19 março 2014

O que é um OGM


Pelos comentários vejo que há um pouco de confusão acerca da ideia de OGM.
Vamos esclarecer? E vamos.

Para começar: o termo OGM não é utilizado pela comunidade científica, sendo uma expressão apenas dos meios de comunicação. Na verdade existem muitas maneiras de manipular (isso é: modificar) o património genético dum ser vivo.

Um pouco de história

O homem manipula o património genético de outros seres vivos há séculos: o trigo normalmente utilizado pela produção de pão pouco tem a ver com a mesma planta que existia em Natureza. O código genético do trigo foi alterado pelos agricultores, com a selecção, a hibridação: um processo que necessitou de muito tempo mas que deu bons frutos.

O mesmo se passou com algumas espécie animais: o mulo é outro exemplo clássico, sendo o produto estéril (tem 63 cromossomas) do cruzamento dum burro (macho) e duma égua.

Esta é manipulação genética, pois o Homem modificou os genes duma planta ou dum animal, segundo padrões não naturais (isso é, com uma combinação não presente em Natureza). E, como vimos, é uma técnica muito antiga.

O primeiro OGM moderno foi obtido em 1973 por Stanley Norman Cohen, da Escola de Medicina da Universidade de Stanford, e Herbert Boyer, da Universidade da Califórnia (San Francisco). Os dois investigadores, graças à utilização combinada de novas técnicas de biologia molecular que estavam a ser desenvolvidas em vários laboratórios, conseguiram clonar um gene de rã dentro da bactéria Escherichia coli, o que demonstra que foi possível transferir material genético de um organismo para outro através do uso de vectores plasmídicos, capazes de auto-replicação, quebrando as barreiras feitas de específica da espécie.

Estes resultados tiveram um impacto tão grande que induziram a comunidade científica a impor em
1974 uma moratória internacional sobre o uso da tecnologia do DNA recombinante para avaliar a nova tecnologia e os seus possíveis riscos.

No ano seguinte, na conferência de Asilomar realizada em Pacific Grove (California), foi concluído que os experimentos do DNA recombinante poderiam proceder, desde que respeitando as rígidas directrizes elaborados pelos Institutos Nacionais de Saúde (NIH ) e aceites pela comunidade científica. Estas directrizes, publicadas pela primeira vez em 1976 ainda são seguidas mas posteriormente foram actualizadas.

Desde 1976 OGM passaram de mera possibilidade tecnológica para a realidade. O primeiro produto comercial derivado de um OGM foi da empresa Genentech, fundada por Herbert Boyer, capaz de produzir através do E. coli proteínas recombinantes humanas: a somatostatina em 1977 e a insulina em 1978 (então, mas os OGM não eram maus?).

Logo após o desenvolvimento da insulina recombinante, houve a primeira batalha, nos Estados Unidos, sobre a libertação deliberada no ambiente de organismos geneticamente modificados. O debate centrou-se no teste dos chamados bactérias ice-minus (que, paradoxalmente, depois foi descoberto existir também em Natureza).

E os problemas cresceram: o sector privado concentrou-se cada vez mais na vertente OGM com as consequências que todos conhecemos. Em 2003, em Taiwan, foram vendidos os primeiros animais OGM para utilização domestica: peixes de aquário fluorescentes. O Homem tem uma incrível capacidade para estragar tudo.

OGM? Não, Transgénicos

Dúvida: mas a manipulação antiga, aquela feita pelos criadores por exemplo, era "natural", feita respeitando as leis básicas da Natureza.
Resposta: não, não tem nada de "natural".

Os que conhecem os cães bem sabem dos efeitos negativos que algumas raças sofrem por causa destas manipulação: as doenças genéticas estão no primeiro lugar e não por acaso estão mais presentes nas raças oficialmente reconhecidas. Os cruzamentos efectuados pelo Homem têm como finalidade não apenas criar (coisa que em Natureza poderia ocasionalmente acontecer) mas também perpetrar uma espécie modificada que em condições naturais não existiria ou, pelo menos, não se reproduziria com as mesmas características.

Portanto, o trigo ou um mulo são produtos OGM (produtos geneticamente modificados)? Sim, são,
pois o património deles foi manipulado (modificado) artificialmente.

A verdade é que a manipulação genética sempre acarreta riscos. Mas também pode trazer mais valias: é o caso do já citado trigo modificado na antiguidade, que permitiu ter mais colheitas e de qualidade melhor.

E os últimos OGM, os mais modernos, como aqueles da Monsanto?
Como vimos, o termo OGM é utilizado nos meios de comunicação de forma incorrecta (e neste texto também, até aqui): a expressão correcta deveria ser "organismos transgénicos". Não é um pormenor, a diferencia é substancial:
  • um OGM é um ser vivente que possui um património genético alterado com a eliminação ou a modificação de elementos genéticos.
  • um organismo transgénico é um ser vivente cujo património genético foi alterado com a introdução de genes de espécies diferentes.
O problema, é óbvio, está principalmente (mas não só) no segundo, no organismo transgénico. Este recebeu genes com um processo que em Natureza não aconteceria.

Na verdade haveria também os organismos cisgénicos, nos quais o melhoramento da espécie (obtido com a inserção de genes da mesma espécie) é tornado mais rápido com técnicas de laboratório. Mas podemos considera-lo sempre como OGM por comodidade (afinal os novos genes são da mesma espécie).

