marra, um proeminente advogado que recentemente solicitou ao Ministério Público de Roma uma investigação acerca do Grupo Bilderberg para actividade criminal, questionando se a reunião da organização em 2011 na Suíça tivesse levado à nomeação de Mario Monti como Primeiro-Ministro da Itália.

Rotulando o grupo como uma "única, ilegal irmandade" de elitistas que consideram-se "acima da lei", Marra apontou o dedo contra o Bilderberg por estar na origem de guerras, colapsos económicos e armar ditadores cujas actividades "constituem uma violação óbvia, flagrante, para dizer o mínimo, dos artigos do Código Penal".

As datas exactas e localização da reunião Bilderberg de 2013 ainda estão para ser confirmadas, a especulação tem-se centrado em volta dos arredores de Londres, no início de Junho.
Até aqui o artigo.
Agora algumas considerações.

Infowars: o importante é impressionar

Infowars não é o máximo quando a ideia for conseguir notícias que não tentem apenas chamar a atenção.

Ok, vamos dizer isso duma forma mais simples: Infowars gosta de notícias que provoquem sensação, o que muitas vezes acarreta riscos, primeiro entre os quais concentrar-se apenas nos aspectos mais bombásticos, deixando de lado eventuais verificações e aprofundamentos. Não que seja um site "mau": só que neste aspecto poderia ser bem melhor. Esta é a razão pela qual aqui em Informação Incorrecta é raramente utilizado como fonte.

Um exemplo?
O mesmo Leitor Pai Natal cita um link no qual Mike Martinez, nº 2 da autarquia de Austin (Texas), revela que a agenda do presidente Obama prevê o retiro total das armas.

Então é assim: se Mike Martinez fosse um testemunho a meu favor num acidente rodoviário no qual tenho razão, eu assumiria logo a culpa toda. Seria mais seguro.

Porque Martinez é o mesmo fulano que define "piadas" duas pessoas só pelo facto destas serem pretas (e, claro está, é a seguir obrigado a pedir desculpa perante a National Association for the Advancement of Colored People).
É a mesma pessoa que entra no local das urnas durante as eleições com aparelhos de gravação para depois publicar as imagens no Facebook, violando assim as leis federais.
É o mesmo simpático fulano que envia correio spam para denegrir os adversários que não concordam com a inauguração duma estátua.

Mas de tudo isso, Infowars não fala, apresentando o simpático Martinez como uma espécie de valioso insider e não como um palhaço, tal como ele é.

A descoberta da água quente...  

Voltemos ao assunto principal.

O artigo em questão é um bom exemplo disso: chegado ao fim, o Leitor fica com a impressão de que em Italia havia uma organização, chamada Gladio, ligada ao grupo extremista Ordine Nuovo, que operava por conta da CIA, e que esta foi a responsável do período chamado como "Anos de Chumbo" (década dos anos '70 até início '80), fazendo explodir uma bomba agora aí, agora lá, aterrorizando o cidadão para que este chamasse a polícia. No meio aparece também o Bilderberg.
A verdade é infinitamente mais complexa.

Havia Gladio? Com certeza. Estava ligada à CIA? Sem dúvida. Havia só isso? Não: havia muito, muito mais do que isso.
Havia o KGB, por exemplo (ou achamos que os Russos estavam a dormir?). Havia umas ideologias nascida nas fábricas (Esquerda), nas universidades (Esquerda e Direita), nos círculos nacionalistas (Direita). Foi aí que se inseriu Gladio, a qual não criou as organizações radicais, mas tentou explora-las (tal como aconteceu na Alemanha, por exemplo, com a Rote Armee Fraktion. Mas atenção: porque o extremismo italiano - ou alemão, francês, basco, etc. - tinha também uma rede de ligações internacionais terrivelmente complexa e intrincada, não apenas CIA ou KGB).

