23 abril 2017

Ainda o medo: até quando?

Após a publicação do artigo acerca do pequeno programa para limitar a recolha de dados a partir dos nossos computadores, surgiu um interessante comentário de Vapera.

Interessante também porque em linha com quanto tenho lido por parte de outros Leitores nos últimos tempos (a propósito: lamento ainda não ter resolvido o problema que me impede de poder comentar, isso está a tornar-se uma piada, mas enfim...).

Em primeiro lugar: espero que Vapera, não encare isso como um ataque pessoal, aqui estamos só para discutir e pego no seu comentário apenas por ter sido o último em ordem temporal, ok? Aliás,a proveito para agradecer a participação dele na actividade do blog.
Obrigado.

E agora?
Agora vamos a isso.


Somos controlados biometricamente
Sei que aí em Portugal já é obrigatório como em toda europa também, a biometria nas identidades.
Mas onde? Qual biometria? Donde raio chegam as informações que utilizam aí no Brasil??? O meu B.I. português é de papel, não tem chips escondidos em lado nenhum, é o mesmo papel utilizado há 100 anos. O meu B.I. italiano é igual, de papel, sem chip, idêntico ao primeiro B.I. que obtive uma vez chegado à maior idade (nem a fadiga de melhorar o aspecto fizeram, preguiçosos).

Os chips presentes nos B.I. de alguns cidadãos portugueses (em Italia isso não existe)? Por favor, informem-se: é o mesmo chip que pode ser encontrado no bilhete do metropolitano, algo extremamente simples, básico e absolutamente inócuo. De "biométrico" nem o aspecto tem, perguntem a qualquer informático: mesmo que não seja um especialista deveria poder explicar de forma clara e simples.
Ponto final.

O raio da morte
Se um governo entender que somos inconveniente pode emitir em nossos celulares o sinal mortal e cairemos duros, mortos de um "mal súbito.
Pessoal, tentamos não ficar paranoicos, pode ser?
Se isso fosse verdade, no mundo não haveria guerras.

Os EUA querem eliminar Assad na Síria? Então enviam-lhe um "sinal mortal" e ele cai morto.
Por qual razão não fazem isso? Simplesmente porque não existe nenhum "sinal mortal" que possa ser enviado. Pelo contrário, Washington gasta biliões sem conseguir obter resultados dignos de nota porque do outro lado está uma potência, a Rússia, que também não tem "sinal mortal" e combate com as mesmas armas obsoletas.
Leram bem: "obsoletas".

As armas do futuro

Não sei se repararam, mas os últimos episódios bélicos viram a utilização de gás (uhi, grande novidade!) e de mísseis, uma arma tão moderna que a sua primeira utilização aconteceu durante a dinastia Song, na China do século 13º. E a MOAB? A "mãe de todas as bombas" outra coisa não é a não ser uma bomba maior do que as outras em dimensões, enchida com RDX (explosivo conhecido desde os anos '30) e TNT (descoberto em 1863).

Wow, armas dignas da melhor ficção científica, sem dúvidas...

Voltamos ao Windows: há anos que a partir deste blog aconselho de todas as maneiras a utilização dum sistema Linux, um qualquer, desde que não seja utilizado o infame Windows. Mas sei que a maioria dos Leitores continua a utilizar o sistema operativo da Microsoft, evidentemente porque o ser humano é geneticamente masoquista (e preguiçoso).

Nesta óptica, acho bem fornecer pequenos instrumentos que não fazem milagres, como é óbvio, mas dificultam (minimamente) a recolha de dados e libertam parte da banda utilizada pelas conexões internet, permitindo um mínimo de ganho em termo de fluidez de navegação.

Está tudo controlado: melhor não mexer-se

O sistema operativo e os programas da Microsoft estão cheios de "subprogramas" que actuam de forma desconhecida? Claro que sim. E o mesmo se passa com Google ou até com aplicações online como Facebook, por exemplo. Onde está a novidade nisso? Acham que Windows 10 está pior do que um Windows 8, um Vista, um XP? Mas por favor...

Mas então, qual a alternativa? Não mexer nem sequer um dedo? Pensar "Está tudo mal, estamos tramados"? Se esta fosse a linha de pensamento, eu deveria fechar já o blog, aliás, todos os blogues de informação alternativa deveriam fechar já, pois "tudo é inútil".

Lamento, não alinho nisso.
A razão? Porque é mesmo este o objectivo que um qualquer sistema dominante deseja: a desistência, fazer passar a ideia de que qualquer forma de resistência é obsoleta, que há possibilidades nas mãos de quem manda que nem podemos imaginar, que há instrumentos quase fantacientíficos que bloqueiam qualquer tipo de oposição. Resumindo: o poder alimenta a sua própria segurança também com a construção de mitos (tipo o "sinal mortal").

Nós, todos nós, temos que combater esta tendência e desfazer os mitos: afastar os medos que nós mesmos criamos e difundimos.
Sigam o raciocínio, por favor.

O "poder" tem armas incríveis: eis as provas

Então o "poder" sabe tudo acerca de cada um de nós, certo? Tem os dados biométricos (???), chupa dados dos nossos computadores (mesmo que tentamos evitá-lo: "é tudo inútil"!), utiliza o nosso smartphone para controlar onde estamos, com quem e o que fazemos, vigia a partir do espaço com satélites que podem lançar um raio que queima a cauda do Leonardo se este não se comportar bem. Esta a teoria. Agora passamos para a prática.

A prática é que há Echelon, uma super-orelha obrigada a analisar triliões de dados informáticos a cada dia. Toneladas de informações absolutamente inúteis são vasculhadas, gastando imensos recursos, à procura... pois, à procura de quê? Porque depois descobrimos que a chancelera Angela Merkel tem os seus telefones interceptados, exactamente como aconteceu com o presidente Nixon (em 1972!). Passaram mais de 40 anos mas as "novas armas" afinal são as mesmas.

Depois é suficiente um funcionário zangado (Snowden) para ridiculizar todo o sistema de espionagem dos Eua.

Depois o Presidente Trump ameaça a Coreia com a sua "Invencível Armada" e nem sabe que a frota se encontra no outro hemisfério.

Aqui na Europa o "poder" é tão forte que nem pode evitar a queda a pique da União Europeia, uma estrutura de controle que demorou décadas para ser construída (também com a ajuda dos EUA) e que até, supostamente, tem os nossos "dados biométricos".

O "poder" é tão poderoso que vê-se preto para eliminar um indivíduo politicamente nulo e economicamente arrasado como Nicolas Maduro.

O "poder" tem armas tão avançadas que, ao ouvir os teóricos da conspiração, teve que atacar os vários Lulas, Dilma e Chávez com... o câncer! (provavelmente o "sinal mortal" estava em fase de manutenção).

O que significa isso? Significa que o melhor aliado do poder é o medo. E somos nós que construimos boa parte (a quase totalidade, para sermos mais precisos) do nosso medo. O "poder" nem tem que esforçar-se muito: é só vender um sistema operativo com código fechado e eis que nós (e não eles, mas nós!) vemos em Windows 10 a arma informática final que todos escraviza.

Meus senhores, se Windows 10 fosse o que acham ser, acreditem que no mundo não haveria uma única cópia de Linux disponível. Simplesmente não seria permitida.

No nosso B.I. há um chip? Meus Deus, este chip é o sinal de Satanás (já li isso...), a arma definitiva, o controlador supremo que chupa a nossa energia vital e escraviza as nossas mentes. Depois navego num site de vendas na China e descubro que é possível encomendar um anel que funciona como o dito chip (aliás. goza com o chip satánico!), custa uns 15 Dólares e não parece uma tecnologia oriunda dos Reptilianos.

E internet? Intenet, meus senhores, internet!!! Está toda controlada, não há como fugir. Será que só eu consigo ver as televisões da China, da Coreia do Norte, do Irão, da Síria (e também os jogos de futebol que os outros pagam, o que dá um jeitão)? Será que num destes dias vou ser atingido por um "sinal mortal"?

O "poder" é complexo e invencível

É o medo, meus senhores, tudo isso é o medo. O "poder" é feito de indivíduos, como nós, com as suas falhas, os seus defeitos, as suas paixões. Somos nós que acrescentamos o medo e este "poder" se torna algo superior, feito de tecnologias avançadas futuristas e inexistentes, feito de medidas aparentemente incompreensíveis mas na realidade absolutamente humanas.

O primeiro passo para combater o sistema não é entender como este funciona mas conseguir pô-lo no nosso mesmo plano: ultrapassar o natural sentido de inferioridade que cada indivíduo tem perante um organismo aparentemente mais complexo, perceber que este organismo é feito de muitas partes, cada uma pequena e cada uma perfeitamente ao nosso alcance.

Se não fizermos isso, o organismo permanece enorme, incompreensível, incontrolável, demasiado complexo: invencível. Mas é mesmo assim que proliferam os mitos: é desta forma que somos obrigados a inventar conspirações universais para tentar justificar coisas que aparentemente fogem à nossa lógica. Tal como o homem primitivo via um Deus atrás do relâmpago, da mesma forma nós tentamos explicar fenómenos aparentemente complexos com algo igualmente complexo e misterioso. 

Vice-versa, uma vez analisado o relâmpago podemos entender que Deus nada tem a ver com isso: e o medo desaparece (fica só o medo de ser atingido por um relâmpago: mas, aos menos, morremos com a satisfação de saber que não foi por culpa dum Deus zangado connosco).

Afastadas as grandes conspirações galácticas, o medo desaparece de forma natural, as coisas regressam para o plano do humano, do perfeitamente compreensível. E o que pode ser compreendido pode também ser modificado. Não por nós, porque a simples realidade é que nós, todos nós, estamos velhos, independentemente da idade anagráfica.

Este é o fim

Mas o que desejamos deixar como herança para as futuras gerações? Apenas o medo e a sensação da inevitável derrota? Um mundo que nem tentámos mudar simplesmente porque bloqueados pelos nossos medos? Nem um miserável programa para limitar a partilha dos nossos dados utilizamos porque "é tudo inútil"?

Parece este o estado de espírito que é possível encontrar entre alguns Leitores.
Chaplin:
Aqui no blog, o que fazemos parece ter algum valor, mas na verdade é algo estéril, que até pode sensibilizar uns poucos, que sucumbirão logo às seduções burguesas do cotidiano...
Portanto: o blog é perfeitamente inútil, pois os poucos sensibilizados irão morrer (com sofrimento) na mesma sob os golpes da burguesia. Chaplin, as mesmas considerações feitas no caso de Vapera valem por si: nada de pessoal, mas de que raio está a falar? Qual burguesia? E largue duma vez por todas os escritos de Marx e veja o mundo como ele é agora, não como era há 200 anos: não há burguesia nenhuma. Nenhuma. Zero, nada, niente, nicht.

O que Chaplin chama "burguesia" foi varrida há muito, substituída por uma massa informe, politicamente ignorante, socialmente primitiva, culturalmente insensível, tratada (justamente, acrescento eu) como fosse uma criança, cuja máxima aspiração é satisfazer as necessidades básicas (comida, sexo, aparência). Os meios de produção já foram, o capital hoje está num disco rígido, a propriedade vale menos do que nada. Mas de qual burguesia estamos a falar??? A burguesia tinha nascido na Idade Média, mas nesta nova Idade Média a burguesia encontrou o seu natural fim. O que sobra é a massa dum lado e a oligarquia do outro: não há mais nada.

