25 outubro 2016

As melhores suites de programas portáteis

Como é que nunca falei delas? As suites! E fala-se aqui de suites de programas portáteis.

O que há de melhor dum programa portátil?
  • Não tem que ser instalado (é só baixar e rodar)
  • Vem connosco (num pendrive ou cartão de memória) para funcionar em qualquer computador
  • Não deixa rastos no registo de Windows, nem nas pastas do usuário
  • Não afecta as preferências dos programas equivalente que já se encontram instalados no nosso computador (ou naquele dos outros) 
Mas imaginemos ter uma pendrive que podemos encher com os nossos programas favoritos: não seria bom ter o conjunto de programas já prontos em vez que ter de baixa-lo um atrás do outro?
A boa notícia que este conjunto existe, é a tal suite. A segunda boa notícia é que mais de uma suite disponível. A terceira boa notícia é que, caso a suite não apresente mesmo os nossos programas favoritos, podemos sempre modifica-la ou construi-la de raiz ao nosso gosto.

Hoje vamos ver a parte mais simples, as suites já prontas que não precisam de ser instaladas em lado nenhum: como afirmado, é só descarregar e utilizar, no nosso computador de casa, do trabalho, dum nosso amigo, em viagem.

Ah, uma última boa notícia: caso não estejam interessados em ter uma inteira suite, podem sempre descarregar singularmente um ou mais programas: rodam normalmente mesmo que separados da respectiva suite.

WinPenPack

Começo por esta por uma razão muito simples: é italiana! (mas o site é multilíngua, português incluído). WinPenPack é disponível em três variantes:

WinPenPack Full (780 MB)
WinPenPack Essential (585 MB)
WinPenPack Personal (variável)

A primeira, a Full, traz 50 programas de áreas quais Internet (Firefox, Thunderbird, Filezilla, etc.), Multimedia (Audacity, VideoLAN, etc.), Office (Sumatra PDF, Libre Office, etc.), mais Gráfica, p2p, Segurança, Utilidades de Sistema e mais ainda.

A segunda, a Essential, traz uns 40 programas, enquanto a terceira, a Personal, traz apenas o lançador ao qual podem ser depois acrescentados todos os programas que desejarmos.

A versão Personal é a opção mais interessante porque na verdade o site WinPenPack disponibiliza cerca de 979 programas portáteis: todos podem ser descarregados separadamente ou acrescentados à nossa suite personalizada. A lista completa pode ser encontrada neste link.

Mas é claro, quem tem pressa ou não quer gastar tempo em compilar a sua própria versão personalizada, pode tranquilamente escolher uma das duas suites já pronta. Lembro mais uma vez: descarregar e rodar, mais nada.

PortableApps

É talvez o site mais "conceituado" do grupo, apesar de ter-se deixado escapar um programa (Transmission) com maleware um par de meses atrás...

Iniciado em 2004 com uma simples versão portátil do navegador Firefox, com o tempo cresceu tendo criado uma ampla e muito activa comunidade de membros que colaboram ao trabalho.

Não oferece uma suite mas uma lista com mais de 300 programas que podem ser descarregados singularmente ou utilizado com a plataforma (um lançador) própria de PortableApps, à qual depois deverão ser acrescentados os programas que desejamos.

A lista completa dos software disponíveis está disponível neste link.

A ligação para descarregar a plataforma (a tal que depois deve ser "enchida" com os nossos programas por nós escolhidos) é disponível neste link.

Lupo PenSuite

...e assim descobri que afinal há outra suite italiana: Lupo!
Também Lupo PenSuite está disponível em várias versões:

Lupo PenSuite Full (990 MB)
Lupo PenSuite Lite (340 MB)
Lupo PenSuite Zero (variável)

A suite Full traz mais de 160 programas em menos de 1 Giga, é obra! Todavia...

Todavia há um senão: as novas versões da Lupo PenSuite são publicada em Janeiro de cada ano e agora estamos com a versão publicada em Janeiro de 2016.

Isso significa que os programas também estão presentes nas respectivas versões existentes em Janeiro deste ano, sem as actualizações sucessivas. É verdade que cada programa pode depois ser actualizado uma vez descarregado, todavia as outras suites apresentam aplicações em dia, o que é mais cómodo e, sobretudo, mais seguro. É uma pena, porque Lupo PenSuite apresenta programas deveras interessantes.

Lupo PenSuite pode ser útil caso o Leitor não seja um maníaco das últimas versões mais recentes, sempre que tenha a certeza de não existirem problemas de segurança ao utilizar versões já com alguns meses de existência.

Em qualquer caso, aqui ficam as ligações para todos os programas que podem ser descarregados a partir do site de Lupo PenSuite (link) e para a página que reporta uma lista bastante exaustiva de aplicações utilizáveis directamente online (link).

SyMenu

Symenu é um programa um pouco diferente: não apenas permite utilizar uma longe série de portáteis, como se configura sendo um menu alternativo ao nativo de Windows.