A CIA explorou organizações terroristas locais para criar uma estratégia da tensão e fazer que os cidadãos pedissem mais segurança ao Estado? Mas esta já não é uma notícia, qualquer pessoa em Italia sabe muito bem disso: sabe que as organizações de Direita recebiam dinheiro da CIA e aquelas de Esquerda do KGB. É normal, a Europa Ocidental da década dos anos '70 era o principal palco da Guerra Fria: nenhum País ocidental poderia ter tido um governo de Esquerda, tal como governos de Direita eram impensáveis no Bloco do Leste. E os dois lados estavam dispostos a tudo para não perder a guerra.

Imposimato aparentemente vai além disso: afirma que o Grupo Bilderberg esteve atrás da estratégia da tensão. Faz todo o sentido.

O Grupo Bilderberg é um conjunto de mordomos que executa ordens superiores. São servos, sem dúvida, mas dispõem de imensos recursos (muitos dos quais nem deles são: perguntem ao Rockefeller a quem deve a riqueza dele). Lógico que na altura da Guerra Fria escolhessem o lado "melhor" para o Grupo, o lado do assim chamado "Capitalismo" (com muitas aspas).

Pessoalmente ficaria muito espantado se um dia fosse revelado que o Bilderberg nunca tomou uma iniciativa ao longo da Guerra Fria. Estas "iniciativas" incluíam também a organização de ataques terroristas? Obviamente sim. Os mais curiosos podem ler o curto artigo de Wikipedia acerca da Operação Chaos (infelizmente está em Inglês: não há nada na versão portuguesa), só para ter uma ideia (reparem nas datas).

Portanto (e eis a notícia), o que Imposimato oferece é a ideia dum envolvimento "directo" do Grupo Bilderberg, graças a um documento que lhe foi entregue por um ex-membro de Ordine Nuovo. Provavelmente falamos aqui de financiamentos, pois o aspecto táctico ficava ao abrigo de Gladio (entre as cujas fileiras havia muitos militares). E Imposimato fala dum documento

Outra vez: faz sentido? Parece-me que sim, por causa do que foi dito até aqui. E seria particularmente bom poder ler o tal documento, isso sim que representaria uma autêntica novidade. E que por isso desconfio nunca irá acontecer.

Ferdinando Imposimato é pessoa credível? O curriculum dele fala por si: sim, em teoria é um dos poucos que sabe do que fala. Não vou fazer aqui a listagem dos méritos do juiz, pessoa que pagou em primeira pessoa as próprias escolhas (ver caso do irmão dele morto pela Máfia). Enquanto magistrado, foi o primeiro a falar de "pista russa" no já citado rapto de Moro. E isto apesar dele ser homem de Esquerda (lembramos: era a época da Guerra Fria). E foi sempre ele que falou, primeiro, da "pista búlgara" no caso do atentado contra João Paulo II.

Mas isso foi há muito, muito tempo atrás, antes dele entrar em política...

...e o que o juiz não explica

...porque agora há coisas que não batem certas. Há uns "todavia".

Todavia fico "chocado" ao aprender que Imposimato fica "chocado" por causa do envolvimento do Grupo Bilderberg. Um juiz que passou a vida a investigar obscuros enredos internacionais pensava no Bilderberg como uma espécie de lar?
 
Todavia Imposimato está na posse do documento há quase três anos (quem entregou-o foi Giovanni Ventura, morto em Buenos Aires em meados de 2010). E o juiz tem 80 anos. A intenção é uma publicação póstuma?

Todavia Imposimato há alguns anos entrou no PD, o Partito Democratico (a principal formação da Esquerda em Italia): foi este o mesmo partido que com Berlusconi apoiou o governo de Mario Monti, alegada escolha do Bilderberg.
Agora, duas datas:
  • 2010: Imposimato recebe o documento "sensacional" e fica calado.
  • 2011: Monti forma o governo.
  • Dezembro de 2012: Monti apresenta a demissão.
  • Fevereiro de 2013: Monti perde as eleições.
  • Abril de 2013: Imposimato revela ter o documento.
Lembro mais uma vez a frase dum outro político italiano, Giulio Andreotti (eis alguém que poderia contar tudo, mas tudo mesmo acerca de Gladio, CIA, terrorismo...):
Pensar mal dos outros é pecado, mas muitas vezes está certo.
Espero estar errado e quero confiar na vontade do juiz Imposimato para partilhar quanto mais cedo o tal documento.

