17 março 2015

A Petrobras e o charco

Fui espreitar vários artigos acerca do escândalo Petrobras, algo que está a abalar o governo de Dilma no Brasil.

Trata-se, de facto, do maior escândalo que alguma vez eclodiu no País.

Não estou interessado nas manifestações de rua, nas paneladas das avenidas de S. Paulo. Esta é só a oposição que faz o trabalho dela. Mais interessante o que afirma Dilma:
Se em 1996 e 1997 tivessem investigado e tivessem naquele momento punido, nós não teríamos o caso desse funcionário que ficou quase 20 anos praticando atos de corrupção. A impunidade leva a água para o moinho da corrupção
Não sei se Dilma entende a gravidade das suas palavras. Está a dizer que ao longo de 2 governos Lula e 1 dela ninguém suspeitou, investigou ou reparou nas centenas de milhões que mudavam de bolso com a máxima tranquilidade. Vinte anos de sono profundo, enquanto numa empresa do Estado uma quantia impressionante de dinheiro era desviado. Pior a emenda do que o soneto? Não vinte meses, foram vinte anos...

Na Europa estamos habituados a ouvir este tipo de justificação, é normal um governo acusar os executivos anteriores para justificar os falhanços: o tal "a culpa foi dos outros" é uma espécie de último recurso, uma saída de emergência para quem ficar encostado entre a espada e a parede. Algo no qual ninguém já acredita, como é óbvio. Talvez no Brasil, onde a alternância é coisa relativamente recente, este tipo de desculpa possa ainda pegar, não sei.
Mas os factos não mudam, pois a corrupção continuou durante os governos da Esquerda: tinha sido Lula a promover Paulo Roberto Costa a Director do Abastecimento, não o governo de Cardoso. Farias, Hoffmann, Vaccarezza, Mentor, Costa, Loubet: nem estes são do governo Cardoso.
Aliás, uma coisa que tem de ser realçada é que do bolo Petrobras todos parecem ter obtido uma fatia: PT, PMDB, PTB e, obviamente, PSDB. Todos juntos, em alegria. Isso deveria fazer reflectir, pois mais uma vez é questionada a alegada "superioridade moral" da Esquerda.
A realidade é que não há nenhuma superioridade moral, nem poderia haver: é no sistema, não apenas brasileiro mas global, que podem ser encontradas as razões da corrupção. Não se pode entrar num charco e fingir de ser imune à lama: não é assim, fica-se sujo na mesma. A única maneira para não sujar-se é não entrar no charco. O que no nosso caso significa: mudar o sistema.
Isso porque os partidos são feitos de homens. Homens que ficam com poder, homens que lidam com dinheiro, homens que têm tentações, como qualquer um. E espantem-se: os políticos de Esquerda são seres humanos também.
Pior: homens de Esquerda imersos num sistema capitalista (eis o charco). Não que outros sistemas não impliquem corrupção: esta sempre existiu, até nos regimes pseudo-comunistas como o Soviético. Mas o actual sistema, um emaranhado de política, dinheiro e desresponsabilização, parece ter sido criado de propósito para favorecer as más práticas.
Há meses que oiço falar de golpe. Deixem os álibis e encarem a realidade: o escândalo Petrobras não é uma tentativa de golpe, é uma realidade. Uma lógica consequência para quem escolheu entrar no charco iludindo-se que não iria sujar-se.
Não querem as paneladas nas avenidas? As paneladas não se evitam gritando "golpe!" cada vez que alguém protestar. Os protestos são legítimos e se houvesse um outro partido no poder, os militantes do PT fariam exactamente o mesmo. Afinal a democracia vale para todos ou não? As paneladas evitam-se evitando as condições que possam criar as paneladas.
Como? Mantendo os olhos abertos. Os políticos, com certeza, mas sobretudo os militantes, os cidadãos, os órgãos de comunicação: todos estes têm que manter os olhos bem abertos, lembrando-se que atrás dos ideais e das ideologias há homens, com todas as fraquezas deles. E deixando de lado as ilusões, porque as fraquezas não olham para o nome do partido (o Mensalão não ensinou nada?).
E, entretanto, não seria mal começar a pensar numa forma para eliminar o charco, duma vez por todas. Caso contrário, aquele da Petrobras não será o primeiro mas nem o último dos escândalos.
Ipse dixit.