Portanto, não apenas programas portáteis mas também campo para pesquisa interna ao nosso computador, painel de controle, aplicações recentemente utilizadas, etc., tudo num estilo não particularmente atrativo, verdade seja dita (faz lembrar o menu das antigas versões Windows), mas sem dúvida funcional.

SyMenu, quando fechado, está disponíveis através uma pequena ícone que permanece por cima das outras janelas abertas (mesmo daquelas do navegador, mas esta funcionalidade pode ser desactivada): pelo que, é só escolher a melhor posição no ecrã (a ícone é flutuante) e teremos sempre à disposição os programas portáteis e o menu do sistema. Nada mal.

Ampla a lista de programas portáteis disponíveis no site de SyMenu: mais de 1.000, isso porque SyMenu traz ligações para todas aplicações desenvolvidas pelas outras suites (WinPenPack, PortableApps, etc.).

LiberKey

Como antes: três versões (Ultimate, Standard, Basic), e uma ampla lista (link) da qual escolher os programas para a personalização da nossa pendrive.

Está presente a versão em Português, no entanto a escolha dos programas instalados nos pacotes pré-definidos tem uma grave falha: em nenhum deles é presente um navegador, nem na versão Ultimate (que "pesa" mais de 1 Giga).

É verdade que é possível acrescentar um browser mais tarde, uma vez descarregada uma das três suites disponíveis, todavia a coisa parece-me bastante estúpida, sobretudo porque uma das vantagens de ter uma suite num suporte amovível (tipo uma pendrive) deve ser mesmo o poder utilizar um navegador com as nossa predefinições (bookmarks, speed dial).

Simpática a página das estatísticas (link) que permite descobrir quais os programas que o público mais prefere.

Não perguntem a razão, mas eu desconfio um pouco desta LiberKey. Será porque é francesa, não sei... 

As Docks

À mesma categoria pertencem as docks (barras de tarefas flutuantes) que, todavia, têm um interface
diferente. Se os menus principais das suites até aqui encontradas se posiciona na parte baixa do ecrã (perto do relógio), estas funcionam como uma barra flutuante.

Não estão presentes várias versões, há só uma que depois é possível personalizar com os nossos programas favoritos. Do ponto de vista estético representam uma agradável solução (se se gosta do género), mas não trazem nenhuma novidade do ponto de vista funcional.

De seguida, os links para as duas suites disponíveis neste formato:
Pendriveapps

Por fim, é preciso citar Pendriveapps. Não oferece nenhuma suite, mas apresenta uma enorme lista de programas portáteis mais um par de instrumentos deveras interessantes: JauntePE e Innounp. Este permitem "portabilizar" programas que até agora não estão disponíveis como tais. Não que a coisa seja facílima, mas faz-se, sobretudo no caso de Jaunte PE.

Problemas: Jaunte PE não suporta os Sistemas Operativos 64 bit enquanto Innounp precisa duma verdadeira instalação e funciona sem uma verdadeira interface gráfica mas com linha de comando, o que decididamente não é para todos.

Em qualquer caso, eis todos os links:
Pendriveapps
Jaunte PE
Innounp

...e para acabar:

Três últimas notas.

A primeira é a seguinte: as versões de Google Chrome apresentadas nas várias suites não são portáteis: Chrome, por definição, afecta o nosso registo, pelo que não é possível falar de "portabilidade".

A segunda é: eu sei que a ideia de descarregar um programa antivírus portátil pode parecer simpática (os antivírus alteram pesadamente o registo do Sistema Operativo), mas é uma péssima solução. Para poder proteger de forma adequada, os antivírus têm que intervir no registo do nosso sistema. Como antivírus portáteis geralmente são oferecidos ClamWin e Simple Machine Protect: enquanto o segundo é suspeito (Karpesky sinaliza uma ameaça ligada a este programa), ClamWin é um honesto programa de dimensões conteúdas que, de vez em quando, até consegue encontrar um vírus. É óptimo para ser instalado numa pendrive, mas não pode substituir um antivírus clássicos (Avira, Avast, 360 Total Security, etc.).

A terceira: há na internet páginas que oferecem programas portáteis, alguns dos quais não disponíveis de outra forma porque não existentes de origem ou porque o produtor do software não deu a autorização para produzir uma ver~soa portátil. Portanto, há um aspecto legal (que pessoalmente não me afecta) mas sobretudo um aspecto ligado à segurança: descarregar um programa de terceiros implica a possibilidade de descarregar algo que pode conter códigos maliciosos. Ou já temos experiências positivas com um destes "terceiros" ou então melhor ficar com sites reconhecido pela respeitabilidade do trabalho feito (tal como aqueles presentes neste artigo).


Ipse dixit.

2 comentários:

  1. Anónimo25.10.16

    O LiberKey permite instalar automaticamente apps do PortableApps.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo24.11.16

    E o ZeroInstall, que permite utilizar as aplicações a partir do ficheiro de instalação sem sequer ter que as descomprimir?

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...