24 setembro 2014

Eduardo Campos: uma manobra da CIA?

A morte de Eduardo Campos foi sem dúvida o acontecimento mais marcante do período pré-eleitoral no Brasil. Ao ponto que o acidente em que o candidato ficou envolvido levanta dúvida e abre a porta para possíveis especulações.

Terá sido esta uma manobra da CIA para derrotar Dilma Rousseff, a principal candidata no próximo Outubro? Uma maneira para favorecer o partido de Campos, o Partido Socialista Brasileiro?

O Leitor Sergio (que agradeço, como é óbvio) sugere um artigo do jornalista Claudio Tognolli, no qual um jornalista e ex-oficial da Marinha dos EUA sustenta que CIA matou Campos, com o objectivo de favorecer a eleição de Marina Silva, líder do PSB.

A seguir, as declarações do jornalista americano Wayne Madsen entrevistado pelo blog de Tognolli (o texto completo pode ser encontrado no blog do mesmo, O Blog de Claudio Tognolli): do excerto foram retiradas as notas explicativas (para uma maior facilidade de leitura) que, obviamente, podem ser encontradas no texto original.

Blog do Tognolli - Você conhece algum caso nos EUA que envolva não gravação de conversações e fatos similares aos de Campos?

Wayne Madsen - O caso da queda do avião de Campos não recebeu nenhuma cobertura na mídia dos EUA. Mas aqui nos EUA já vimos casos similares em não divulgação de teor de caixas pretas após grandes acidentes, como no caso da quedas do TWA 800, vôo American Airlines 587 de Nova York a Santo Domingo, na República Dominicana, e queda dos aviões do senador Paul Wellstone e de John F Kennedy Jr.

Blog do Tognolli -Você apenas opina sobre a participação da CIA na morte de Campos ou tem elementos como indícios de prova material?

Wayne Madsen - Os rastros do envolvimento da CIA na morte de Campos são as anomalias técnicas que envolvem a queda e a confusa história da propriedade do avião. A L3 Communications and Textron prestam serviços para a CIA.

Blog do Tognolli - Quais outros casos envolvem a CIA?

Wayne Madsen - A CIA dispõe de vasta experiência em derrubar aviões: derrubaram o avião dos presidents Roldos, no Equador, Torrijos, no Panamá, do líder revolucionário cubano Camilo Cienfuegos, em 1959, e o também o avião da Cubana 455, em Barbados. A CIA também derrubou o avião do primeiro-ministro de Portugal, Sá Carneiro, e de seu ministro da defesa, mortos na queda do Cessna 421 em Lisboa, em 1980, numa pré-eleição muito parecida agora com a pré-eleição de Campos. Essa queda pavimentou a entrada de um governo português pró-EUA.

Temos também a morte do candidato presidencial venezuelano Renny Ottolina, morto numa suspeita queda de um Cessna 310, em 1978. Renny Ottolina era um apoiador dos ideias bolivaristas para a integração total da América Latina, ideais que foram mais tarde adotados por Hugo Chavez e eram obviamente combatidos pela CIA. Renny Ottolina seria um futuro alvo primordial da CIA por sustentar esses ideais no poder. O líder político indiano Madhavrao Scindia morreu numa queda suspeita de Cessna C 90 em 2001. Ele era o autêntico marajá da cidade de Gwalior, e se desse certo como líder politico nacional teria trazido de volta as regras de antigos principados, muitas das quais seriam radicalmente opostas à globalização da sociedade Indiana. Ele seria um dos maiores estorvos para a CIA.

Blog do Tognolli - Por que na sua opinião a CIA escolheu Campos, e não o venezuelano Maduro ou nossa presidente Dilma ?

Wayne Madsen - Porque o PT de Dilma teria nomeado rapidamente um substitute petista caso ela fosse assassinada. Campos virou um alvo para poder elevar Marina e garantir uma derrota a Dilma e ao PT.

Blog do Tognolli - Há casos similares de queda de Cessna 560XLS, como o de Campos?

Wayne Madsen
Wayne Madsen - Não, esse avião tem índices de segurança exemplares. Mas o avião de John F Kennedy Jr era um Cessna que suspeita-se tenha sofrido sabotagem. Um Cessna 310 caiu e matou o republicano Hale Boggs, um membro dissidente da comissão Warren, que investigava a morte do president John Kennedy. Hale Boggs acusava a CIA de estar por detrás do assassinato do president John Kennedy. A queda de um Cessna 335 matou também o governador do estado do Missouri, Mel Carnahan, um dia antes das eleições.

