04 julho 2013

Snowden e o mistério dos espiões vivos

Comecemos pelo fim: Portugal recusa a aterragem do avião de Morales por suspeitas sobre Snowden.
Com o desgoverno que merece, provavelmente a maioria dos Portugueses nem entendeu bem o que se passou.

Resumo para os mais distraídos: Portugal recusou na passada Terça-feira a aterragem para reabastecimento do avião do Presidente da Bolívia, Evo Morales, por suspeitas de que Edward Snowden, um informático que fugiu dos Estados Unidos após a divulgação de documentos secretos, estivesse a bordo.

O chefe da diplomacia boliviana, David Choquehuanca, negou que Snowden estivesse a bordo e referiu que o avião de Morales, que regressava de Moscovo, pôde aterrar em Viena, acrescentando que se cometeu "uma injustiça com suspeitas infundadas".

Quem é Snowden? É o ex-agente da CIA ("ex"?), acusado de traição pelos EUA por ter divulgado documentos que mostravam que os norte-americanos estavam a espiar cidadãos e governos em grande escala. Snowden está a tentar evitar a extradição para o seu País, onde seria julgado.

Mas afinal: Snowden estava ou não no avião? Não, não estava.
Pessoalmente teria ficado surpreendido (e muito) se Portugal tivesse mostrado uma atitude corajosa. Assim não foi, o que foi feito foi simplesmente respeitar as ordens de Washington, por isso: tudo normal. Única consolação: Portugal não foi o único cobarde, pois a aterragem foi também recusada na França e na Italia.

As Grandes Revelações

O que há para comentar? Não muito em boa verdade.

Sabemos que os EUA espiam os próprios cidadãos e os Países estrangeiros também. Sabemos isso não por causa das palavras de Snowden, esta foi apenas uma nova confirmação. Os serviços secretos existem mesmo com esta finalidade.

Sabemos que boa parte dos Países ocidentais não têm uma politica estrangeira própria, sendo esta condicionada pelas ordens de Washington.

Sabemos que os EUA querem Snowden e é normal que assim seja. Não apenas para julga-lo, não apenas para fazer dele um "exemplo": provavelmente em Washington alguém quer tentar perceber o que realmente se passa, quais as forças em jogo.

Isso porque nesta história aparece a palavrinha mágica: CIA. Escreve-se "CIA", lê-se "dúvida".
A verdade é que nem a Administração do Presidente pode saber o que realmente quer este que é um "estado dentro do estado".

No últimos tempos, os "escândalos" que atingem o governo do simpático Barack Obama aumentaram
significativamente. Em parte isso é normal: nas segundas partes dos mandatos presidenciais é isso que acontece, são as forças da oposição (e não só) que começam a trabalhar tendo em vista a mudança.

Mas desta vez a coisa pode ser um pouco diferente: este não é um "caso Lewinski", nada de trabalhos internos (ou debaixo da mesa). As revelações de Snowden põem em causa a legitimidade dum governo que espia tudo e todos, sem respeito pelas mais básicas regras da privacidade e da diplomacia.

Snowden como Julian Assange? Assim parece.
E, tal como no caso de Assange, fico com as minhas dúvidas, porque a pergunta que é obrigatório fazer é a seguinte: o que realmente revelaram os dois? O que sabemos agora que não sabíamos antes? Quais "grandes verdades" foram desvendadas? O Leitor aprendeu algo que antes nem conseguia imaginar?

Em ambos os casos houve uma fuga de informações "controlada": alguns nomes, alguns dados para comprovar algo que já era sabido antes. E com consequências limitadas, nada que a diplomacia e o poder de Washington não consigam controlar.

Os cidadãos e as empresas americanas tiveram as provas de que o governo dele controla as conversas, os dados pessoais. Alguma coisa mudou?
Os governos ocidentais tiveram a prova de que existem coisas chamadas "serviços secretos" e que estes funcionam. Alguma coisa vai mudar? 

Pessoalmente tenho simpatia por Assange e Snowden e acho que seria um dever ajuda-los. Mas a impressão é que sejam engrenagens dum jogo que tem objectivos bem maiores; e que nós, infelizmente, não temos todas as peças para completar um quebra-cabeça particularmente complicado.

Escrevi no longínquo 2010:
Reflectir acerca de quê? Acerca dum simples pormenor: Julian Assange está vivo.
Talvez para a maioria dos Leitores isso possa parecer como um facto normal, mas não é: se Assange fosse verdadeiramente um perigo para os Estados Unidos e, sobretudo, para Israel, estaria debaixo de dois metros de terra. E não desde agora.

Pelo contrário, Assange é vivo e saudável.
Continuo a pensar o mesmo, também em relação a Snowden.

P.S.: acho também que Evo Morales não vai voltar para Europa tão depressa...


Ipse dixit.