24 comentários:

  1. Anónimo17.3.15

    O escândalo da Petrobrás é apenas a ponta do Iceberg. O governo Federal usou a empresa para manter sua política populista e irresponsável. Existe um "ralo" ainda maior que esse, trata-se do BNDES. Banco estatal que usa dinheiro público para financiar obras em países alinhados com o modelo Chavista como Cuba, Nicarágua, Equador. Honduras, Bolívia, Venezuela e outros. O rombo no BNDES é ainda maior.
    Abraços, Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedala TUCANO 171!!!

      Eliminar
    2. Anónimo18.3.15

      Não queres enxergar o óbvio, meu amigo! Não é questão de pertencer a este ou aquele partido, ou o aumento da gasolina não atinge a vc (só se não mora no Brasil), os 50 MIL assassinatos por ano não lhe dizem respeito? As filas intermináveis em hospitais públicos (sou médico sei o que digo). Ao que me consta Dilma e Lula trataram-se em um dos melhores hospitais PRIVADOS do Brasil. Vc tem filhos? Eles estudam em escola pública?
      Por favor pense, avalie a situação, não seja manipulado.
      Para os amigos (não brasileiros) 171 refere-se a estelionatários no código penal brasileiro. Contra fatos os únicos argumentos de determinados indivíduos é a ofensa.
      Desculpe-me Max, não quero usar este espaço para qualquer tipo de manifestação.
      Atenciosamente Eduardo!

      Eliminar
  2. Chaplin17.3.15

    Sobre a corrupção está perfeito, mas existe algo além. O comum é a corrupção pois a mesma é sistêmica. O incomum é a propaganda dos media à serviço de segmentos externos descontentes com desdobramentos do pré-sal brasileiro, e que passa a sensação de que a história de corrupção no país se divide entre antes e depois dos governos petistas. A própria Dilma comentou de que a corrupção é uma senhora muito idosa e que pode estar presente em qualquer ambiente norteado pelos valores burgueses capitalistas. Aliás, a primeira das corrupções, é a nossa própria permissividade e cumplicidade conceituais. Todos somos conscientes ou inconscientes racistas, machistas, burgueses, mercenários e escravos. Mas o fácil e confortável é dar continuidade aos processos de negação... Abraço