Entretanto podemos continuar a ficar entretidos com o Grupo Bilderberg. Mas é cada vez mais complicado distinguir entre quem for um gatekeeper e quem, pelo contrário, limita-se a levantar poeira para entreter o povo.


Ipse dixit.

Fontes: InfoWars, ArticoloTre, Wikipedia (versão inglesa)

10 comentários:

  1. maria15.4.13

    Olá Max: interesses daqui, interesses dali, interesses dacolá. Muito difícil alguém circular em meio a chuva de poderes e não se molhar em águas de corrupção.E a história real acaba sendo um saco de papai noel, cheio de invenções construídas ao sabor das relações de poder.Abraços

    ResponderEliminar
  2. Anónimo16.4.13

    Nada mais subversivo do que o poder e sua dominação...abraço

    ResponderEliminar
  3. Chaplin16.4.13

    Se o Rockenfeller não é tudo isso, que seria? Os Rothschilds?

    ResponderEliminar
  4. pai natal18.4.13

    Obrigado pelos esclarecimentos em relação ao juiz italiano.

    Em relação ao Mike Martinez, não sendo ele "ninguém", revela o desejo das estruturas do poder, tanto que depois das varias ilegalidades que cometeu, continuou sem saber qual o sabor de estar atras das grades.

    Agora falando do Infowars.
    Dizer que é um site que tem pouca credibilidade, e que aposta muito no sensacionalismo, é revelar que não se conhece o trabalho realizado pelos seus jornalistas.
    Todas as noticias que eles publicam vem com as respectivas fontes, sendo que 90% das mesmas são provenientes do Mainstream. O que eles fazem é relaciona-las com factos anteriormente ocorridos, e dar-lhes uma interpretação que não seja destinada apenas a pessoas em estado vegetativo, que é o que a mainstream midea faz.

    O site Infowars é tao credível que é varias vezes referenciado pelo site drudge report, que é so o maior site agregador de noticias a nível mundial.

    Muitas pessoas que dizem que o alex jones é sensacionalista, mais uma vez não seguem o trabalho dele. o que ele faz e dar uma oportunidade a todos os tipos de pessoas de se expressarem, serem ouvidas e passar a informação que têm. por isso tem todo o tipo de convidados, mesmo pessoas que muitas vezes apresentam ideias e teorias que vao contra as dele, como por exemplo o david icke.

    Desde que sigo o trabalho dele nunca vi uma noticia que fosse colocada no site com objectivos sensacionalistas, e já o sigo desde o inicio de 2010.

    Será que ele nunca errou? Acho que já errou sim, nomeadamente no Y2K. Segunda certos blogs que o atacam, este é geralmente o argumento que usam. Parece que por altura de 2000 ele andou a dizer que ia tudo com os porcos por causa dos computadores( passagem de 1999 para 2000). não sei, não assistia aos programas dele nessa altura. se calhar ele teve informações que justificaram esse comportamento. mas como disse, não sei.

    Em relação aos bildeberg, pelo grafismo que escolheste para me representar, até parece que eu disse que são eles quem têm as decisões finais em relação ao que acontece no mundo. obviamente que são apenas mais uma camada na pirâmide do poder. mas que tem a sua importância.
    Aqui são postadas muitas noticias sobre a economia. Têm importância? para muita gente têm, mas para quem manda no mundo não. eles apenas dizem, "queremos o colapso da economia mundial. façam-no acontecer". depois os grupos como os bildeberg e outros, mais acima e mais abaixo decidem, se é mais bonito uma grande guerra, varias pequenas guerras, muitos ballots( resgates financeiros).

    De qualquer maneira, obrigado pela resposta.

    PS: mostra-me uma noticia do infowars que seja sensacionalista, sem razão aparente para o ser. existem diferenças entre sensacionalismo e avisos. alguém que antes da segunda guerra mundial andasse a gritar que depois de grandes abalos económicos se seguem grandes guerras, também seria apelidado de sensacionalista.

