08 janeiro 2018

A Terra plana

Eu vôo muito. 
Quero dizer, muito mesmo. 
Ninguém voa mais do que eu. 
Olha, tenho um jato. Possuo um 757, o melhor!
 E se o mundo fosse esférico,
acredita em mim, eu o saberia!

Donald Trump


Nos últimos tempos o número de pessoas convencidas de que a Terra seja plana está a aumentar. Por esta razão tinha começado a escrever um artigo, este:
Parece incrível, mas está a aumentar o número de pessoas convencidas de que a Terra seja plana. Não é uma brincadeira: existe uma teoria bastante pormenorizada até, centenas de páginas internet, fóruns e vídeo, tudo para demonstrar que a Terra não é esférica, que a Nasa mente, que tudo não passa dum engano.
E continuava, antes apresentando a teoria, depois listando as provas. Tinha inserido até um par de vídeos e faltava só explicar as razões pelas quais a Terra é esférica.

Mas neste ponto parei e comecei a pensar. Se eu fosse um Leitor do blog, perante um artigo assim ficaria ofendido: que dizer, alguém chega ao pé de mim no Ano do Senhor de 2018 para explicar-me por qual razão a Terra não é plana? Mas este gajo acha que nasci na Idade Média ou quê?!?.

Por isso apaguei tudo: ganhou o respeito que tenho para os Leitores.
Muito melhor uma simples pergunta: porque?

Quando um grupo cada vez maior de pessoas decide abandonar uma das poucas certezas que temos para voltar atrás de 500 anos, acho lícito perguntar qual a razão que possa estar na base dessa escolha. Porque? Qual o sentido? E porque mesmo agora?

Mas antes: eis em resumo a teoria da Terra plana, sem comentários (seriam supérfluos).


A teoria

A Terra é plana, óbvio.
Todas as imagens das missões espaciais são falsas, a Terra um discoide plano. Como uma pizza, mas sem recheio, só massa.

O Polo Norte fica no centro do disco enquanto o Polo Sul não existe: o que há nas margens do disco é uma barreira de gelo fortemente militarizada. É militarizada para evitar que os curiosos possam espreitar além do gelo. De facto, é possível que a Terra fique no meio dum plano gelado infinito: mas, de vez em quando, haveria outras oásis, com outros discos habitáveis. É daí que chegam os extraterrestres. Mas umas pessoas malvadas (Illuminati, Maçonaria, etc.) não querem que o povo saiba.

Toda a Terra fica debaixo duma enorme cúpula, o Domo. Esta pode ser feita de matéria sólida transparente ou pode ser apenas uma zona fortemente electromagnética, ainda não se sabe ao certo. O que é certo é que Sol e Lua ficam debaixo do Domo, a uma altura de 3.000 milhas. Ambos têm um diâmetro de 50 quilómetros e são fontes de luz (também a Lua, que não reflecte a luz do Los).


Sol e Lua seguem um percurso circular sobre o disco da Terra (mas sempre abaixo da cúpula): o Sol segue também um movimento em espiral que cria as estações do ano. Obviamente, também Sol e Lua são discos planos, não esferas. 

O que há além do Domo? Também este ponto não está totalmente esclarecido. Segundo alguns, estrelas e planetas não passam de luzes agarradas ao Domo; segundo outros, são objectos verdadeiros que se mexem além da cúpula. Mas isso afinal não interessa, pois o Homem nunca poderá pôr o nariz além do Domo: as Faixas de Van Allen matariam tudo e todos.

A gravidade não existe: o que há é a densidade do ar.

Para acabar: segundo uma minoria o disco da Terra repousa por cima das costas dum enorme animal (um elefante, uma tartaruga). 


Contextualizar

Estes os pontos principais. E seria extremamente simples gozar com estas ideias que desafiam a
inteligência duma criança de três anos. Mais interessantes, como já lembrado, são as perguntas: "porque?" e "porque agora?".