Não ficamos escondidos atrás dos rótulos, não tentamos encontrar nestas rotulagens as justificações da nossa condição, porque não podemos fugir às nossas responsabilidades de forma tão simples.

Como escreveu Maria há poucos dias:
Quanto a mim [...], enquanto opositora do sistema, sou e serei eterna perdedora.
Eu sou um perdedor também, não posso alinhar-me com esta sociedade, assumo e aceito isso de forma pacífica. Mas ser perdedor não significa baixar os braços ou esconder-se atrás de medos e  mitos que levam só para a inactividade.

Pelo contrário, e por incrível que pareça, o perdedor tem um ponto de vista privilegiado: não se limita a defender o que já existe mas pode observar de forma crítica os vário lados. É dele o ónus de realçar o que não funciona no sistema vigente e procurar uma alternativa. Queremos abdicar disso por causa dos Reptilianos? Do "sinal da morte"? Do chip satânico? Dum sistema operativo cheio de bugs? De Nibiru? Das fantomáticas armas que nem existem? Dum controle global que funciona com meios velhos de 50 anos? É disso que é feita a "informação alternativa"? É isso que acham os Leitores do blog?

Querem a verdade? A verdadeira verdade? É esta: subverter este sistema seria extremamente simples e rápido. Não apenas "simples", mas "extremamente simples" e "rápido" também. Dum dia para outro o mundo poderia mudar, literalmente. E sem um pingo de sangue derramado.

Sabem porque isso não vai ser feito? Muito entre os Leitores já conhecem a resposta: o sistema somos nós.


Ipse dixit.

74 comentários:

  1. Caro Max, com relação ao chip nas identidades, foi o que li em um comentário de blogueiro português.
    Por aqui pela fossa, essas carteiras chipadas já começam a acontecer.
    Não sei se é aplicável a todos os países europeus, mas sei que é agenda mundial a chipação das identidades.
    Isso não muda nada no que comentei, até porque cartão de crédito é sistema de rastreio das necessidades "primárias" dos que o utilizam.
    Os passaportes são fichações e em países é comum a exigência de identidade biométrica.
    E não disse que existe sinal biométrico ou forma de biometrizar em carteiras, isso só existe em corpos vivos!
    Se estão acontecendo os "terrorismos" aí na europa é sinal que é preciso recrudescer um pouco aí para ajustar as agendas de controle total.
    Só isso mostra que o buraco é bem mais embaixo do que está colocando!

    Com relação ao "raio da morte", eu não disse isso, eu disse que um sinal (sinal não é raio, raio precisa de "volume" para ser possível, em uma estação de rádio, um raio frita tudo e eu estou falando de estação de rádio, elas não emitem raios, emitem ondas eletromagnéticas de medidas específicas) é suficiente para matar qualquer pessoa que tenha a mesma frequência dele! Só isso eu disse!

    Com relação a métodos para matar Assad, o que digo é que se ele tivesse que ser morto teria sido até pelo cozinheiro, matar é muito fácil, sobretudo por especialista!
    Esse papo de assassinar irmão de lider coreano com arma química high tech é papo midiático!
    Um tiro de sniper tem até dois quilômetros úteis, ou seja, se o matador estiver a dois kms de distãncia, o tiro será no meio da testa com risco de desvio de menos de 1 grau pelo vento suave!
    Acha mesmo que é possível sair inteiro se estiverem te caçando, mesmo sendo Trump, Rei ou até Tony Stark?
    O Kennedy queriam porque queriam morto e assim foi feito, o mesmo se aplica ao Muammar ao Saddan e uma lista infindável de outros!

    A guerra na Síria é para testar armamento, da mesma forma que foi feito na coreia antes de dicotomias, o mesmo no Vietname, ou seja, é terreno de provas e futuras vendas de armas.

    As armas que vc ve sendo usadas são aquelas de mais de setenta anos atrás, todas obsoletas e é exatamente por isso que estão sendo midiatizadas para a venda!
    A guerra real que os excrementos governantes temem não é contra povos insurgentes!

    Echelon é papo de mais de vinte anos atrás! Acha mesmo que ainda é esse tipo de ferramenta que plota os gados?
    O negócio hoje em dia é mais "carnívore" do que era, leia sobre as inteligências artificiais, seus sistemas de redundância inclusive físicas e vai ver que o buraco é bem mais embaixo e ouso afirmar que as máquinas envolvidas em estudos de flutuações aleatórias já podem prever até quando um cidadão vai peidar só triangulando os dados disponíveis na internet! E o google sabe disso!

    Usar linux e achar que está tudo bem é um equívoco, visto que mesmo com kernel aberto existem sistemas redundantes de comunicação de entendem outra coisa que entendemos.
    Um exemplo prosáico é a lingua judia, eles não tem vogais, ou seja, um BB pode ser desde babá, passando por baba, e por aí vai!
    Resumindo a bíblia judaica ou o talmude tem diversas interpretações cada palavra!
    Entendeu a fundamentalidade das cabalas?
    A única solução é entender que está sendo vigiado e que nada pode ser vasado de seus dados pessoais pela internet, só isso!
    O resto é fazer o papel que quiser de acordo com cada agenda nesse transfinito mundo de informações virtuorreais!

    ResponderEliminar
  2. Continuação

    Com relação ao cinismo que empregou, vc sabia que os relógios eletrônicos, que na decada de setenta era coisa de agente 007, foram feitos de acordo com a agendas de horários de verão?
    Explico: Nosso ritmo biológico é mantido pelas batidas cardíacas e quando induzimos uma corrente eletrica de diferente frequência próximo a pontos fundamentais na circulação sanguínea (as veias e artérias são fundamentais bombeando o sangue contraindo e expandindo, em pontos específicos, como pontos acupuntúricos, essa ação é determinante!), ela fica com um sinal parasita, uma onda parasita, e essa onda destroe nosso relógio biológico, da mesma forma que horários de verão!

    Pô, Max, porque não estuda antes sobre os assuntos que eu abordo antes de fazer comentários cínicos!
    Valeu pela informação sobre a ID portuguesa, eu tinha informação equivocada, mas isso não é informação científica, é só papo de se ouvir ou não, é a novela da proposta, o resto do material, se vc estudar sobre ondas de rádio entenderá que o cinismo não foi útil, ao contrário, deixa os mais idiotas crentes que estão certos sem o estarem!
    Sei que é seu blog, opino porque respeito sua proposta, sei que o que comento é bem mais profundo do que a média, entretanto é algo pertinente em deep webs de todas as instâncias. Se meus comentários não são bem vindos é só dizer, nem precisa bloquear pois com homem palavra dada é palavra honrada e e se eu não sou bem aceito por ti não mais pisarei aqui, pode crer que é final.

    Caso queira o debate na esfera tecnológica real, e não nas contadas pelas mídias e suas revistas "science news" ou por catedras para inglês ver, estarei sempre disposto a prestar o máximo de informação, até porque acredito que percebeu que não tenho medo de teclado, mesmo escrevendo verdadeiras heresias "hortográficas"! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não vi nada de cínico no comentário do bloguista pelo contrário agradeceu e enalteceu a tua participação...sofres de carências afetivas ? Se aquilo que comentas é mais profundo do que a média não sei ... mas que é híper - mega mais extenso que a média...sem duvida :) LOL

      Eliminar
    2. Vapera, tenho de ler todos os teus comentários, referes coisas muito importantes! Obrigado pela informação fundamental que tens partilhado!

      Eliminar
  3. Em pleno Século XXI, com a facilidade que hoje existe em aceder à literatura e informação, ainda existe gente que fala para um boneco espetado num pau entre outros objectos; por isso é normal que certo tipo de paranóias como aquelas que refere no artigo existam... Enfim, vaso ruim não quebra.

    Em relação ao sistema operativo do computador, recomendo este artigo redigido pelo autor do blog:

    https://informacaoincorrecta.blogspot.pt/2014/11/guia-experimentar-linux-via-usb-pendrive.html

    Cada utilizador da Internet deve-se preocupar em saber trabalhar com a ferramenta digital, pesquisar e ler como se deve proteger e garantir uma navegação rápida, segura, e privada.

    De forma simples e eficaz, experimentem o Linux Mint (completo e de fácil uso) como sistema operativo; como navegador o Opera e as seguintes extensões: HTTPS Everywhere, AdBlocker Ultimate, Privacy Badger, WebRTC Leak Prevent (em opções escolher "disable non proxy-UDP (forced proxy")).

    ResponderEliminar
  4. Vapera, você quer tirar-me do sério ou quê?

    Max:
    "Em primeiro lugar: espero que Vapera não encare isso como um ataque pessoal, aqui estamos só para discutir e pego no seu comentário apenas por ter sido o último em ordem temporal, ok? Aliás,a proveito para agradecer a participação dele na actividade do blog. Obrigado."

    Vapera:
    "Se meus comentários não são bem vindos é só dizer, nem precisa bloquear pois com homem palavra dada é palavra honrada e e se eu não sou bem aceito por ti não mais pisarei aqui, pode crer que é final."

    Qual é a parte que não entendeu? Onde escrevi que os seus comentários não são bem vindos ou que Vapera não é bem aceite? Fogo, uma das coisas que me tira do serio é ver pôr-me na boca coisas que nunca disse ou pensei.

    E a propósito: não mando "bocas", não tenho paciência para isso. Se não quisesse Vapera no blog teria escrito "Vapera, mude de blog, obrigado", sem tantas cerimónias. E depois teria-o bloqueado (e teria sido o primeiro caso: nunca bloqueei ninguém).

    Não concordo em nada com que você escreve acerca do "sinal". Não conheço o assunto? Vapera, aconselho ler algo acerca do Universo como um todo regido pelo electromagnetismo, se sabe do que estou a falar. Isso sem contar que o que escrevi é um pouco mais amplo da questão do "sinal"... mesmo assim: posso não concordar consigo sem ser obrigatoriamente acusado de ser ignorante?

    E agora: abraçoooooooo!!!! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que me leva a crer em não ser bem aceito foi o cinismo, se limitou a tergiversar o que escrevi, não descreveu nenhuma razão plausível, só críticas!
      Não fui eu que começou colocando palavras em bocas alheias, eu não escrevi nada do que entendeu em seu post, e como autor da causa me senti na obrigação de defender minha posição.
      Com relação ao seu poder no blog nem discuto, o cacique é vc!

      Com relação à teoria do universo elétrico que presumo que seja do que fala, eu já li, conheço e discordo da maioria dos enunciados, entretanto entendo-os sobremaneira mais substantes que a proposta de mecânica celeste ortodóxa, mas não tenho como mostrar as razões descontextualizadas, seria preciso colocar as questões pertinentes a dúvidas.

      Continuo sem ver o seu entendimento de sinal o qual discorda do que coloquei.
      Uma onda portante em frequencia modulada não serve para nada além de caminho, mas mesmo assim carrega o sinal até mortal no ritmo do rádio, do celular, de qualquer aparelho eletrônico!
      Não quis de forma alguma te ofender mas entender de onda eletromagnética é algo até impossível visto que elas são infinita, mas é fundamental o entendimento de rádiofrequencia e até sobre construção de rádios para entender do que estou falando.
      Acredite, o conhecimento de hoje é bastante claudicante, tudo compartimentado não permite o entendimento holístico, o entendimento epistemológico!
      Não se analisa uma questão química só com química, mas inclusive com biologia, física, geologia, radiestesia, bruxaria, história, geografia, fisiologia, um monte de "ias" até iridologia!
      Tudo é fenòmeno químico, físico, e até biológico, visto que o nosso entendimento de vida não é o entendimento lógico e tampouco real, vida é sobremaneira mais ampla e "invisível" aos olhos humanos, a arrogância nos cega!
      Nossas medidas são exclusivamente NOSSAS!
      Por conta disso sempre insisto em fortalecimento do ser, pois a única forma do entendimento epistemológico acontecer é através do aumento de potência!
      Ser ignorante não é vergonha, é fraqueza, e sei disso pois sou ignorante em questões mais possantes que eu!