    ResponderEliminar
  5. Caro Pai Natal,

    1. a fotografia
    limitei-me a juntar Pai Natal com o nome Bilderberg, não consigo ver na imagem algo do tipo "o Leitor Pai Natal afirma que são eles quem têm as decisões finais em relação ao que acontece no mundo". Vejo um Pai Natal e o nome Bilderberg. Depois o Leitor pode encontrar mil significados, mas nem posso publicar uma fotografia e escrever "atenção, os objectos representados na fotografias não têm qualquer outro sentido a não ser aquele mais imediato.
    Parece-me um bocado paranóico, não achas?

    2. o colapso
    "Aqui são postadas muitas noticias sobre a economia. Têm importância? para muita gente têm, mas para quem manda no mundo não. eles apenas dizem, "queremos o colapso da economia mundial. façam-no acontecer"

    Se os poderes fortes quisessem o colapso da economia, isto teria acontecido há muito, nada de mais simples. Mas a economia é um instrumento, o melhor para controlar não apenas um País: é por isso que publico muitos artigos acerca do assunto, a esperança é que possa ficar claro que a economia é o principal instrumento de controle e de encravadura. Também atrás do 9/11 há razões económicas (invadir o Afeganistão e o Iraque por qual razão? Não foi por causa do petróleo e do gás? E estes não são assuntos económicos? Porque será que a família Bush é tão amiga dos príncipes sauditas? Uma questão de empatia ou haverá o dinheiro atrás?)

    (continua)

    ResponderEliminar
  6. (continua)

    3. Inforwars:

    No estou minimamente interessado no caso Y2K: quem nunca errou que atire a primeira pedra.

    Mas no post escrevi:
    "Infowars gosta de notícias que provoquem sensação, o que muitas vezes acarreta riscos, primeiro entre os quais concentrar-se apenas nos aspectos mais bombásticos, deixando de lado eventuais verificações e aprofundamentos".

    E confirmo.
    A forma como foi apresentada a notícia relatada no artigo é um bom exemplo disso. É preciso chegar quase até a metade do artigo para perceber que estamos a falar de algo com 40 anos de idade. Ordine Nuovo parece uma organização ainda activa (foi extinta em 1976).

    Esta forma de apresentar a realidade (que tem como fim atrair leitores) obriga a uma falta de aprofundamento, tal como escrevi post.

    Mais? Escreves:
    "Em relação ao Mike Martinez, não sendo ele "ninguém", revela o desejo das estruturas do poder, tanto que depois das varias ilegalidades que cometeu, continuou sem saber qual o sabor de estar atras das grades".

    Sim, verdadeiro.
    Pena que Infowars utilize Mike Martinez como fonte:
    http://www.infowars.com/video-democrat-admits-obama-agenda-is-total-gun-ban/
    http://www.infowars.com/democrats-call-for-door-to-door-gun-confiscation/
    http://www.infowars.com/californians-sign-petition-to-ban-and-confiscate-firearms/
    http://www.infowars.com/austin-officialdom-moves-to-outlaw-gun-shows-on-private-property/

    ...e haveria mais ainda.

    É bom reparar no título do vídeo: "Democrata admite que a agenda de Obama é a total proibição das armas".

    Pai Natal, mas Martinez não era o gajo que continua a não saber qual o sabor das grades?

    "Todas as noticias que eles publicam vem com as respectivas fontes"
    Acredito. Martinez é uma delas.

    "Muitas pessoas que dizem que o alex jones é sensacionalista"
    Porquê será?

    Pai Natal, longe de mim a ideia de convencer alguém a não seguir Infowars: eu sigo Infowars, quase diariamente.
    Mas sigo também outros media, com a mesma desconfiança que é preciso utilizar nestes tempos tristes. Porque é difícil perceber de qual lado chega a voz e quais interesses esconde (se é que esconde, claro), mesmo que possa parecer uma voz sincera.

    É triste, mas a realidade é muito mais complicada.


    Abraço para Pai Natal!

