05 fevereiro 2014

Queixa!

O artigo O Efeito Matilda não foi removido por mim mas por causa duma queixa recebida pelo Blogger. Aqui está a notificação:
Recebemos uma queixa DMCA relativamente ao seu blogue, Informação Incorrecta. Foi-lhe enviado um e-mail com os detalhes da queixa em 4/Fev/2014 e o estado da mensagem foi reposto para "Rascunho". Pode editá-lo aqui. Pode voltar a publicar a mensagem com o conteúdo ofensivo e/ou com o link(s) removido(s). Se achar que detém os direitos para publicar este conteúdo, pode apresentar-nos a sua defesa. Para saber mais sobre a nossa política DMCA, clique aqui. Agradecemos a sua atenção.
Eu nem comento.
Simplesmente vou seguir os passos sugeridos e, entretanto, deixo que o Leitor medite acerca do acontecido.

Ipse dixit.

4 comentários:

  1. maria5.2.14

    Olá Max: já tinha meditado, mas agora comunico o conteúdo da minha "meditação". Suponho que deveríamos fazer deste dispositivo de controle social/político, que é a internet um uso tal que ele representasse para as poucas pessoas lúcidas uma brecha de liberdade, ou uma "linha de fuga", conforme falam alguns considerados intelectuais. Isso inclui que a questão de direitos autorais seja relegada ao esquecimento, em nome de uma mais ampla possibilidade de divulgação de idéias lúcidas.
    Ao longo da vida, publiquei 6 livros e sempre fiquei feliz ao descobrir "um plágio". Significava que haviam lido, que de alguma forma haviam sido tocados/as pelo conteúdo, quereriam ter dito o que eu disse, pensado da forma que pensei. Tantas matérias xerocadas encontrei eu daquilo que escrevi e disse mediante gravação/ transcrição da minha fala,autorizadas ou não por mim, tantas vezes ouvi meu discurso em outras bocas em diferentes circunstâncias.E confesso que, apesar das perdas dos editores, dos lucros editoriais e tal...eu permaneci contente, enquanto autora. Abraços









    ResponderEliminar
  2. Olá Maria!

    O teu raciocínio é típico duma pessoa inteligente, que pensa, que tem experiência de vida, que sabe relacionar-se com a realidade, que não tem tiques de prima-dona. Tudo isso não me surpreende.

    Mas nem me surpreende o facto de existirem pessoas que não têm estas capacidades.

    Doutro lado, tentamos ver as coisas com outra perspetiva: é mesmo a existência de pessoas limitadas que permite a comparação "Maria é mais inteligente do que X". Sem elas, todos estaríamos ao mesmo nível e, talvez, o mundo seria um lugar mais aborrecido.

    Talvez, deveríamos ser gratos a estas outras pessoas, pois conseguem pôr um pouco de "sal" na vida. Além de que conseguem reforçar a consideração que temos de nós próprios.

    No meu caso, por exemplo, observo-me e penso "Epá, mas eu não sou assim estúpido". E sinto-me melhor.

    Por tudo isso, acho que a nossa missão deveria ser
    ajudar estas outras pessoas: não podemos recusar o "diverso" só porque a inteligência dele é inferior.

    E desta vez não estou a ser irónico: temos que aceitar pacificamente a existência delas, sabendo aproveitar do pouco que involuntariamente conseguem fazer por nós e dando-lhe o mínimo de atenção que merecem.

    Um grande abraço para Maria!!!

    ResponderEliminar
  3. Marta5.2.14

    Eis uma atitude que confesso não entender.
    Como leitora do blogue só tenho a dizer que citar artigos de outros blogues com as devidas ligações directas para os mesmos, bem como todas as ligações que estão sempre no final de cada artigo aqui apresentado, já me fez passar a seguir e por vezes até a recomendar sites/blogues/documentos que não conhecia.
    Considero isso publicidade à borla porque direcciona o leitor directamente para esses sítios, dá-lhe a oportunidade de conhecer a informação lá existente e deixa bem clara a autoria do que foi publicado.
    Há na internet desde a sua origem uma abordagem para o reconhecimento dos autores e para a partilha do conhecimento por parte dos mesmos, principalmente em temas que bem que precisam de ser dados a conhecer.
    Isto parece-me uma subversão desse princípio.
    Dizem que as atitudes ficam com as pessoas e é bem verdade.
    Marta

    ResponderEliminar
  4. Anónimo8.2.14

    emerson57, informação:
    o post foi replicado no blog do nassif.
    pode ser lido aqui:
    http://jornalggn.com.br/fora-pauta/o-efeito-matilda-pelo-informacao-incorrecta

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...