Talvez o ponto seja o último: "agora". É preciso contextualizar no momento histórico actual em que, graças ao imediatismo e à heterogeneidade da internet, estão a espalhar-se uma série de revisões culturais com implicações impressionantes.

A demolição de algumas das pedras fundamentais políticas e económicas da sociedade moderna, o revisionismo histórico mais radical, à re-leitura dos antigos textos sagrados: paralelamente à lenta normalidade das noções que concordam com os comuns princípios ortodoxos, viaja um fluxo muito mais rápido, feito de conceitos sem precedentes e às vezes plausíveis, bombas culturais espalhadas pela chamada informação "independente" e "alternativa".

Uma verdadeira "contracultura" que não poderia existir sem o apoio do poder. Pode parecer estranho dito por quem escreve num blog que trata também do "alternativo": mas temos de admitir que certos acontecimentos não teriam a mesma eco sem uma ajuda quase-institucional. O poder sabe que existe internet, conhece as teorias que circulam, deixa que tudo isso aconteça: sabemos quem fica atrás de Google, sabemos que fica atrás de Facebook.

Psyop?

Informação Incorrecta defende a Terra Cúbica
Psyop é um neologismo inglês para indicar operações psicológicas.

Do Departamento da Defesa dos Estados Unidos:
Uso planeado de propaganda ou outras acções psicológicas com o objectivo primário de influenciar as opiniões, emoções, atitudes e comportamento de grupos estrangeiros hostis, de forma a alcançar os objectivos da nação. 
Portanto, nos EUA falam de "grupos estrangeiros hostis". Bem mais abrangente e completa a definição dada pelo Exército Brasileiro:
Procedimentos técnicos especializados, operacionalizados de forma sistemática, para apoiar a conquista de objetivos políticos e/ou militares, desenvolvidos antes, durante e após o emprego da Força, visando a motivar públicos-alvo amigos, neutros e hostis a atingir comportamentos desejáveis.
Não apenas "inimigos" mas também "público-alvo amigo". E nós, todos nós, somos o público-alvo amigo. Pelo que, as Psyops são operações nas quais um grupo de cidadãos é submetido a uma série de acções para testar assim as suas reacções e poder atingir "comportamentos desejáveis".

A teoria da Terra plana é uma Psyop? Pode ser.
As bases da teoria são duas: uma religiosa, outra "filosófica", ambas bastante próximas.

Num vídeo da RIT TV, o terraplanista Jotha Martins explica:
Eu descobri a Terra plana num simples questionamento entre Ciência e escritura sagrada. Eu queria saber quem realmente estava a falar a verdade. Se era o Criador ou era a Ciência dos homens. Então fui buscar nas Escrituras qualquer embasamento científico para a situação do modelo eliocéntrico do sistema duma Terra-bola [...] 
Portanto voltamos à Idade Média: a Bíblia não é apenas um livro de fé, é também um livro científico e fala mais alto do que qualquer evidência científica. A religião é a única detentora da verdade, o resto ficará sempre num segundo plano.

A segunda base, como afirmado, é "filosófica": acredito no que vejo.
Corolário: se não vejo, não acredito.

Consequências: catastróficas. Porque nesta óptica os relâmpagos só podem ser sinais de Deus, as doenças são apenas "azar", a electricidade que chega nas nossas casas é pura magia.

Que tipo de Psyop pode ser esta? Pode ser a continuação da demolição dos valores da nossa sociedade e, ao mesmo tempo, um teste configurado com o objectivo de avaliar o nível de "reprogrammabilidade" dos conceitos mais enraizados no imaginário comum. Testar os limites que as pessoas estão dispostas a ultrapassar, fechando no sótão a razão para abraçar algo que parecia ter sido definitivamente enterrado nas areias do tempo (pois a teoria da Terra plana tem milhares de anos).