Relacionados:
Obama: Verizon & Programa Prism
Obama: Verizon & Programa Prism... e cartões de crédito também
Wikileaks: toc toc, está alguém?
Quiz Uikiliks

14 comentários:

  1. Anónimo4.7.13

    "Pessoalmente tenho simpatia para Assange e para Snowden e acho que seria um dever ajuda-los. Mas a impressão é que sejam engrenagens dum jogo que tem objectivos bem maiores; e que nós, infelizmente, não temos todas as peças para completar um quebra-cabeça particularmente complicado." no caso do snowden até pode nem ser. Isto é o que é chamado em inglês: false flag operations. Caro Max o que me parece é que a China a Rússia e claro a UE(ex:reino unido) sabem do que se trata mas cala-te boca que o Uncle Sam e as corpor cof cof e banc cof cof mandam nisto tudo e não passamos de
    pobres lacaios destes. Peço desculpa pelo ataque de tosse súbita. Maldito tabaco ;-)
    Cumps
    Nuno

    ResponderEliminar
  2. Anónimo4.7.13

    Max, a vida é simples. Mas entre o preto e o branco existe toda uma gama de diversas cores.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo4.7.13

    http://www.dailymotion.com/video/x11e68c_quem-diria-com-simone-de-oliveira-e-francisco-pinto-balsemao-sic-noticias-programa-do-dia-29-04-2013_shortfilms#.UdW_xvl5UoR

    30:40

    ResponderEliminar
  4. Penso que os serviços secretos Anglo-sionista-americano operam em conjunto e no caso dos dois delatores dos "segredos" de Estado já estariam vendo a grama crescer pela raíz. Temos um ditado que diz: "Quando a esmola é demais o santo desconfia". Enquanto a mídia ordinária entretém a todos com esses dois, certamente os serviços secretos devem estar matando alguém e por serem secretos ninguém vai ficar sabendo.

    ResponderEliminar
  5. maria5.7.13

    Olá Max: pelo menos estes dois dão uma esperança a chamada opinião pública de que os segredos dos estados mafiosos são passíveis de revelação documentada e não apenas pesquisas, opiniões e hipóteses. também tornam mais escancarada a função dos serviços secretos, e como eles atuam.
    Mas com tudo isso concordo que quem colocou em risco, ou simplesmente atrapalha os podres poderes já se foi...embora Fidel esteja bem vivo. Abraços

    ResponderEliminar
  6. Anónimo5.7.13

    Mas eles também podem dar um final em toda essa estória no melhor estilo empregado no Binzinho. Morreu? Ninguém sabe ninguém viu. Um corpo ao mar. Dizem. Show de ilusionismo para as massas.

    ResponderEliminar
  7. Chaplin5.7.13

    A maioria não se dá conta, mas os processos são conduzidos pela lógica inversa muitas vezes. É como querer pensar como um criminoso. Não possuimos essa condição pela simples razão de que a pretensão do criminoso difere da nossa. Assim funciona o poder. Cria um contexto diversionista e condiciona a maioria através da opinião publicada por sua mídia de massas. Cuidado, muito cuidado...

    ResponderEliminar
  8. Anónimo6.7.13

    Bem Max, só sei que nada sei... Acerca do assunto Assange e Snowden, bem lembro-me de Litvinenko... Se sabem de quem falo!

    O Assange e o Snowden são explicados nas cartas NWO... Eles são os Illuminatti agents, que vão legitimar o "POLICE STATE"... Cabong!!! ;)

    ResponderEliminar
  9. Anónimo6.7.13

    P.S. - A Fase "terrorista" da NWO está decrepita, surge agora a nova... ROGUE NATIONS, ou Rogue Individuals, de seguida virá a ameaça dos Asteroides, e de seguida o RApture! And it's all fake and intended to gain complete power over Humanity! ;)

    Vejam CAROL ROSIN! Secretaria de Werner von Braun!

    ResponderEliminar
  10. Anónimo6.7.13

    P-s.2 - E eu não acredito na ultima parte dos Aliens... Aliens são os humanos "alienados" entre Realidade vs. Ilusão
    Sheep para leigos!

    ResponderEliminar
  11. Anónimo6.7.13

    http://www.dailymotion.com/video/xczx7l_carol-rosin-amenaza-de-asteroides-y_tech#.UdeP2juyDj4

    ResponderEliminar
  12. Olá Max

    Temos aqui a declaração de Snowden: http://www.anonymousbr4sil.net/2013/07/a-integra-do-comovente-pronunciamento.html#.UeHP4tK1F8E

    Sei que muitos o acham um herói, que largou para trás uma linda mulher e um salário espetacular no Hawaii... ainda não sei porque ele deseja asilo na Venezuela, justo lá?... bom, lá eles odeiam os EUA, mas isso é suficiente para escolher aquele lugar para exílio?

    ResponderEliminar
  13. Anónimo14.7.13

    Vejam isso:

    Brasil sabia de espionagem dos EUA desde 2001
    Relatórios e depoimentos antigos revelam conhecimento de operações desde o governo FHC.

    http://www.tecmundo.com.br/brasil/41880-brasil-sabia-de-espionagem-dos-eua-desde-2001.htm#ixzz2YzONRq5T


    "Relatórios formulados na Europa confirmam a existência do Echelon e o definem como uma grande rede de computadores, que monitora dados transferidos por satélites, torres e cabos. O sistema estaria em operação desde os anos 70, com sua concepção datando do final da Segunda Guerra Mundial."

    ResponderEliminar
  14. Vitor15.7.13


    Gl.Cves. qual o lugar que voçê escolheria Brasil já disse NÂO!


    Vitor

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...