      Abraço

      Eliminar
    2. Max te acompanho a um bom tempo e me delicio c suas provocaçoes, posiçoes, esclarecimentos e divagaçoes. Daqui do interior de Santa Catarina, sul do Brasil, tlv seja o melhor 'ar q respiro' - e te agradeço por isso. peço sua licença pra me declarar ao Vapera. - Vapera, vc é simplesmente bom demais da conta sô. Figura de especial humor. te admiro ta!! Pelamordideus, num some nao em!! saudaçoes mineiras.

      Eliminar
    3. Anónimo25.4.17

      @nadja
      "Max te acompanho a um bom tempo"
      curioso... nunca li nenhum comentario seu por aqui e ja sigo o ii ha coisa de 4 anos.
      Ena ena tantos miminhos e elogios ao vapera... vapera vapera es tu a fazer-te passar por outra pessoa? :) apanhei-te maroto kkkkkkk

      Eliminar
    4. Tal comentário eu não deveria responder, mas respondo em respeito à Nadja.
      Eu não tenho blogspot, eu não tenho gmail, já tive, e fui sequestrado em 4 Gb, sabotado em meu blog e não foi com processos legais, foi com deletação sumária!

      Eu não preciso negar minha identificação, o Max tem todos os mecanismos para saber se qualquer comentarista sou eu, meu IP é um só, posso até mudar, mas a máquina é reconhecível, a configuração de tela é conhecida, o sistema operacional é conhecido, e eu teria que mudar de máquina, mudar de servidor para poder me fazer passar pelos outros!
      Minha argumentação é clara, ela É MINHA ASSINATURA!

      Acreditar que alguém que defende a potência como ÚNICA ESCAPATÓRIA para a humanidade precisa de artimanhas cretinas para se lamber egoicamente no espelho é bastante frágil!

      Cara Nadja, como bem vê, não sou bem chegado em quase nenhum canto, a maioria me abomina, a verdade dói!
      Asdsim nada posso garantir a ti, pois não sou cacique aqui!
      Ficar palpitando aqui ou em outro lugar é para mim interessante, eu gosto do debate, mesmo que incompreendido, sei que existem os que enxergam além do umbral, e é para esses que escrevo, mas os que gostam de me atacar e depois se fazerem de indignados tem em mim um alvo, pois se minha agenda emplaca, a deles fenece!

      De qualquer forma, caso eu seja defenestrado ainda terá um porto seguro para ler as minhas "abominações" lá no blog que está em minha identificação, que suponho que já conhece e ve que os posts são meio raros.
      A raridade é por conta da correção gramatical, ela dá muito trabalho, mas texto é o que não falta!
      Mas defenestrado irei dar mais atenção ao blog! :D
      Agradeço profundamente a consideração que tem pelos meus escritos e até por minha virtual pessoa!

      Eu esperava mais de meus inimigos!!!

      Eliminar
  5. Anónimo23.4.17

    "Com relação a métodos para matar Assad, o que digo é que se ele tivesse que ser morto teria sido até pelo cozinheiro, matar é muito fácil"

    Não deve ser sempre assim tão facil. O Fidel Castro escapou a 638 tentativas de assassinato. E não me venha com a historia que foi porque nao quiseram.


    "A guerra na Síria é para testar armamento..."

    Não a guerra na Siria é por controlo geografico para fazer passar por la um gasoduto do Qatar ate a Turquia.
    Sim a mudanca de regime na Ucrania, a pressao da UE sobre os outros paises (Bulgária, Grécia, Itália e Áustria) para cancelarem o South Stream depois a Turquia para cancelar a Corrente Turca, tem por objectivo impedir o fornecimento de Gaz Russo a Europa (Grande fonte de receita da Federacao Russa pois e uma empresa estatal)
    Como sabe tudo acerca de tudo, tambem deve saber Ingles.
    https://www.youtube.com/watch?v=ouZ431jIQh8
    https://www.youtube.com/watch?v=WcDLuf-3kaA


    "As armas que vc ve sendo usadas são aquelas de mais de setenta anos atrás"

    Essa estao foi arrasadora. Na sua logica estao na Siria a testar armas de a 70 anos atras.


    "Echelon é papo de mais de vinte anos atrás! Acha mesmo que ainda é esse tipo de ferramenta que plota os gados?
    O negócio hoje em dia é mais "carnívore""

    Echelon é uma rede de vigilância global e de espionagem para a coleta e análise de sinais de inteligência (SIGINT).
    Ao final da década de 1990, se estima que a rede ECHELON já era capaz de monitorar 90% de todo o tráfego da Internet.

    Carnivore, renomeado para DCS1000, é um descendente do Omnivoro que por sua vez substituiu uma velha ferramenta de espionagem migrada da marinha dos eua
    A migracao do Omnivoro do sistema operativo Sun's Solaris para Windows NT deu entao origem ao Carnivoro
    E um software implementado pelo FBI concebido para intersectar comunicacoes electronicas e tarfego de internet.
    Foi implementado em Octubro de 1997 e em 2005 foi substituido por software comercial melhorado.

    Ou seja ou Carnivore tambem tem mais de 20 anos e na sua essencia é um software enquanto que o Echelon é uma rede de vigilância global.


    " sabia que os relógios eletrônicos, que na decada de setenta era coisa de agente 007, foram feitos de acordo com a agendas de horários de verão?"

    querem ver que nao funcionavam no inverno.

    "Nosso ritmo biológico é mantido pelas batidas cardíacas e quando induzimos uma corrente eletrica de diferente frequência"

    O relogio electronicos nao so nao aplicam nenhuma corrente electrica ao corpo, como a que utilizam nao tem frequencia pois e continua. O clock do relogio e dado pelo transistor que alias tem um consumo minimo dai a pinha ter uma logevidade de varios anos.


    Ja agora ... acredita mesmo nos disparates que diz?
    Ou toma-nos como os tolos a quem voce faz passar por parvo aproveitando-se da falta de conhecimento dessas pessoas a quem conta essas historias. Charlatoes é coisa pouco apreciada aqui por estes lados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fidel foi agente da cia, Cuba está a 170 milhas dos EUA, só de sinal televisivo se os EUA quisessem eliminariam Cuba do mapa só no sequestro de sinal eletromagnético.
      Sim, a resposta é eles nunca quiseram matar o Fidel, era com ele que se garantia as agendas para a américa latrina que culminam no que está hoje na latrina américa, ação reação, solução!
      Tecnologia de setenta anos não implica em armas com setenta anos.

      Com relação à guerra na Síria sua opinião é essa, a minha não é, e tampouco existe real interesse em geografias ou riquesas naturais, pois TUDO é dos mesmos donos, eles são únidos e desuniram a todos para as conquistas!
      Você nem entender meu chiste sobre carnívore, não há o que responder!
      Os relógios usam de clock o ritmo de expansão do quartzo piezoelétrico! Isso não é feito em chip, é um quártzo, só isso, e emite sim, corrente e toda corrente tem ciclagem, seja contínua ou alternada. Toda onda tem ciclagem!

      Qual seu problema, já que o cacique se manifestou contra ganhou coragem?

      Eliminar
    2. Anónimo24.4.17

      Sim eu fui o unico a dizer em teoria sim mas é muito perigoso(na altura existia menos informação posicional que agora) porque se tal fosse possível "imaginemos" e a quantidade de dados colaterais que não apareceriam? E a URSS não tinha lá gente?
      Mais estava-se em plena guerra fria e quem não garantia que a URSS não responderia igual ou pior? Afinal no início dos anos 60 não estivemos a beira ou bem perto de uma guerra nuclear, devido a Cuba? Mas prevaleceu a sensatez entre as na altura duas grandes potências. Ou isto acabava como naquele filme do Kubrick.
      No entanto a CIA tentou inúmeras vezes, eles próprios dizem e falharam, morreu de morte natural já depois do Obama lá ter estado, aliás o Obama disse isso por outras palavras.
      Até tentariam nos anos 70 montar através de submarinos um espetáculo alucinante holográfico(segundo alguns) se nem hoje conseguem.
      Agora sem guarda chuva búlgaro.
      Quero ver alguém a dar um discurso de 7h e 10min até vem no guiness além de mais de 600 (se é possível tentativas de assassinato! Nem acredito no que escrevi!)
      Exemplo de algo bem vivo (infelizmente faleceu, mas só no ano passado) da ineficácia do vizinho do norte e os seus próprios demônios(lucro a força /ou democracia ou mais hipocrisia "ou interesses" e não é que esta porcaria vende!)
      Estórinhas do NYTimes:
      https://mobile.nytimes.com/2016/11/26/world/americas/fidel-castro-dies.html

      N

      Eliminar
    3. As guerras frias são meros pretextos para se armarem até os dentes contra a massa populacional e para que as massas continuem sustentando essa armação é fundamental dividir para conquistar.
      Afinal a massa acredita em cristianos ronaldos!
      A Coreia do Norte nada mais é do que pretexto para que os EUA se aboletem nas costas russas e chinesas! E os EUA são a peça fundamental para que haja um "causador das desgraças humanas" da mesma forma que Hitler e Alemanha prestaram também esse papel!
      Enquanto isso michel temer, o presilixo da fossa anistiou o banco itu de uma dívida com a receita de "meros" 20 BILHÕES de reais (em torno de 7 bi de euros)!
      Como sistematicamente mostro, os únicos a se beneficiar são os parasitas usurários, os judeus!
      Se preparem pois no "pós guerra" haverá julgamentos nurenbergianos que constatarão que os tadinhos judeus foram massacrados em 6 milhões de indivíduos (parasitas alienígenas transgênicos) pelos malditos yankees!
      As guerras mundiais são só o circo final de um período circense!

      Eliminar
    4. Anónimo24.4.17

      @vapera

      "Os relógios usam de clock o ritmo de expansão do quartzo piezoelétrico! Isso não é feito em chip, é um quártzo, só isso, e emite sim, corrente e toda corrente tem ciclagem, seja contínua ou alternada. Toda onda tem ciclagem!"

      Que grande confusão que vai para ai.

      Deixo-lhe aqui o link de um trabalho de construcao de um relogio digital que utilizam um chip (circuito integrado 555)


      Nos processadores e outros microchips mais modernos, os transístores são empacotados e selados no interior de pastilhas de silício.
      O transistor com encapsulamento piezoelétrico exige apenas 50 milivolts, uma melhoria instantânea sem nenhum esforço adicional, apenas substituindo o material compressivo usado no encapsulamento dos transistores.
      Como resultado, ou a corrente de fuga pode ser reduzida, reduzindo o consumo do processador e seu aquecimento.

      E pa oh Vapera... faço-te uma sugestão. Abandona por uns tempos os sitios Brasileiros que tens andado a ler (tipo Olavo de Carvalho) que so servem para envenenar com disparates e da uma oportunidade
      aos sitios que estao na coluna a direita no blogroll aqui do ii.