Problemas, sempre problemas...

Qual o problema em tudo isso? Os problemas existem e não são poucos.
  • Há um problema ético: se a Natureza criou espécies que não podem cruzar-se, é justo que seja o Homem a fazê-lo?
  • Há os problemas de saúde: quais são os efeitos de médio-longo prazo destes organismos transgénicos na cadeia alimentar? Podemos ter a certeza de que as empresas privadas sejam escrupolosas na comercialização de organismos transgénicos, mesmo que isso possa significar um lucro menor ou simplesmente adiado?
  • Há os problemas ligados ao ambiente: qual será a atitude dos organismos transgénicos uma vez em contacto com o meio-ambiente?
  • Há os problemas económicos: quais serão as consequências no mundo da agricultura onde os organismos transgénicos entram em concorrência com as técnicas tradicionais?
E seria possível continuar.

O mais grave, actualmente, é o problema ligado à saúde.
Um organismo transgénico precisa de ser estudado ao longo de gerações antes de poder defini-lo como "inofensivo". Mas sabemos que as empresas privadas querem o lucro e em tempos rápidos. Isso significa falta de transparência, estudos incompletos, dúvidas que aumentam perante as pesquisas efectuadas por laboratórios independentes (mas bem preparados).

E, como vimos, este é apenas um dos problemas que os organismos transgénicos implicam.
É isso o que acontece quando uma área excepcionalmente delicado é entregue ao exclusivo sabor das empresas privadas e, consequentemente, do "livre mercado".

E se...?

Porque na verdade a ideia dos transgénicos poderia não ser tão negativa.

O Homem começou com a selecção das plantas, mas isso foi há séculos: os tempos mudam, as técnicas avançam, seria portanto possível encarar os transgénicos como uma nova (possível, não certa) fronteira da agricultura.

Mas para que isso se torne realidade, é imprescindível que as pesquisas não sejam deixadas nas mãos de quem tem o lucro como único objectivo.

Pela primeira vez na história, é possível intervir nos códigos genéticos dos seres viventes, de forma directa, sem ir em frente com tentativas. Tentamos ampliar a nossa visão e pensamos o que poderia significar, por exemplo, um trigo capaz de crescer em ausência de oxigénio (é um exemplo absurdo, mas é só para ter uma ideia), pensamos na hipótese de cultivar no espaço, na órbita terrestre: não podemos pensar só no "aqui e agora", outros virão depois de nós.

Já aconteceu com a insulina, fruto da pesquisa sobre o OGM: alguém acha a insulina uma coisa tão má?

O problema é outro: é legítimo deixar que sejam as empresas privadas a ditar o ritmo do futuro? Com todos os riscos que isto implica? Eu acho que não: e a consequência pode tornar os organismos transgénicos uma enorme ocasião perdida. Porque hoje há pessoas que só ao ouvir a palavra "transgénico" ficam de cabelo em pé. Normal, o cérebro faz a ligação "transgénico = Monsanto = problemas", pois isso é o que temos actualmente.

Pura diversão

Mas temos que saber olhar para lá do restrito horizonte.

Por exemplo, como diz um Leitor: "Já meter um gene [...] de peixe num tomate". E porque não? E se isto pudesse significar comida para todos aqueles desgraçados que hoje morrem de fome na África sub-sariana? Para a insulina foi utilizado a Escherichia coli, uma bactéria que simpática não é (infecção intestinal, vómito, diarreia, choque séptico, até morte), mas que permite hoje salvar milhões de pessoas.

Claro, sempre que o peixe e o tomate não sofram, desde que haja tempo suficiente para observar as consequências de todo o tipo e desde que a coisa não seja projectada, gerida e comercializada por uma empresa privada...

Lembro que hoje o Homem faz sofrer com a manipulação genética para fins muito menos nobres e bem poucos se queixam: doenças oculares são particularmente presentes entre os Collie. Boxers, Golden Retrievers, Terra Nova, Labrador e Pastor Alemão estão em risco de estenose subaórtica (uma condição cardíaca). Boxers e Bulldogs têm uma maior frequência de estenose pulmonar.

A regurgitação mitral endocardiose está presente em quase todas as pequenas raças como o Cavalier King Charles , os Dachshunds e Poodles.

A cardiomiopatia dilatada afecta o Great Dane, o Doberman Pinscher, o Mastim Napolitano, o São Bernardo. A espondilose deformante provoca artrite da coluna vertebral com enrijamento da mesma e afecta o Boxer e o Mastiff . A surdez congénita afecta 30% dos Dálmatas, além de Dogo Argentino e do Collie.

A doença de von Willebrand (uma doença do sangue) afecta diferentes raças, mas é particularmente presente no Doberman, Pastor Alemão , Manchester Terrier, Corgi  e Shetland. O Boxer tem uma maior incidência de câncer. Doenças de pele são comuns nas raças de pêlo curto, como o Bull Terrier e o Doberman Pinscher. Mesmo as patologias de comportamento parecem ter uma base hereditária: nos Bull Terriers são conhecidos comportamentos compulsivos, a ansiedade paroxística é estatisticamente mais comum entre os Poodles Anões, os Setter Irlandês e o Doberman Pinscher.

