02 novembro 2013

A subtil linha entre política e festa da aldeia

Diário Expresso:
A 'lotaria de faturas' arranca em janeiro e, para já, vai sortear automóveis. O sorteio será semanal e destina-se a incentivar os consumidores a pedirem faturas com o seu número de contribuinte.
Para ficar habilitado tem que pedir para incluir o número de identificação fiscal no 'recibo'. Todo o tipo de compras (em qualquer sector de atividade) são válidas e habilitam para o sorteio.

Nem comento.

Só umas perguntas: são carros novos? Usados? Confiscados?
Será que parte das receitas fiscais serão utilizadas para isso? Cada semana teremos que pagar um carro? E para quê? Para incentivar as pessoas a pedir um papel que na maior parte dos casos ficará para o lixo?
"Um café curto e uma factura, faça o favor".


Ipse dixit.

Fonte e imagem: Expresso

3 comentários:

  1. Vale a pena fixar o valor de 3%.
    Era o valor cobrado de impostos na restauração quando o Iva estava a 12%.
    Foi um erro enorme destes jotinhas de pacotilha terem posto o IVA a 23,em vez de irem sortear automoveis e fazer fiscalização competente. De jokers e coelhinlhos o que se espera?

    ResponderEliminar
  2. Anónimo3.11.13

    Quando a Tômbola começar a girar e a atribuir carritos aos cidadãos cumpridores, vai ser uma festa: Toda a gente a pedir facturas!
    Todos? Todos, não. Um pequeno grupo de irredutíveis vai continuar a resistir sempre aos invasores.

    Já estou a imaginar os sorteios semanais em horário nobre, com a rapaziada sentada no sofá em frente da TV. Toda a família junta. Cada um com o seu cartão de contribuinte e uns ternos molhinhos de facturas na mão, a esperar impacientemente que a sorte lhe calhe a eles. Imaginam quadro mais lindo?

    Finalmente o sorteio:
    A apresentadora com um sorriso rasgado apresenta a máquina: E neste sorteio temos um belo Opel Corsa branco em estado semi-novo, 1.2 a gasolina, com 205.173 km, e onde ainda se vislumbra nas portas o logotipo da empresa à qual ele foi penhorado pela repartição de finanças de Arcozelo. Uma salva de palmas para Arcozelo!

    Isto virou mesmo uma Festa de Aldeia.

    Krowler

    ResponderEliminar
  3. Anónimo4.11.13

    Não virou, já é caro Krowler.
    Cumps
    Nuno-Fundão, algures no distrito de C. Branco

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...