      Tens estes tambem

      http://www.inovacaotecnologica.com.br
      http://sakerlatam.es/
      http://blogdoalok.blogspot.pt
      http://www.voltairenet.org
      http://www.globalresearch.ca/
      https://dinamicaglobal.wordpress.com/
      https://navalbrasil.com/
      https://www.youtube.com/watch?v=cOF5tALA6oA
      https://www.youtube.com/user/corbettreport

      Nao formes logo opiniao aprecia apenas outros pontos de vista, leva tempo bem sei, mas o desenrolar dos acontecimentos no tempo te darao respostas, sentido e a transparencia de quem deseja conhecer o que o rodeia anseia.

      Notei tambem que apos o comentario do Nuno acerca da agressividade que transmitias na tua linguagem mudaste de alguma forma o estilo do teu discurso. Isso foi bom, pois aqui no ii trocamos ideias e pontos de vista diferentes para aprender e conhecer.

      Eu... sim admito, sou duro e incisivo nas minhas exposições, nada de afrontas, mas por vezes e preciso.

      Eliminar
    5. Anónimo24.4.17

      Esqueci-me desta

      "toda corrente tem ciclagem, seja contínua ou alternada. Toda onda tem ciclagem!"

      Corrente continua é como o nome indica continua, assim sempre a direito ------------ , nao tem ciclos. A corrente alternada ou alterna ~~~~~~~~~~~~ essa sim tem ciclos com uma determinada frequencia

      Eliminar
    6. Anónimo24.4.17

      E tens mais isto que explica bem o processo, com contexo historico

      Assassino Econômico - John Perkins

      https://www.youtube.com/watch?v=vO8vPa_H71g
      https://www.youtube.com/watch?v=tY5pBvmOMj4


      e este com o discurso do General Wesley Clark (que foi comandante da nato na europa) que explica como planearam derrubar 7 paises em 5 anos
      Iraque, Siria, Libano, Libia , Somalia, Sudao, Irao. Bem... os planos nao correram bem como o previsto mas Iraque, Libano, Libia , Somalia e Sudao ja estao ficaram a falta o Irão e a Siria que so nao foi ao charco devido a intervenção Russa e apoio Chines e Iraniano
      https://www.youtube.com/watch?v=bSL3JqorkdU

      Eliminar
    7. Anónimo25.4.17

      eheh é "conersando que a gente se entende".

      abraço
      n nuno ou whatever

      Eliminar
    8. Anónimo25.4.17

      E ainda mais este acerca do que se passa na Siria

      https://www.youtube.com/watch?v=Z9F-cHc5Qog

      Eliminar
    9. Anónimo25.4.17

      O link para o projecto do relogio digital que nao coloquei no comentario mais atras

      http://www.professores.uff.br/jmarcos/index.php?option=com_content&view=article&id=20&Itemid=58

      Eliminar
    10. O único comentário digno de nota foi o primeiro, e só complementa o que eu comentei, onde se enfia a entidade piezoeletrica é opção do cliente!
      Com relação a não haver ciclos em corrente contínua, o que são então ondas de rádio, e o que é a medida Hertz?

      Confundir ciclos de metodologias de captação energéticas (as razões dos ciclos em corrente alternada são as formas de captação de eletrons no induzido, a corrente sempre vai e volta, pois só elétrons se movem) com ciclos de onda é o máximo da wikipedice!

      O site informação tecnológica sugerido por ti, hoje mesmo li lá um monte de tolices mal acochambradas, não passa de revista eletrônica de alavancagem de "religiência", serve para curiosidade de boteco e até debates profundos, de botecos, é claro!!

      Com relação às tolices de "geopolíticas" também servem para noticiário da mídia marrom matutino!
      Vc realmente acha que quem está no comando diz o que acontece para os comandados?
      Sugiro que largue esse papo de internet e vá ler Sun Tzu.
      E depois leia sobre eletricidade básica a princípio de ondas.
      Se internet prestasse para ciência os índices intelectuais dos videotas de hoje seriam maiores que os do passado e não são, o QI médio no mundo caiu 20 pontos nos últimos quarenta anos, isso só mostra que internet é mais muleta de retardados mentais do que fonte de informação consistente, embora exista muito, mas muito mesmo, material bom divulgado na internet.
      É uma faca de dois gumes, um corta limpo, o outro arregaça tudo de tanta cegueira!
      Mas continuo apreciando bem mais o corte de uma folha de papel, e livros me dão mais substância. Aqui para mim é mais local de divulgação do óbvio que já não mais é visto pelo QI mediano!
      Mas a deep web, essa sim tem informação procedente e é exatamente por isso que é profunda e "inacessível" à massa ignara!
      Prefiro não conversar contigo, não ganho informação que preste!
      Acredite em suas fontes e esquece que eu existo!
      Ou fique forte!

      Eliminar
    11. Anónimo25.4.17

      A seu modo de operar e:

      Escrever de forma confusa (tambem porque os seu conhecimentos nao sao consistentes) e enrolar enrolar enrolar a espera que os outros pensem que afinal sabe mais que elesº
      Quando encontra alguem que contra argumenta com bases solidas e fontes, enrola ainda mais e tenta criar mais confusao a espera que essa 2 vaga tenha efeito (sempre sem apresentar fontes).


      Ondas de rádio ou hertzianas

      Ondas de rádio são um tipo de radiação eletromagnética com comprimento de onda maior (e frequência menor) do que a radiação infravermelha.
      Tais ondas eletromagnéticas são também denominadas ondas hertzianas e popularmente conhecidas como ondas de radiofrequência ou simplesmente ondas de rádio.
      As ondas hertzianas podem ser (realço ... podem ser ... nao quer dizer que sejam necessariamente ) produzidas por correntes elétricas de que oscilam rapidamente (ou seja, correntes elétricas de alta frequência) num condutor (como uma antena).
      Do ponto de vista físico, exepto o seu comprimento de onda e frequência, as ondas de rádio compartilham das mesmas propriedades de outras ondas eletromagnéticas, como a luz, a radiação infravermelha, raios X etc.


      Corrente elétrica

      Corrente elétrica é o fluxo ordenado de partículas portadoras de carga elétrica, ou também, é o deslocamento de cargas dentro de um condutor, quando existe uma diferença de potencial elétrico entre as extremidades.
      Tal deslocamento procura restabelecer o equilíbrio desfeito pela ação de um campo elétrico ou outros meios.
      Pode ser alternada ou continua quando é continua nao tem frequencia, nao tem ciclos , tem 0 (zero) Hz herts

      Fidel Castro agente da cia

      E pa... esse é dos disparates mais alarves que alguma vez ouvi.



      Eliminar
    12. Hertz é a medida de onda, é a quantidade de ondas que ocorrem em um período de tempo.
      Quantas ondas ocorram nesse período, QUALQUER onda é medida em hertz, luz é medida por lux apenas em luminosidade, mas é medida em sua energia por HERTZ, até o calor de seu corpo é medido em hertz (para os simples um simples termômetro basta, mas a medida de potência será sempre o hertz e amplitude de onda, não confundir amplitude com comprimento de onda, um é a altura, o outro o nome já diz!), ondas de rádio são medidas em hertz, o nome de "ondas hertzianas" é para impressionar os que mais ignoram o assunto, pois toda onda é hetziana!:D fora as ondas mecânicas (som, ondas marinhas, ondas ventosas, etc), essam são medidas tambem em ciclos, a ciclagem é a base de medida, mas aí não são ciclos hertzianos.

      Tento ser o mais coloquial para que a coisa fique clara, veja o bem que lhe faço, estava com uma idéia confusa e agora tudo se aclarou!
      Quantos hertz tem o vermelho? Agora vou responder wikipedicamente!
      400 THz o que dá um comprimento de 750 nm
      É para isso que serve o wikipedia!!! :D

      Já construiu algum rádio? Eu já, alguns.
      Sabe usar as "ondas hertzianas"? Eu sei!

      O comentário sobre a corrente elétrica esta correto na base.
      O desequilíbrio que falas é apenas a maior concentração de eletróns em uma posição em relação à outra, é a velha conhecida tendencia entrópica.

      E claro, mais uma vez, toda corrente tem medida, e a medida de personagens que andam em ondas (é teoria apenas e até hoje passados mais de cento e cinquenta anos não se tem uma conclusão exata de qual a diferença entre onda e partícula, inclusive existem personagens anfóteros nessa questão como a luz por exemplo, embora alguns achem que já acharam a verdade, essa continua vaga) é hertz, por mais que não o queira!
      A tal "corrente" é um monte de eletróns se deslocando em ONDAS, e mais uma vez a medida de onda é o hertz.
      A onda da corrente alternada é com "soluços" (são meias ondas), mas tenta ser onda de verdade. Ela tenta ir na onda! Essa foi bem fraca! :D

      Eu posso acessar o wikipedia, mas tenho uma biblioteca com mais de 3 mil volumes.
      Na casa das pessoas existem sofas e cadeiras, na minha existem estantes e livros!
      Na casa das pessoas tem televisões e eletrodomésticos, na minha existem dez computadores todos funcionais e operativos! Na casa das pessoas tem cama, na minha tem chão duro para me fortalecer!
      Como vê, eu não preciso de fonte a citar, sou meio que uma citação! :D
      Vide a unanimidade dos ataques! :D

      Eliminar
    13. O INCRÍVEL É IDENTIFICAR ALGUÉM, QUE DIZ TER (leu?) 3 MIL LIVROS, POSSUIR TAMANHA ARROGÂNCIA E PREPOTÊNCIA EM EXPOR PENSAMENTOS. TEU CASO EXTRAPOLA QUESTÃO DE CONHECIMENTO, MEU CARO, COMO GOSTAS DE ENGANAR TUAS VÍTIMAS, SIM PQ OS VÊ COMO INIMIGOS, DITO POR TI MESMO. TEU CASO É DE PATOLOGIA PURA, E NÃO SERÁ EM BLOGS QUE IRÁ SE TRATAR.

      Eliminar
    14. Para que possamos debater a sua ilação, seria interessante que colocasse suas razões, diga por A + B porque eu sou tudo isso que gritas de forma tão arrogante!
      Onde eu engano "minhas vítimas"?
      Onde está minha prepotência?
      O que sei é que busco ser POTENTE, isso não éprepotencia e buscar potência!
      O que é extrapolar conhecimento e claro, o que é conhecimento?
      Só para entender até menos de dez anos atrás o apêndice era um "órgão atrofiado", isso mundou mas os doutos não assumiram suas atrofias mentais!

      Por que não me agradece pela aula de eletricidade que ofereci?
      Já sabia o que era hertz, paciência, outros não sabiam ainda!
      Isso sim é arrogante!

      Eliminar
  6. Anónimo23.4.17

    Olá a todos.

    Quanto ao chip do cartão do cidadão português, os únicos dados biométricos inseridos são as impressões digitais dos 2 dedos indicadores (esquerdo e direito)
    Para o cidadão o chip tem a utilidade sobretudo para assinaturas digitais em teclados que tenham leitor de cartão.
    Para as autoridades, tem algumas protecções contra falsificações, visto que o bilhete de identidade em papel era extremamente fácil de falsificar, ( também tem a morada do cidadão...)
    Quanto ao medo de tudo... fez-me lembrar uma música recente portuguesa (repleta de verdades)
    https://m.youtube.com/watch?v=aynnmpTWxZE

    Combater o sistema é dificil (e derrotá-lo praticamente impossível a médio prazo), mas o protesto mais simples e eficaz é quando entramos num qualquer supermercado.