A lista é, obviamente muito mais do que isso, estes são apenas alguns exemplos: até agora foram identificados mais de 500 doenças genéticas em cães de raça pura. E fala-se aqui só de cães.

Nós fazemos isso para a nossa pura diversão, provocando sofrimento nos outros seres e quem se queixa? Deixamos que isso aconteça com a máxima tranquilidade e depois ficamos escandalizados por causa dum tomate azul, sabendo que isso pode salvar vidas amanhã?

E porquê? Porque não existe em Natureza? E o carro, existe o carro em Natureza? O avião? O comboio? O computador? O sistema nacional de saúde? As reformas? Eliminamos tudo o que não for contemplado pela Natureza? Sério?

O problema não é a pesquisa OGM-transgénicos, mas o facto desta estar actualmente ao serviço do lucro, portanto não segura sob todos os aspectos. Isso sim é delituoso e castrador.


Ipse dixit.

25 comentários:

  1. anónimo 5619.3.14




    Viva Max.

    Realmente confundi cruzamentos dentro da mesma espécie com cruzamentos de espécies diferentes.

    Sobre a hibridização desconheço como e quando apareceu. hibridação é o ato de combinar duas coisas para formar algo novo, mais que isso não sei.


    Não me parece que ao longo dos séculos os agricultores tenham manipulado as espécies.

    Não sou entendido no assunto, mas acho que quando muito haverá uma selecção de determinadas espécies que com o tempo foram adquirindo características específicas.

    Isso é muito diferente dos Transgénicos ou OGM.

    ResponderEliminar
  2. anónimo 5619.3.14

    Evoluir não é menosprezar a Natureza e destrui-la estúpidamente.


    “Se arrogando o direito de modificar seres vivos em ritmo industrial, os criadores de transgênicos – amparados por especialistas permissivos – introduziram sequências genéticas artificiais no patrimônio hereditário das principais espécies cultivadas”, ressalta o autor de Tous Cobayes !


    "Enquanto as explosões nucleares causam uma poluição brutal, que tende a diminuir após milhares de anos, os transgênicos provocam uma poluição ímpar, capaz de se multiplicar com o tempo", afirma Séralini.


    http://ofrioquevemdosol.blogspot.pt/2012/11/transgenicos-somos-todos-cobaias-diz.html



    Comparar automoveis e computadores com a introdução de sequências genéticas artificiais no património hereditário das várias espécies naturais existentes, é um bocadinho manhoso MAX.



    Mas é uma arrogância comum na idiossincrasia do homem contemporâneo, que olha para a Natureza e a vida como algo que simplesmente apareceu do acaso.
    E acha-se no direito de manipular a Natureza sem pensar nas consequências inerentes. Isso vai-nos sair muito caro.



    Essa desculpa de que a humanidade necessita destas sementes modificadas para produzir mais, é uma falácia para justificar a sua aceitação.

    Basta ver os excedentes da agricultura Europeia, que depois são vendidos abaixo do preço de custo em Países do 3º Mundo, arruinando os seus agricultores.

    Os produtos da Monsanto e outros afins são umas das mais maiores ameaças à agricultura a nível mundial.

    Talvez a maior parte das pessoas não saiba que as sementes da Monsanto foram modificadas geneticamente para frutificar apenas uma vez obrigando os agricultores a comprar novas sementes todos os anos (à Monsanto, claro)

    Não é por acaso que EUA, Rússia, Grã-Bretanha e França têm em curso projectos gigantescos de recolha de sementes por todo o mundo, para formar bancos de sementes.

    A França acaba de proibir o cultivo do milho da Monsanto, e muito bem... (notícia recente)

    Abraço Max

    ResponderEliminar
  3. anónimo 5619.3.14




    Recentemente, o milho geneticamente modificado da Monsanto (MON810) foi banido da Polónia pelo facto de o seu pólen causar efeitos devastadores na população de abelhas.
    Em França o milho da Monsanto foi proibido a partir de 2012.
    Na Hungria, as sementes geneticamente modificadas são agora proibidas pela nova constituição.
    Para além da França e da Hungria, o milho transgénico MON810 é já proibido em mais 7 países europeus (Alemanha, Áustria, Grécia, Luxemburgo, Bulgária, Itália e Polónia)


    "Monsanto, a empresa gigante de biotecnologia, que tem sido acusada de contribuir para a redução da população de abelhas, comprou uma das principais organizações de pesquisa do desaparecimento das abelhas (colony collapse disorder - CCD), a Beelogics, em Setembro de 2011.

    Na Alemanha, na Roménia e na Suécia, o cultivo de transgénicos tem diminuído significativamente.
    Portugal e Espanha, são os únicos países da Europa onde tem aumentado o cultivo de milho transgénico.

    "É evidente que a Monsanto está sob fogo sério devido ao seu papel no desaparecimento desses insetos vitais. É, portanto, bastante claro por que a Monsanto comprou uma das maiores empresas de pesquisa de abelhas do planeta." (Natural Socitey)




    ResponderEliminar
  4. anónimo 5619.3.14



    "Talvez a maior parte das pessoas não saiba que as sementes da Monsanto foram modificadas geneticamente para frutificar apenas uma vez obrigando os agricultores a comprar novas sementes todos os anos (à Monsanto, claro)"

    Não todas, mas essa é a intenção.


