22 janeiro 2016

Blog em pausa até o dia...

Aviso: o blog entra em pausa.

Pois é. A culpa é do autor que decidiu voltar temporariamente para Italia.
Por qual razão? Porque sente falta de pizza, de tocar o bandolim e de cantar "O sole mio" à janela. As coisas normais que qualquer italiano faz.

Ao longo de quanto tempo o blog ficará parado? Não faço ideia. Provavelmente ao longo de algumas semanas (duas ou três?): preciso de descanso, os últimos tempos foram (e ainda são) bastante complicados por razões pessoais.

Pelo que: ar de casa (com neve!) e recarregar as baterias.
Juro: vou tentar escrever algo a partir de lá. Em Português. Tanto para ver "ao vivo" o que se passa naquele País. E, dado que vou passar pela Espanha e pela França também, vou espreitar como estão as coisas: se encontrar algo de errado, aproveito para ralhar e pôr um pouco de ordem aí também. E que raio.

Comportem-se e aproveitem do espaço dos comentários para escrever tudo e mais alguma coisa que possa passar-vos pela cabeça. Tudo mesmo, sem problemas: sugestões, links, observações, ideias, teorias, notas pessoais...tudo.

E fiquem bem
.

Dentro de nós, diz o poeta, há um homem que quer ir. 
Onde, isso não importa. O importante é ir.
 Ulisses, um dia depois do massacre, acordou e viu que dormia a seu lado Penelope.
 "Como sou feliz", pensou o herói. Os inimigos tinham morrido e no palácio o silêncio reinava absoluto. Então entrou no quarto do filho: Telêmaco também dormia. "Como sou feliz", pensou novamente Ulisses. Então foi para o porto, viu um navio e disse aos marinheiros: "Vamos". 
Luciano De Crescenzo.

Ipse dixit.

15 comentários:

  1. Anónimo22.1.16

    Bom descanso. Espero que consiga resolver o que precisa. Farão falta seus artigos.

    Abraços
    Faltausername

    ResponderEliminar
  2. Anónimo22.1.16

    Bom regresso a casa Max, e um retorno em breve a Portugal.
    Sempre leio os artigos do blog, embora já não comente com tanta frequência como queria por manifesta falta de tempo... - esta vida sempre a correr para a morte - descansa muito e com tempo:-)

    Um grande abraço

    Zarco

    ResponderEliminar
  3. Puxa Max, será uma bela viagem! Lembranças aos teus em Itália, e aproveita o frio que aqui está um calor de rachar

    ResponderEliminar
  4. Buon appetito!
    Aguardando seu retorno na paz da gratidão.

    ResponderEliminar
  5. Aproveita, e por favor, se puder, me arranje uma italiana morena e jeitosa ( AI QUE DEI UM PIROPO .... VOU PRESO )
    HAHAHAHAHAHA
    Boas férias.

    ResponderEliminar
  6. Vá, mas volte depressa. Senão tenho que relançar o meu blogue.

    ResponderEliminar
  7. Max, boas férias e volte logo...vc conquistou muitos leitores, agora é responsável por nós!!! Abs

    ResponderEliminar
  8. Max, boas férias e volte logo...vc conquistou muitos leitores, agora é responsável por nós!!! Abs

    ResponderEliminar
  9. Grande Max. sem querer estragar sua pizza mas, assim que puder veja esta: https://www.youtube.com/watch?v=bHqs6vZX_nw

    Sinto muito, sou grato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo26.1.16

      Somando com isto...

      https://www.youtube.com/watch?v=4zNTX8LaV_k

      Parodiando: Sinto muitíssimo e sou nada grato.

      Eliminar
  10. Anónimo27.1.16

    http://www.zerohedge.com/news/2016-01-25/20-dead-200-hospitalized-after-reports-us-lab-leaks-deadly-virus-ukraine

    Nuno, confirmação ou falso?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo28.1.16

      Vou ler amanha e procurar fontes.
      Depois digo algo.

      Abç

      EXP001

      Eliminar
  11. Anónimo28.1.16

    Ora um artigo interessante.


    Sensacional: a Alemanha e a ONU contra a Síria, por Thierry Meyssan



    JPEG - 26.5 kbDesde 2005, o acadêmico alemão Volker Perthes participou, ao lado da CIA, na preparação da guerra contra a Síria. Ele dirige o mais poderoso think tank europeu, a Stiftung Wissenschaft und Politik (SWP).



    Os neo-conservadores e os falcões liberais que demoradamente prepararam, desde 2001, a guerra contra a Síria, apoiaram-se a partir de 2005 sobre vários Estados da Otan e do Conselho de Cooperação do Golfo. Se já se conhecia o papel jogado pelo general David Petraeus, em lançar e manter a guerra até aos dias de hoje, duas personalidades —Jeffrey Feltman (numero 2 da Onu) e Volker Perthes (director do principal think tank alemão)— ficaram na sombra. Em conjunto, com o apoio de Berlim, eles utilizaram, e continuam a manipular, as Nações Unidas para destruir a Síria.

    Em 2005, quando Jeffrey Feltman —então embaixador dos E.U. em Beirute— supervisionava o assassínio de Rafic Hariri, ele apoiou-se na Alemanha, tanto para o assassínio em si próprio(Berlim forneceu a arma) [1], como para a acção da Comissão de investigação da Onu encarregue de acusar os presidentes el-Assad e Lahoud (o procurador Detlev Mehlis, o comissário da polícia Gerhard Lehmann e a sua equipe). A campanha internacional contra os dois presidentes foi, nomeadamente, animada pelo politólogo alemão Volker Perthes [2]

    Ver mais em :
    http://navalbrasil.com/sensacional-a-alemanha-e-a-onu-contra-a-siria-por-thierry-meyssan/

    EXP001

    ResponderEliminar
  12. Anónimo31.1.16

    https://caminhoalternativo.wordpress.com/2016/01/30/o-virus-zika-e-propriedade-da-fundacao-rockefeller/

    ResponderEliminar
  13. Anónimo1.2.16

    http://www.paulcraigroberts.org/2016/01/30/the-west-is-reduced-to-looting-itself-paul-craig-roberts/

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...