    De assíduo leitor e raro comentador. Eheheh

    Ass: DSF

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Falsificar documento implica em engenharia reversa, na fossa brasilis as notas de um real eram usadas para fazer as de cem reais, pois eram do mesmo tamanho e verdes.
      Oras, só idiotas fazem notas de valores desparatados com semelhanças, ou então foi caso pensando!
      Retroengenharia é caro e exige logística acima da média, e imaginar governante salafro "sem querer" fazendo algo fácil de burlar é lei, assim ouso dizer que as falsificações sempre foram feitas para que a situação chipada atual se configurasse!

      A única forma de combater as agendas dominantes é ficando fortes, pois fortes nossas voltagens cerebrais sobem e enxergam mais longe as ameaças!
      E fortes não precisamos dos governos, somos autárquicos e com medos domados, até porque o destemido é inconsequente e não bravo!

      Eliminar
    2. Anónimo24.4.17

      Exato DSF, supermercado opção de selecionar o produto, ou colocar esse produto de lado por algum motivo(vários possíveis á escolha),
      ir ao concorrente.
      Isso é onde dói mais para eles lucro, ou falta dele.
      E já tem funcionado, e viram-se obrigados ou a mudar ou a ir pregar a outra fregusia.

      N

      Eliminar
    3. Nuno, não existe papo de lucro!
      Veja que o ouro já foi sequestrado dos cidadãos, hoje é papel e sabemos que papel serve até para que os sem higiene usem para distribuir em fina camada o excremento pelo rego!
      Os papeis moedas são feitos pelos governos, os governos pertencem a elite, e acha mesmo que o lucro os preocupa ou atinge?
      Lucro é falácia para enganar a massa!
      A única coisa que interessa aos governos das elites é CONTROLE DE INFORMAÇÃO< com esse controle se controla tudo, inclusive os argumentos que serão usados até me blogs através das agendas "eduCATIVAS"!
      O que eles querem são os dados de todas as nossas ações, é assim que eles sequestram a todos!
      Largue o cartão de crédito, largue a compra a praso, largue a alimentação em restaurantes, largue as agremiações e suas regras, largue as esmolas do estado, deixe de ser tolo entregando parte de seus proventos para "sustentarem" supostamente sua velhice!
      Fique forte e verá que o estado e todos os governos são simples e pura merda!

      Eliminar
  7. Olá Max: duas coisas importantes, do meu ponto de vista, foram afirmadas na tua discussão: O poder do medo infundido seja lá pelas razões que forem (pessoalmente creio que o medo da vigilância é muito menor que o de perder casa, emprego, salário...a vida) e que neste mundo ou se é massa ou oligarquia (pessoalmente acredito que dentro da massa informe e estúpida há alguns poucos pensantes e atuantes cada qual a seu modo).
    Bom, agora a situação, como a vejo a partir da minha experiência. Faz quase 50 anos enfrentei o terror, e não tive medo. Continuei enfrentando modificadas táticas de terror, e ainda assim não sou acometida por medo que me fizesse desistir. Seguro que não sou única, mas escassos são os da minha variedade de bicho gente.Não desisto por medo. Desisto porque perdi quando atuei na "revolução política", depois perdi na "revolução social". E finalmente perdi na "revolução molecular"cujas práticas os veteranos deste blogue bem conhecem.Agora apenas observo e espero. Há sempre momentos da história nos quais a massa movida por pura sobrevivência engole o medo e explode.Enquanto espero busco identificar perto ou longe aqueles (as) que estão pensando, ou seja, bichos gente da minha variedade de fazedores pensantes.Abraços

    ResponderEliminar
  8. Chaplin23.4.17

    Sr. blogueiro. Cuidado com os raciocínios diversionistas. O ultradimensionamento do medo não exclui a existência de um sistema de poder/dominância desenvolvimento ao longo do tempo. Quando cito a burguesia, é enquanto ideologia, a base comportamental, onde o indivíduo aprende a priorizar valores burgueses, como se a vida fosse um "negócio", nos fôssemos uma mercadoria e praticamente tudo partiria de então. A questão não é simplesmente acreditar ou não numa real mudança de rumo, mas acreditar que essa civilização que está aí terá sensibilidade/percepção para fazer as rupturas necessárias.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo24.4.17

    Raios me partam! Venho aqui e espetaculo.
    Se cedermos a essa coisa MEDO ou Terror ou seja o que for estamos a ir na musica de quem vende esses lixos pela troca de liberdade.
    Vendem, vendem no entanto por muita tecnologia que tenham os terroristas low tech continuam a fazer das suas.
    exemplo de alguem que perdeu o juizo:

    https://youtu.be/nN4zBUJ89II

    O que o Yuval fala neste link é simples e obvio:

    https://youtu.be/Gs60jmQ6I54

    Mas ao ler vejo algo nas respostas, existe um fundo de verdade ou para ser mais preciso algo de valido em todas.
    Pabéns Max...isto nunca vaí chegar ao nivel baixo do facebook(que uso, principalmente o messenger o unico instalado no telemovel/celular, a app é pesada e inutil.

    O paradigma, que se segue e segundo o mesmo Yuval que tenho por alguem inteligente:

    https://youtu.be/JJ1yS9JIJKs

    abraços
    Nuno

    ResponderEliminar
  10. Isha Upanishad: “Todo medo é, na realidade, uma rejeição à (sensação de) limitação”

    http://dharmalog.com/2016/03/14/isha-upanishad-todo-medo-rejeicao-sensacao-limitacao/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Isha Upanishad matou a pau, é isso mesmo!
      E só fortes retraimos nossas limitações!
      Fotres não rejeitamos, aceitamos pois tudo é desafio, são desafios que nos fazem fortes!
      Que venham os desafios, que me cagando de medo encararei-os todos! Pois medo eu tenho, mas tenho mais medo do medo do que do desafio!:D

      Eliminar
  11. Anónimo24.4.17

    Medo e Prazer, duas formas de dominação ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chaplin24.4.17

      Verdade, mas antes de sermos hedonistas/medrosos, fomos manipulados por processos históricos conspiratórios que desencadearam múltiplas organizações onde membros e prestamistas se alinharam à partir de interesses que envolvem poder e dominação, e obviamente, seus dividendos econômicos...

      Eliminar
    2. Chaplin, se vc continua culpando os outros por maselas gerais, acabará que nunca perceberá que o único erro é nosso!
      Os dominantes fazem perfeito o jogo de subtração de tudo das massas e as massas fazem perfeito o jogo de submissos sujeitos às regras dos não mais fortes, mas menos estúpidos (só estúpídos acham pertinente colocar boçais para trabalhar para eles!) dominantes!
      Sem nossa responsabilçidade podemos inclusive acusar os "manipulados por processos históricos conspiratórios que desencadearam múltiplas organizações onde membros e prestamistas se alinharam à partir de interesses que envolvem poder e dominação, e obviamente, seus dividendos econômicos..."
      Responsabilidade é fundamental e essa se adquire ficando forte e vice-versa!

      Eliminar
  12. Chaplin24.4.17

    Ser ou tornar-se forte não é 1 decreto! Um indivíduo que é condicionado desde sempre para ser um escravo, quais suas reais chances de ser verdadeiramente forte? Rupturas existenciais são de alta complexidade, tem caráter psicológico existencial. E vamos combinar, numa civilização onde as pessoas foram desapropriadas de seu próprio tempo...pensar, observar, refletir...são luxos para poucos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Argumentar que as contingências da vida são os limitadores de nossas possibilidades é demontração de fraqueza!
      Estou te mostrando que argumento de acusação é fácil, difícil é aceitar nossas responsabilidades TOTAIS!
      O condicionado a ser escravo ou lider é FRACO e por isso é escravo ou parasita!
      Ser forte é entender que SEMPRE estamos fracos em relação a forças superiores e que nessa situação a única coisa que conta é ficar forte, pois só fortes poderemos seguir nossos caminhos mesmo que esses se fortaleçam!
      Se fracos, o caminho é o empedimento por si só!
      O que é forte?
      Forte é perceber as fraquezas e de forma pragmática ir aparando as bordas fracas, lapidando o eu, até que a morte nos separe!
      Fortalecimento é um trabalho para a vida inteira, para cada instante, para cada momento e só tal labuta justifica de forma ótima nossa proposta existencial!
      A primeira coisa a fazer é parar de arrumar desculpas para o não fortalecimento!
      E podemos entender o fortalecimento como propósito absoluto!
      Decretos são para fracos, só fracos seguem decretos, de cristos, discretos em suas fraquezas!
      Respire profundo pelo menos dez vezes por dia.
      Inspire contando devagar até dez, segure contando da mesma forma até dez, expire contando até dez, pause contando até dez.
      No início será terrível, mas em pouco tempo conseguirá respirar com pausas de até minuto!
      E aí, vai entender de forma cristalina tudo o que escrevo.
      As armas que nos condenam ou nos protegem estão sempre em nossas mãos, e saber isso é fortalecimento!

      Isso não é luxo, isso é a mais sensata opção em vida na minha opinião!

      Eliminar
    2. Chaplin24.4.17

      As contingências não são da vida, são resultantes de condicionantes impostas desde antes de beber o leitinho materno. A própria identificação de responsabilidades sofre brutal prejuízo nesse percurso. E não refiro a pretextos/desculpas que o já escravo, na maioria das vezes, inconsciente desta condição, se auto-impõe. O processo de fortalecimento viria após esta ultrapassagem.

      Eliminar
    3. A ultrapassagem É o fortalecimento!!!
      Colocar a culpa até na escolha equivocada da mãe para macho reprodutor, ou culpar o parto, ou culpar até o karma anterior a vida não soluciona a falta de potência, mas aceitar a própria e pensar: Meu equipamento é o que tenho, o que faço com esse equipamento me garantirá o quão longe vou, e se estou fraco só me resta a fortalecimento, pois só forte nenhum caminho será impedimento! A força é o desempedimento!
      A autoimposição é apenas a aquiescência de uma realidade, que pode ser mutante ou imutável, só depende de nossa potência para ser uma ou outra!
      Entendido isso, só nos resta ficar fortes!

      Eliminar
  13. Chaplin24.4.17

    O problema é que a "autoimposição" não é percebida pelo próprio analfabeto funcional!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O analfabeto funcional não é muito diferente do alfabeto funcional!
      E para ambos a "autoimposição" é só fraqueza, a fraqueza de não ter censo crítico!
      Mas quem o tem realmente?
      Pense o seguinte, se alguém observa uma situação do alto panorâmicamente, ele sempre terá uma visão de completude, ele entende as intrinsecalçidades do jogo pela visão panorâmica, é "macroautoimputado", já o personagem in loco percebe as intrinsecalidades da situação em que está, é microautoimputado!
      Como mostro, não muda nada a posição do indicíduo, o que muda é o estado energético, é a potência!
      E caimos mais uma vez no que afirmo, só o que nos sobra é ficar forte, o resto é papo furado ou desculpas para continuarmos fracos e cheios de nós (entender o "cheio de nós" de forma ampla multimetafórica)!

      Eliminar
    2. Chaplin25.4.17

      Toda formação do indivíduo é voltada justamente para mante-lo em estado frágil, seja pela religião/ciência ou diabo a 4. Menos metafísica! O cara, antes de precisar ficar "forte", luta para encher a barriga, sobreviver... Quanto a visão panorâmica, diz aquela máxima (sem entrar no mérito): "o que não conheço não existe"...portanto...não é bem assim...