    Parece que até estão a tentar ficar com patentes de sementes naturais.
    Puro terrorismo económico.




    Outra coisa que não se sabe e acontece.

    A maior parte da carne e leite vem de animais clonados.
    Vi isto num documentário (da TVI) e fiquei muito chocado, ao que isto está a chegar!!!

    Max investiga e faz um artigo.


    ResponderEliminar
  5. Anónimo20.3.14

    E se isto pudesse significar comida para todos aqueles desgraçados que hoje morrem de fome na África sub-sariana?
    Esse comentário soou ingênuo demais...

    Hoje é produzido o dobro de Kcal necessárias para alimentar toda a população mundial. Se quase 1 bilhão de pessoas passam fome (1 em cada 8 segundo o relatório Situação de Insegurança Alimentar no Mundo)é por não ter acesso. A questão não é a produção, Max. Devemos atentar ainda sobre a questão dos biocombustíveis, eu não sei dados mais recentes, mas em 2011, 40% do milho dos EUA foi destinado para produção de biocombustíveis. Isso sem dúvida, diminui estoques e aumenta o preço dos alimentos.

    Todos os transgênicos desenvolvidos até o momento ou são engenheirados para tolerar herbicidas, ou para produzir endotoxinas ou as duas coisas (detalhe, herbicidas estes que as próprias empresas de sementes transgênicas comercializam - tipo venda casadanacaradepau).

    Transgenia é completamente diferente de melhoramento genético, esta confusão de termos é difundida pela indústria de biotecnologia (e só interessa a ela).
    Aqui bem detalhado:
    http://earthopensource.org/index.php/reports/58

    Aqui sobre reducionismo científico, pelo prof. Rubens Onofre Nodari:

    http://observatorioambiental.com.br/2012/02/23/transgenicos-para-quem-capitulo-2/

    ResponderEliminar
  6. Olá Anónimo 56!

    Mas na verdade esta confusão é absolutamente normal: como justamente diz o Anónimo dum cometário seguinte "Transgenia é completamente diferente de melhoramento genético, esta confusão de termos é difundida pela indústria de biotecnologia (e só interessa a ela)".

    E é verdade.
    Eu mesmo utilizo no blog o termo OGM para indicar tanto os OGM quanto os transgénicos, o que é um meu erro (e peço desculpa aos Leitores por causa disso).

    Quanto ao facto dos agricultores terem manipulado as espécies: não faço ideia, acho isso um pouco complicado sem a engenharia genética moderna (além do cavalo e do burro, entendo), mas posso estar errado.

    Lado positivo, esta foi uma boa ocasião para fazer um pouco de clareza, obrigado :)

    Abraço!

    ResponderEliminar
  7. Outra vez Anónimo 56?
    Olá! :)

    "Comparar automoveis e computadores com a introdução de sequências genéticas artificiais no património hereditário das várias espécies naturais existentes, é um bocadinho manhoso MAX".

    É manhoso? Certeza? Convido a reflectir um pouco sobre o assunto.

    Dica: quanto custa às espécies existentes (Homem incluso) este nosso bem-estar? Qual a conta paga pelo meio-ambiente? Quantos séculos de trabalho da Natureza são destruídos em poucos anos?

    Veja-se o ciclo da Amazónia, um exemplo perfeito: desflorestação > introdução de plantas OGM > produção carburantes alternativos.
    Dois melros com um tiro: os OGM e os nossos carros. Tudo pago pela Natureza.

    Ficamos preocupados com as consequências da manipulação do DNA, o que é justo, mas que tal o mundo que deixaremos aos nossos filhos e neto para poder hoje ligar o tablet (ver questão terras raras)?

    Um mundo onde as espécies têm um DNA imaculado mas onde os recursos estão esgotados?

    Os OGM não são o único dos nossos problemas e nem o pior deles. São um problema, isso sim, sobretudo até quando ficarão nas mãos dos privados. Mas podem também desenvolver um papel positivo, como já fizeram (ver caso da insulina, citado no post).

    Tudo depende das nossas capacidades.
    Infelizmente, até hoje as nossas possibilidades têm o nome de Monsanto, Dupont, etc.

    "Essa desculpa de que a humanidade necessita destas sementes modificadas para produzir mais, é uma falácia para justificar a sua aceitação".
    Hoje é. Mas amanhã?

    Não acho um crime pesquisar para que um dia a engenharia genética possa responder às novas necessidades da humanidade, seja com os OGM, seja com os transgénicos: o mundo não vai acabar connosco.

    Mas aqui voltamos ao assunto do costume, outra vez: a Monsanto, por exemplo, trabalha para o futuro? Só se for o seu futuro...

    Abraço!

    ResponderEliminar
  8. anónimo 5620.3.14



    Compreendo Max, mas o problema é que por muitas burradas e agressões que temos feito na Natureza, mais tarde ou mais cedo Ela regenera-se.

    Quando estamos a interferir nos processos intímos da Natureza, estamos a destruir as suas defesas de forma irreversível.

    Será necessário reflectir, na enorme sapiência com que os processos da Natureza, constroem seres, e vida em todos os reinos, vegetal animal.

    Basta olharmos para uma flor uma maçã, uma mulher um homem etc…

    Toda a interacção entre os vários elementos que compõem a cadeia Natural.