    ResponderEliminar
  3. Daisy17.3.15

    Max, apanhastes informações aonde??? A extrema direita desse país está promovendo um Golpe Civil , com o apoio da Rede Globo da famíglia Marinho, que, com dinheiro norte-americano, promoveu as manifestações pró-ditadura na década de sessenta. Panelaço e manifestação cheia de zumbis pedindo a ditadura de volta dá-me asco, eu que me manifestei pelo fim da ditadura em 84!!! A Dilma foi quem mandou investigar a merda toda!!! Se deu mal, na época do governo entreguista neoliberal do FHC, era tudo engavetado e, quem ousava dizer que havia corrupção na Petrobrás, era processado até morrer de ataque cardíaco como o jornalista Paulo Francis!!!! O que está havendo no Brasil, é um complô mediático-judicial, promovido pelos Estados Unidos, por que estão louquinhos pelo pré-sal que vale TRILHÕES de dólares!!!!! Os maiores escândalos que eclodiram aqui no Brasil foram os milhões investidos pelos americanos para derrubar Jango e, depois, foi a "Privataria Tucana" na década de 90! Gente que grita agora pela moralidade, vendeu de forma fraudulenta a Vale do Rio Doce, Bancos Estaduais, Telecomunicações, satélites com segredo de exército... tudo a preço de banana!!! Mas a Justiça está comprada e só prende petista, tucano aqui, é que nem santo virgem!!!! A Petrobrás hoje passou a Exxon, fortaleceu a industria naval brasileira, tem 80.000 funcionários diretos e 300 mil indiretos, é especializadíssima em extração de grandes profundidades... Foram extraviados bilhões em forma de lucros para as empreiteras, só com muita investigação é que se chegou no esquema!!! A Dilma não está envolvida, estude mais!!!!Tudo o que está por trás é derrubar um governo trabalhista que tirou milhões da miséria e abocanharem o último bem mais precioso desse amado povo que é o petróleo. A Dilma já aprovou a lei da transferência dos lucros para a educação! Isso é muito bolivarianismo para a nossa elite subserviente engolir!! Em Salvador, 80% da população é negra, mas nas manifestações praticamente só tinha gente branca preconceituosa, por isso pediam a ditadura e o fim da Dilma!! A verdade é essa, a classe média brasileira não está preparada para evoluir, ela não consegue entender que as empregadas domésticas também têm os seus direitos!! Nós vivemos ainda o reflexo de 380 anos de escravidão e 21 de ditadura!!! Queres informações diferente? Acesse o Tijolaço, o Cafezinho e até o Luis Nassif que já postou o Informação Incorrecta!!!! A mídia tradicional está completamente nas mãos da extrema direita!!! Só se salvam os blogues, e, mesmo assim, temos que ter cuidado!!!!!!

    ResponderEliminar
  4. Daisy17.3.15

    Olá de novo Max!!!!

    Só para completar, não é só a Petrobrás que está em jogo, o BRICS também está enfurecendol os americanos!!! Veja o vídeo abaixo, muito interessante! Eu te acompanho faz muitos anos, desde a época maravilhosa que morei em Portugal ! A verdade tem que ser dita e eu sei que tu prezas a verdade, estão tentando desesperadamente dar um Golpe Civil aqui no Brasil! Os grandes interesses americanos querem apenas transformar de vez a America Latina e a Europa em quintal dos dejetos deles!!!!Abraços!!!! http://docverdade.blogspot.com.br/2015/03/o-que-esta-por-tras-do-terceiro-turno.html

    ResponderEliminar
  5. Olá Max, na verdade o brasileiro está frito e mal pago. Há uma divisão e desentendimento entre as pessoas, além da uma falta de informação absurda, somos manipulados demais e muito pouco se percebe que o país sempre foi controlado por vampiros, militares, depois civís, que fizeram uma nova constituição totalmente irresponsável, mudaram a cor do partido e sempre foram os mesmos vampiros ( vou ser condenado por isso) .
    No caso da Petrobras, como afirma a Daisy , tem o pré sal, mas faltou colocar que o custo de um barril de petróleo do pré-sal é de U$80,00, que hoje é inviável, assim como uma boa parcela dos poços da Petrobrás, águas profundas.
    O balanço da empresa referente ao último trimestre de 2014, não foi divulgado, ou não foi feito ainda, em uma tentativa de esconder o fiasco que será daqui há um ano com o preço do barril de petróleo a aproximadamente US$40,00.
    Ouvi hoje o depoimento judicial de um ex-diretor da empresa (Sr. Paulo Roberto Costa), percebi pelas falas dele que toda essa "delação" e todo esse escandalo tem objetivos mais profundos, ou seja, é mais uma das muitas armações nas costas do povo brasileiro.

    ResponderEliminar
  6. Em tempo, dizer que a presidentA não está envolvida é ótimo, kkkk, manteve na dirtoria da casa sua amiga pessoal, mesmo após as denúncias. Acho que ela entrou de gaiata (e burra) em um jogo para o qual não foram preparados.
    O "Maduro " é outro que está a apodercer a Venezuela que já quebrou com a queda do Petróleo, são governos baseados em "filosofias" ultrapassadas, que caminham para a destruição frente a política internacional que sempre lemos por aqui no II.
    Resta-nos esperar pelas consequencias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18.3.15