O resultado é desconfortante: o Homem sai derrotado num Universo em que só Deus conhece a verdade e brinca com os Homens, deixando que estes atinjam um conhecimento errado. Nada pode ser feito para melhorar o futuro, tudo está já escrito. Única solução: o total abandono à vontade divina e, consequentemente, às instituições mais elevadas "que sabem" pois espalham a palavra do Senhor. O ser humano sozinho não pode alcançar nada de verdadeiro ou útil, precisa dum "guia" superior.

Esta, obviamente, é apenas uma das leituras possíveis. Mas se nada disso fosse uma Psyop? Se o movimento da Terra plana fosse autêntico, espontâneo?
É só esperar que não, pois seria ainda mais deprimente...

As provas!

Para quem tiver paciência (é precisa muita, acreditem...) eis o já citado programa transmitido pela RIT TV: mais de 60 minutos de festival da ignorância, rigorosamente em português do Brasil.

Aqui vai algo mais curto mas nem por isso menos importante, sendo um dos vídeos mais conhecidos no ambiente terraplanista: é um foguete que embate contra o domo, a cúpula que cobre a Terra plana. Confira!


Galera, vocês viram: o foguete embateu na cúpula, show de bola!
E, como já sabemos, contra factos não há palavras...


Ipse dixit.

Fonte: para aderir em massa a esta maravilhosa teoria, nada melhor de que ir à fonte: Flat Earth Society, em inglês. Mas com Google é simples encontrar as sociedade locais, tanto em Portugal quanto no Brasil.

15 comentários:

  1. Anónimo8.1.18

    Há também esta prova irrefutável aqui, de um brasileiro que é parceiro desse j martins:

    https://www.youtube.com/watch?v=czwmb19Qb7A&feature=share

    Ass.:Cabeça Chata

    ResponderEliminar
  2. Anónimo8.1.18

    Max,

    Aqui no Brasil tem até um artigo que diz: A terra plana é a mãe das teorias da
    da conspiração.

    Não seria o caso de se usar uma ideia esdrúxula como a terra plana e vincula-la
    à outras "teorias" não tão teóricas, assim baseando-se no absurdo terraplanista, joga-las (todas as teorias conspirativas) no mesmo balaio?

    ResponderEliminar
  3. Queres assassinar um individuo... a tiro, vários tiros ( ele merece), sabes que a policia vai investigar, não tens como impedir, vão ser minuciosos, vais deixar capsulas de munição no chão, não tens tempo de as apanhar todas e eles as vão recolher,analisar em laboratório, chegar até ti, então ... em vez de apanhares as capsulas do chão, leva mais 20 ou 30 capsulas de munição de idêntico calibre no bolso mas de outras armas... e espalha-as no chão antes de fugir.
    A teoria da terra plana é uma dessas capsulas...

    ResponderEliminar
  4. Anónimo8.1.18

    Que disparate tao grande.
    Toda a gente sabe que a Terra é redonda (nao e bem redodnda mas pronto), que é oca, possui um"Sol" interno, três pontos onde a gravidade é zero, tem duas enormes aberturas nos pólos que interligam a superfície interna e externa, é habitada por seres superiores e tem uma grande cidade de nome AGHARTA com milhões de habitantes.

    EXP001

    ResponderEliminar
  5. Anónimo8.1.18

    ahahahahahah e lá dentro estão os reptilianos a tomar sol com iluminatis a congeminar coisas, é um pouco como a cientologia, o hubbard escrevia livros de ficção e depois deu nisso uma religião, e é bem pago.
    Tive a ver um pouco disso do(Ri-Tv?) e temos o inicio de uma nova religião, bolas o nivel conspiranoico rebentou os indicadores.