    Quanta sabedoria, quanta beleza e harmonia, quantos mistérios encerrados numa simples célula, num simples átomo.

    Julgar que conhecemos a totalidade dos processos Naturais desde o nosso ponto de vista meramente intelecto sensorial é de uma arrogância desmedida.

    Estamos a mexer com coisas das quais desconhecemos em profundidade.

    Citando o grande Bardo:

    "Há mais mistérios entre o Céu e a Terra do que sonha a nossa vã filosofia."

    Abraço

    ResponderEliminar
  9. Anónimo20.3.14

    Uma das raríssimas vezes em que observo que Max não alcançou a amplitude total de uma questão. Concordo com Anônimo 56.

    ResponderEliminar
  10. a tempos atrás no forum do II postei um vídeo sobre a intenção da Monsanto "patentear" o genoma do porco para que comprassem leitões a eles...
    A arrogância da Monsanto e Dupont são famosas já.

    Voltando aos geneticamente modificados, o homem aprendeu a cruzar cães para obter uma nova raça, aprenderam a enxertar um raminho de videira noutra para obter uma nova uva, os japoneses (pelo meno no Brasil) fizeram isso com tomates, batatas e muitas outras plantas (hortaliças, frutas, etc). Isso já é comum e penso que não vai se encerrar. Este método antigo a meu ver é o menor dos problemas, talvez nem seja um problema em si o homem ajudar a natureza dessa forma. Até porque se a planta enxertada não se adaptasse morri ou o enxerto não vingava, então era a planta que decidia de levava adiante a mudança.

    Mas retirar um pedaço de DNA de um vírus e acomodá-lo dentro da célula do grão de milho para criar um transgênico?! AI-AI-AI! Vírus? Que vírus? O que ele faz ao nosso organismo?

    Muitas hortaliças já não têm gosto. As frutas estão insípidas com tanta manipulação... as sementes que a Monsanto vende esterilizam os animais se os criadores as usam.

    E aqueles animais infelizes que sofrem com a técnica de anabolismo? veja um "gado belga, os blue cow andando, os ossos das pernas parecem que vão se quebrar com o peso deles! O que fizeram para obter um especime com defeito genético na miostatina que faz a musculação crescer indefinidamente? Sei que as vacas não aguentam parir, é preciso abri-las.
    E o que pode acontecer com quem come dessa carne?...

    ResponderEliminar
  11. Pessoal,

    vamos esclarecer uma coisa que parece ter ficado um pouco obscura. Eu não estou aqui para defender a Monsanto: no blog não faltam artigos contra esta como outras empresas.

    O que digo é o seguinte: se as coisas não mudarem, isso é, se a taxa de crescimento populacional continuará a ser a mesma, no ano 2100 a população mundial alcançará os 10.9 biliões de pessoas.

    Por enquanto não há problemas de superpopulação e acho que também com 10.9 biliões a situação continuará controlada. Mas, sempre com a actual taxa, no ano 3.000 os habitantes serão 150.000 biliões. Mais ou menos um homem por cada metro quadrado de terra, glaciares e desertos incluídos.

    Estas não são opiniões, mas simples matemática, para a qual é precisa só uma pequena calculadora.

    Obviamente é impossível alcançar os 150 mil biliões de habitantes, o planeta teria colapsado muito antes. E provavelmente o Homem terá encontrado uma qualquer solução. Mas este número fornece a dimensão do futuro problema.

    Pergunto: como querem dar comida a um mundo com dezenas de biliões de habitantes? Temos ou não temos responsabilidades em relação às gerações futuras?

    Os organismos OGM (e transgénicos) podem fornecer uma solução. Para que isso se torne uma realidade, são precisas algumas condições que, infelizmente, agora não são respeitadas.

    1. a pesquisa OGM não pode ser demandada a empresas privadas. A engenharia genética é uma arma demasiado poderosa para que seja apenas uma fonte de lucro.

    2. a pesquisa OGM é uma área ainda jovem, é importante que desde o início (isso é, desde agora) sejam estabelecidos protocolos, mais rígidos daqueles actualmente existentes. É o caso da contaminação do ambiente.

    3. algumas áreas da pesquisa OGM devem ser abandonadas porque contrária ao espírito da pesquisa (é o caso das sementes Terminator, as que não se reproduzem).

    4. outras áreas devem ser incentivadas: é o caso da pesquisa médica (lembrem da somatostatina e da insulina) e da pesquisa alimentar (tendo sempre como objectivo a resolução dos futuros problemas).

    5. inútil esperar resultados práticos imediatos: as consequências dos produtos OGM nos seres humanos, nos outros seres vivos e no meio ambiente devem ser avaliada ao longo de décadas, talvez centenas de ano. Isso já por si exclui o aproveitamento comercial nos próximos tempos.

    (continua)

    ResponderEliminar
  12. (continua)

    Satisfeitas que forem estas condições, não vejo grandes problemas.

    Sei muito bem que não é esta a situação actual. Sei bem quem é a Monsanto, quem é a Dupont, o que fazem estas e outras empresas. Muito obrigado. Mais uma vez: não faltam artigos neste blog.

    Mas sei também que não temos de arrogar-nos o direito de limitar as hipóteses das gerações futuras. Não apenas estamos a gastar com incrível velocidade os recursos naturais do planeta, como também proibimos que possíveis soluções sejam estudadas? Não é isso um pouco egoísta?

