03 novembro 2016

Interrupção

Pessoal, lamento informar que Informação Incorrecta ficará parada ao logo de uns tempos.

Não costumo partilhar a a minha vida pessoal no blog, mas esta é a segunda vez que I.I. pára em pouco tempo e acho justo que todos os Leitores que costumam acompanhar-me com carinho saibam as razões daquele que poderia parecer como um desinteresse por minha parte no blog. Nada disso: mesmo hoje recebi a notícia de que a minha mãe está a morrer e desejo estar-lhe perto nos seus últimos dias.

Foi esta a razão pela qual me ausentei durante alguns meses do Verão: depois as coisas pareciam bem encaminhadas, então voltei para Portugal. Mas hoje chegou o veredicto final. Infelizmente há coisas que acontecem, que não podemos controlar.

Vou tentar escrever algo desde Italia. Se calhar parece insensível, mas acho que poderia ser uma forma de "distrair-me" ao longo duns minutos durante o dia. Veremos.

Mais uma vez, peço desculpa pelo incómodo e obrigado a todos pela paciência.


Max

25 comentários:

  1. Muito obrigado Adir.

    E aproveito para explicar que é por esta razão que não respondi aos comentários nos últimos tempos: estou um pouco... assim, nem sei bem como dizer. Talvez: não muito bem disposto (eufemismo...).

    Mas para falar do blog, acreditem: custa-me deixar I.I., mesmo que seja só ao longo duns tempos. Afinal são 6 anos partilhados com cada Leitor, um encontro diário que quando não acontece fica em falta.

    Quando comecei, pensei: "Quem sabe, se calhar um dia vai ter um certo sucesso". Mas muito cedo percebi que estava nas tintas pelo facto de ter sucesso ou não (em termo de número de Leitores, entendo): o importante era, e ainda é, aprender, conseguir ler a realidade duma forma diferente (errando também se for o caso), partilhar isso com pessoas que, mesmo não tendo exactamente os mesmos pontos de vista, também pensam que algo está mal, que aquele onde vivemos poderia ser um lugar bem melhor. Acho que neste aspecto o blog tem "sucesso" e é isso que mais importa.

    Ok, vou preparar-me pois o avião parte em poucas horas e tenho mesmo que partir. São coisas da vida, pelas quais todos temos que passar mais cedo ou mais tarde. Só que quando acontece a nós, bom, a coisa dói como é óbvio.

    Fiquem bem e portem-se mal.

    Um abraço para todos.

    Max

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Max, te desejamos toda a força do mundo nestes momentos difíceis e inevitáveis para todos nós. E que tudo se encaminhe da melhor forma possível.
      Grande abraço.

      Eliminar
    2. Max, é a inevitabilidade da vida.
      Toda nossa força e sentimentos estarão com você.
      E que todos sofram o menos possível.
      Um grande abraço e aguardaremos ansiosos por seu retorno.

      Eliminar
  2. Bandido3.11.16

    Força Max, tens o apoio dos leitores/participantes do I.I. (penso falar por todos).

    ResponderEliminar
  3. Anónimo3.11.16

    "um encontro diário que quando não acontece fica em falta" é mesmo.

    Max tenho-te como um amigo e gostaria de te dar um abraço.
    Diz algo , quando sentires vontade... nem que seja apenas um ola.

    Abraçãoooooo

    EXP001

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. Max,
    Desejo que tudo corra pelo melhor. Mesmo quando a situação parace ser muito difícil, por vezes, as coisas evoluem positivamente, e é isso que espero que aconteça com a tua mãe.

    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  6. Até breve Max, força e razão para este momento que enfrenta, é o que lhe desejo.

    ResponderEliminar
  7. Caro Amigo: esses são os momentos mais desgraçados da nossa vida, perder aqueles que amamos. Embora seja inevitável a gente fica infeliz. Desejo que a Maria esteja contigo nestes dias, e nós daqui estaremos sempre contigo, mesmo que de longe.Meu abraço muito forte.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo3.11.16

    Nossa, meus pêsames. Gosto muito desse blog, logo desejo muita força, ânimo e serenidade para você passar por esta situação.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo3.11.16

    Que tudo corra bem para tua mãe e pra ti Max. Que tua ida à Itália dê a ela forças para superar este momento difícil.

    Um forte abraço,
    Expedito.

    ResponderEliminar
  10. Max !! Aqui deste lado tá um leitor que tem estado sempre atento ás tuas publicações que teem sido fantasticas,quero deixar uma palavra de ânimo para estes momentos mais complicados de nossas vidas !! Coragem, calma e serenidade e que tudo não passe de um falso alarme !! Abraço

    ResponderEliminar
  11. Olá mãe do Max,

    a viagem de regresso a casa vai começar. As partidas são sempre dolorosas, mas esta não significa uma ausência definitiva.
    Siga confiante rumo à liberdade espiritual, rumo a casa.
    Quando o desprendimento corpóreo acontecer, logo entenderá o que lhe digo.
    Mais lições se seguirão na vida além-túmulo. Esse sim, é o nosso verdadeiro destino: aprender e evoluir uma vez mais.
    Também chegará a hora em que o "toque da saída" da escola soará para nós. E aí nos encontraremos.