      Restou você indicar qual a "filosofia moderninha". Deve ser esta que aí está de invasão, saque e bloqueio. Deva ser esta de tirar ditadores inconvenientes para colocar os convenientes nos seus lugares. Deve ser a política de golpe mundial, quando se "deslastreia" o dólar e fabrica-se dinheiro fajuto para saquear as riquezas dos outros povos sem suor algum. Deve ser a política de guerra e contaminação de áreas por munições radioativas. Deve ser a política de subversão vinda das sombras do capitalismo decrépto. Deve ser política modinha como a que acusa sempre antes de quaisquer investigação. Deve ser a política em que 11 PIBs mundias -isso em 2011- teriam que ser produzidos para lastrear a PUTARIA GLOBAL. Meu nobre, não há absolutamente nada que seja pra frentex neste planeta. Alguns destes antiquados, segundo teu conceito, tentam remar contra a maré. Apenas isso. E apenas por isso são demonizados. De um destes, ou de algum semelhante à estes, pode surgir uma luz no final do túnel. Dos megacapitalistas é que não devemos aguardar absolutamente nada, só a perpetuação e o robustecimento do Frankenstein que criaram.

      Modernoso.

      Eliminar
    2. Olá Anónimo.

      Lamento contradizer, mas dado que este não é o primeiro comentário de Ivan sei que nada daquilo que você disse é o que ele pensa.

      O mundo não está dividido apenas em Direita e Esquerda. Por incrível que pareça, há mais do que isso. Se dos megacapitalistas náo surgirá nada além do que já temos, não é ficando parados no tempo, com Capitalista dum lado e Proletários do outro, que poderá surgir algo.

      A situação é aquele que é hoje porque há mais 150 anos que se raciocina desta forma. Não achas ser altura de ir um pouco além?

      Abraço.

      Eliminar
    3. Anónimo18.3.15

      Ok, pois também lamento não ter me expressado melhor, mas vai escrito: "Meu nobre, não há absolutamente nada que seja pra frentex neste planeta".O que, a meu ver, deveria deixar claro algum tipo de isenção de minha parte. Apenas me incomodou algo que pareceu o que creio ser uma postura de se criticar atitudes de quem tenta tirar o espinho do pé. Tudo bem, espinho do pé é forte, mas vou deixar estar. São países que vão se esborrachar? Com certeza. Mas a questão pelo que entendi era "filosofias ultrapassadas", pois as modernas ninguém sabe delas e o que são e de onde vêm. Por isso repito, de consciências semelhantes as criticamente citadas por Ivan, é que podemos esperar alguma mudança. Deixasse o capitalismo o mundo ser guiado de fato pelas regras de mercado, pela mão invisível e não pela invasão, saque e bloqueio e talvez estas nações vivessem outra realidade nestes dias. Mas estes são artigos que raramente foram vistos em ação.

      Modernoso.

      Eliminar
  7. Na minha "visão", sempre "condicionada" ao meu ambiente "formativo" e, também, "desformativo sobre a vida" , penso que há um "MOVIMENTO" para que sejamos sempre o que fomos: CARGA da DESCARGAR DA ELITE.

    No caso da PETROBRÁS, é uma forma de transferir TECNOLOGIA NACIONAL DO BRASIL para outras EMPRESAS e CORPORAÇÕES.

    É uma forma de CONTROLE de uma "NAÇÃO".

    É uma forma de MONOPÓLIO sobre a CAPACIDADE de uma NAÇÃO ser ELA.

    O autor do texto, tem apenas um "VISÃO" sobre a energia da GIGANTE PETROBRÁS que representa 13% do PIB do pais.

    E há a "fome" e a "ganância" das outras empresas para "serem" "donas" da PETROBRÁS.

    Só que DILMA, tem outras FORMAS de GERENCIAMENTO para este PAÍS e para a VIDA que VIVE AQUI, mesmo que exista milhares de pessoas que não SAIBAM viver onde vivem.

