19 novembro 2013

Shadow banking: 32 vezes o Brasil

Não pára de crescer.
Em todo o planeta, o shadow banking (o sistema financeiro sombra) chegou a 71 mil biliões de Dólares: 71.000.000.000.000.
Mais 5 biliões em comparação com o ano passado.

O termo shadow banking, lembramos, refere-se a qualquer actividade de intermediação de crédito realizada fora do sistema bancário. É a área que inclui os fundos especulativos, por exemplo; é a mesma área onde operam os bancos de investimento.

Trata-se dum verdadeiro sistema bancário paralelo, fora de controle, que envolvia 26.000 biliões de Dólares em 2002, 62.000 biliões em 2007 e que continua a crescer. 37% de toda actividade do shadow banking tem origem nos Estados Unidos (37% do total), mas a China encontra-se em forte crescimento (+ 42% quando comparado com o ano 2012).

No seu relatório anual, o director do Financial Stability Board, (o organismo internacional que tem a tarefa de monitorizar o sistema financeiro global), Mark Carney, afirma:
O Financial Stability Board vai continuar a aumentar a vigilância com vista a identificar os riscos de instabilidade gerados pelo sistema bancário paralelo.
O que parece uma boa ideia, sobretudo considerando que o Financial Stability Board nasceu mesmo para desenvolver esta específica tarefa.

Mas, por enquanto, não passa disso: uma boa ideia.

Pergunta: quanto "vale" realmente o shadow banking?
Tentamos quantificar.

Segundo os dados do Fundo Monetário Internacional, o PIB nominal do planeta no ano 2012 foi de 
72.216.373 milhões de Dólares, ou seja: pouco mais de 72.000 biliões (espero não ter errado as contas...).

Dado que a última estimativa do Financial Stability Board é de 71.000 biliões, isso significa que o sistema bancário paralelo absorve hoje um volume de riqueza quase igual a toda a riqueza produzida no planeta ao longo do ano passado: a diferença é apenas de 1.200 milhões.

Os Estados Unidos, sempre em 2012, tiveram um PIB nominal de 16.200 biliões: o volume de negócio do shadow banking foi mais de que 4 vezes superior.
A Zona Euro 12.200 biliões (quase 6 vezes).
A China 8.200 biliões (mais de 8 vezes).
O Brasil 2.200 biliões (32 vezes).
Portugal: 212 biliões (335 vezes) 

O shadow banking consegue um PIB que é 5.900 vezes aquele do Chade (12 biliões de Dólares), um País pobre, dividido, onde as multinacionais fomentam a guerra para entrar na posse dos poucos recursos disponíveis.

E o Financial Stability Board vigia...


Ipse dixit.

Relacionados:
Shadow banking
O sistema dos bancos-sombras
Offshore e o dinheiro escondido
Paraísos fiscais: os bancos

Fontes: Ticino Live, Wikipedia (versão italiana)

5 comentários:

  1. parece que as contas precisam de algum esclarecimento: se o Pib é 72000 B e o shadowbanking 71 000 B como é que é 6x nos EUA 8x na China...?

    ResponderEliminar
  2. Anónimo20.11.13

    Antonio Cristovao, as contas estão naturalmente arredondadas.

    Os valores exactos são:

    Para os EUA 71.000/16.200=4.38
    No post refere mais de 4 vezes, para os EUA.
    6 vezes é para a Zona Euro.

    Para a China 71.000/8.200=8.65
    No post refere mais de 8 vezes para a China.

    Krowler

    ResponderEliminar
  3. Contas certas ou não, arredondadas ou que seja, interessa saber que nós, leitores e blogueiro, e gente como nós, vive na superfície visível da realidade. Somos aqueles que pagam contas, recebem salários, lutam para não endividar-se, consomem-se com os impostos, e têm suas vidas defasadas pelo imposto de renda. Mas há outras realidades, totalmente diferentes, e são elas que determinam os limites e possibilidades das nossas, desgraçadamente. Abraços

    ResponderEliminar
  4. Nós precisamos de uma nova moeda, uma moeda só nossa, só das pessoas reais, e que seja não cambiável com as que existem.

    ResponderEliminar
  5. Concordo com JJ, mas acho que eles, todos os organismos internacionais é que precisam de uma nova moeda, e nós de dinheiro de verdade.

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...