    Nós não sabemos como será o futuro. Basta pouco para que as previsões mudem de forma radical. Mas por enquanto tudo o que temos é uma taxa de crescimento que, se não mudada, terá uma progressão numérica inevitável. E sabemos que isso poderá implicar problemas para quem virá depois de nós. Porque, como já disse, o mundo não acaba connosco; e, na minha óptica, temos o dever de pensar nos outros.

    Por isso, de minha parte, bem vindo seja o tomate azul: desde que sejam respeitadas as condições citadas antes, sei que aquele tomate não será para o meu prato, não contaminará o meio-ambiente, mas poderá resolver os problemas de muitos num futuro mais ou menos distante.

    Repito para os mais distraídos: DESDE QUE SEJAM RESPEITADAS AS CONDIÇÕES CITADAS ANTES!

    Quem somos nós para negar uma possível solução ao mundo de amanhã? Quais credenciais temos? A forma como tratamos o mundo agora da-nos o direito de decidir o que é bom e o que é mau para o futuro? Não me parece, bem pelo contrário.

    Será que sou eu que não alcanço "a amplitude total" desta questão?

    Abraço para todos!

    A propósito: muito obrigado por participar nesta discussão, pontos de vista diferentes de quem escreve significam que vocês estão erra...ehm, queria dizer: enriquecem-nos :)

    Max

    ResponderEliminar
  13. anónimo 5621.3.14

    Max parece-me que o problema da alimentação é muito mais uma questão de distribuição de recursos (alimentos e tecnologias de produção) e não de escassez.

    Quanto aos problemas de sobrepopulação, ou renovação total… a Natureza sabe como resolve-los, sempre soube…

    Ainda que possa ser catastrófico…

    Muito mais quando a Humanidade deixa de respeitar Aquilo que a criou e despreza os propósitos para que foi criada.

    Mas isso já é outra conversa.

    Mas esta é uma visão atrevida, concordo, dentro da idiossincrasia moderna…


    Saudações a todos

    ResponderEliminar
  14. Anónimo21.3.14

    Realmente, não é fácil existir nesse mundo sem se estar sujeito a armadilha da linearidade no pensar sobre algum aspecto, em algum momento. O cenário é todo montado pra isso. Se não mantivermos aberto um pequeno espaço que seja para confiança numa força natural, chamemos assim, que se sobreponha a tudo isso, as chances são remotas.
    Mas Max, você faz um trabalho admirável e corajoso; um dos remédios para os dias de hoje.

    ResponderEliminar
  15. anónimo 5621.3.14

    "Mas Max, você faz um trabalho admirável e corajoso"

    Claro que sim, isso não pode ser posto em causa.

    O que não impede que tenhamos visões diferentes.
    E o Max sempre geriu bem isso ...
    Ainda que ás vezes use de algum humor :)

    ResponderEliminar
  16. Anónimo21.3.14

    Sem dúvida.

    ResponderEliminar
  17. Anónimo21.3.14

    Isto vai além dos transgénicos:

    http://www.earth-heal.com/news/news/19-genetic-engineering/1486-scientists-creating-bionic-plants.html

    ResponderEliminar
  18. maria21.3.14

    Olá a todos/as: bom...minha opinião para quem interessar possa.
    1. A humanidade é desrespeitosa, sacana e cínica de maneira geral, sendo a única variedade vivente que destrói, desequilibra e provoca dor por prazer nos outros seres viventes. Com as tecnologias da nossa época e a política do lucro a qualquer preço esse processo se intensificou e não há o que fazer até que se consuma a autofagia dos homens como espécie.
    2.O planeta sobreviverá à humanidade, pois capacidade de regeneração dos sistemas terráqueos é inconteste.
    3. Se há algo a fazer é apenas indivíduos/grupos esclarecidos, ao mesmo tempo que tentam contaminar outros no esclarecimento, praticarem com lucidez uma forma de vida onde o desrespeito, a sacanagem e o hábito de provocar dor no outro sejam banidos de suas vidas, mostrando a quem tiver um mínimo de capacidade de observação que se é mais feliz procedendo desta maneira.
    Abraços

    ResponderEliminar
  19. Grande Max, anónimo 56, Maria, e restantes convivas!

    Finalmente uma discussão em que o Max penso que não viu bem as prioridades do problema...

    Na minha opinião e com o máximo respeito por todos, por mais acertivas que sejam as minhas futuras afirmações:

    1. Penso que separar OGM de transgénicos é um exercício espúrio. Se o gene era daquela espécie ou de outra é irrelavante. Será possível mudanças tão drásticas com a manipulação genética num caso como no outro. A proporção de genes que as espécies têm em comum é gigantesca. Provavelmente será na ordem dos 99,9% entre os humanos e os símios e de 50% entre os humanos e os peixes e de 10% entre os humanos e os tomates. Estas percentagens foram inventadas por mim agora (eu sou demasiado preguiçoso para ir ver à Wikipedia), mas penso que a ordem de grandeza está correcta. O que faz quem somos é a sinfonia entre os genes, não é por trazer mais uns intrumento ou tirar um á orquestra que se muda radicalmente a música, basta manipular o maestro.