    ResponderEliminar
  7. pai natal19.4.13

    O Afeganistão foi invadido devido ao ópio.

    Em relação ao Iraque existem evidencias que indicam que a invasão se deu não para roubar o petróleo, mas sim porque o Saddam, que chegou ao poder graças ao patrocínio da CIA, deixou de obedecer à casa mãe (tal como o al-Gaddafi). Cometeu o pecado de tentar pagar todas as dividas que o pais tinha, através da abertura das torneiras de petróleo, o que faria com que o preço do petróleo baixasse. O território iraquiano é vital a nível estratégico, portanto, como é natural, quem manda no mundo não podia permitir que aquele pais ficasse livre de dividas.

    Sem dividas, sem razões para obedecer. Independência.

    ResponderEliminar
  8. pai natal20.4.13

    (continua)
    A)
    "1. a fotografia
    limitei-me a juntar Pai Natal com o nome Bilderberg, não consigo ver na imagem algo do tipo "o Leitor Pai Natal afirma que são eles quem têm as decisões finais em relação ao que acontece no mundo". Vejo um Pai Natal e o nome Bilderberg. Depois o Leitor pode encontrar mil significados, mas nem posso publicar uma fotografia e escrever "atenção, os objectos representados na fotografias não têm qualquer outro sentido a não ser aquele mais imediato.
    Parece-me um bocado paranóico, não achas?"


    O que escrevi sobre o grafismo parece ser direcionado para ti, mas na verdade escrevi-o a pensar em quem entra no artigo, e que não conhece o tipo de posts que eu costumo aqui colocar (ao contrario de ti que já os leste), e fica a pensar que eu considero que a palavra-chave para a aceder à raiz dos problemas mundiais é bildeberg(imagem de pai natal a "segurar" a palavra bildeberg com uma aura dourada). Muito simples, só para não levantar duvidas, até porque tu dizes e bem, que o leitor pode encontrar mil significados.

    B)
    "Mais? Escreves:
    "Em relação ao Mike Martinez, não sendo ele "ninguém", revela o desejo das estruturas do poder, tanto que depois das varias ilegalidades que cometeu, continuou sem saber qual o sabor de estar atras das grades".
    Sim, verdadeiro.
    Pena que Infowars utilize Mike Martinez como fonte:
    http://www.infowars.com/video-democrat-admits-obama-agenda-is-total-gun-ban/
    http://www.infowars.com/democrats-call-for-door-to-door-gun-confiscation/
    http://www.infowars.com/californians-sign-petition-to-ban-and-confiscate-firearms/
    http://www.infowars.com/austin-officialdom-moves-to-outlaw-gun-shows-on-private-property/
    ...e haveria mais ainda.
    É bom reparar no título do vídeo: "Democrata admite que a agenda de Obama é a total proibição das armas".
    Pai Natal, mas Martinez não era o gajo que continua a não saber qual o sabor das grades?
    "Todas as noticias que eles publicam vem com as respectivas fontes"
    Acredito. Martinez é uma delas."


    Quando o Obama não faz nem diz nada a um politico como o Mike Martinez, que diz que depois de serem aprovadas as restrições à obtenção de armas, que ele apoia, vai tentar aprovar leis ilegais, que neste caso, iriam banir as armas, que vai de encontro à constituição americana, não está a confirmar indirectamente, que de facto a intenção dele é a de banir as armas?

    E tu podes dizer: não, não confirma nada!
    Ok...
    Então junta o facto de o Obama adorar estas duas pessoas:


    Back in 1995, current Attorney General Eric Holder called for authorities to “brainwash people into thinking about guns in a vastly different way.”

    http://gulagbound.com/36826/eric-holder-pushed-to-brainwash-americans/

    http://www.wnd.com/2013/01/holder-in-1995-brainwash-people-against-guns/

    E depois do eric ter tentado virar os americanos contra uma parte da constituição, fez isto:

    http://www.humanevents.com/2011/10/04/fast-and-furious-bombshell-has-eric-holder-been-caught-lying-to-congress/

    http://www.infowars.com/issa-confirms-fast-furious-wiretaps/

    http://www.cbsnews.com/8301-31727_162-20046151-10391695.html

    Pena ter sido apanhado, porque senão, podia ter dito: "estão a ver como o aumento dos assassinatos com armas na fronteira aumentaram magicamente? temos que banir as armas que mais ninguém se mate com armas( claro que ele continuaria a ter uma licença de porte de arma por ser VIP, mas como pertence ao governo é de confiança, por isso não haveria crise).