Blog do Tognolli - Por que você não confia nos membros da National Transportation Safety Board, que veio ao Brasil investigar a queda do Cessna de Campos?

Wayne Madsen - Porque esse pessoal da NTSB foi publicamente acusado de acobertar as causas da quada do TWA 800

Blog do Tognolli - Como ex oficial da Marinha dos EUA, você foi um dos responsáveis por ter implantado o primeiro programa de segurança deles. Você dispoõe de fontes militares para acusar a CIA na morte de Campos?

Wayne Madsen - Eu de fato tenho muitas fontes da comunidade de inteligência dos EUA que acusam o diretor da CIA, John Brennan, de participar de mortes praticadas pela CIA em serviços clandestinos que fazem parte rotineira das operações diárias da CIA.

Blog do Tognolli - Como a CIA mascara crimes, como você sugere tenha sido feito com Campos?

Wayne Madsen - Mascaram fazendo com que tais crimes se pareçam com acidentes e depois passam a acusar quem os põe em xeque como sendo teóricos da conspiração, fazendo uso de jornalistas pagos pela CIA para disseminar a propaganda dos serviços de inteligência dos EUA.

Blog do Tognolli - Como a National Transportation Safety Board opera então no Brasil?

Wayne Madsen - O pessoal da NTSB só atua em nome do governo doa EUA, sempre acusando alguém pela queda de aviões, para despistar, como fizeram agora contra o governo da Rússia, acusando-o de ter derrubado o avião da Malásia Airlines 17 na Ucrânia.

Blog do Tognolli - Quem são os políticos favoritos dos EUA no Brasil e quem são os mais odiados?

Wayne Madsen - Marina Silva é a favorita de Obama e do Soros. Marina defende que os EUA comandem a globalização, livre comercio, investimentos privados e Marina é pró-Israel: Marina é do jeito que o Pentágono e Wall Street adoram.

Blog do Tognolli - Como um repórter investigativo brasileiro poderia ter atuado no caso Campos?

Wayne Madsen - Jamais deveriam ter permitido que o pessoal da National Transportation Safety Board tivesse sido permitido a retirar evidências e dados físicos da cena da queda do avião de Campos e os levado aos EUA: jamais.

Um Cessna Citation 560XLS+
Então: atentado da CIA para prejudicar a reeleição de Dilam Rousseff?
Vamos ver.

É bom lembrar que a história do jornalista em questão, Wayne Madsen, é controversa: ao lado de "revelações" interessantes, houve outras um pouco...assim. Por exemplo, afirmar que Barack Obama é gay não parece algo quer possa mudar a história da Humanidade. Mas mudar a conta bancária de Madsen sim: o completo acesso ao blog dele (disponível em vários idiomas) é pago.
Mas falamos do acidente em si.

A verdade, nua e crua, é que os aviões caem. Não é algo relacionado com a CIA, está mais ligado ao conceito de "força de gravidade". Uma avaria, um erro humano, e o avião cai. E isso acontece não apenas no Brasil.

Depois, claro, há também a CIA e outras agências que tentam desfrutar os acidentes aeronáuticos para fins políticos. Mas é algo arriscado, sobretudo quando estas operações forem implementadas em territórios estrangeiros: o risco de deixar "pistas" é sempre elevado.

No caso específico, Wayne queixa-se do Brasil ter permitido a chegada do National Transportation Safety Board (NTSB), cuja intervenção, seja dito, é normal quando o acidente envolver um avião de fabrico americano (é o caso do avião de Campos, um Cessna Citation 560 XLS+ construido pela Cessna Aircraft Company (Kansas) do grupo Textron.

Afirma Wayne:
Jamais deveriam ter permitido que o pessoal da National Transportation Safety Board tivesse sido permitido a retirar evidências e dados físicos da cena da queda do avião de Campos e os levado aos EUA: jamais
Mas o NTSB interveio quando já no lugar se encontravam as autoridades brasileiras, entre as quais o CENIPA, Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos.

Aliás, foi o mesmo CENIPA que notificou o NTSB acerca do acidente: e o CENIPA é um órgão da Força Aérea Brasileira, isso é, sob o controle do Ministério da Defesa, cujo Comandante em Chefe é a mesma Dilma Rousseff. O NTSB foi convidado sem que a Presidente tivesse conhecimento do facto? E que, eventualmente, a mesma Presidente não teria tomado as necessárias contra-medidas em caso de suspeitas? Difícil acreditar nisso.