      Eliminar
    3. Chaplin, metafísica???
      Ficar forte é metafísico?
      Metafísico é poema de fernando pessoa!
      "Nada vale a pena, a não ser saber que nada vale a pena"
      Isso é metafísico, aliás, é parafisico e niilista!

      Agora, ficar forte? Ficar forte é pragmatismo puro!
      Olhe o que escreveu: "O cara, antes de precisar ficar "forte", luta para encher a barriga, sobreviver..."
      De onde vc tirou que tudo o que descreveu não é ficar forte?
      Se come alimento VIVO, fica forte, se come defunto, fica fraco, se ingere alcool fica idiota e mal carater, se bebe água inclusive de coco, fica possante e limpo, pois água LIMPA! E limpos estamos fortes!
      Lutar para encher a barriga é regra primeva de TODOS OS ANIMAIS!
      Os métodos variam, as formigas para comer dependem da colônia, comem apenas fungos e não conseguem achar os fungos nutritivos por aí, é preciso colher substrato para levar para a colônia e "manufaturar" os fungos!
      Em uma sociedade idiota ainda existe alimento, só que em meio a alimentos o que mais tem é MERDA, e parece que a humanidade merdalizada prtefere a merda ao alimento!
      Por isso fica fraca!

      Vc não conhece porque é hedonista, é preguiçoso, se não o fosse não teria escrito textos curtos e vagos arrumando todo tipo de desculpa para "não entender" ficar forte!
      Ficar forte é ter vergonha na cara e assumir todas as PRÓPRIAS RESPONSABILIDADES.
      Mas buscar entender de uma forma "metafísica" te permite continuar enchendo sua pança com todo tipo de lixo, permite que deixe para mérdicos limpar as imundícies que faz com seu corpo, e claro, permite que use do álcool para comer todas afinal a da bêbada não tem dona mesmo, então "vinho saudável" nelas!!!
      Como disse, não é bem assim!

      Eliminar
    4. Anónimo25.4.17

      "O cara, antes de precisar ficar "forte", luta para encher a barriga, sobreviver..."

      Qual a diferença?

      O cara, precisa ficar "forte", luta para encher a barriga, sobreviver...

      Eliminar
    5. Chaplin25.4.17

      Tem a capacidade de pensar que quem luta para sobreviver no mundo atual pode escolher o que comer!! Se consegues viver, integralmente, num mundo tão remoto, sinta-se privilegiado...pois o indivíduo médio está longe de ter essa condição. Agora, vou te pedir que não uses mais nenhum adjetivo, pois como já te alertei, aqui no II, sabemos respeitar uns aos outros, e quem não sabe que se toque. Até pq fazer resenhas repetitivas, reducionistas/simplistas não é o foco do blog. Ou queres se fazer notar além do próprio blog?

      Eliminar
    6. Anónimo25.4.17

      Max, tens um preposto ao seu blog?
      Sugiro que se há regras que as exponha e nos informe correctamente.

      Eliminar
    7. Chaplin, quem disse que o ofendi?
      Preguiça é a sua defesa, tudo que colocou é louvor a preguiça, preguiça todos temos em diversas situações e alguns em todas!
      Hedonismo vc defende desde que palpitei o primeiro comentário que te incomodou! Porque não ignorou, preferiu arrogar sua verdade como medida de todos! Não são as minhas e não vou me deixar levar por essa sua manobra de vitimização e até chantagem com o cacique, ou eu danço, ou vc se manda, ou eu escrevo da forma que vc entende, ou vc se manda?
      O que é isso, me vença no argumento, aqui não é o debate a proposta?
      Minhas respostas são longas porque não escrevo como se os outros tivessem que saber de antemão do que falo, mesmo porque sei que não sabem!
      Cheguei até a te sugerir forma de fortalecimento, te ensinei uma forma de respirar que se vc adotar, entenderá fora de seu casulo, e em vez de ler, prefere se fazer de vítima, fazer chantagem e se sentir ofendido sem te-lo sido!

      Nem um obrigado pelo ensinamento recebo, e eu ofendo os outros?
      Minhas palavras parecem duras porque a verdade dói!

      Eliminar
  14. Anónimo25.4.17

    O escravo ao contrario de o "escravo" moderno, que não sabe a sua própria condição, esse sabia e bem, sempre que podia, fugia, lutava para fugir dessa condição.
    Mas hoje em dia até estados, nações são escravas (não colonias) da divida que nunca poderão pagar ainda mais com os juros impostos.
    Mudou tudo pelo menos a forma mais brutal, para o mesmo "mais humana", desde que paguem. Mas não deixam de ser escravos.

    N

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nuno, de onde vc tirou essa presunção?
      Tanto antes como hoje os escravos sabem que são escravos ou não, isso depende da quantidade de baba escorrendo enquanto assistem TV ou a missa dominical!
      talvez a única diferença real seja o fato de que hoje já não existem lugares para se esconder, mas acho que nem essa é real, pois para mim é claro que a prisão do ser humano e umano é a estupidez, e essa está dentro do ser humano e não fora dele, os grilhões são internos e sempre foram!
      Até porque a única coisa que é realmente nossa, a nossa morte, nós podemos invocar a qualquer hora para escapar do ininscapável!
      Imagine então escapar do escapável, como o é escapar da estupidez?
      Escapar da estupidez só implica me ficar forte.
      Fiquemos fortes então!

      Eliminar
  15. Anónimo25.4.17

    Isso não é bem assim.
    Death & taxes (banda punk/metal de um amigo mais novo daqui, agora Lisboa) :)
    A vida (já estou com 47) mostra-me que passamos por várias fases. Um dia, um ano uma altura mais fortes outros nem por isso, noto inclusive no biorritmo no corpo.
    Eu não será pela força "luke skywalker", é mesmo adaptação e reeinvenção.
    Com a quantidade de m*** que não retenho (aprendo) e com o pouco positivo que elevo lá vou buscar um puoco mais de força.
    É como aquele filme A Vida de Brian e todos a cantar crucificados.
    Always look at the bright side of life.
    É curto, tem prazo limitado mas inalo positivismo e tento expirar negativismo.
    Que nao leva a lado nenhum pessoalmente e a quem me rodeia.
    A estupidez é inerente e todos mesmo o mais valente se c%=a.
    Agora estupidez 24h por 7 dias, so atura quem a isso estiver disposto.
    Para isso a paciencia esgotou. Ou será da idade?

    Nuno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Culpando a idade???
      Fica fácil relativisar tudo, é assim que os dominantes e excrementos transformaram inclusive buraco de defecar em órgão de sexuar!
      O que tem o bioritmo? Ele só mostra nossos ciclos vitais e suas naturais variações, o forte sabe disso e se limita a agir o mínimo em sua fase "down", o fraco na fase down acredita que está forte e acaba até morrendo, mas morre por que é estúpido e não porque está em período claudicante!
      Qual a diferença de sua idade, ela é desculpa de alguma coisa?
      O rinoceronte, o antílope, o tigre usam da idade para deixarem de ser fortes? Se usarem vão virar adubo ou comida rapidamente!

      Toda sociedade moderna é completamente degenerada, não importa aonde esteja!
      Logo é patente que a imundície é regra em ingestões, pois em sociedade demente até prana é demente (para sentir prana, chi, ou o nome que queira dar é preciso agitar as mãos no ar até começar a sentir a "diferença de potencial" nos dedos e nas mãos, com o tempo consegue inclusive detectar onde o prana está porcalhão!

      Sua verdade é sua ou a dos outros?
      Pergunto isso, porque usa de "verdades" concordadas socialmente como medida de sua verdade.Nossa verdade é nossa apenas, assim, se a vida é curta para o fraco não tem sentido indexar sua verdade aà verdade de um fraco ou de sociedade fraca, até porque verdade coletiva é sempre menos verdade que verdade pessoal!

      A estupidez não é inerente, é adquirida, e realmente todos somos assediados por ela, mas o forte percebe que está estúpido e busca no fortalecimento a desestupidificação!

      Não, não é a idade, é a fraqueza...

      Eliminar
    2. Anónimo25.4.17

      Bolas, a minha verdade é minha a sua é sua. Só noto negativismo e algo que estranho talvez a leitura de Freud em exagero(levar tudo para o sexo e anus).
      Mas que raio estamos a falar aqui e o quão fora do topico a coisa vai.
      Então quem não está dentro de certos parametros, é um fraco.
      Maioria das pessoas. Será e culpo alguem menos elas senão o chamado manipulador e aproveitador para tirar dividendos.
      Qualquer coisa está mal e eu não estou a dar desculpa nenhuma.
      Ok a a fraqueza da minha paciencia
      também chegou ao fim.
      Tudo o que diz estou farto de saber. Mas como não vejo a preto e branco me desculpe mas
      Passar bem.

      Nuno

      Eliminar
  16. Anónimo25.4.17

    Anda por aqui alguem que nao toma a medicação ou então não foi ao psiquiatra. Mas devia

    ResponderEliminar
  17. AlJoLoBaMa25.4.17

    Valeu Vapera,
    Nós somos Seres Quânticos, isto é, Seres que temos a dimensão do Todo dentro de nós. Tudo começa e termina em nós, somos o Alfa e o Ómega. Estamos aqui para transcender e nos transcender.
    Gandhi já dizia para sermos a mudança que queremos ver no mundo. Então é só nos fortalecermos (em todos os sentidos), estar atentos a tudo o que nos cerca (consciência e atenção plena)e criarmos as condições ideais e possíveis para tal e consequentemente, agirmos nessa conformidade. Não adianta lamentar seja o que for pois quem lamenta não adianta nem se adianta... mesmo!. Toda a mudança sempre nasceu do individuo que incendiou o coletivo e as coisas aconteceram. Sempre foi assim e asssim continuará a ser. Este sistema alimenta-se do MEDO, como muito bem expõe Max. E somos nós que o alimentamos. Portanto a escolha é óbvia. Assumir a diferença e alimentar outra crença, porque esta (a que alimenta este sistema) já era. Eu já escolhi.
    Saudações para todos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo25.4.17

      Vapera, entao agora andas a fazer-te passar por outras pessoas para te elogiares a ti mesmo. Estas a ficar descontrolado. Toma a medicação ou vai ao medico. Se frequentas alguma seita religiosa pisga-te de la tao depressa quanto possivel que so servem para submeter as pessoas a vontade e loucura de gente que nao interessa a ninguem. Que idade tens ? Entre os 16 e os 21 anos ?

