06 março 2014

Dia 9 de Abril: acaba Windows Xp!

Terror na Rede: no próximo dia 9 de Abril a Microsoft acaba de suportar o sistema operativo
Windows Xp. O que vai acontecer agora?

Calma, está aqui Informação Incorrecta que tudo sabe e tudo explica, tipo Wikipédia.

Espreitamos os dados fornecidos por Google Analytics e observamos que os Leitores utilizam:
  • 63.98% Windows 7
  • 19.39% Windows Xp
  • 7.77% Windows 8
  • 4.74% Windows Vista
  • 3.83% Windows 8.1
depois há os restantes com percentagens mais baixas (Windows Serves 2003, NT, 2000, etc.).

Algumas observações:

Windows? Ainda?
No geral, a maior parte dos Leitores utilizam um sistema Windows (o que é uma pena); apenas 7.26% preferem Android, 2.84% Linux, 2.30% Macintosh.

Não entendo. Provavelmente é burrice minha, mas não percebo a razão pela qual perante a possibilidade de ter um sistema operativo completamente gratuito (tal como gratuitos são as dezenas de milhares de programas), praticamente imune aos vírus e testado diariamente por milhões de utilizadores como é Linux, a maior parte das pessoas prefira gastar dinheiro com um produto Microsoft.

Sem dúvida, o facto de Windows vir já instalado na altura da compra do computador influi pesadamente; mesmo assim, é possível procurar nas lojas um computador "virgem" e poupar já a partida algumas centenas de Euros.

Depois há o habito. Eu mesmo aprendi a mexer no ambiente informático com um sistema Windows. Todavia os hábitos podem ser mudados e com Linux a coisa é bastante simples até. Há sistema Linux muito parecidos com Windows, é o caso de Linux Mint (que já vem com o pacote Office pré-instalado...). Isso para não falar de ReactOS, que é um sistema open source idêntico e totalmente compatível com Windows (e "pesa" 38 mega...).

Windows 8!
Depois: Windows 8 é um fracasso, mas isso já era sabido, por isso será substituído a curto prazo com Windows 9. Pessoalmente testei Windows 8, fiquei horrorizado e após 24 horas desinstalei tudo. A partir daí senti-me melhor. Há quem goste deste sistema operativo, eu não.

Windows Vista!!!
Há ainda quem utilize Windows Vista.
Falo para ti, Leitor com Windows Vista: ove, a vida não é assim ruim, há também o lado alegre da existência. E para descobri-lo pode ser útil trocar o teu sistema operativo, um dos piores alguma vez produzidos pela Microsoft, com outro, nem que seja um Windows qualquer.
A vida já é tão difícil, porque piora-la?

Windows 7
Entre os produtos Microsoft, Windows 7 é um dos melhores, comparável ao "velho" Xp. Se o Leitor for um masoquista que tenciona continuar a enriquecer Bill Gates, pode tranquilamente abandonar o Xp e passar ao 7 sem preocupações.

O "velho" Xp.

Mas o objectivo deste artigo é falar do Xp, utilizado ainda por quase 20% dos Leitores.

Esta alta percentagem tem uma justificação: Xp é um bom sistema operativo, sólido, estável. Quase nem parece um produto da Microsoft.
Se devidamente actualizado (com o Service Pack 3), funciona bem e é suficientemente versátil.

Claro, se a ideia for utilizar os jogos em 3D das últimas gerações o discurso muda, mas para os outros fins Xp é perfeito.

Mas agora? O que irá acontecer sem o suporte da Microsoft?
Resposta: nada.
  1. O fim do suporte significa o desaparecimento dos manuais e das guias oficiais. Mas este não é um problema: na internet material não falta, não há problema que não possa ser resolvido com uma pesquisa (ou "busca", como dizem no Brasil).
  2. O fim do suporte significa o fim das actualizações. Mas Windows Xp é um produto maduro, não precisa de mais nada.
  3. O fim do suporte significa o fim das actualizações de segurança. Falem com um informático: não existe uma actualização que possa substituir um bom antivírus com firewall (estes sim que devem estar sempre actualizados). Escolham um bom antivirus, um bom firewall e vivam felizes.
  4. Dúvida: "Caro Max, tenciono instalar uma cópia do Windows Xp original após o dia 9 de Abril, será ainda possível efectuar o registo e utilizar ao 100% o sistema operativo? Ou tudo ficará bloqueado?". Resposta: nada ficará bloqueado. Os server que verificam as licenças não serão desactivados e será possível instalar Xp no futuro também.
Então? Então podem ficar descansados: o vosso computador não entrará na modalidade autodestruição no dia 9 de Abril, continuará a funcionar tudo como antes.