    A título mais pessoal, digo-lhe o seguinte: Sem a conhecer, acredito que é uma belíssima alma luminosa, pois para ter educado o nosso amigo Max como o conhecemos, revela o seu Amor e alegria.

    Muita força nesta hora, muita coragem.
    As despedidas são sempre difíceis, mas a certeza de um reencontro só pode trazer júbilo à nossa alma.

    Muita luz, muita paz e muito Amor,
    --
    Do amigo espírita, Ricardo Saraiva

    ResponderEliminar
  12. Anónimo4.11.16

    Força...

    Nuno

    ResponderEliminar
  13. Chaplin4.11.16

    Que tua mãe tenha um bom processo de passagem. Força! Abraço.

    ResponderEliminar
  14. Coragem nestes dias terríveis Max. Sabe que ainda haverá Sol e auroras depois...

    ResponderEliminar
  15. Anónimo5.11.16

    Max, lamento as notícias. Que esses dias sejam rapidamente ultrapassados.

    ResponderEliminar
  16. anonimo 568.11.16

    Momentos dolorosos, mas que o tempo acaba por curar.

    Boa sorte Max.

    ResponderEliminar
  17. Anónimo9.11.16

    Max,

    Nestes momentos, ficamos sem palavras e as emoções à flor da pele.
    Um grande abraço neste momento que não é fácil.

    Zarco

    ResponderEliminar
  18. ...Os sábios não lamentam nem os vivos nem os mortos. Nunca houve nenhum tempo em que Eu fosse inexistente, nem você, e nem haverá futuro em que não existiremos. Como a alma que se encarna passa sucessivamente, no mesmo corpo, da infância à juventude e à velhice, o mesmo se dá pela transmigração de um corpo a outro. E os sábios não se perturbam com isso. Oh, Arjuna, somente pela interação dos sentidos existe frio, calor, prazer e dor. Essas coisas são temporárias, surgindo e desaparecendo. Então tente tolerar isso. Ó valoroso entre os homens, saiba que quem mantém um sábio julgamento na tristeza ou na alegria, e em ambas se mantém imperturbável, é digno da liberação (Nirvana). Os sabedores da Verdade concluíram, estudando a natureza dos dois: no irreal não há duração, e no real não há cessação. Aquilo que pelo corpo se espalha é de natureza eterna. Ninguém pode destruir a nossa alma imperecível. Só o corpo material certamente morrerá, mas a alma é eterna em existência, indestrutível e infinita. (...) Quem pensa que a alma (ayam) pode matar ou morrer não entende a realidade, mas quem tem conhecimento sabe que a alma não mata e não pode ser morta. Nem nascimento nem morte pode acontecer a alma. Ela existe eternamente, e nunca é destruída quando o corpo perece. Oh, Arjuna, como pode alguém que sabe que a alma é eterna, não-nascida e indestrutível e imperecível causar a morte de alguma pessoa? E a quem ele mata? Como quem muda de roupa e abandona as roupas velhas, a alma aceita um novo corpo descartando o corpo inútil. Ninguém pode ferir a alma com nenhuma espécie de arma; não há fogo que a queime; a água não pode molhá-la nem pode o vento secá-la. Nossa alma individual sendo imóvel e imutável, insolúvel, inquebrável e primordial. Sabendo, pois, que a alma é imperceptível, inconcebível e imutável, é impróprio pra você se lamentar.

    (Bhagavad Gita cap. 2; 11-25)

    http://www.saindodamatrix.com.br/archives/2003/10/reencarnacao_hinduismo.html


    A View of The Spiritual World

    http://www.japaretreats.com/wp-content/uploads/2010/10/Krishna-loka-large.jpg


    Abraço!

    ResponderEliminar
  19. Não somos seres humanos vivendo uma experiência espiritual, somos seres espirituais vivendo uma experiência humana.
    Teilhard de Chardin
    Abraço

    ResponderEliminar
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  21. Caríssimo Max, leio esta "Interrupção" com um sentimento misto de compaixão e de alegria, me desculpe, pois durante os últimos meses procurei quase diariamente seu blog, que é tão importante para os corações e mentes ainda não totalmente manipulados! Sei o que você está sentindo, pois minha mãe tem 98 anos e a qualquer momento pode me faltar, e quando acontecer será muito doloroso...

    ResponderEliminar
  22. Prezado Max estava sentindo muito a falta do seu blog. Eu o procurava quase todo dia. Lamento sinceramente que sua mãe esteja com a saúde tão abalada e desejo que Deus ( a Fonte, a Natureza...quem sou eu para saber ?) faça o melhor por ela.

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...