25 setembro 2013

ISON: o fim do mundo (outra vez)

Temos duas notícias: uma boa e uma má.
Comecemos com a boa: está prestes à chegar um cometa que já é definido como "o cometa do século".
Porque? Porque, se tudo correr bem, irá proporcionar um espectáculo raro e maravilhoso.

C/2012 S1 (conhecido como ISON) foi descoberto em 21 de Setembro de 2012 pelos astrónomos Vitali Nevski da Bielorrússia e Artyom Novichonok da Rússia.

Originário da Nuvem de Oort (pelo menos, assim faz pensar o percurso seguido até agora), em Dezembro ficará no ponto de máxima aproximação da terra: 60 milhões de quilómetros do nosso planeta, cerca de 160 vezes a distância entre a Terra e a Lua.

O que torna especial este objecto será a , luminosidade, pois se tudo correr tal como previsto, ISON aumentará gradualmente a luz emitida a medida que se aproximar do Sol, podendo atingir magnitude negativa: isso é, ser visível até em pleno dia, ficando até 100 vezes mais luminoso do que a Lua. Sempre que o cometa não fique desintegrado na passagem muito próxima do Sol.

Segundo as previsões, ISON estará visível a olho nu desde o final de Outubro ou início de Novembro até meados de Janeiro: o ponto de máxima luminosidade será alcançado entre os dias 24 de Novembro e 2 de Dezembro. Melhor altura para a observação: manhã cedo, direcção Leste (constelação da Virgem).

Até aqui as boas notícias. Agora vamos ver as más.


This is the end, my friend...

Lembram-se de Nibiru? Lembram-se do cometa Elenin? Lembram-se de todas as previsões catastróficas? Exacto: lá vamos outra vez.

No variegado universo da internet, as hipóteses não faltam: ISON vai chocar com o nosso planeta, ISON é Nibiru, o Calendário Maya foi mal interpretado, o fim aproxima-se, é agora mesmo.

Uma das melhores provas seria constituída por uma imagem que mostra o real núcleo do cometa, composto por três misteriosos objectos que deixam vislumbrar a realidade: ISON é um UFO!
Para quem não tem mais nada para fazer na vida, eis o link do vídeo disponível no Youtube (e esta é apenas a primeira parte, há pelo menos outra em circulação).

Pena que a imagem seja o resultado de três exposições diferentes do telescópio espacial Hubble, o qual não estava a seguir o cometa: os movimentos do cometa e do telescópio criaram três imagens com diversas perspectivas, imagens que sucessivamente foram combinadas pela Nasa para obter uma única fotografia, mais espectacular.


Obviamente, esta simples explicação não é considerada se a ideia for prever uma catástrofe planetária.

Outro vídeo mostra o núcleo cometário rodeado por satélites (eis a prova provada: é Nibiru!). Neste caso, a explicação é extremamente simples: o vídeo é falso (CGI: Computer-generated imagery).

Mais um vídeo: desta vez ISON não está sozinho mas viaja com outro objecto, enorme e misterioso. De facto, trata-se dum asteroide, mas não viaja com ISON: observando com atenção, pode notar-se como os dois objectos não têm a mesma velocidade. Simplesmente, passou no mesmo campo visual e ficou gravado (asteroide vaidoso).

Entretanto, não faltam imagens do eterno Nibiru: aconselho este vídeo, só para ter uma ideia das absurdidades que circulam na net.

Curiosamente, poucos blogues ou vídeos tratam do único e possível perigo trazido pelo cometa ISON: o enxame meteórico. A reduzida MOID (Minimum Orbital Intersection Distance, a distância mínima da intersecção orbital) entre a órbita do cometa e aquela da Terra, torna possível o encontro com eventuais objectos arrastados pela gravidade do cometa. Se existirem, estes deverão ser visíveis perto do dia 16 de Janeiro, após a passagem de ISON.

A possibilidade de algo cair por cima das nossas cabeça é todavia reduzida: a Terra não vai atravessar a cauda do cometa mas passará perto da órbita de ISON.

Em vez que preparar-se para o fim do mundo, melhor esperar para ver um dos melhores (e raros) acontecimentos que um cometa pode oferecer.