Assim como é difícil acreditar que a investigação seja deixada totalmente nas mãos da agência norte-americana (e assim, de facto, não é), ficando o governo brasileiro só à espera da "explicação" final, confiando cegamente no trabalho desenvolvido no estrangeiro: o CENIPA não é formado por aprendizes, tem uma ampla experiência no sector.

Em qualquer caso, os funcionários do NTSB chegaram no Brasil no dia de Sexta-feira 15 de Julho, enquanto o acidente tinha ocorrido no dia 13: o CENIPA (sob o cujo controle permanecerá todo o processo de investigação) já se encontrava no local. A caixa preta do avião, por exemplo, foi encontrada no mesmo dia do acidente e logo encaminhada para o Laboratório de Leitura e Análise de Dados de Gravadores de Voo, um dos departamentos do CENIPA, com sede em Brasília.

As imagens dos últimos segundo antes do acidente não mostram uma "bola de fogo" como afirmado por algumas testemunhas, mas um avião integro, em queda acentuada.

Não podemos esquecer que o piloto já tinha abortado uma primeira aterragem por causa do mau tempo e, na altura da ocorrência, encontrava-se acima duma zona residencial (Santos) para efectuar uma apertada viragem para uma segunda tentativa. Pode ter sido esta viragem, unida ao mau tempo (havia muita névoa e a visibilidade era de 3 mil metros, no limite para aquele tipo de avião; as nuvens estavam muito baixas, quase 300 metros do solo) ou a uma situação que agora não conhecemos, a causa da perda de controle e da queda do avião.



Tudo isso exclui a hipótese dum atentado? Claro que não. Sabemos que a CIA (e não apenas ela) já utilizou os acidentes de avião para eliminar opositores ou pessoas incómodas. Mas nem podemos esquecer que em 2013, só no Brasil, houve 115 acidentes de avião, com um total de 96 vítimas mortais.

Porque tudo o que sobe, desce. Duma forma ou de outra.


Ipse dixit.
 

13 comentários:

  1. Concordo com o fato de tudo que sobe, desce. Mas tenho para mim que um simples acidente não teriam tantas controversas, não entendo o fato da caixa preta não ter gravado o áudio, não existe explicação para isso, e todas as testemunhas mentiram sobre a bola de fogo, e depois de dias aparece uma filmagem para botar um ponto final e mostrar o avião caindo calando assim as testemunhas.
    Mas no fim das contas nunca saberemos a verdade, e o que nós resta é uma eleição com candidatos de extremo ``mau gosto´´ quase que nós obrigando a votar na Marina.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O chororô de Marina e de seu companheiro candidato a vice dá pena

      Falta uma semana e meia para o 1º turno da eleição dia 5 de outubro e pouquinho mais de uma semana para o término da propaganda eleitoral no rádio e TV, que se encerra 48 h antes do início do pleito. Ao contrário do que se poderia esperar, a candidata do PSB ao Planalto, ex-senadora Marina Silva, ao invés de nesta reta final apresentar um programa de governo que não mude a toda hora, de firmeza no que propõe, de rumos, propostas, metas e alternativas consistentes para o país, prefere continuar posando de vítima, coitadinha, mártir na disputa eleitoral.

      Posa de crucificada pela campanha do PT e da adversária, a presidenta Dilma Rousseff, num chororô, ela e seu vice, o deputado Beto Albuquerque (PSB-RS), de dar pena. Não debatem nem contestam as críticas do PT e da adversária presidenta. Ficam acusando-os de mentir agora como Joseph Goebbels, ministro da propaganda de Adolf Hitler e um dos principais construtores da imagem do nazismo.

      É muita apelação, mas é a verdade. Na 2ª feira pp., à noite, durante encontro reservado com a comunidade judaica, em São Paulo, falando a cerca de 50 pessoas, Marina recorreu à famosa frase atribuída ao ministro nazista Goebbels para rechaçar as críticas que recebe do PT na disputa eleitoral – os ataques são a seu programa e posições, não a ela.

      Evocando frase de Goebbels

      “Tem gente que acha que uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade. Eu não concordo”, disse Marina. A evocação da frase de Goebbels pela candidata foi contada aos jornalistas por Claudio Lottemberg, presidente do Hospital Israelita Albert Einstein e um dos organizadores do encontro.