    2. Não há e não é de prever que alguma vez venha a haver uma sobrepopulação humana. As contas são claras a esse respeito. Podemos agora prever com alguma segurança que, no melhor dos mundos, em 2090 existirão cerca de 7 biliões de pessoas.

    Este é um video mesmo giro de 10 minutos que aconselho todos a verem :)

    https://www.youtube.com/watch?v=HsAracLBCxI

    3. E nós não vivemos no melhor dos mundos. Penso que a apologia do progresso que o Max aqui defende é um bocadinho absurda. Sim, não me tirem por favor a água quente corrente e a internet. Mas quando penso no que a humanidade fez nos últimos 25 séculos não encontro razões para saudar o progresso, bem pelo contrário. Claro que a solução não é voltarmos para a savana e viver como macaquinhos, mas continuando assim estamos a limitar seriamente as nossas hipóteses de uma decente sobrevivência como espécie (Chomsky).

    4. Eu não acredito na invulnerabilidade ou santidade da Natureza. Se nós extinguirmos ou quase a vida humana no planeta, não acredito que venha a sobrar uma barata sequer. E sinceramente este parece ser um cenário provável. Quem em consciência acredita que haverá mais de, suponhamos, sete milhões de humanos daqui a 200 anos?

    5. A manipulação genética é extremamente perigosa, em muitos aspectos bem mais do que a energia nuclear, mas não pelos seus propostos efeitos para sempre, seria tolice preocuparmo-nos com um tempo em que os isótipos já decaíram (milhares de anos), mas sim pois:
    - É muito barata, incomparavelmente mais barata do que a energia nuclear; qualquer empresa pode brincar de aprendiz de feiticeiro.
    - Permite controlar as sementes! E como disse Kissinger quem controlar as sementes controla as pessoas, da mesma forma que quem controlar o petróleo controla os países.

    6. Regulação. Como? Num futuro onde não há países, onde não há comunidades, onde o pensamento é suprimido, e um pequeno grupo de degenerados sociopatas controla a existência de biliões de pessoas?

    7. Claro que ainda assim eu tenho toda a esperança do mundo, mas defender a manipulação genética de cereais ou de frutas, como algo que nos poderá trazer alguma coisa de bom, parece-me um perfeito absurdo. Provavelmente era um provocação do Max e eu caí que nem um patinho...

    ResponderEliminar
  20. Anónimo27.3.14

    que um maravilhoso mundo em que vivemos , eu ainda duvido que este lançador de magias como ele fez isso !
    Minha boca está cheia de testemunhos , Am alina meu marido deixou a casa por dois anos à África do Sul para um turista , ele quis dizer uma prostituta e ele foi enfeitiçar pela menina meu marido se recusa a voltar para casa de novo, eu choro dia e noite à procura para quem me ajudar , eu li um jornal de notícias sobre um poderoso lançador de magias chamado Dr. Okojie e eu em contato com o lançador de magias para me ajudar a conseguir meu amor de volta para mim e ele me pedir para não se preocupar com isso que os deuses que lutam por mim .. ele me disse que em meados de noite, quando todo o espírito está em repouso , ele vai lançar um feitiço para se reunir meu amor de volta para mim. e ele fez em menos de 3 dias o meu marido voltou para mim e começou a chorar que eu deveria para perdoá-lo , eu , estou tão feliz por que este lançador de magias fez por
    eu e meu marido .. contato em seu drokojiehealinghome@gmail.com e-mail é o melhor lançador de magias em todo o mundo selvagem. ele está specialiesed na resolução de outros problemas , incluindo os seguintes :
    (1) Se você quiser que o seu ex-costas.
    (2) se você sempre tem pesadelos.
    (3) Você quer ser promovido em seu escritório.
    (4) Você quer que as mulheres / homens a correr atrás de você.
    (5) Se você quer um filho.
    (6) Se você precisar de ajuda financeira.
    (7) Se você quiser que a cura do HIV AIDS
    contatá-lo agora para solução imediata do seu
    problemas no Drokojiehealinghome@gmail.com
    obrigado

    ResponderEliminar
  21. Anónimo24.5.14

    Quero dar graças ao Grande Templo Orunmila ele deu para mim e meu namorado, Vivemos em pequena cidade em Maryland , Estados Unidos , meu namorado e eu tenho que saber que nós éramos ambos HIV positivo e tentar viver nossas vidas em medicamentos prescritos da nossa clínica . Um dia, enquanto navega na net me deparei com este anúncio que mostrava as boas obras do Grande Templo Orunmila em como ter curado pessoas diferentes ao redor do mundo com apenas ervas e orações fortes espirituais de intercessão durante a dosagem. Decidi experimentar e ver por mim mesmo, entrei em contato com o Templo e eu estava muito bem vindos e eu me senti feliz e seguro , eu segui os passos do pai espiritual , que me falou e namorado e lançar mais luz sobre como podemos podia ser curada . Eu segui todas as instruções com fé e acreditar que ele iria trabalhar para mim. Após duas semanas de dosagem ervas , eu fui para o hospital como instruído pelo pai espiritual para a minha maior surpresa meu resultado do teste eo do meu namorado foi negativo . Eu estava tão cheio de alegria que eu exclamou em lágrimas de alegria. I garantir para este templo que você vai ter curado desta HIV / AIDS Você pode ligar para a minha linha de telefone pessoal 1 (920) 931 2971 ou deixar uma mensagem de texto me , Nós testamos e confirmou os nossos eus negativos três vezes e agora Agora o meu namorado e eu estamos planejando nosso casamento sem ninguém saber que fomos uma vez positivo. Eu gosto de você entrar em contato com o templo para o seu próprio milagre muito greatorunmilatemple@gmail.com . boa sorte