    Mesmo que DILMA não as tenhas, há FORÇAS neste "TERRITÓRIO" que que irá mostrar a FORÇA ESPIRITUAL da BRASILEIRA e do BRASILEIRO.

    Nós somos um POVO que prima pela ENERGIA do ESPÍRITO.

    Este não irá nos DEIXAR entrar na ENERGIA que entramos na "guerra do PARAGUAI".

    Esta beneficiou a elite britânica.

    A "guerra" da PETROBRAS, que o texto não reproduz de forma além, é apenas uma "atmosfera" dos vampiros do passado.

    "ELES' querem o controle da PETROBRÁS, mas "eles", são apenas eles para o mundo ESPIRITUAL QUE SOMOS.

    A PETROBRAS REPRESENTA 13% DO PIB desta NAÇÃO.

    Não podemos respeitar e concordar com termos de não NAÇÃO. Com forças que não tem forças sobre a VIDA ESPIRITUAL e NATURAL com A VIDA.

    Eu penso que podemos ter "ALGO" fora dessa chamada "organização da vida", ou melhor, dessa sociedade que não tem compromisso com a NATUREZA.

    Vamos AVANÇARMOS para uma VIDA sem o medo de viver ELA, A VIDA.

    ZENGOLDÁBIL.

    Anjjos

    ResponderEliminar
  8. Olá pessoal todo!

    Diz Daisy: "A Dilma não está envolvida, estude mais!!!!"

    Tanto para esclarecer: no que publiquei não escrevi em lado nenhum que Dilma é corrupta. Não escrevi isso porque o discurso é bem mais profundo (como sublinha Ivan).

    Pessoalmente acho que Dilma e Lula conheciam a situação da Petrobras. Só que evitaram intervir até hoje. A razão? Oportunismo político em primeiro lugar: há um tempo para todas as coisas e em política é o saber escolher os tempos que separa um vencedor dum perdedor.

    O facto de não denunciar um esquema de corrupção faz deles uns corruptos? Obviamente não: faz deles uns políticos e nada mais.

    Doutro lado, amigos petistas, a hipótese alternativa é até pior: não reparar ao longo de 20 anos no que se passa numa das mais importantes empresas públicas brasileiras seria um certificado de idiotice. Agora, vocês escolhem o que preferir: maquiavelismo ou idiotice?

    Ainda Daisy: "Tudo o que está por trás é derrubar um governo trabalhista que tirou milhões da miséria".

    Tirou milhões da miséria? Então? Não conheço a Constituição do Brasil, mas duvido que sejam tratadas como "golpes". Até suspeito que sejam consideradas legítimas. Podem doer, na óptica de quem governa, mas se querem participar no grande jogo da Democracia é bom que comecem a habituar-se. Porque gritar "Golpe! Golpe!" de cada vez que a oposição sai para as ruas faz lembrar o conto de Esopo, no qual o pastor grita "Lobo, lobo, socorro, está aqui um lobo!".

    Os média como a Rede Globo falam mal de Dilma? Inventas? Insultam? E vocês esperam o quê? Os parabéns? Mas em que mundo vivem? Apesar de raramente tratar da actualidade política brasileira, sigo de forma muito regular o que se passa no Vosso País, lendo aquilo que contam as várias vozes. E até hoje nada daquilo que li, pró ou contra Dilma, espantou-me. Para mim é absolutamente normal. Em Portugal, na Italia, nos EUA é a mesma coisa. Não há diferença. Tentem ler mais daquilo que se passa no estrangeiro, tanto para ter uma ideia.

    Esta é a moderna Democracia no seu melhor. É a oposição que faz o trabalho dela, nada mais do que isso. Mas não são vocês aqueles que criticavam o velho regime porque não havia liberdade de expressão? Agora há. Enjoy.

    Doutro lado, o facto dum governo não permitir a livre expressão da oposição (sejam quais forem as ideias dela) tem um nome: regime. Mais uma vez, são vocês que escolhem: a Rede Globo ou um regime?