      O companheiro de chapa de Marina, o candidato a vice-presidente, deputado Berto Albuquerque, achou pouco e ontem resolveu reforçar a associação feita por Marina. Nesta 3ª feira, em discurso na Federação da Agricultura do Paraná, em Curitiba, Beto, repetiu publicamente a acusação. “Um partido (PT) que, no passado, perdeu uma eleição para o Collor em função da mentira usa, hoje, os mesmos recursos de Goebbels para tentar ganhar a eleição”, acusou Beto.

      É muita apelação! Olha, o que tira mesmo o sono de Marina são as pesquisas a ultima do IBOPE, a da CNT/MDA e a do Vox Populi, todas apontando para uma vitória da presidenta Dilma no 2º turno contra Marina Silva. Todas apontando para uma inversão completa do que se via até agora nos cenários de 2º turno, quando os levantamentos apontavam pequena vantagem de Marina, dentro da margem de erro sempre. Isso, também virou fumaça.

      Da dupla derrota de Aécio, em Minas e no país, ninguém fala

      Todas as pesquisas deixam mal também o candidato demotucano, Aécio Neves (coligação PSDB-DEM), não só em nível nacional onde ele empacou e não sai do 3º lugar, como também e principalmente em Minas, onde perde para a presidenta Dilma. E mostram que o candidato a governador de Aécio, ex-ministro de FHC, Pimenta da Veiga, perde o governo do Estado, sem sequer ir para o 2º turno, para o nosso candidato, Fernando Pimentel.

      Sem tripudiar, por favor, não considerem como tal, são pesquisas que deixam Aécio, tudo indica, de vez fora do 2º turno e seu candidato ao Palácio da Liberdade, em Minas, também. É uma derrota e tanto – ou duas – para os tucanos e que nossa mídia faz de conta que não está para acontecer. Todas as análises são para uma iminente e possível derrota nacional do PT no 2º turno presidencial, seu fim.

      São as previsões dos analistas de Bagé de sempre…que felizmente não se concretizam. Já o fim da polarização PT-PSDB que marcou os últimos 20 anos das disputas eleitorais nacionais, fato da maior importância nelas – e fim porque o eleitor escanteou os tucanos – não merece maior espaço de análise…Quando vem algo nessa linha, é ent passant, de articulista choroso, de luto.

      Eliminar
    2. Anónimo24.9.14

      Não tem lógica afirmar que foi a CIA.

      Se é pra entrar nesse esquema de paranóia e teoria da conspiração então falemos logo do Putin e da FSB (ex-KGB), já que o Brasil nos último tempos vem se aliando a regimes proto-ditatoriais, tais como da Rússia e da Venezuela

      Qualquer coisa é só lembrar o acidente no leste da Ucrânia (mas não foi a CIA? Droga.)

      Logo, tem mais nexo Putin ter ajudado a companheira Dilma do que a CIA.

      Enfim, isso tudo me parece discurso de contra informação pesada. Aqui no Brasil é comum a esquerda mais paranoica valar coisas desse tipo, sempre culpando o "agente inimigo" de fora, para demonizar concorrentes internos, como Marina Silva (que já fora do mesmo partido que a presidente, e não guarda grandes diferenças. Ah, esqueci, é pq ela é neoliberal. Mas a Dilma também é.).
      A que ponto chegamos.

      Eliminar
    3. Anónimo24.9.14

      EXP001
      "Qualquer coisa é só lembrar o acidente no leste da Ucrânia".
      O relatório preliminar não apontou culpados nem revelou como o avião foi abatido.
      O que acho bem estranho pois logo no dia a seguir já todo o mundo sabia quem foi e como foi.
      Até tinham gravações (que se revelaram falsas) dos supostos culpados ao telefone dizendo
      que tinham derrubado um avião.
      Tinham fotos do suposto lançador de missies utilizado pelos rebeldes mas que se veio a descobrir que a foto era em territorio controlado pelo exercito ucraniano.
      Inclusive teem provas e imagens de satelite mas não as mostram a ninguem (vá-se lá saber porque).
      Os serviços secretos ucranianos (SBU) confiscaram as gravações das comunicações entre os controladores de tráfico aéreo ucranianos e o avião abatido. Onde estão estas gravações? Porque não foram entregues à comunidade internacional? (vá-se lá saber porque).

      E voçê já sabe quem foi o responsavel?

      Então veja o Corbett report
      http://www.youtube.com/watch?v=gWlAARb0fN4

      Eliminar
    4. Li em alguns desses bons blogs tipo II que o laudo do acidente apontou várias perfurações de projéteis de metralhadora, e o avião era seguido por caças ucranianos, conforme a gravação do controlador de voo.