    (continua)

    ResponderEliminar
  9. pai natal20.4.13


    In the same year, current California Senator and gun control pioneer Dianne Feinstein told 60 Minutes, “If I could have gotten 51 votes in the Senate of the United States, for an outright ban, picking up [every gun]… Mr. and Mrs. America, turn ‘em all in.”

    http://www.forbes.com/sites/larrybell/2013/03/26/gun-control-misses-mark-sen-feinstein-shoots-off-mouth-hits-foot/

    http://www.infowars.com/obama-pledges-to-move-against-second-amendment-in-second-term/

    http://www.infowars.com/video-dianne-feinstein-says-prepare-to-turn-in-your-guns/

    Como vês o Obama apoia este tipo de acções contra as armas, e o próprio sistema apoia, por alguma razão tanto o eric holder como a faisntein chegaram onde chegaram, apesar do que fizeram e tentaram fazer nos anos 90, contra a constituição.

    não seria de admirar se o mike e o obama fossem apanhados de mãos dadas.

    O infowars colocou as fontes necessárias ao inserir links que mostram que o obama (e o sistema) gosta de se dar, promover e apoiar personagens que se fossem responsáveis pela apreensão de todas as armas que estão em posse de civis nos EUA, de certeza que não iriam ficar deprimidos.

    C)
    “Mas no post escrevi:
    "Infowars gosta de notícias que provoquem sensação, o que muitas vezes acarreta riscos, primeiro entre os quais concentrar-se apenas nos aspectos mais bombásticos, deixando de lado eventuais verificações e aprofundamentos".

    E confirmo.
    A forma como foi apresentada a notícia relatada no artigo é um bom exemplo disso. É preciso chegar quase até a metade do artigo para perceber que estamos a falar de algo com 40 anos de idade. Ordine Nuovo parece uma organização ainda activa (foi extinta em 1976).

    Esta forma de apresentar a realidade (que tem como fim atrair leitores) obriga a uma falta de aprofundamento, tal como escrevi post.”

    Existe uma diferença entre ser sensacionalista propositadamente, como no caso do Correio da Manha, em que não interessa o conteúdo, mas sim o impacto que este vai causar nos leitores, e publicar conteúdos que por acaso são sensacionalistas.
    A Verdade é sensacionalista para quem está em estado vegetativo.
    Se eu e mais 90% (no mínimo) da população mundial acreditasse no pai natal ( :) ) e visse uma noticia em que era dito que ele tinha sido inventado pela coca-cola e não era real, ia ficar achar que quem tinha publicado a noticia era sensacionalista, e que a tinha publicado com o intuito de atrair leitores e provocar um grande impacto na sociedade.

    Eu vejo quase todos os programas dele e posso dizer que ele não é sensacionalista intencionalmente. O que ele sente é desespero por a maior dos americanos serem uns autênticos zombies. É normal. Quando se faz o que ele faz à 18 anos e se viu o que ele viu, ficamos desesperados pelo facto do publico não perceber coisas tao simples como, por exemplo terem um criminoso que pouco se importa com as crianças que são assassinadas, mas que é o primeiro e a se chegar à frente para as usar politicamente:
    http://www.infowars.com/obama-orders-children-murdered/
    (Basta ver o vídeo ate ao fim para se perceber que o obama quer restringir o uso de armas porque ele adora verdadeiramente as crianças do mundo inteiro e nunca faria nada que as pudesse magoar)
    É devido a isto que ele produz noticias que quem anda a dormir na forma considera sensacionalistas… ele simplesmente quer acordar as pessoas do seu transe e tenta fazer o melhor que sabe. Por isso ele pôs aquele título na notícia, e depois pôs os links para a diane feinstein e para o eric holder. Para que as pessoas leiam a notícia, sigam os links e percebam que de facto o obama e o sistema politico americano “piscam o olho” a esse tipo de pessoas.