    Voltando ao comentário de Ivan: fiquei impressionado pela comparação com Maduro. Não sei se repararam, mas também na Venezuela as vozes de "golpe" circulam cada vez mais numa altura em que a popularidade do líder está em queda e a economia mostra sinais de fraqueza.

    Podem achar tudo isso um caso, é claro. Ou podem fazer 2+2.
    Como sempre: a escolha é vossa.

    Pessoalmente oiço falar de golpe no Brasil desde o ano passado. E já sei que no ano próximo continuarei ouvir falar de golpe também. Mas o golpe não chegará. Os ponteiros dos relógios nunca voltam para trás: o Brasil envergou o caminho da Democracia e não irá abandona-la. Com todos os prós e os contras do caso.

    Abraçoooooo!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos18.3.15

      Olá Max

      É compreensível a intenção de mirarmos verdadeiramente além dos círculos viciosos dos esquemas que nos governam hoje, e não nos perdermos em auto engano. Mas esta discussão aqui, aborda particularidades que acredito merecerem mais análise, talvez até mais sensibilidade. Incisivamente falando, o golpe, tem sido gritado devido a intenção e proposição de deposição de um presidente eleito democraticamente, e sobre o qual não há acusação formal, e não pelo fato da oposição sair às ruas. Outro aspecto muito importante, é a forma e proporção na qual é construída a opinião pública especificamente no Brasil, por oligarquias poderosas, que inclusive derrubaram, no passado, um governo legítimo; todos sabemos como isso se chama. Tudo isso aplicado sobre um país com bases históricas tão precárias no que diz respeito a orientação de valores de nação. Ao falar sobre a liberdade de expressão vivida por aqui hoje, devemos ter em mente essas circunstâncias para não parecermos levianos. Os dilemas brasileiros, por suas dimensões e complexidades, oferecem um grande campo de exercício da percepção, tanto aos menos conscientes, que travam o aprimoramento da civilização, quanto aos mais conscientes, que vislumbram a situação melhor para o todo. Às vezes podemos ser tentados a pormos a percepção numa posição demasiadamente acima do conflito, o que nos faz perder detalhes importantes, e ainda nos leva mais pra perto daqueles que reprovamos por não moverem-se pela compaixão.


      Carlos

      Eliminar
  9. Anónimo18.3.15

    Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Anónimo.

      Lamento, mas neste blog não se faz campanha partidária. Ainda menos promovem-se deputados.

      Abraço.

      Eliminar
  10. Anónimo18.3.15

    "Pessoalmente oiço falar de golpe no Brasil desde o ano passado. E já sei que no ano próximo continuarei ouvir falar de golpe também. Mas o golpe não chegará. Os ponteiros dos relógios nunca voltam para trás: o Brasil envergou o caminho da Democracia e não irá abandona-la. Com todos os prós e os contras do caso."

    Max já vem de 2013 quado decorreu a copa das confederações, a própria (*e diga-se limpinha acima de qualquer suspeita*) FIFA questionou se se deveria fazer uma copa/campeonato do mundo no Brasil. Felizmente a coisa correu bem.
    Todos aqui teem um pouco de razão ou razões.
    Como Português muito ligado ao país em questão tendo vivido lá, tendo o meu irmão "na ponte" rio/sp - lisboa e o sobrinho com a mãe a viver lá. Alem de ser descente de bisavós de lá (lado paterno e materno), além de grande parte da minha família em várias regiões do país. É lógico tenho especial interesse com o que lá se passa.
    Não vou tomar uma posição para dividir ainda mais. Existem outros factores como o Ivan/Shen* disse. Quando muito umas observações e que afectam todos os que aí estão directa e indirectamente. Sejam psdb/pt/outros tudo menos extremistas tipo Bolsonaro/regresso aos bons tempos da ditadura militar.
    Mas como o raio do tempo é limitado e tenho que ir trabalhar.
    Deixo para logo.
    Nuno