      Eliminar
  2. Olá Max: pois olha, julguei que tendo em vista o solene enterro da Europa, aceitando ser a nova bucha de canhão para as guerras convenientes produzidas pelos EUA, estivesses atarefado, fazendo as malas para o Cono Sul, apostando nos BRICS como o "não ocidente". Sei lá o que pensas, mas eu rezo aos deuses que tudo que venha governar o Brasil seja representante da ideia do não ocidente, porque este ocidente capitaneado pela economia selvagem financeira e política de terrorismo de Estado movida pelos EUA, já nos enterraram várias vezes. E tudo indica, tendo ou não abatido o avião de Campos, que tem o firme propósito de colocar na governança brasileira esta descerebrada ignóbil que atende pelo nome de Marina, para poder ter mais um marionete asqueroso como executivo na terra brasilis. Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  3. Anónimo25.9.14

    Marina é financiada e sustentada por Neca Setúbal uma das Herdeiras do banco Itaú ( Segundo maior banco privado do Brasil), instituição financeira que no ano passado foi multada pela receita Federal em 18,7 bilhões de Reais, mais ou menos 6 bilhões de Euros. E essa candidata recebe o apoio público de vario bispos malandros e reacionários. Essa candidata prometeu aos banqueiros que a apoiam que se eleita entregará o banco central para que estes o administrem. Dilma não faz uma politica de alinhamento incondicional com os EUA, recentemente condenou os ataques de Israel na faixa de Gaza. Pode até não ter sido a CIA quem derrubou, mas que os EUA vem tentando derrotar o PT a muito tempo, isso aí é notório.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O banco central já é administrado por particulares, porcure no II

      Eliminar
  4. Olá Max, entre outros fatos o vídeo do avião é contra as LEIS da física, pois o som da explosão chega na filmagem ANTES da luz da explosão, portanto a probabilidade do vídeo ser falso existe. não vou expor aqui os fatos facilmente verificáveis de que o avião foi "caído", são muitas.
    Mas o fato é que Eduardo Campos ganharia a disputa, basta ver pela primeira entrevista com ele, 1 dia antes do "acidente" no jornal da Globo.
    Então qual o motivo?
    Ficamos, na prática, em uma situação muito similar a da Venezuela com dois candidatos com a preferência de quase 50% do eleitorado, e uma disputa acirrada de opiniões, prontos para guerra.

    ResponderEliminar
  5. Ouvi por aqui que a CIA generosamente ia nos ajudar a investigar o... "acidente", porque a eles parecia ser um atentado. Mas o que me preocupa mesmo é que o único homem presidenciável tem uma relaçãozinha com um caso abafado sobre um helicóptero recheado de cocaína. ...não deve ser nada sério, afinal ele tem um aeroporto particular e helicópteros caem se não são bem pilotados. O que me preocupa é que ele fez um churrasco em sua fazenda pouco antes do pessoal da PF chegar e precisou usar um grande lote de papeis para acender a fogueira... acho que foi para não cortar árvores em suas terras.
    A CIA metida nos nossos assuntos? Ah, os queridos Johnnys são uns amores, tão dedicados e gentis... eles até ajudam os repórteres a redigir perguntas quando a Marina viaja para os EUA para aparecer na CNN... e ela responde tudinho! Boa menina... todos são bons e pró-ativos eu é que sou um tantinho paranóica. Acho que preciso me preocupar mais em quem vou votar nessa eleição, isso é outra coisa que está me enlouquecendo... só vejo "bicho-papão" e ajudante do pai natal querendo meu voto.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo1.10.14

    Infelizmente o mundo está se revelando cínico e perigoso. O campos morreu e misteriosamente as caixas-pretas não serviram para nada. Marina sempre foi representate do establishment. E ninguém sabe até que ponto somos realmente soberanos. Séculos exportando cana, depois décadas exportando café, depois viramos o celeiro do mundo. Muito pouco para um país do tamanho do Brasil.

    ResponderEliminar
  7. Amarildo6.10.14

    Dilma e Aécio no segundo turno.

    Essa CIA é muito esperta. Com certeza há alguma coisa por trás disso. Marina Silva, a vice de Eduardo Campos, não decolou nas urnas. Mas calma, isso com certeza faz parte do plano: e em breve teremos o capitulo dois dessa novela com mais uma conspiração fresquinha para deixar os incautos dando mais surras em espantalhos.

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...