Todavia, esta pode ser uma boa ocasião para trocar de sistema operativo, instalando algo mais recente. Um Windows 7, se o Leitor for um masoquista incurável e o computador aguentar. Ou um Linux, se o Leitor for esperto como uma raposa da Guatemala e o computador for velhote.

Nota final: como sempre, são bem vindas as eventuais correcções e comentários de informáticos.


Ipse dixit.

4 comentários:

  1. Linux Ubuntu, instalei e ele pede para atualizar toda semana, faz tudo automaticamente e pronto eu só uso a máquina sem problemas, abre qualquer arquivo.
    Cansei de ter problemas com win 3.x, 95,98, Xp, W7(esse então adora virus), trabalhava mais com manutenção do que usava a máquina.
    Detalhe instalei linux ano passado e até hoje não tenho antivirus, nem sei se existe.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo7.3.14

    Bom post de ambos, so actualizo o pc de 5 em 5 anos e em janeiro lá fiz o upgrade, mas tenho um problema. O muito estimado sobrinho quer jogar aqueles ultimos jogos papa memória e grafica xpto (gtx780) so possivel com o win7 x64 e já falo em 16gb ram bem rápidos alem de processador bem oc-zado 4x3,4@4,5. A dúvida como tenho ainda um 3o disco/hdd livre: Qual o melhor Linux o do stalman ou o do linus trovalds(parece ter uma backdoor)??
    ps: já experimentei o win 8.1 e nem vou comentar/criticar pois nem isso merece.
    Abraço
    Nuno

    ResponderEliminar
  3. Olá!

    Sim de facto a NSA pediu ao Linux para inserir uma backdoor no sistema. Mas ao que parece a resposta foi negativa e ditada por uma mera questão técnica: o sistema Linux é Open Source, todos têm acesso ao código fonte, pelo que uma eventual backdoor seria descoberta no prazo de poucas horas.

    Discurso diferente acerca dos software proprietários que já vêm "embutidos" no sistema Linux. Mas este é um discurso que abrange qualquer sistema operativo, a partir do Windows para acabar com o Stallaman.

    A única alternativa seria utilizar exclusivamente softwares open source, de código aberto. O que limitaria (e muito) a disponibilidade de programas: de facto, os sistemas operativos que utilizam apenas softwares open source são mesmo poucos e muito pouco difundidos.

    Doutro lado, o utilizador pode sempre controlar com quem "dialoga" o próprio computador: há programas para isso (tanto no Windows quanto nos Linux), que individuam as porta e as respectivas ligações.

    Nos últimos meses testei bastantes sistemas operativos Linux, por uma questão prática (desejava substituir o Windows Xp num velho pc portátil, um Eeepc, para ganhar em velocidade e recuperar espaço no disco rígido, bastante pequeno) e por curiosidade.

    Se o hard disk for de dimensões aceitáveis e se o pc não for velho, Linux Mint é hoje uma escolha muito válida (é muito mais leve do que o Ubuntu, que começa a tornar-se demasiado grande), tanto esteticamente quanto do ponto de vista funcional.

    Se o disco rígido for aceitável e o pc já com alguns anos, então eu escolheria Xubuntu, um Ubuntu mais leve, ou um Mint Kde.

    Se o pc for velho e limitado (como o Eeepc), então melhor optar para algo mais leve: há até sistemas operativos que nem pedem instalação (Puppy Linux), mas eu acabei por instalar Peppermint, uma versão muito leve de Mint. Claro, a gráfica é mais limitada (ao nível dum Windows Xp, não mais), mas o Eeepc tornou-se um relâmpago (e utiliza todos os programas disponíveis para Ubuntu: são algumas dezenas de milhares, todos gratuitos...).

    Espero ter ajudado :)

    ResponderEliminar
  4. Anónimo7.3.14

    Ajudou mas claro que ajudou Max, eh eh o hd mais pequeno e 250gb outro 1 terab. outro 750gb. Dual boot e pronto.
    Abraço
    Nuno

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...