    ResponderEliminar
  11. Chaplin19.3.15

    O que consigo identificar nos comentários é reducionismo, tendencionismo e total desconhecimento de história. A citada "liberdade de expressão" e a "democracia" são instituições à serviço de minorias dominantes, predominantemente brancas, anglo-saxãs, burguesas, que determinam as condições de funcionamento das mesmas com seus establishment mundial. No Brasil, assim como os Bancos, os media de escala são concessões, cuidadosamente escolhidas por essas minorias, para que permanentemente, exerçam funções de caráter ideológico e manipulador. A história do país é farta em todo tipo de golpe, mas todos com um propósito em comum, o interesse econômico mascarado pela propaganda. Não há qualquer fonte representativa de classes populares entre os grandes media. Vemos debates entre os mesmos segmentos, como se pudessem refletir as reais necessidades dos sem vozes. Não há mais salvação para o legado iluminista/capitalista judaico!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo24.3.15

      Exactamente.
      Quando ouço comentários um lado e outro não entendo.
      Quando aí estive a segunda vez nos anos noventa por acaso adquiri aquilo que se chama dupla nacionalidade.
      Factos: A inflação era tão grande que chegava o preço de bens essenciais tipo alimentos a aumentar 2 vezes no dia!
      Só levando a rir (aprendi aí de que maneira). Uma democracia sim, mas com uma clivagem brutal (visão europeia talvez, mas ao falar com amigos americanos e outros a opinião era a mesma).
      Vou resumir algo terá acontecido que as mesmas pessoas ai algumas outras que para aí voltaram deram-me provavelmente informações erradas. A coisa tinha melhorado. Nenhum governo é perfeito aí ainda é mais difícil as coisas funcionam do jeitinho brasileiro, tipo mensalão que aqui temos como exemplo o deputado/queijo limiano. Qualquer força mais para um lado ou outro tem que fazer alianças com tipos pouco recomendados...isso é aí e em muito bom país dito bastante desenvolvido exemplos não faltam.
      Corruptos/corruptores estão em todo o lado aqui é igual na Alemanha é igual etc...
      O bolsa familia só dá para rir de quem crítica, foi considerado um modelo para seguir, um exito pela onu, unesco em pleno 2014...mas será que os pasquins passaram isso? Meto o link da onu.
      Qualquer um vê é que são praticamente auto suficientes em tudo e depois de aí estar a sensação aumenta. Nisso se Deus existe deve gostar muito daí. Como é que não estão já no clube dos ricos e ainda e só um país importante a nivel regional a nível de desenvolvimento?
      A Burocracia é sempre uma dor de cabeça para quem vem de fora e para quem aí vive. Tipo querer abrir um negócio é de arrepelar os cabelos. P/ex.
      Entendam-se e metam/botem mas é isso para frente, quem dera qualquer país da Europa ter 1/10 que a mãe natureza deixou (e nem é preciso desmatar). E só ter 200 milhões habitantes (em estabilização como nos países ditos desenvolvidos).
      Abraço
      Nuno

      Eliminar
  12. Anónimo21.3.15

    Olha essencialmente é isso aí:

    http://redecastorphoto.blogspot.pt/2015/03/moniz-bandeira-eua-promovem.html?m=0

    Nuno

    ResponderEliminar
  13. Essencialmente no Brasil temos uma imensa classe media-alta, os 40% inadimplentes no cartão de crédito são por pura pirraça, ptz

    ResponderEliminar
  14. Anónimo22.3.15

    É engraçado ler comentários fanáticos de ambos os lados sendo rebatidos por quem está de fora. Valeu Max, por mostrar a cara desta disputa política de fanáticos que está cegando o Brasil.

    ResponderEliminar
  15. Anónimo23.3.15

    Daysi e os petistas não falam em golpe por análise da situação. Nas manifestações de 15 de março e nas Redes milhares pediram e pedem intervenção militar. É um fato e os vídeos e fotos comprovam.

    ResponderEliminar
  16. Quantum Binary Signals

    Get professional trading signals delivered to your mobile phone daily.

    Follow our signals right now and make up to 270% a day.

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...