P.S.: Outro pormenor que parece ter passado despercebido e que pode ser a felicidade de muitos, sendo a base para infinitas disquisições astronomico-annunako-complotistas: ISON é o anagrama de SION...
Meditem pessoal, meditem.


Ipse dixit.

11 comentários:

  1. maria25.9.13

    Sabem de uma coisa!? Depois de "profundíssimas meditações", considerei que quase todo/as nós, habitantes da terra neste momento (excetuando aquela parcela significativa acossada por problemas de guerra, de migração forçada, de fome, de escassez de água, por catástrofes naturais ou produzidas, ou seja, aqueles que realmente estão demasiadamente envolvidos com sobrevivência para perder tempo com besteiras), enfim,os mais ou menos habitantes de uma certa região de conforto, gente como nós, precisamos viver mundos imaginários para compensar as frustrações pessoais e coletivas do mundo real. Então inventamos paisagens...Muitos trabalham alucinadamente para não ter tempo de pensar,muitos se drogam,muitos consomem porcarias vertiginosamente, muitos imaginam ser quem não são de fato,muitos se tornam adeptos ferozes de seitas religiosas, políticas, econômicas, científicas, e mergulham nessa embriaguez paralela, e muitos transformam tudo e qualquer acontecimento na eminência de uma catástrofe, como é o caso dos que descortinam ISONS catastróficos, Nibirus, Elenins e o diabo. Seria um "estilo de vida", digamos...deve ser isso. Não adianta argumentar a cerca de algo que se constrói no plano inconsciente de parte da sociedade. A causa está muito longe do objeto discutido. Abraços

    ResponderEliminar
  2. Realmente não vai acontecer nada. Imagina! Não existe no universo nenhuma raça mais soberanamente inteligente que a nossa que até hoje se amontoa em caixotes de lata em filas quilométricas queimando diesel para ir a estádios de futebol se matar por uma camisa de time! Imagina na vastidão do universo não tem nada! E a terra jamais será tirada de sua órbita por nenhum astro errante. Imagina! Somos os filhos escolhidos do criador e podemos até brincar com arminhas nucleares que nada vai acontecer. No máximo vamos apenas nos canibalizar na nossa idiotice coletiva por que somos realmente o máximo da criação cósmica e nada nos impedirá de seguir destilando nossa idiotice ad eternum no planeta terra que certamente vai nos suportar eternamente! Por que nós somos o máximo! Não é verdade?

    ResponderEliminar
  3. Olá Diógenes!

    É isso: muito mais do que um cometa que vai tranquilo pela sua estrada, eu estou preocupado com o animal chamado Homem.

    Existem civilizações mais avançadas? Acredito que sim, sem dúvida nenhuma. E é mesmo pelo facto de serem mais avançadas que ficam bem longe de nós: quem entra numa piscina cheia de tubarões?

    Não conheço outro animal que destrua o seu próprio habitat com tamanha rapidez. Que mate para obter um metal amarelo ou um líquido pegajoso e preto. Que massacre em nome dum Deus que nunca viu. E seria possível continuar, mas é inútil, pois são coisas que todos sabemos. E preferimos ignorar.

    Depois aparece algo no céu e pronto, aparece a síndrome da catarse. Mas não há nenhum cometa ou planeta que irá lavar os nossos pecados (como a indiferença): temos que viver com eles, ou fazer algo para mudar.

    Abraço!!!

    ResponderEliminar
  4. Rapariga inteligente esta Maria, sem dúvidas. Acho que vai fazer estrada :)

    Grande abraço para Maria!!!