      Eliminar
    2. AlJoLoBaMa25.4.17

      Caríssimo Anónimo,
      Só para dizer que não sou o que pensa que sou. Apesar de desconsiderar (e já agora, lamentar) o tipo de linguagem que o comentador Vapera por vezes usa, sinto na maneira como se expõe uma similitude com as posições que persigo, embora deduza que provavelmente estaremos algo distanciados no que a ambos anima (para não falar da posição geográfica pois eu estou deste lado). E não tenho qualquer vínculo a religiões, políticas, televisões, desportos, etc, etc., pois vivo (e muito bem, mesmo) nas 'franjas' deste sistema já a caminho do que se segue, atento a tudo sobretudo o que se vai passando nos bastidores tanto deste como do outro lado, sobretudo deste.
      Acompanho este espaço faz tempo, que considero um dos que vale a pena por achar ser seu autor pessoa íntegra e idónea e com uma enorme capacidade de análise e de síntese, mas como calculará minhas prioridades já não estão propriamente nos 'debates' sobre este sistema, pois, como disse, meu foco já está noutra onda.
      E vou ficar por aqui, pois não tenciono alimentar nem arrastar polémica. Continuarei por aqui sempre (mas de novo silenciado) e já agora, lamento a atitude do comentador Chaplin em pretender desistir de o ser, só porque alguém se ter 'excedido' um pouco nas suas posturas. Espero que reconsidere pois ele já faz parte desta 'família', não é mesmo?
      Um Bem-Haja para todos e em especial ao Max, que espero continue assim, comprometido e aguerrido (no bom sentido, claro)



      Eliminar
    3. Caro AlJoLoBaMa

      "As nações não têm grandes homens senão contra a vontade delas, assim como as famílias."
      Charles Baudelaire
      :´D :´D :´D

      Sem querer me colocar como um grande homem, ainda que entendendo que quem busca ficar forte tende a crescer!

      E para fechar:
      "Se a falsidade reivindica a todo custo a palavra "verdade" para a sua ótica, o verdadeiro de fato deverá ser encontrado sob os piores nomes."
      Nietzsche
      E até multiplicado na negação dos outros reivindicados para a garantia de crucificação com os piores nomes! :D

      "Diga a verdade e saia correndo"
      Proverbio iugoslavo

      Valeu pelo comentário!

      Que a potência esteja contigo!!! :D

      Eliminar
    4. Anónimo26.4.17

      hahahahahah
      Ao ponto que isto chega!
      Eu bem disse para ler Tolkien(gozação)
      Fantasia, e não passa disso assim como outros livros que podem ter mil e uma interpretações, conforme o individuo que lê.
      Essa conversa entre o eu e o eu é do mais hilariante que já por aqui lí.
      O que quer vender?
      Parasitas alienigenas?
      Visões perfidas do que nao sabe interpretar?
      E já nem vou para partes ainda mais fora da realidade.
      Sinceramente!
      Agora está a entrar nos seres quanticos sem perceber fisica ou tempo quantico não funciona como acima descreve.(aconselho este que lí e relí) isbn: 9781615643172
      Pega se no Ghandi, Boudelaire e o que estiver á mão dá jeito né.
      Já agora o simbolo da bandeira da Coreia do Sul...
      Quem ve a preto e branco nao conseguirá ver a quantidade de tons de cinza e outros espectros, ou usar um raciocinio "fora da caixa"

      Este explica aqui como se descobre parte da natureza de poderes, enganou mesmo dentro de um consulado e causou um embaraço diplomatico, pois por tratado internacional aliás nesse dia varios tratados internacionais foram mandados para as malvas e abriram uma caixa de pandora:
      Aqui:

      https://youtu.be/gYBgdiCZmNw

      Mais, não sei que raio se passa aí mas a escola austríaca e misses são algo nunca posto em prática por ser do mais disfuncional possível, até a de Chicago refreou os ímpetos!
      Mas o Von Misses como think tank ainda funciona nos EUA em escala reduzida.
      E como certos povos acham um barato tudo o que de lá vem, vão pegar a chafurdice ultrapassada e irracional (não é dado como algo válido em economia na europa).
      Apontem um só pais europeu que seguiu esse lixo? Só 1 p.f.

      Segundo mito fabianismo já existiu e já morreu, ou não tem a importância que lhe querem dar. É um clubezeco já sem importância para algus maçons ingleses se divetirem.

      Posso continuar a desfazer os mitos da que muitos se referem e destruir, mas não é bla bla deixo provas claras com fontes *sempre*

      Foram vitimas de um golpe de estado encapotado que não passa de voltar a repor tudo como estava?
      Eu sei os aviões para aí perderam procura de dentro e de fora (antes atestados e com charters a menos de 500 euros).
      Mas o povo de calção não tem nada que viajar né?


      http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2014/02/advogado-ironizado-por-professora-no-rio-pensou-que-fosse-gozacao.html

      Com esse tipo de mentalidade vão longe e bem longe está se agora a ver. E sim é como muitos aí pensam eu sei ví e vivi isso.

      Que a potência esteja convosco.

      Bem longe. Á e pesquisar google pelos idiotas que criaram a confusão e agora fogem.
      Basta colocar: Lisboa nova Miami.

      Bem vindos a um pais governado por socialistas, bloquistas e comunistas.

      E não é que estão já estudando o que se passa aqui (vou repetir):

      https://www.theguardian.com/world/2017/feb/21/portugal-shows-there-is-an-alternative-to-austerity

      Nuno

      Eliminar
  18. Chaplin25.4.17

    Colegas de blog! Depois de alguns anos de ótima convivência neste espaço, estarei me limitando a simples leitura das matérias, pelo fato de não entender os critérios sempre orgulhosamente prezados pelo blogueiro. De que adjetivos pejorativos, termos de baixo calão, etc, não seriam autorizados. Pois bem, desde algumas semanas, passou a incursionar um tal elemento, que baseado numa estrita visão de mundo, passa a achincalhar todo e qualquer que se "atreva" a pensar algo diferente. O auto-rotulado "forte" que nega o sexo prazeroso, a ingestão de carne e o desarmamento, como sendo eles as causas da perdição civilizatória. Mas parece que o blogueiro gostou da movimentação que o tal fulano causou ao blog...mas daí estou fora... abraço a todos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo25.4.17

      Falso Dilema
      Também chamada de Preto-ou-Branco, esta falácia apresenta um argumento binário desconsiderando a complexidade de um tema com múltiplas variáveis. É o famoso “oito ou oitenta” que finge apelar para a coerência, mas é uma variante radical do reducionismo.

      Exemplo:

      "Pelo mesmo raciocínio, devemos supor que o blogueiro é defensor da tortura, do racismo e do tráfico humano. Caso não seja um simpatizante dessas práticas condenáveis, ele não pode usufruir das benesses de um país de passado escravocrata como o Brasil. Questão de coerência, claro"

      e o comentário acima do Charles também.


      Eliminar
    2. Olá Chaplin.

      O quê? Também Chaplin começa a pôr na minha boca ou cérebro coisas que nem digo nem penso?

      "Mas parece que o blogueiro gostou da movimentação que o tal fulano causou ao blog."

      Fogo Chaplin...

      Nestas semanas segui com muita atenção os desenvolvimentos entre os comentários. Como sabemos, estes é um blog pequeno, no sentido que pode contar com alguns milhares de visitas diárias. "Alguns milhares" do meu ponto de vista são um número enorme, mas é claro que não se pode comparar às centenas de milhares de visitas de blogues ou sites mais populares. Tudo bem, nunca pensei chegar à Hollywood com o blog.

      E ser "pequeno" tem algumas vantagens, entre as quais não ser alvo de tentativas de desestabilização. Ou, para sermos mais claros, alvo de trolls.

      Wikipedia:
      "Um troll [...], na gíria da internet, designa uma pessoa cujo comportamento tende sistematicamente a desestabilizar uma discussão e a provocar e enfurecer as pessoas nela envolvidas. O termo surgiu na Usenet, derivado da expressão trolling for suckers (lançando a isca para os trouxas), identificado e atribuído aos causadores das sistemáticas flamewars.

      O comportamento do troll pode ser encarado como um teste de ruptura da etiqueta ou uma mais-valia das sociedades civilizadas. Perante as provocações insistentes, as vítimas podem por vezes perder a conduta civilizada e envolver-se em agressões pessoais por escrito."

      Pode ser que as coisas mudaram? Se dum lado isso podia ser encarado como algo positivo (afinal o blogue merece ser um alvo), do outro criaria descontentamento entre os Leitores habituais.

      Mas será que o blog tem as características que justificam o aparecimento de trolls?

      Há algo acerca do qual nunca falei, simplesmente porque não gosto de vangloriar-me: mas se é verdade que as visitas directas totalizam alguns milhares de Leitores, é também verdade que os links externos que fazem circular os artigos do blog são muitos. Mas muitos mesmos. É possível afirmar que Informação Incorrecta, ao longo destes anos, tornou-se um pequeno ponto de referência. O que justifica uma actividade de trollagem.

      Não sei se Vapera (e outros nicknames que apareceram) é um troll. Sei todavia que a atitude é aquela típica dos trolls. Daí a medida de censura que desde agora sou obrigado a implementar. Custa-me, e os Leitores mais antigos conhecem a razão: sempre recusei aplicar qualquer medida que limitasse a participação dos Leitores (de todos os Leitores) na actividade do blog.

      Mas, pelos vistos, os tempos mudaram.

      Chaplin, como você certamente sabe, nunca corri atrás dos Leitores. E não vou abrir nenhuma excepção. Todavia, convido-o para uma reflexão: desejamos que os elementos desestabilizadores ganhem?
      Só você conhece a resposta.

      Grande abraçooooo!!!!

      Eliminar
  19. Aos leitores e ao Max.

    Quando aparacem pessoas que concordam com o que coloco, eles não existem, são falsos clones de mim mesmo, afinal o que eu escrevo não pode ter concordância!
    E olha que todos os que foram acusados de serem eu mesmo deram seus nomes, e uma deu inclusive o perfil do blogger!

    Mas um monte de discordantes anônimos são verdadeiros, pois são discordantes das "abominações" que o "troll" escreve!

    Não ouso dizer que isso é uma lógica perversa!
    Não é lógica!

    E o mais incrível, só o que afirmo é que termos que ser fortes, e só aponto onde a cafajestice impera!
    Se eu estivesse errado, o mundo estava bem e esse blog não teria sentido com tantas indignações borbulhantes!
    Não existiriam doentes e todos seriam saudáveis e felizes em vez de bêbados entorpecidos por alegrias fugazes!
    Não existiriam parasitas, pois todos armados e fortes não seriam alvos de salafrários!
    Mas pelo que entendi, se alguém aqui acha que encher o rabo de alcool é legal, então ele está certo e pode dizer o que quiser e ai de mim se discordar!!

    Já disse que não entro em hospital há quase trinta anos, se as pessoas ao menos lessem só isso, seria razão mais do que forte para me perguntarem como se faz isso!
    Mas alem de não perguntarem preferem me ofender, me multiplicar para negar os que me aprovam, e sobretudo, se fazendo de vitimas e propondo chantagens!
    Se não querem ficar forte, não fiquem e nem percam seus tempos lendo minhas "insanidades", mas tenham menos arrogância e permitam aos que aprovam essa linha o direito de lerem minhas argumentações.
    Se elas são ameaças, argumentem letal contra elas!
    Mas se não conseguem ao ponto de pedir help para o dono do blog, não é uma clara mostra de que vcs estão fracos?

    Não leram sequer a proposta do Max, a legitimdade do medo!
    E medrosos preferem gritar e espernear em vez de argumentar.
    Leiam o post original mais uma vez, e talvez entendam que o medo de vcs não vai salva-los do destino fatídico que as condutas sem potência geram!

    O inimigo de vcs não sou eu ou minha retórica, é a fraqueza!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Vapera!

      Acho que até hoje houve alguns traços de incompatibilidade entre este blog e o Vapera. Atenção: não é este um convite para vc. desaparecer. Siga o meu raciocínio.

      Eu abri este blog (por acaso no mesmo ano em que vc. abriu o seu) com algumas ideias, entre as quais: tentar perceber o que se passa, portanto aprender, conduzir uma pesquisa. E, se possível, encontrar ao longo do caminho alguns companheiros de viagem. Tive sorte, encontrei-os e estou muito feliz com isso.