    ResponderEliminar
  22. Anónimo2.11.14

    Olá
    CALIFORNIA Jennifer Terry, quando eu finalmente encontrei a prova dessa magia como DR.musa contribuiu para muitas pessoas ficam seus entes queridos e familiares quebrados para trás, entro em contato com ele através de seu drmusaspelltemple@gmail.com e-mail, porque eu estava absolutamente desesperado, meu homem de voltar. Obter uma vida sem o meu marido foi um desastre para mim e meus dois filhos. Eu queria uma mudança dramática, e eu acho que talvez a solução mágica. Depois de discutir a resolução com DR. Muse, que me deu esperança de que o meu casamento restaurado. Eu tinha certeza de que meu marido chegou em casa e ele fez! É ótimo que você tem feito por mim, este grande lançador de sua ajuda não tem preço! Eu não sei o que eu fiz sem DR. Muse, DR. Musa está fazendo seu trabalho, para que eles organizada e muito funcional, e eu acho que é o melhor arremessador, trabalhei contagem quando se trata de qualquer tipo de magia sem falar com foi a sua magia, se você precisar de ajuda, entre em contato pelo e-mail dele: drmusaspelltemple@gmail.com ou contatá-lo através de seu site: drmusaspelltemple@gmail.com
    Ou você pode entrar em contato com ele em seu celular: +2349033455855 e garanto-vos que as coisas giram em torno de você ....

    ResponderEliminar
  23. Anónimo7.1.15

    Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  24. Anónimo27.4.15

    Há muitas maneiras de ficar rico, algum trabalho para ele, alguns herdá-la e os outros a vencer dinheiro de promoções, jogos de azar e outras iniciativas. Tudo isso e muito mais pode ser feitiços para você mudar sua vida. Essas magias pode ajudar a gerar muito dinheiro no menor tempo possível Não é só sentar e relaxar se perguntando onde é que as pessoas ricas obter a sua riqueza, o segredo está aqui com você, o seu tempo você dá a ele vale a pena experimentar o dinheiro poderoso soletrar. Meus feitiços de dinheiro são de diferentes categorias entre outros temos soletrar o dinheiro Prosperidade, soletrar / dinheiro trabalho emprego, dinheiro sucessão soletra, sorte feitiços para Lotto, Casino, ganhar o pote Jack, Jogos de Azar, e ganhar competições diferentes de dinheiro e muitos outros mais dependendo da escolha `s. Temos também o dinheiro emprestado soletra no caso de você querer pedir dinheiro emprestado de instituições financeiras e você não tem certeza se o empréstimo será recusado ou aprovado e decidir sobre o legítimo investimento. NB; estes feitiço dinheiro poderia torná-lo um sucesso estrondoso em todos os aspectos da sua vida. Mesmo dia elenco garantido, feitiços fortes seguros e eficazes e que responde dentro de uma hora, (24 horas / 7 dias por semana) de contacto este e-mail
    idemiritemple@gmail.com

    ResponderEliminar
  25. Meu nome é Pamela Durell, eu nunca pensei que eu vou sorrir de novo, meu marido me deixou com duas crianças por outra mulher, todo o esforço para trazê-lo de volta falhou eu pensei que eu não vou vê-lo novamente, não até que eu conheci uma senhora chamada Emilly que me contou sobre um lançador de magias chamado Dr.OMOFUMA email omofumaspiritualtemple@gmail.com, Ela me deu seu endereço de email e número de celular e entrei em contato com ele e ele me garantiu que dentro de 48 horas o meu marido vai voltar para mim, Em menos de 48 horas meu marido voltou e começou a implorar por perdão dizendo que é o trabalho dos diabos, então eu ainda estou surpresa até agora sobre esse milagre, se você precisar de alguma ajuda
    dele você pode contatá-lo através de: email omofumaspiritualtemple@gmail.com. Caro Dr. meu Deus irá abençoá-lo para o bom trabalho que tem vindo a fazer na vida de muitas pessoas, eu nunca vou esquecer você.

    (1) Se você quer que seu ex-costas.
    (2) se você sempre tem pesadelos.
    (3) Você quer ser promovido em seu escritório.
    (4) Você quer mulheres / homens a correr atrás de você.
    (5) Se você quiser uma criança.
    (6) CASE TRIBUNAL E SEGURANÇA DO TRABALHO Magias:
    (7) Você quer que seu marido / esposa para ser
    para sempre teu.
    (8) Se você precisar de ajuda financeira.
    (9) Você foi enganado e que você deseja recuperar você perdeu dinheiro de volta.
    (10) você precisa de um feitiço para parar o divórcio?
    (11) você esteve doente ou dis-capazes e você precisa de cura?
    (12) Hsv cura
    entre em contato com seu e-mail agora ....


    Email: omofumaspiritualtemple@gmail.com
    ESTE HOMEM É GRANDE agradecimentos para o que você tem feito por me.i CONTINUARÁ tosquiar este testemunho AO PÚBLICO NA INTERNET.

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...