    Eclesiastes 37:15



    http://www.imdb.com/title/tt3038708/

    ResponderEliminar
  6. Anónimo8.1.18

    Esses tipos que dizem que a Terra é plana, de certeza que andaram a fumar coisas estranhas.
    Eu apoio a tese de que a Terra tem a forma de uma pirâmide. É portanto piramidal. Não concordo muito com a forma cúbica, parece-me pouco convincente.
    A prova que a Terra é piramidal está no Egipto através das pirâmides de Gizé. Já os Maias também construíram pirâmides em homenagem à Terra. Não é por acaso que os Iluminati têm um símbolo que é uma pirâmide a simbolizar a Terra.
    Esqueçam a água a cair no coco e façam um experimento de construir um monte com areia. Viram! Fica mais ou menos piramidal.
    Abraço
    Krowler

    ResponderEliminar
  7. No Brasil a psyop é comandada pelas igrejas evangélicas neo-pentecostais ( Edir Macedo e sua turminha ). Ô raça insuportável ! Pior é ter que conviver com essa gente. Qualquer ruido estranho para eles, são as trombetas de Jericó, que junto com terremotos e vendavais anunciam a volta de Jesus. Como isso ocorre quase todas as semanas, acho que Jesus está atrasado.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo9.1.18

    Samyutta Nikaya II.26

    Rohitassa Sutta

    Como chegar ao fim do mundo

    Rohitassa

    http://www.acessoaoinsight.net/sutta/SNII.26.php

    ResponderEliminar
  9. Hey Max,

    Obrigado por partilhares o quão ignorantes as pessoas estão a ficar. :|
    Eu não tinha a mínima ideia que havia gente a pensar tal coisa.

    Enfim...
    Só falta deixarmos de jogar futebol, para jogar ao frisbee.


    Um abraço,

    ResponderEliminar
  10. Sim, eu aposto que é alimentada por uma psyop mas pode ter tido uma origem genuína. Eu lembro-me de a ter aprendido na escola como exemplo de um pensamento fora da caixa e portanto, mensagem subliminar, que não deve ser pensado.

    Esta teoria lembro-me uma outra que eu não sei se pode ser credível, é um tema prosaico mas envolve uma personagem muito referida aqui no blog; J.P. Morgan e o naufrágio do Titanic. Não sei se o grande Max quer fazer um ponto da situação'

    ResponderEliminar
  11. Chaplin10.1.18

    A lógica da psyop é tão enraizada que o próprio autor do blog e alguns de seus comentaristas a usam sem perceberem. Exemplo? Comparando uma teoria incipiente, sem maiores fundamentos a movimentos ou organizações que existem há séculos e que interferem direta ou indiretamente nos destinos da civilização, como a maçonaria. A psyop não mais é do que o diversionismo, abundante nas redes sociais, onde o que é verdadeiramente relevante perde-se ou confunde-se com a quase totalidade do conteúdo lixo ali exposto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo10.1.18

      Nada disso, é para descomprimir.
      Se se entra nessa lógica acho que não fica pedra sob pedra, esses movimentos ou organizações vivem de crença, fé, confiança etc. E obviamente está assente numa lógica de dominação e que tem os pés de barro.
      Aliás se tiramos a carpete derrepente a coisa caí, mas a sociedade vai atrás. Imagina o que é tirar bilhões da zona de conforto. Isto não é justo e nunca foi. Se fosse feito tinha que ser com tempo de ajuste.
      As palermices de rede social são o que são e depois passa e vem outra é o novo "normal".
      Isto não é um sistema baseado em confiança? Sem isso descamba e leva quase tudo atrás.

      eclesiastes 40°N ao quadrado



      nuno

      Eliminar
  12. Todo o apoio à Terra Cúbica!

    ResponderEliminar
  13. Amigos, enquanto os incautos usam os poucos neurônios para refletirem besteiras usam o tempo e o cérebro no que não interessa. Aqui, nos divertimos, mas que a NASA mente, isso mente mesmo. E na lua, pisaram mesmo? É claro que de lá viram a terra redonda...um pouco de longe disseram que ela é azul. Mas há muita gente até bem séria comprovando que nunca foram lá. Foi apenas uma simulação televisionada com verdade. Uma forma de confundir tudo é misturar realidade e simulação. Separar é difícil...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16.1.18

      Maria ...
      o Max acredita pisaram a lua, ate escrever um artigo acerca do tema.
      Eu nao concordo nem discordo, antes pelo contrario.

      EXP001

      Eliminar

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...