      Há blogues que escolhem um perfil cáustico, feito de alaridos, de notícias sensacionais, etc. Eu nunca estive interessado nisso (perdendo assim a possibilidade de aumentar o número de Leitores), prefiro partir duma ideia simples: sei bem pouco, vou tentar perceber, se os Leitores puderem ajudar ainda melhor. E se por acaso as minhas pesquisas conseguem ajudar alguém a entender algo que antes desconheciam, ainda melhor.

      Este é um trabalho, como podemos dizer... de "baixo perfil", feito com calma, por e para pessoas que desejam reflectir, aprofundar, construir-se uma ideia. Mas um princípio é e será sempre fundamental: ninguém tem a verdade no bolso, nem que escreve os artigos nem quem os comenta. Alguém há um tempo fez-me notar como às vezes eu mesmo contradigo o que já tinha escrito em outras ocasiões. Óptimo: só os estúpidos não mudam de ideias.

      De repente aparece Vapera.
      Imagine uma biblioteca onde todos estão a ler com calma: de repente entra alguém que começa a tocar o trompete. Este alguém é Vapera. Terá que concordar comigo: se calhar incomoda quem deseja continuar a ler com calma.

      Mas atenção, porque este não é o problema principal (afinal o trompete pode tocar uma música agradável, não é?). O problema é que Vapera se apresenta como detentor de verdades absolutas e quem não concordar acaba por sofrer as consequências (é o caso do Chaplin). Isso, na minha óptica, não é positivo porque desconfio (e muito) de quem pensa ter a verdade no bolso.

      Conheço o seu blog e vejo que o estilo é o mesmo utilizado aqui. Reconheço a sua coerência. Mas Informação Incorrecta não é a montra ideal onde pôr em mostra as nossas convicções absolutas e inabaláveis. Sabe qual o segredo deste blog? Pôr-se em discussão. É o que faço eu, por exemplo ao contradizer-me ou apresentando teses das quais não estou nada convencido (e sim, faço isso também).

      Com certeza há Leitores que gostariam que eu banisse Vapera do blog. Não vou fazer isso (por enquanto) porque se é verdade que não corro atrás dos Leitores, é também verdade que reconheço nos diferentes pontos de vista uma enorme mais valia. Eu não concordo com as suas ideias "eléctricas", mas não importa: como sei de pouco saber, não posso excluir que vc. esteja certo. Duvido, mas é assim.

      Todavia há algo que não posso ignorar: o respeito entre todos os que aqui participam. Este é um assunto ABSOLUTAMENTE FUNDAMENTAL. É uma questão de respeito em relação aos Leitores e de respeito para mim, porque não posso passar o dia a ver se um Leitor ofendeu outro. Tenho coisas mais importantes para fazer na vida do que desenvolver o papel do dono duma tasca de bêbados.

      Portanto, Vapera, vou pedir-lhe só um par de coisas:
      1. respeite as ideias dos outros, porque valem tanto quanto as suas.
      2. não recorra a ofensas, ainda menos pessoais, porque em nada ajudam os seus pontos de vista (pelo contrário).

      E faça-me o favor de lembrar mais uma coisa: um Leitor pode não concordar com as suas ideias mesmo não tendo os seus mesmos conhecimentos numa área específica. Você acredita na Bíblia? Não? Mas conhece toda a Bíblia, desde a primeira até a última página? Não? Então, em que ficamos?

      Abraçooo!

      Eliminar
    2. Caro Max, pediria que me mostrasse onde ofendi alguém.
      Até porque no meu entendimento não o fiz.
      O que escrevo dói na maioria pois todos agem da forma que digo que é estupida!
      Mas não sou eu que digo que essas ações são estupidas, são as resultantes dessas ações que o fazem!
      Veja, eu não sei o que é médico, logo fica patente que quem sabe segue uma linha que beneficia médico e como médico depende de doença para ganhar seu ganha pão, fica claro que quem usa de médico ataca sua própria integridade.
      O personagem Chaplin escreve vago e lacônico, não descreve nada, não cria a sequencia fundamental do debate, introdução, desenvolvimento e conclusão, apenas joga um monte de tolices (sim são tolices pois ideia jogada não se sustenta) e acha que deve ser a medida do correto.
      Com relação àeletricidade estudo eletricidade desde meus 13 anos, na época nem existia circuitos integrados na forma qu eexiste hoje, isso digo para nós mortais, evidentemente já era tecnologia velha, pois quem domina não divide nem conhecimento!
      Aos 17 fiz profissionalizante de eletricidade só para reciclar, isso só para entender que não sou leigo, posso até estar atrazado, pois o comentário do encapsulamento piezoeletrico eu não conhecia, mas como mostrei o método não muda, eu sabia e sei como funciona!
      As idéias dos outros tem que ser substanciadas ou nada valem, isso é lógica!
      E sempre que comento dou todo um cabedal de informações para facilitar inclusive a contestação, mas todos se limitam a ler o que querem e com isso nada entendem e querem dizer que eu errei.
      Tanto aqui como em meu blog meu argumento é único, sei a sua proposta, sei qual a meta humana, a evolução.
      Dessa forma coloco assunto espinhoso para que as pessoas em vez de dizer que os governos são monstros, e só isso, sem fazerem nada para mudar a situação (tanto é que votam sem entender que o que conta não são votantes são os que contam os votos!), tenham uma linha racional a seguir, a da potência!
      Quase todos parecem monocórdicos em seus rasos comentários, apenas frivolidades dignas de boteco, e tanto respeito o seu blog que ofereço mais que papo de boteco!
      Deixo laudas de analises e estudos, só isso já mostra que tenho algum apreço por sua proposta de outra forma eu não comentaria aqui, ou gastaria meu tempo em escrever até porque não sei escrever direito!!
      Para ser sincero vou colocar qual a principal causa do incomodo de meus comentários: o sexo lazer!
      Todos se acham no direito de sexuar mas todos negam a precipua básica da sexualidade, isso é comportamento gerado por freud e seu bando judeu pois sexo raso gera seres rasos e é fragilizando o adversário que se vance a contenda!
      Quem precisa de alcool é demente, pois alcool nos torna dementes!
      E todos adoram beber a fazer o que o alcool proporciona, agir de forma estúpida e inconsequente!
      Não sou eu que ofende seus leitores são as ações deles desnudadas que os mostra em verdade, e isso é para eles ofensivo.

      Em bibliotecas, barulho incomoda, mas escritos barulhentos não!
      Ninguém precisa ler o que escrevo, até porque sei que é demais para a maioria até em volume, todos acostumados a facebook e youtube (eu não tenho nenhum dos dois) entendem textos grandes como massantes! E porque leem? E sem entender contestam!

      Sei que tem apreço pelos números de seu blog, tem uma séquito de seguidores e é justo que os defenda, mas não tem sentido me culpar pelo que não fiz, mas que de forma trollada seus leitores me acusam!
      "Papai Max o vapera me bateu, bate nele também" não é comportamento de um adulto!
      E tampouco de um leitor!

      Abraço

      Eliminar
    3. Anónimo27.4.17

      Um acumulador de conhecimento só poderá evoluir se ambicionar revolucionar a si mesmo e somente a si mesmo. Tarefa exclusiva de cada indivíduo. Saiba disso. O que fazes é desprovido de sabedoria.

      Eliminar
  20. Anónimo26.4.17

    O pastor a pregar
    Ou alguns dos seus amigos imaginários
    Kkkkkkk

    ResponderEliminar
  21. Anónimo27.4.17

    Max,

    Por acaso você deletou Aldo Luiz aqui dos comentários? Pergunto porque depois de tantas elocubrações cusíferas e merdíferas fiz uma visita ao blogue do honorável Vapera e num artigo sobre reptilianos havia um comentário do próprio Aldo no qual ele afirmava que pretendia dar uma força no embate que se desenrolava entre Vapera, seus clones e os demais aqui neste espaço. Disse Aldo que se via impossibilitado de comentar no ii por estar, pelo que entendi, bloqueado. Achei muito estranho, primeiro porque sei da tua conduta, depois, porque sempre tive Aldo na mais alta conta de integridade. Na certa deve haver algum mal entendido.

    Expedito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Expedito!

      Nem me passa pela cabeça de deletar um comentário de Aldo Luiz. Vou ver se por acaso não ficou entre o Spam.

      Não, nada de spam. E nem sei o que dizer acerca da impossibilidade dele de comentar: não há nenhum Leitor bloqueado até hoje.

      De certo há que acontecem algumas coisas esquisitas nos últimos tempos: a minha impossibilidade de comentar como sempre fiz (via Firefox: agora cada vez tenho que mudar de navegador), o aparecimento de nicknames "estranhos", agora Aldo Luiz que não consegue comentar... Talvez tenha chegado a altura de mudar para Wordpress, plataforma bem mais segura.

      Custa-me, mas vou pensar nisso.

      Abraçooooooooo!!!!!

      Eliminar
    2. Caro Max, o caso do Aldo é que ele é sabotado dentro do blogspot e não é de hoje, é agenda velha, tem bem mais de três anos!
      Veja ao lado e vera que o link para ele é falso, é um endereço de contador, só para escrutinar os IPs que o procuram!
      Ele tampouco pode palpitar no próprio blog, por isso parei de escrever lá, se o dono não pode, eu também não posso.
      Lá nos últimos tempos só eu e o Caro Walfrido conseguimos conversar.
      O wordpress é tão caverna quanto aqui, e até o anuro blog é coisa do google, tudo está dominado!
      A única razão dos dominantes permitirem as blogagens é porque assim eles tem acesso ao pensamento dissonante e dessa forma ficará bem fácil a caça quando implementarem o estado totalitário mundial que está armado.

      Só respondendo sobre a bíblia de sua colocação anterior, sim eu li a bílbia inteira, as mais de 3 mil páginas.
      Por isso sei do que falo e nunca assino contrato sem ler antes e se todos seguissem essa obviedade as igrejas não teriam poder, seriam EXTERMINADAS!

      Eliminar
  22. as armas do futuro são vacinas! As vacinas são armas biológicas usadas para atacar um determinado código genético com a própria aceitação dessas populações que as vêm como medidas essenciais de saúde pública! As armas de destruição em massa não estão no médio oriente, estão nos nossos próprios Países disfarçadas sob o subtil nome de vacinas! As vacinas são as verdadeiras armas de destruição em massa! Este artigo sobre o "genome project" identifica o seu verdadeiro propósito, é atingir populações específicas etnicamente! Isso explica por que as populações de tantos países muçulmanos estão sendo alvo de vacinação com armas biológicas, já que o objetivo é acabar com o maior número possível deles, uma vez que os muçulmanos não fazem uso da usura judaica (o que os bancos usam para nos escravizar financeiramente). Por isso é que os 2 grupos que estão sendo alvo nos EUA são os nativos americanos e afro-americanos!
    http://projectcensored.org/16-human-genome-project-opens-the-door-to-ethnically-specific-bioweapons/a

    ResponderEliminar
  23. There's SHOCKING news in the sports betting world.

    It has been said that every bettor needs to see this,

    Watch this now or stop betting on sports...

    Sports Cash System - Advanced Sports Betting Software.

    ResponderEliminar
  24. Ever wanted to get free Twitter Followers?
    Did you know that you can get them ON AUTOPILOT & TOTALLY FOR FREE by getting an account on You Like Hits?

    ResponderEliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...