    ResponderEliminar
  5. Anónimo25.9.13

    Estou em meditação!
    Depois de ver um eventual regresso em grande do Larry Summers, fiquei sem reacção. Mas isto passa.
    E o ISON tambem vai passar, para desânimo dos seus admiradores catastrófico-dependentes ainda mal refeitos do fiasco ELENIN.
    Como disse o Max, temos por cá motivos maiores de preocupação.

    abraço
    Krowler

    ResponderEliminar
  6. Anónimo25.9.13

    Exageros à parte sobre o espetaculoso Ison, desde sua descoberta de lá para cá astrônomos profissionais e amadores têm acompanhado o comportamento do Ison e agora a expectativa é de que ele dificilmente será o “espetáculo celeste” inicialmente apregoado, principalmente no Hemisfério Sul, onde surge no céu apenas pouco antes do amanhecer. Atualmente ainda na altura da órbita de Marte, do qual passará a meros dez milhões de quilômetros em 1º outubro, o cometa não ganhou o brilho esperado diante da forte atividade que apresentou quando estava mais longe. Desta forma, sua atividade agora “tímida” indica pouca visibilidade ao menos até o periélio — ponto de maior aproximação do Sol, previsto para 28 de novembro, quando chegará a menos de 1,2 milhão de quilômetros de nossa estrela. Caso sobreviva ao “encontro”, porém, as perspectivas são melhores, já que o calor e a gravidade do Sol podem fazer com que ele libere mais material, aumentando o tamanho da coma e cauda e, consequentemente, sua superfície de reflexão da luz solar. Aparentemente o Ison não vai ser tão brilhante quanto se esperava, mas os cometas são imprevisíveis e ele ainda pode surpreender.

    ResponderEliminar
  7. Alguém conhece o asteróide Dimb-linho, ou Fongolengo que está a ameaçar com a sua rota errante a existência no planeta. Li alguma coisa assim no almanaque do biotônico Fontoura. Ficarei muito grato se alguém souber, pois tenho perdido dias e noites por conta dessa aflição.

    Abraços

    ResponderEliminar
  8. Anónimo26.9.13

    Não tem problema Tibiriçá a agência secreta c.c. ( caipira & canastrão) da qual humildemente faço parte, entrou sorrateiramente na sala oval quando o obama estava a dormir e na sala do Vaticano em que o papa tem o fone para ligar com ele. Falámos com o Dimb-linho e Fongolengo e nem querem ouvir falar do planeta Terra. Quanto ao almanaque não tem problema, somos nós aqui na c&c que o publicamos, se lembra de 2012 pois fomos nós. Espero sinceramente o ter aliviado dessa aflição meu caro. Pode dormir sossegado.
    Abraço
    Nuno-F.
    Ps: bem vindo ao planeta goldman saca...

    ResponderEliminar
  9. Anónimo27.9.13

    Estive lendo sobre Nibiru e os anunnaki e, fiquei abismado com a alta tecnologia destes, fiquei maravilhado em saber que eles tinham ou tem, naves espaciais para viajar pelo universo com suas armas do terror para atravessar o cinturão de asteroides.Enki, profundo conhecedor de genetica capaz de "criar" o homem, vieram minerar ouro para salvar a sua atmosfera, deram a sabedoria e conhecimento ao homem, tinham bases avançadas em marte... enfim, são seres extraordinarios!!!!
    OPS!!! Pra que eles criaram o homem?????Resposta: Porque o serviço de mineração era muito pesado e eles eram meio preguiçosos, então criaram o homem para fazer o "trabalho sujo", porque é sujo mais alguem tem que fazer!!!!
    Ai eu te pergunto!!!!!!!!!!!!
    Porque não criaram uma perfuratriz comandada por computador tipo CNC e uns caminhões tipo caterpillar, e fazer a mineração um pouquinho mais moderna do que é hoje em dia?
    To começando a desconfiar desses nibiruanos!!!!!!!

    ResponderEliminar
  10. Anónimo24.10.13

    amigos so deus sabe quando e que caira un barrote en cima da nossa cabeca ate la deveriamos todos contribuir para meno puluicao neste paraiso chamado terra un abraco

    ResponderEliminar
  11. Falar no fim do Mundo! E na «defesa» do mesmo!? Vem a palavra «atacar» 0 inimigo, se o próprio homem já o é! Melhor salvar a Terra da poluição e desgraça humana. Melhor ambiente e ajuda humanitária para todos!neste momento, continua gente sem comida, água, roupas, muitos nas ruas! Hoje eles...amanhã nós! E «os grandes» só pensam no «poder», «dinheiro», luxúria»! Publiquem em vossa página o que sabem p o Mundo ter esse conhecimento!Tentem contactar quem tem «poder» para melhorar este Planeta! P.C.

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...