06 janeiro 2016

Solzhenitsyn: o livro censurado

O livro censurado de Aleksandr Solzhenitsyn 200 Years Together, citado no anterior artigo A relação entre Rússia e Israel, pode agora ser descarregado neste link (que é o espaço cloud do blog) ou lido directamente no navegador, sendo um ficheiro Pdf.

Infelizmente não encontrei nenhuma versão portuguesa ou espanhola, apenas aquela inglesa. E suspeito que nem existam.

O livro está presente em versão incompleta, mesmo assim tem mais de 400 páginas (definitivamente, Solzhenitsyn não tinha o dom da síntese: experimentem ler "Arquipélago Gulag").

Em particular, estas são as partes disponíveis:

Volume 1 - The Jews before the Revolution:
Cáp. 1 Before the 19th century
Cáp. 4 During the period of reforms
Cáp. 5 After the murder of Alexander II

Volume 2 - The Jews in the Soviet Union:
Cáp. 13 The February Revolution
Cáp. 14 During 1917
Cáp. 16 During the Civil War
Cáp. 17 Emigration between the two World Wars
Cáp. 18 In the 1920s
Cáp. 19 In the 1930s
Cáp. 20 In the camps of GULag
Cáp. 21 During the Soviet-German War
Cáp. 22 From the end of the war to Stalin's death
Cáp. 23 Before the Six-Day War
Cáp. 24 Breaking away from Bolshevism
Cáp. 25 Accusing Russia
Cáp. 26 The beginning of Exodus
Cáp. 27 About the assimilation. Author’s afterword

O livro descreve uma ampla história dos judeus na Rússia, desde o ano de 1795 até o de 1995. Não é um livro sobre o Sionismo mas sobre os judeus russos, uma comunidade muito numerosa em particular nas décadas passadas.


Publicado em 2001, acolhido com acusações de antissemitismo, viu a luz em Ocidente apenas em 2002 na Alemanha e na França (aqui a versão completa em Francês, sempre formato Pdf) para depois desaparecer definitivamente.

Em Inglês existe só a versão parcial aqui publicada, traduzida por voluntários, enquanto de outros idiomas nem se fala. Isso porque, como sabemos, vivemos numa sociedade sem qualquer tipo de censura, onde a informação circula livremente.


Ipse dixit.

4 comentários:

  1. José Figueiredo7.1.16

    O "Arquipélago do Gulag" é uma obra que convida ao estudo dos arquivos soviéticos sobre os Gulag's bem como demais literatura sobre o tema e se possível, ouvir depoimentos de quem por lá esteve detido ou de pessoas ligadas a esses mesmos cidadãos que por lá passaram.

    Um autor com uma obra de investigação literária de elevado relevo, sobre a Rússia, é Grover Furr, que recomendo.

    ResponderEliminar
  2. Chaplin8.1.16

    Aguardamos as impressões do super Max sobre a obra...hehe

    ResponderEliminar
  3. Não fossem os direitos de autor... eu sei quem editaria isto.

    ResponderEliminar
  4. Não fossem os direitos de autor... eu sei quem editaria isto.

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...