    ResponderEliminar
  10. pai natal20.4.13

    (continua)

    Se a umas centenas de anos eu publicasse uma notícia como o titulo:
    A TERRA GIRA MESMOÀ VOLTA DO SOL!!!!
    seria considerado sensacionalista e queimado vivo.
    Hoje em dia se esta noticia fosse publicada, ao folhear o jornal iria passar pela referida noticia e diria “yap, pois gira” e já tava na pagina seguinte.

    Claro que com este grande desejo de dezombificar a população, por vezes ele precipita-se, e eu apercebo-me disso. Por exemplo, ainda esta semana, o infowars publicou uma notícia relacionada com os atentados de Boston, em que dizia que alguns jornalistas tinham sido ameaçados de morte pela polícia. É verdade que lhes foi dito “ se querem viver desliguem os telemóveis”, mas é provável que os polícias tenham dito isso por pensarem que os telemóveis poderiam fazer explodir alguma bomba que estivesse por explodir.
    Outro problema é o facto de ser cristão ferrenho, o que faz com que diga perolas como por exemplo “ os pagãos estão a tentar reescrever a historia dizendo que foram eles que inventaram a celebração da época da pascoa”, quando qualquer estupido sabe que os pagãos começaram a celebrar o equinócio da primavera muito antes da palavra jesus ter sido inventada.
    Mas não à crise. Quem estuda os ciclos do universo e da nossa historia em particular, antropologia, psicologia, entre outras coisas, apercebesse facilmente, que o facto de ele ser inteligente ao ponto de conseguir ver por entre a neblina politica, mas estranhamente não ser inteligente o suficiente para se questionar um bocadinho em relação à veracidade da bíblia, se deve à necessidade de existir pessoas que peguem no maior grupo que está contra a implementação do fascismo na América e no mundo, neste caso os constitucionalistas cristãos americanos, e os una para que a reação oposta à do sistema se concretize. Afinal de contas, toda a acção provoca uma reação de igual intensidade e direção, porém, em sentido contrário. Uma das forças que foram produzidas chama-se alex jones, outra chamasse max e outra pai natal. Grande intensidade nas intenções, tal como aqueles que correntemente mandam no mundo têm, a mesma direcção, neste caso a de mudar o mundo, porque eles também querem mudar o mundo, mas sentidos opostos. Uns querem mudar para muito melhor, outros para muito pior.
    É chato, gostava que fosse diferente, mas a verdade é que os constitucionalistas cristãos americanos, têm a sua lealdade perante o seu deus, e jesus e tretas do estilo, e consideram que a constituição expressa a vontade de deus, e a verdade é que são o maior grupo organizado que esta a fazer frente a muitos e muitas. Tem piada, mas é assim que o universo funciona: aquilo que permitio que a velha ordem mundial, liderada pela igreja, governasse o mundo ( fé cega e estupida no livro que diz que os arbustos falam), é aquilo (ou é uma das coisas) que agora está a impedir a tal nova ordem mundial de atingir o poder total.
    Só para terminar, outro episodio ao qual não achei grande piada, foi um em que um dos reporters dele estava a dirigir o programa por ele, e um ouvinte telefonou, e disse que tinha sido descoberto uma maneira de fazer com qualquer pessoa conseguisse ter os mesmos poderes que jesus tinha. Claro que o que ele disse é capaz de ter sido fruto de umas horas a fumar erva, mas o tal reporter cortou-lhe imediatamente a palavra, e disse que isso era tudo mambo-jambo da new age. E eu pergunto onde está o tal free speech, e por que é que a ideia de jesus poder curar cegos com um estalar de dedos e caminhar na água não é estupida, mas a ideia de eu poder curar cegos e caminhar na água já é estupida? Pensei que fossemos todos filhos do mesmo deus…

    Abraço para ti também Max

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...